Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
1 Crônicas

Voltar

1 Crônicas

Primeiro Livro de Crônicas

 

CAPÍTULO 1

 

1 Adão, Sete, Enos,

2 Cainã, Maalalel, Jarede,

3 Enoque, Matusalém, Lameque,

4 Noé, Sem, Cam, e Jafé.

5 Os filhos de Jafé foram: Gômer, Magogue, Dadai, Javã, Tubal, Meseque, e Tiras.

6 Os filhos de Gômer: Asquenaz, Rifate, e Togarma.

7 Os filhos de Javã: Elisá, Társis, Quitim, e Dodanim.

8 Os filhos de Cam: Cuxe, Misraim, Pute, e Canaã.

9 Os filhos de Cuxe: Sebá, Havilá, Sabtá, Raamá, e Sabtecá. E os filhos de Raamá foram: Sebá e Dedã.

10 E Cuxe gerou a Ninrode: este começou a ser poderoso na terra.

11 Misraim gerou aos ludeus, aos ananeus, aos leabeus, aos leabeus, aos naftueus,

12 Aos patrusitas, e aos casluítas (destes saíram os Filisteus), e os caftoreus.

13 E Canaã gerou a Sidom, seu primogênito; e a Hete;

14 E aos jebuseus, aos amorreus, aos girgaseus;

15 Aos heveus, aos arqueus, ao sineus;

16 Aos arvadeus, aos zemareus, e aos hamateus.

17 Os filhos de Sem foram: Elão, Assur, Arfaxade, Lude, Arã, Uz, Hul, Geter, e Meseque.

18 Arfaxade gerou a Selá, e Selá gerou a Héber.

19 E a Héber nasceram dois filhos: o nome do um foi Pelegue, pois em seus dias a terra foi dividida; e o nome de seu irmão foi Joctã.

20 E Joctã gerou a Almodá, Salefe, Hazarmavé, e Jerá,

21 E a Adorão, Uzal, Dicla,

22 Ebal, Abimael, Sebá,

23 Ofir, Havilá, e a Jobabe: todos filhos de Joctã.

24 Sem, Arfaxade, Selá,

25 Héber, Pelegue, Reú,

26 Serugue, Naor, Terá,

27 E Abrão, o qual é Abraão.

28 Os filhos de Abraão foram: Isaque e Ismael.

29 E estas são suas gerações: o primogênito de Ismael foi Nebaiote; [depois] Quedar, Adbeel, Mibsão,

30 Misma, Dumá, Massá, Hadade, Temá,

31 Jetur, Nafis, e Quedemá. Estes foram os filhos de Ismael.

32 Quanto aos filhos de Quetura, concubina de Abraão, esta deu à luz Zinrã, Jocsã, Medã, Midiã, Isbaque, e a Suá. Os filhos de Jobsã: Sebá e Dedã.

33 Os filhos de Midiã: Efá, Efer, Enoque, Abida, e Elda; todos estes foram filhos de Quetura.

34 E Abraão gerou a Isaque: e os filhos de Isaque foram Esaú e Israel.

35 Os filhos de Esaú: Elifaz, Reuel, Jeús, Jalão, e Corá.

36 Os filhos de Elifaz: Temã, Omar, Zefi, Gatã, Quenaz, Timna, e Amaleque.

37 Os filhos de Reuel: Naate, Zerá, Samá, e Mizá.

38 Os filhos de Seir: Lotã, Sobal, Zibeão, Ana, Disom, Eser, e Disã.

39 Os filhos de Lotã: Hori, e Homã: e Timna foi irmã de Lotã.

40 Os filhos de Sobal: Aliã, Manaate, Ebal, Sefi e Onã. Os filhos de Zibeão foram: Aiá, e Aná.

41 Disom foi filho de Aná: e os filhos de Disom foram Hanrão, Esbã, Itrã e Querã.

42 Os filhos de Eser foram: Bilã, Zaavã, e Jaacã. Os filhos de Disã: Uz e Arã.

43 E estes são os reis que reinaram na terra de Edom, antes que reinasse [algum] rei sobre os filhos de Israel: Belá, filho de Beor; e o nome de sua cidade era Dinabá.

44 Belá morreu, e reinou em seu lugar Jobabe, filho de Zerá, de Bozra.

45 Jobabe morreu, e reinou em seu lugar Husão, da terra dos Temanitas.

46 Husão morreu, e reinou em seu lugar Hadade, filho de Bedade, o qual feriu aos midianitas no campo de Moabe; e o nome de sua cidade era Avite.

47 Hadade morreu, e reinou em seu lugar Sanlá, de Masreca.

48 Sanlá morreu, e reinou em seu lugar Saul de Reobote, que está junto ao rio.

49 E Saul morreu, e reinou em seu lugar Baal-Hanã, filho de Acbor.

50 E Baal-Hanã morreu, e reinou em seu lugar Hadade, cuja cidade tinha por nome Paí; e o nome de sua mulher era Meetabel, filha de Matrede, a filha de Mezaabe.

51 Hadade morreu. E os príncipes em Edom foram: o príncipe Timna, o príncipe Aliá, o príncipe Jetete,

52 O príncipe Oolibama, o príncipe Elá, o príncipe Pinom,

53 O príncipe Quenaz, o príncipe Temã, o príncipe Mibzar,

54 O príncipe Magdiel, o príncipe Irã. Estes foram os príncipe de Edom.

 

CAPÍTULO 2

 

1 Estes são os filhos de Israel: Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar, Zebulom,

2 Dã, José, Benjamim, Naftali, Gade, e Aser.

3 Os filhos de Judá foram: Er, Onã, e Selá. [Estes] três lhe nasceram de Bete-Suá, Cananeia. E Er, primogênito, de Judá, foi mau diante de Yahueh, que o matou.

4 E Tamar, sua nora, lhe deu à luz Perez e a Zerá. Todos os filhos de Judá foram cinco.

5 Os filhos de Perez: Hezrom e Hamul.

6 E os filhos de Zerá: Zinri, Etã, Hemã, e Calcol, e Darda; cinco ao todo.

7 O filho de Carmi foi Acar, o perturbador de Israel, porque transgrediu naquilo que estava separado por maldiçãos.

8 O filho de Etã foi Azarias.

9 Os filhos que nasceram a Hezrom foram: Jerameel, Rão, e Quelubai.

10 E Rão gerou a Aminadabe; e Aminadabe gerou a Naasom, príncipe dos filhos de Judá;

11 E Naasom gerou a Salmom, e Salmom gerou a Boaz;

12 E Boaz gerou a Obede, e Obede gerou a Jessé;

13 E Jessé gerou a Eliabe, seu primogênito, e o segundo Abinadabe, o terceiro Simeia;

14 O quarto Natanael, o quinto Radai;

15 O sexto Ozém, o sétimo Davi;

16 As irmãs dos quais foram Zeruia e Abigail. Os filhos de Zeruia foram três: Abisai, Joabe, e Asael.

17 E Abigail deu à luz Amasa, cujo pai foi Jéter, o Ismaelita.

18 E Calebe filho de Hezrom gerou de sua mulher Azuba, e de Jeriote. E os filhos dela foram: Jeser, Sobabe, e Ardom.

|fn:  Azuba, e de Jeriote – obscuro – trad. alt. gerou de sua mulher Azuba (que é Jeriote), ou gerou de sua mulher Azuba a Jeriote

19 E Azuba morreu, e Calebe tmou por mulher a Efrate, a qual lhe gerou a Hur.

20 E Hur gerou a Uri, e Uri gerou a Bezalel.

21 Depois Hezrom se deitou com a filha de Maquir, pai de Gileade, a qual ele tomou por esposa quando ele tinha sessenta anos, e ela lhe gerou a Segube.

22 E Segube gerou a Jair, que teve vinte e três cidades na terra de Gileade.

23 E Gesur e Arã tomaram deles as cidades de Jair, e a Quenate com suas aldeias, sessenta cidades. Todos estes foram filhos de Maquir, pai de Gileade.

24 E depois da morte de Hezrom, em Calebe de Efrata, Abia mulher de Hezrom, lhe gerou a Asur, pai de Tecoa.

25 E os filhos de Jerameel primogênito de Hezrom foram: Rão (seu primogênito), Buna, Orém, Ozém, e Aías.

26 Jerameel também teve outra mulher chamada Atara, que foi mãe de Onã.

27 E os filhos de Rão, primogênito de Jerameel, foram: Maaz, Jamim, e Equer.

28 E os filhos de Onã foram: Samai, e Jada. E os filhos de Samai: Nadabe, e Abisur.

29 E o nome da mulher de Abisur era Abiail, a qual lhe gerou a Abã e a Molide.

30 E os filhos de Nadabe foram: Selede e Apaim. E Selede morreu sem filhos.

31 E o filho de Apaim foi Isi; o filho de Isi foi Sesã; e o filho de Sesã foi Alai.

32 E os filhos de Jada, irmão de Simmai, foram: Jéter e Jônatas. E Jéter morreu sem filhos.

33 E os filhos de Jônatas foram: Pelete, e Zaza. Estes foram os filhos de Jerameel.

34 E Sesã não teve filhos, mas somente filhas. E Sesã tinha um servo egípcio, cujo nome era Jará.

35 Sesã deu sua filha a seu servo Jará, e ela lhe gerou a Atai.

36 E Atai gerou a Natã, e Natã gerou a Zabade;

37 E Zabade gerou a Eflal, e Eflal gerou a Obede;

38 E Obede gerou a Jeú, e Jeú gerou a Azarias;

39 E Azarias gerou a Helez, Helez gerou a Eleasá;

40 Eleasá gerou a Sismai, e Sismai gerou a Salum;

41 E Salum gerou a Jecamias, e Jecamias gerou a Elisama.

42 Os filhos de Calebe, irmão de Jerameel, foram: Messa seu primogênito, que foi o pai de Zife; e os filhos de Maressa, pai de Hebrom.

43 E os filhos de Hebrom foram: Corá, Tapua, Requém, e Sema.

44 E Sema gerou a Raão, pai de Jorqueão; e Requém gerou a Samai.

45 E o filho de Samai foi Maom, e Maom foi pai de Bete-Zur.

46 E Efá, a concubina de Calebe, lhe gerou a Harã, Moza, e a Gazez. E Harã gerou a Gazez.

47 E os filhos de Jadai foram: Regém, Jotão, Gesã, Pelete, Efá, e Saafe.

48 Maaca, concubina de Calebe, lhe gerou a Seber, e a Tiraná.

49 Ela também deu à luz a Saafe, pai de Madmana, e a Seva, pai de Macbena e pai de Gibeá. E a filha de Calebe foi Acsa.

50 Estes foram os filhos de Calebe, filho de Hur, primogênito de Efrata: Sobal, pai de Quiriate-Jearim;

51 Salma, pai dos belemitas; e Harefe, pai de Bete-Gader.

52 E os filhos de Sobal, pai de Quiriate-Jearim foram: Haroé, a metade dos Manaatitas.

53 E as famílias de Quiriate-Jearim foram os itreus, os puteus, os sumateus, e os misraeus; destes saíram os zorateus e os estaoleus.

54 Os filhos de Salma foram: Belém, e os netofatitas, Atarote, Bete-Joabe; e da metade dos manaatitas, [e] os zoritas.

55 E as famílias dos escribas, que habitavam em Jabez, foram os tiratitas, os simeatitas, [e] os sucatitas; estes foram os queneus que vieram de Hamate, pai da casa de Recabe.

 

CAPÍTULO 3

 

1 Estes são os filhos de Davi, que lhe nasceram em Hebrom: Amnom, o primogênito, de Ainoã Jezreelita; o segundo Daniel, de Abigail de Carmelo;

2 O terceiro, Absalão, filho de Maaca, filha de Talmai, rei de Gesur; o quarto, Adonias, filho de Hagite;

3 O quinto, Sefatias, de Abital; o sexto, Itreão, de sua mulher Eglá.

4 Estes seis lhe nasceram em Hebrom, de onde reinou sete anos e seis meses; e em Jerusalém reinou trinta e três anos.

5 Estes lhe nasceram em Jerusalém: Simeia, Sobabe, Natã, e Salomão, [estes] quatro de Bate-Sua, filha de Amiel.

6 Nasceram-lhe] mais: Ibar, Elisama, Elifelete,

7 Nogá, Nefegue, Jafia.

8 Elisama, Eliada, e Elifelete, nove.

9 Todos estes foram os filhos de Davi, exceto os filhos das concubinas. E Tamar foi irmã deles.

10 E o filho de Salomão foi Roboão, cujo filho foi Abias, cujo filho foi Asa, cujo filho foi Jeosafá;

11 Cujo filho foi Jorão, cujo filho foi Acazias, cujo filho foi Joás;

12 Cujo filho foi Amazias, cujo filho foi Azarias, cujo filho foi Jotão;

13 Cujo filho foi Acaz, cujo filho foi Ezequias, cujo filho foi Manassés;

14 Cujo filho foi Amom, cujo filho foi Josias.

15 E os filhos de Josias foram: Joanã seu primogênito, o segundo Jeoaquim, o terceiro Zedequias, o quarto Salum.

16 Os filhos de Jeoaquim foram: seu filho Jeconias, e seu filho Zedequias.

17 E os filhos de Jeconias, o cativo, foram: seu filho Sealtiel,

18 Malquirão, Pedaías, Senazar, Jecamias, Hosama, e Nedabias.

19 E os filhos de Pedaías foram: Zorobabel, e Simei. E os filhos de Zorobabel foram: Mesulão, Hananias, e sua irmã Selomite.

20 E os cinco outros: Hasubá, Oel, Berequias, Hasadias, e Jusabe-Hesede.

21 Os filhos de Hananias: Pelatias, e Jesaías, os filhos de Refaías, os filhos de Arnã, os filhos de Obadias, e os filhos de Secanias.

|fn:  os filhos de Refaías … – trad. alt. cujo filho foi Refaías, cujo filho foi Arnã, …, cujo filho foi Secanias

22 E o filho de Secanias foi Semaías; e os filhos de Samaías foram seis: Hatus, Igal, Bariá, Nearias, e Safate.

23 E os filhos de Nearias foram três: Elioenai, Ezequias, e Azricão.

24 Os filhos de Elioenai foram sete: Hodavias, Eliasibe, Pelaías, Acube, Joanã, Delaías, e Anani.

 

CAPÍTULO 4

 

1 Os filhos de Judá foram: Perez, Hezrom, Carmi, Hur, e Sobal.

2 E Reaías, filho de Sobal, gerou a Jaate; e Jaate gerou a Aumai e a Laade. Estas são as famílias dos Zoratitas.

3 E estas são as do pai de Etã: Jezreel, Isma, e Idbás. E o nome da irmã deles era Hazelelponi.

4 E Penuel foi pai de Gedor, e Ézer pai de Husá. Estes foram os filhos de Hur, primogênito de Efrata, pai de Belém.

5 E Asur, pai de Tecoa, teve duas mulheres: Helá, e Naará.

6 E Naará lhe gerou a Auzão, Héfer, Temeni, e a Haastari. Estes foram os filhos de Naará.

7 E os filhos de Helá foram: Zerete, Zoar, e Etnã.

8 E Coz gerou a Anube, e a Zobeba, e as famílias de Aarel, filho de Harum.

9 E Jabez foi mais nobre que seus irmãos; sua mãe o chamara de Jabez, dizendo: Pois com dores eu o dei à luz.

10 Mas Jabez invocou ao Elohim de Israel, dizendo: Ah, se tu me abençoares muito, e ampliares os meus limites, e se tua mão for comigo, e me protegeres do mal, para que eu não sofra! E Elohim fez acontecer o que ele tinha pedido.

11 E Quelube, irmão de Suá gerou a Maquir, que foi o pai de Estom.

12 E Estom gerou a Bete-Rafa, Paseia, e a Teína, pai da cidade de Naás; estes foram os homens de Reca.

13 Os filhos de Quenaz foram: Otniel e Seraías. Os filhos de Otniel: Hatate [e Meonotai] .

14 E Meonotai gerou a Ofra; e Seraías gerou a Joabe, pai [dos moradores] do Vale dos Artesãos, porque foram artesãos.

|fn:  Vale dos Artífices – heb. Ge-Harasim

15 Os filhos de Calebe, filho de Jefoné foram: Iru, Elá, e Naã; e filho de Elá foi Quenaz.

16 Os filhos de Jealelel foram: Zife, Zifa, Tíria, e Asareel.

17 E os filhos de Ezra foram: Jéter, Merede, Efer, e Jalom. E [sua mulher] também deu à luz a Miriã, Samai, e a Isbá, pai de Estemoa.

18 E sua mulher Judia lhe deu à luz a Jerede pai de Gedor, a Héber pai de Socó, e a Jecutiel pai de Zanoa. Estes foram os filhos de Bitias, filha de Faraó, a qual Merede teve por esposa.

19 E os filhos da mulher de Hodias, irmã de Naã, foram: o pai de Queila o garmita, e Estemoa o maacatita.

20 E os filhos de Simeão foram: Amnom, Rina, Ben-Hanã, e Tilom. E os filhos de Isi foram: Zoete, e Ben-Zoete.

21 Os filhos de Selá, filho de Judá foram: Er, pai de Leca, e Lada, pai de Maressa, e as famílias da casa dos [trabalhadores] do linho em Bete-Asbeia;

22 Como também Joquim, os homens de Cozeba, Joás, e Sarafe (os quais dominaram sobre os moabitas), e Jasubi-Leem. Estes registros, porém, são antigos.

23 Estes foram oleiros, e habitavam em Netaim e Gedera; eles ficaram ali com o rei em sua obra.

24 Os filhos de Simeão foram: Nemuel, Jamim, Jaribe, Zerá, Saul;

25 Cujo filho foi Salum, cujo filho foi Mibsão, cujo filho foi e Misma.

26 Os filhos de Misma foram: seu filho Hamuel, cujo filho foi Zacur, cujo filho foi Simei.

27 E Simei teve dezesseis filhos e seis filhas, porém seus irmãos não tiveram muitos filhos, e toda a sua família não se multiplicou tanto como a dos filhos de Judá.

28 E habitaram em Berseba, Moladá, Hazar-Sual,

29 E em Bila, Ezém, Tolade,

30 Betuel, Hormá, Ziclague.

31 Bete-Marcabote, Hazar-Susim, Bete-Birai, e em Saaraim. Estas foram suas cidades até quando Davi começou a reinar.

32 E suas aldeias foram: Etã, Aim, Rimom, e Toquém, e Asã, cinco cidades;

33 E todas as suas aldeias que estavam ao redor destas cidades, até Baal. Estas foram suas habitações, e suas genealogias.

34 Porém Mesobabe, Janleque, Josias filho de Amazias;

35 Joel, Jeú filho de Josibias, filho de Seraías, filho de Asiel;

36 E Elioenai, Jaacobá, Jesoaías, Asaias, Adiel, Jesimiel, Benaia;

37 E Ziza filho de Sifi, filho de Alom, filho de Jedaías, filho de Sinri, filho de Semaías.

38 Estes registrados por [seus] nomes foram os líderes de suas famílias, e que foram multiplicados muito nas casas de seus pais.

|fn:  líderes – equiv. príncipes

39 E chegaram até a entrada de Gedor, até o oriente do vale, buscando pastos para suas ovelhas.

40 E acharam pastos férteis e bons, e a terra era espaçosa, quieta, e descansada, porque os de Cam tinham habitado ali antes.

41 Estes, pois, que foram escritos por seus nomes, vieram nos dias de Ezequias rei de Judá, e derrubaram as tendas e habitações dos que se acharam ali, e os destruíram até hoje; e habitaram ali em seu lugar, porque ali havia pastos para suas ovelhas.

42 Também [alguns] deles, quinhentos homens dos filhos de Simeão, se foram ao monte de Seir, levando como capitães a Pelatias, Nearias, Refaías, e a Uziel, filhos de Isi;

43 E mataram os que haviam restado dos amalequitas, e habitaram ali até hoje.

 

CAPÍTULO 5

 

1 Quanto aos filhos de Rúben, primogênito de Israel (porque ele era o primogênito, mas como profanou a cama de de seu pai, seu direito de primogenitura foi dado aos filhos de José, filho de Israel; e não foi contado por primogênito.

2 Pois Judá foi o mais poderoso sobre seus irmãos, e o líder veio dele; mas o direito de primogenitura pertenceu a José).

3 Os filhos de Rúben, primogênito de Israel, foram, pois: Enoque, Palu, Hezrom e Carmi.

4 Os filhos de Joel foram: seu filho Semaías, seu filho Gogue, seu filho Simei;

5 Seu filho Mica, seu filho Reaías, seu filho Baal;

6 Seu filho Beera, o qual foi transportado por Tiglate-Pilneser, rei dos Assírios. Este era um líder dos Rubenitas.

7 E seus irmãos por suas famílias, quando foram registrados em suas descendências, tinham por líderes a Jeiel, Zacarias.

8 E Belá, filho de Azaz, filho de Sema, filho de Joel. Eles habitaram em Aroer até Nebo e Baal-Meom.

9 Habitaram também desde o oriente até a entrada do deserto desde o rio Eufrates; porque seu gado tinha se multiplicado na terra de Gileade.

10 E nos dias de Saul fizeram guerra contra os hagarenos, que caíram em suas mãos; e eles habitaram em suas tendas sobre toda a região oriental de Gileade.

11 E os filhos de Gade habitaram na vizinhança deles na terra de Basã até Salca.

12 E Joel foi o líder em Basã, o segundo Safã, em seguida Janai, e Safate.

13 E seus irmãos, segundo as famílias de seus pais, foram sete: Micael, Mesulão, Sebá, Jorai, Jacã, Zia, e Héber.

|fn:  famílias – lit. casas

14 Estes foram os filhos de Abiail filho de Huri, filho de Jaroa, filho de Gileade, filho de Micael, filho de Jesisai, filho de Jado, filho de Buz.

15 Aí, filho de Abdiel, filho de Guni, foi chefe da casa de seus pais.

16 Eles habitaram em Gileade, em Basã, e em suas aldeias, e em todos os campos de Sarom até os seus extremos.

17 Todos estes foram contados segundo suas genealogias nos dias de Jotão, rei de Judá, e no dias de Jeroboão, rei de Israel.

18 Os filhos de Rúben, e de Gade, e da meia tribo de Manassés, homens guerreiros, homens que traziam escudo e espada, que entesavam arco, e habilidosos em guerra, havia quarenta e quatro mil setecentos e sessenta capazes de ir para a batalha.

19 E fizeram guerra contra os Hagarenos, como também a Jetur, Nafis, e Nodabe.

20 E foram ajudados contra ele; assim os hagarenos, e todos quantos estavam com eles, foram enregues em suas mãos, porque clamaram a Elohim na batalha, e ele lhes atendeu, pois confiaram nele.

21 E tomaram seu gado, cinquenta mil de seus camelos, duzentas e cinquenta mil ovelhas, dois mil asnos, e cem mil pessoas.

22 E muitos caíram mortos, porque a guerra era de Elohim; e habitaram em seus lugares até o cativeiro.

23 E os filhos da meia tribo de Manassés habitaram naquela terra, e eles se multiplicaram desde Basã até Baal-Hermom, e Senir e o monte de Hermom.

24 E estes foram os cabeças das casas de seus pais: Efer, Isi, Eliel, Azriel, Jeremias, Hodavias, e Jadiel, homens valentes e fortes, homens renomados, e cabeças das casas de seus pais.

25 Porém eles transgrediram contra o Elohim de seus pais, e se prostituíram seguindo as deidades dos povos da terra, aos quais Yahueh havia destruído de diante deles.

26 Por isso o Elohim de Israel despertou ao espírito de Pul, rei da Assíria, e ao espírito de Tiglate-Pilneser, rei da Assíria, o qual levou presos os rubenitas, os gaditas e à meia tribo de Manassés, e os trouxe até Hala, Habor, Hara, e ao rio Gozã, até hoje.

 

CAPÍTULO 6

 

1 Os filhos de Levi foram: Gérson, Coate, e Merari.

2 Os filhos de Coate: Anrão, Izar, Hebrom e Uziel.

3 Os filhos de Anrão: Arão, Moisés, e Miriã. E os filhos de Arão foram: Nadabe, Abiú, Eleazar, e Itamar.

4 E Eleazar gerou a Fineias, Fineias gerou a Abisua;

5 Abisua gerou a Buqui, Buqui gerou a Uzi;

6 Uzi gerou a Zeraías, Zeraías gerou a Meraiote;

7 Meraiote gerou a Amarias, Amarias gerou a Aitube;

8 Aitube gerou a Zadoque, Zadoque gerou a Aimaaz;

9 Aimaaz gerou a Azarias, Azarias gerou a Joanã;

10 Joanã gerou a Azarias (este é o que administrou o sacerdócio na casa que Salomão edificou em Jerusalém);

11 Azarias gerou a Amarias, Amarias gerou a Aitube;

12 Aitube gerou a Zadoque, Zadoque gerou a Salum;

13 Salum gerou a Hilquias, Hilquias gerou a Azarias;

14 Azarias gerou a Seraías, Seraías, gerou a Jeozadaque.

15 E Jeozadaque foi [levado cativo] quando Yahueh levou Judá e a Jerusalém como prisioneiros, pela mão de Nabucodonosor.

16 Os filhos de Levi foram: Gérson, Coate, e Merari.

17 E estes são os nomes dos filhos de Gérson: Libni, e Simei.

18 Os filhos de Coate: Anrão, Izar, Hebrom, e Uziel.

19 Os filhos de Merari: Mali, e Musi. Estas são as famílias de Levi, segundo seus pais.

20 De Gérson: seu filho Libni, seu filho Jaate, seu filho Zima.

21 Seu filho Joabe, seu filho Ido, seu filho Zerá, e seu filho Jeaterai.

22 Os filhos de Coate foram: seu filho Aminadabe, seu filho Corá, seu filho Assir,

23 Seu filho Elcana, seu filho Ebiasafe, seu filho Assir,

24 Seu filho Taate, seu filho Uriel, seu filho Uzias, e seu filho Saul.

25 E os filhos Elcana foram: Amasai e Aimote.

26 Quanto] a Elcana, os filhos de Elcana foram: seu filho Zofai, seu filho Naate,

27 Seu filho Eliabe, seu filho Jeroão, e seu filho Elcana.

28 E os filhos de Samuel foram: o primogênito Vasni, e Abias.

29 Os filhos de Merari: Mali, seu filho Libni, seu filho Simei, seu filho Uzá,

30 Seu filho Simeia, seu filho Hagias, e seu filho Asaías.

31 Estes, pois, são os que Davi constituiu para o ofício da música da casa de Yahueh, depois que a arca teve repouso.

32 E eles serviam diante da tenda do tabernáculo da congregação com cânticos, até que Salomão edificou a casa de Yahueh em Jerusalém; e estiveram segundo seu costume em seu serviço.

33 Estes, pois, foram os que ali estavam com seus filhos: dos filhos dos coatitas, Hemã, o cantor, filho de Joel, filho de Samuel,

34 Filho de Elcana, filho de Jeroão, filho de Eliel, filho de Toá,

35 Filho de Zufe, filho de Elcana, filho Maate, filho de Amasai,

36 Filho de Elcana, filho de Joel, filho de Azarias, filho de Sofonias,

37 Filho de Taate, filho de Assir, filho de Ebiasafe, filho de Corá,

38 Filho de Izar, filho de Coate, filho de Levi, filho de Israel.

39 E seu irmão Asafe estava à sua direita; Asafe era, filho de Berequias, filho de Simeia,

40 Filho de Micael, filho de Baaseias, filho de Malquias,

41 Filho de Etni, filho de Zerá, filho de Adaías,

42 Filho de Etã, filho de Zima, filho de Simei;

43 Filho de Jaate, filho de Gérson, filho de Levi.

44 E seus irmãos, os filhos de Merari, estavam à esquerda; [eram eles] : Etã, filho de Quisi, filho de Abdi, filho de Maluque,

45 Filho de Hasabias, filho de Amazias, filho de Hilquias,

46 Filho de Anzi, filho de Bani, filho de Semer,

47 Filho de Mali, filho de Musi, filho de Merari, filho de Levi.

48 E seus irmãos, os Levitas, foram postos para todo o serviço do tabernáculo da casa de Elohim.

49 E Arão e seus filhos ofereciam incenso sobre o altar da oferta de queima, e sobre o altar do incenso, para toda a obra do lugar santíssimo, e para fazer expiação sobre Israel, conforme tudo quanto Moisés, servo de Elohim, havia mandado.

50 E estes foram os filhos de Arão: seu filho Eleazar, seu filho Fineias, seu filho Abisua,

51 Seu filho Buqui, seu filho Uzi, seu filho Zeraías,

52 Seu filho Meraiote, seu filho Amarias, seu filho Aitube,

53 Seu filho Zadoque, e seu filho Aimaaz.

54 E estas foram suas habitações, conforme seus acampamentos e seus termos, dos filhos de Arão da família dos coatitas, porque eles foram sorteados.

55 Deram-lhes, pois, a Hebrom na terra de Judá, e seus campos ao redor dela.

56 Porém o território da cidade e suas aldeias foram dadas a Calebe, filho de Jefoné.

57 E aos filhos de Arão deram as [seguintes] cidades de refúgio: Hebrom, e Libna com seus campos; Jathir e Estemoa com seus campos;

58 Hilém com seus campos; Debir com seus campos;

59 Asã com seus campos; e a Bete-Semes com seus campos;

60 E da tribo de Benjamim, a Geba com seus campos; Alemete com seus campos; e Anatote com seus campos. Todas as suas cidades, [repartidas] por suas famílias, foram treze cidades.

61 Mas aos filhos de Coate, que restaram da família daquela tribo, [deram] por sorteio dez cidades da meia tribo de Manassés.

62 E aos filhos de Gérson, segundo suas famílias, [deram] treze cidades da tribo de Issacar, da tribo de Aser, da tribo de Naftali, e da tribo de Manassés, em Basã.

63 E aos filhos de Merari, segundo suas famílias, [deram] por sorteio doze cidades da tribo de Rúben, da tribo de Gade, e da tribo de Zebulom.

64 Assim os filhos de Israel deram aos Levitas estas cidades com seus campos.

65 E deram-lhes por sorteio, da tribo dos filhos de Judá, da tribo dos filhos de Simeão, e da tribo dos filhos de Benjamim, estas cidades, as quais mencionaram por seus nomes.

66 E quanto ao [resto] das famílias dos filhos de Coate deram-lhes cidades com seus termos da tribo de Efraim.

67 E deram-lhes das cidades de refúgio, a Siquém e seus campos nas montanhas de Efraim, e a Gezer com seus campos,

68 A Jocmeão com seus campos, a Bete-Horom com seus campos,

69 A Aijalom com seus campos, e a Gate-Rimom com seus campos;

70 Da meia tribo de Manassés, a Aner com seus campos, e a Bileã com seus campos, para os que restaram da família dos filhos de Coate.

71 Aos filhos de Gérson [deram] da família da meia tribo de Manassés, a Golã em Basã com seus campos e a Astarote com seus campos;

72 E da tribo de Issacar, a Quedes com seus campos, a Daberate com seus campos,

73 A Ramote com seus campos, e a Aném com seus campos;

74 E da tribo de Aser a Masal com seus campos, a Abdom com seus campos,

75 A Hucoque com seus campos, e a Reobe com seus campos.

76 E da tribo de Naftali, a Quedes na Galileia com seus campos, a Hamom com seus campos, e a Quiriataim com seus campos.

77 E aos que restaram dos filhos de Merari, [deram] da tribo de Zebulom, a Rimono com seus campos, e a Tabor com seus campos;

78 E dalém do Jordão de Jericó, ao oriente do Jordão, [deram] da tribo de Rúben, a Bezer no deserto com seus campos; a Jaza com seus campos.

79 A Quedemote com seus campos, e a Mefaate com seus campos;

80 E da tribo de Gade, a Ramote em Gileade com seus campos, a Maanaim com seus campos,

81 A Hesbom com seus campos, e a Jazer com seus campos.

 

CAPÍTULO 7

 

1 Os filhos de Issacar foram quatro: Tolá, Pua, Jasube, e Sinrom.

2 Os filhos de Tolá foram: Uzi, Refaías, Jeriel, Jamai, Ibsão e Samuel, cabeças das famílias de seus pais. De Tolá foram contados por suas genealogias no tempo de Davi vinte e dois mil seiscentos homens guerreiros.

3 O filho de Uzi foi Izraías; e os filhos de Izraías foram: Micael, Obadias, Joel, e Issias; todos estes cinco foram líderes.

4 E havia com eles em suas genealogias, segundo as famílias de seus pais, trinta e seis mil homens de guerra, porque tiveram muitas mulheres e filhos.

5 E seus irmãos em todas as famílias de Issacar, todos contados por suas genealogias, foram oitenta e sete mil guerreiros valentes.

6 Os [filhos] de Benjamim foram três: Belá, Bequer, e Jediael.

7 Os filhos de Belá foram: Esbom, Uzi, Uziel, Jerimote, e Iri; cinco cabeças de famílias paternas, guerreiros valentes, dos quais foram contados por suas genealogias vinte e dois mil e trinta e quatro.

8 Os filhos de Bequer: Zemira, Joás, Eliézer, Elioenai, Onri, Jerimote, Abias, Anatote e Alemete; todos estes foram filhos de Bequer.

9 E foram contados por suas genealogias, segundo suas descendências, e os cabeças de suas famílias, vinte mil e duzentos guerreiros valentes.

10 E o filho de Jediael foi Bilã; e os filhos de Bilã foram: Jeús, Benjamim, Eúde, Quenaaná, Zetã, Társis, e Aisaar.

11 Todos estes filhos de Jediael foram cabeças de famílias, guerreiros valentes, dezessete mil e duzentos que saíam com o exército para a guerra.

12 Supim e Hupim foram filhos de Ir; e Husim foi filho de Aer.

13 Os filhos de Naftali foram: Jaziel, Guni, Jezer, e Salum, filhos de Bila.

14 Os filhos de Manassés foram: Asriel, o qual foi nascido de sua concubina, a síria, a qual também lhe deu à luz Maquir, pai de Gileade.

15 E Maquir tomou por mulher a irmã de Hupim e Supim, cuja irmã teve por nome Maaca. O nome do segundo foi Zelofeade. E Zelofeade teve [somente] filhas.

16 E Maaca mulher de Maquir lhe gerou um filho, e chamou seu nome Perez; e o nome de seu irmão foi Seres, cujos filhos foram Ulão e Requém.

17 E o filho de Ulão foi Bedã. Estes foram os filhos de Gileade, filho de Maquir, filho de Manassés.

18 E sua irmã Hamolequete deu à luz Isode, Abiezer, e Maalá.

19 E os filhos de Semida foram Aiã, Siquém, Liqui, e Anião.

20 Os filhos de Efraim: Sutela, seu filho Berede, seu filho Taate, seu filho Eleada, seu filho Taate,

21 Seu filho Zabade, seu filho Sutela, seu filho, Ézer, e Eleade. Mas os homens de Gate, naturais daquela terra, os mataram, porque desceram para tomar seus gados.

22 Por isso seu pai Efraim esteve de luto por muitos dias, e seus irmãos vieram consolá-lo.

23 Depois ele se deitou com sua mulher, ela concebeu, e deu à luz um filho, ao qual chamou por nome Berias, pois o desastre havia ocorrido em sua casa.

24 E sua filha foi Seerá, a qual edificou a Bete-Horom, a baixa e a alta, como também a Uzém-Seerá.

25 E seu filho foi Refa, seu filho Resefe, seu filho Telá, seu filho Taã,

26 Seu filho Laadã, seu filho Amiúde, seu filho Elisama,

27 Seu filho Num, e seu filho Josué.

28 E a propriedade e habitação deles foi Betel com suas aldeias, e ao oriente Naarã, e ao ocidente Gezer e suas aldeias, como também Siquém com suas aldeias, até Aia e suas aldeias;

29 E da parte dos filhos de Manassés, Bete-Seã com suas aldeias, Taanaque com suas aldeias, Megido com suas aldeias, e Dor com suas aldeias. Nestes [lugares] habitaram os filhos de José, filho de Israel.

30 Os filhos de Aser foram: Imná, Isvá, Isvi, Berias, e sua irmã Sera.

31 Os filhos de Berias foram: Héber, e Malquiel, o qual foi pai de Bizarvite.

32 E Héber gerou a Jaflete, Semer, Hotão, e sua irmã Suá.

33 Os filhos de Jaflete foram: Pasaque, Bimal, e Asvate. Estes foram os filhos de Jaflete.

34 Os filhos de Semer foram: Aí, Roga, Jeubá, e Arã.

35 Os filhos de seu irmão Helém foram: Zofa, Imná, Seles, e Amal.

36 Os filhos de Zofa foram: Suá, Harnefer, Sual, Beri, Inra,

37 Bezer, Hode, Samá, Silsa, Iltrã e Beera.

38 Os filhos de Jéter foram: Jefoné, Pispa, e Ara.

39 E os filhos de Ula foram; Ara, Haniel, e Rizia.

40 Todos estes foram filhos de Aser, cabeças de famílias paternas, escolhidos guerreiros valentes, chefes de príncipes; e foram contados em suas genealogias no exército para a guerra, em número de vinte e seis mil homens.

 

CAPÍTULO 8

 

1 Benjamim gerou a Belá seu primogênito, Asbel o segundo, Aará o terceiro,

2 Noá o quarto, e Rafa o quinto.

3 E os filhos de Belá foram: Adar, Gera, Abiúde,

4 Abisua, Naamã, Aoá,

5 Gera, Sefufá, e Hurão.

6 E estes foram os filhos de Eúde, os quais foram os cabeças das famílias dos moradores em Geba, que foram levados cativos a Manaate:

7 Naamã, Aías, e Gera; este os levou cativos, e gerou a Uzá e a Aiúde.

8 E Saaraim gerou filhos na terra de Moabe, depois que deixou a suas mulheres Husim e Baara.

9 De sua mulher Hodes ele gerou a Jobabe, Zíbia, Messa, Malcã,

10 Jeús, Saquias, e Mirma. Estes foram seus filhos, cabeças de famílias.

11 E de Husim ele gerou a Abitube, e a Elpaal.

12 E os filhos de Elpaal foram: Héber, Misã, Semede (o qual edificou a Ono e a Lode com suas aldeias),

13 Assim como Berias, e Sema, que foram cabeças das famílias dos moradores de Aijalom, os quais afugentaram aos moradores de Gate.

14 E Aiô, Sasaque, Jeremote,

15 Zebadias, Arade, Eder;

16 Micael, Ispa, e Joá, foram filhos de Berias.

17 E Zebadias, Mesulão, Hizqui, Héber,

18 Ismerai, Izlias, e Jobabe, foram filhos de Elpaal.

19 E Jaquim, Zicri, Zabdi,

20 Elioenai, Ziletai, Eliel,

21 Adaías, Beraías, e Sinrate, foram filhos de Simei.

22 E Ispã, Héber, Eliel,

23 Abdom, Zicri, Hanã,

24 Hananias, Elão, Antotias,

25 Ifdeias, e Penuel, foram filhos de Sasaque.

26 E Sanserai, Searias, Atalias;

27 Jaaresias, Elias, e Zicri, foram filhos de Jeroão.

28 Estes foram cabeças de famílias, chefes segundo suas gerações; estes habitaram em Jerusalém.

29 E em Gibeão habitou o pai de Gibeão; e o nome de sua mulher era Maaca;

30 E seu filho primogênito foi Abdom; depois Zur, Quis, Baal, Nadabe,

31 Gedor, Aiô, Zequer,

32 E Miclote, que gerou a Simeia. Estes também habitaram perto de irmãos em Jerusalém, vizinhos a eles.

33 E Ner gerou a Quis; Quis gerou a Saul, e Saul gerou a Jônatas, Malquisua, Abinadabe, e a Esbaal.

34 O filho de Jônatas foi Meribe-Baal, e Meribe-Baal gerou a Mica.

35 Os filhos de Mica foram: Pitom, Meleque, Tareia e Acaz.

36 E Acaz gerou a Jeoada; e Jeoada gerou a Alemete, a Azmavete, e a Zinri; e Zinri gerou a Moza.

37 E Moza gerou a Bineá, cujo filho foi Rafa, cujo filho foi Eleasá, cujo filho foi Azel.

38 Azel teve seis filhos, cujos nomes foram: Azricão, Bocru, Ismael, Searias, Obadias, e Hanã; todos estes foram filhos de Azel.

39 E os filhos de Eseque, seu irmão, foram: Ulão seu primogênito, Jeús o segundo, e Elifelete o terceiro.

40 E os filhos de Ulão foram guerreiros valentes, hábeis flecheiros; e tiveram muitos filhos e netos, cento e cinquenta. Todos estes foram dos filhos de Benjamim.

 

CAPÍTULO 9

 

1 E todo Israel foi contado por genealogias, e eis que foram escritos no livro dos Reis de Israel e de Judá, que foram transportados para a Babilônia por causa de sua transgressão.

2 E os primeiros habitantes que vieram a suas propriedades em suas cidades, foram os israelitas, os sacerdotes, os levitas, e os servos do templo.

3 Porém em Jerusalém habitaram [alguns] dos filhos de Judá, dos filhos de Benjamim, dos filhos de Efraim e de Manassés;

4 Utai, filho de Amiúde, filho de Onri, filho de Inri, filho de Bani, dos filhos de Perez filho de Judá.

5 E dos silonitas: Asaías o primogênito, e seus filhos.

6 E dos filhos de Zerá, Jeuel e seus irmãos, seiscentos e noventa.

7 E dos filhos de Benjamim: Salu, filho de Mesulão, filho de Hodavias, filho de Hassenua;

8 E Ibneias, filho de Jeroão; e Elá filho de Uzi, filho de Micri; e Mesulão filho de Sefatias, filho de Reuel, filho de Ibneias.

9 E seus irmãos, segundo suas genealogias, foram novecentos e cinquenta e seis; todos estes homens foram cabeças das famílias de seus pais.

10 E dos sacerdotes: Jedaías, Jeoiaribe, Jaquim;

11 E Azarias filho de Hilquias, filho de Mesulão, filho de Zadoque, filho de Meraiote, filho de Aitube, príncipe da casa de Elohim;

12 E Adaías filho de Jeroão, filho de Pasur, filho de Malquias; e Masai filho de Adiel, filho de Jazera, filho de Mesulão, filho de Mesilemite, filho de Imer;

13 Como também seus irmãos, cabeças das famílias de seus pais, mil setecentos e sessenta, homens valentes e hábeis para a obra do serviço da casa de Elohim.

14 E dos Levitas: Semaías, filho de Hassube, filho de Azricão, filho de Hasabias, dos filhos de Merari;

15 E Baquebacar, Heres, Galal, e Matanias filho de Mica, filho de Zicri, filho de Asafe;

16 E Obadias filho de Semaías, filho de Galal, filho de Jedutum; e Berequias filho de Asa, filho de Elcana, que habitou nas aldeias de Netofate.

17 E os porteiros foram: Salum, Acube, Talmom, Aimã, e seus irmãos cujo líder era Salum,

18 (O qual até agora fica junto à porta do rei ao oriente). Estes foram os porteiros do acampamento dos filhos de Levi.

19 E Salum, filho de Coré, filho de Ebiasafe, filho de Corá, e seus irmãos da família de seu pai, os coraítas, foram encarregados da obra do serviço, guardando os umbrais do tabernáculo; assim como seus pais foram capitães do acampamento de Yahueh, que guardavam a entrada.

20 E Fineias, filho de Eleazar, havia sido antes comandante sobre eles, e Yahueh era com ele.

21 E Zacarias, filho de Meselemias, era porteiro da porta da tenda do ajuntamento.

22 Todos estes, escolhidos para porteiros dos umbrais, foram duzentos e doze; e estes foram registrados em suas genealogias, segundo suas aldeias; e Davi e o vidente Samuel os constituíram em seu ofício.

23 Assim eles e seus filhos estiveram junto às portas da casa de Yahueh, a casa do Tabernáculo, como guardas.

24 Os porteiros estavam aos quatro ventos: ao oriente, ao ocidente, ao norte, e ao sul.

25 E seus irmãos que estavam em suas aldeias vinham de tempos em tempos para durante sete dias [servirem] com eles.

26 Pois havia naquele ofício chefes dos porteiros, que eram levitas; e eles eram encarregados das câmaras e dos tesouros da casa de Elohim.

27 E passavam a noite ao redor da casa de Elohim, porque eram responsáveis pela guarda, e por abri-la a cada manhã.

28 Alguns destes eram encarregados dos utensílios do serviço, pois os colocavam contados, e contados os tiravam.

29 E outros deles eram encarregados da mobília, e de todos os utensílios do santuário, como também da farinha, do vinho, do azeite, do incenso, e das especiarias.

30 E alguns dos filhos dos sacerdotes faziam o perfume das especiarias.

31 E Matitias, um dos Levitas, primogênito de Salum o coraíta, era encarregados das coisas que se faziam em assadeiras.

32 E alguns de seus irmãos, dos filhos dos coatitas, eram encarregados dos pães da proposição, para os prepararem para todos os sábados.

33 E destes também havia os cantores, cabeças das famílias dos levitas, os quais estavam isentos [de outros serviços] em suas câmaras, porque de dia e de noite estavam encarregados naquela obra.

34 Estes foram os cabeças das famílias dos levitas, cabeças em suas genealogias, os quais habitaram em Jerusalém.

35 E em Gibeão habitaram: Jeiel, pai de Gibeão (e o nome de sua mulher era Maaca);

36 E seu filho primogênito Abdom, depois Zur, Quis, Baal, Ner, Nadabe,

37 Gedor, Aiô, Zacarias, e Miclote.

38 E Miclote gerou a Simeia. E também estes habitaram em Jerusalém junto de seus irmãos.

39 E Ner gerou a Quis, Quis gerou a Saul, e Saul gerou a Jônatas, a Malquisua, a Abinadabe, e a Esbaal.

40 E filho de Jônatas foi Meribe-Baal; e Meribe-Baal gerou a Mica.

41 E os filhos de Mica foram: Pitom, Meleque, Tareia,

42 E] Acaz, [que] gerou a Jará, Jará gerou a Alemete, a Azmavete, e a Zinri; e Zinri gerou a Moza;

43 E Moza gerou a Bineá, cujo filho foi Refaías, cujo filho foi Eleasá, cujo filho foi Azel.

44 E Azel teve seis filhos, cujos nomes foram: Azricão, Bocru, Ismael, Searias, Obadias, e Hanã; estes foram os filhos de Azel.

 

CAPÍTULO 10

 

1 Os filisteus guerrearam contra Israel; e os homens de Israel fugiram diante deles, e caíram feridos no monte de Gilboa.

2 E os filisteus perseguiram a Saul e a seus filhos; e os filisteus mataram Jônatas, Abinadabe, e Malquisua, filhos de Saul.

3 E a batalha se dificultou sobre Saul; os flecheiros o alcançaram, e ele foi ferido pelos flecheiros.

4 Então Saul disse a seu escudeiro: Tira a tua espada, e atravessa-me com ela, para que não aconteça que estes incircuncisos venham, e escarneçam de mim. Porém seu escudeiro não quis, porque tinha muito medo. Então Saul tomou a espada, e se lançou sobre ela.

5 E quando seu escudeiro viu que Saul estava morto, ele também se lançou sobre sua espada, e morreu.

6 Assim Saul e seus três filhos morreram; e toda a sua casa morreu juntamente com ele.

7 E quando todos os homens de Israel que estavam no vale viram que [o exército] havia fugido, e que Saul e seus filhos estavam mortos, deixaram suas cidades, e fugiram; então os filisteus vieram, e habitaram nelas.

8 E no dia seguinte, quando os Filisteus vieram para despojar os mortos, acharam Saul e seus filhos estendidos no monte de Gilboa.

9 Então o despiram, tomaram sua cabeça e suas armas, e as enviaram por toda a terra dos filisteus para anunciarem a seus ídolos e ao povo.

10 E puseram suas armas no templo de seu elohim, e colocaram sua cabeça no templo de Dagom.

11 E quando todos os de Jabes-Gileade ouviram tudo quanto filisteus haviam feito a Saul,

12 Todos os homens valentes se levantaram, tomaram o corpo de Saul e os corpos de seus filhos, e os trouxeram a Jabes; e sepultaram seus ossos debaixo de um carvalho em Jabes, e jejuaram durante sete dias.

13 Assim Saul morreu por sua transgressão com que havia transgredido contra Yahueh, por causa da palavra de Yahueh, a qual ele não obedeceu; e por ter buscado à médium para lhe consultar,

14 E não ter buscado a Yahueh. Por isso ele o matou, e passou o reino a Davi, filho de Jessé.

 

CAPÍTULO 11

 

1 Então todo o Israel se ajuntou a Davi em Hebrom, dizendo: Eis que nós somos teu osso e tua carne.

2 E mesmo antes, quando Saul ainda era rei, tu conduzias as tropas de Israel. Também Yahueh teu Elohim te disse: Tu apascentarás o meu povo Israel, e tu serás líder do meu povo Israel.

|fn:  conduzias as tropas de Israel – fazias sair e entrar a Israel

3 Também vieram todos os anciãos de Israel ao rei em Hebrom, e Davi fez aliança com eles diante de Yahueh; e ungiram a Davi como rei sobre Israel, conforme a palavra de Yahueh por meio de Samuel.

4 Então Davi e todo Israel foram a Jerusalém, a qual era Jebus, pois ali os jebuseus eram os moradores daquela terra.

5 E os moradores de Jebus disseram a Davi: Tu não entrarás aqui. Porém Davi conquistou a fortaleza de Sião, que é a cidade de Davi.

6 (Pois Davi havia dito: O primeiro a derrotar aos jebuseus será chefe e comandante. Então Joabe, filho de Zeruia, subiu primeiro, e foi feito comandante.)

7 E Davi habitou na fortaleza; por isso que foi chamada de cidade de Davi.

8 E ele edificou a cidade ao redor, desde as fundações do aterro ao redor; e Joabe reparou o resto da cidade.

|fn:  fundações do aterro – obscuro – tradicionalmente: Milo

9 E Davi ia cada vez mais crescendo em poder, pois Yahueh dos exércitos era com ele.

10 Estes foram os líderes dos guerreiros que Davi teve, os que lhe deram forte apoio em seu reinado, com todo Israel, para o fazerem rei sobre Israel, conforme a palavra de Yahueh.

11 E este é o número dos guerreiros que Davi teve: Jasobeão, filho de Hacmoni, chefe de capitães, o qual, fazendo uso de sua lança, matou trezentos de um vez.

12 E depois dele Eleazar, filho de Dodô, o aoíta; ele era um dos três principais guerreiros.

13 Este esteve com Davi em Pas-Damim, quando os filisteus se ajuntaram para a batalha; e havia ali uma plantação cheia de cevada. Enquanto o povo fugia dos filisteus,

14 Eles se puseram no meio da plantação, defenderam-na, e derrotaram os Filisteus; e Yahueh lhes deu uma grande vitória.

|fn:  derrotaram – lit. feriram

15 E três dos trinta comandantes desceram a Davi, na rocha junto à caverna de Adulão, enquanto o acampamento dos filisteus estava no vale de Refaim.

16 E Davi estava então na fortaleza, enquanto havia uma tropa de filisteus em Belém.

17 Davi teve um desejo, e disse: Quem me dera beber da água do poço de Belém, que está junto à porta!

18 E aqueles três irromperam pelo acampamento dos filisteus, e tiraram água do poço de Belém, que está junto à porta, tomaram dela, e a trouxeram a Davi. Davi, porém não a quis beber; em vez disso, derramou-a a Yahueh,

19 E disse: Elohim me proíba de fazer isto! Beberia eu o sangue destes homens com suas vidas? Pois eles arriscaram suas vidas para a trazerem. Por isso ele não a quis beber. Isto fizeram aqueles três guerreiros.

20 E também Abisai, irmão de Joabe, foi o cabeça de três, o qual usando sua lança sobre trezentos, ele os matou; e foi famoso entre os três.

21 Dos três ele foi mais ilustre que os outros dois, por isso foi seu cabeça; porém não alcançou os três [primeiros] .

22 Também] Benaia, filho de Joiada, filho de homem valente, de grandes feitos, de Cabzeel; ele matou dois dos poderosos guerreiros de Moabe; ele também desceu, e matou um leão dentro de uma cova no tempo da neve.

23 Ele também matou um homem egípcio alto, de cinco côvados; o egípcio trazia na mão uma lança como um lançador de tecelão; porém [Benaia] desceu a ele com um bastão; e arrancou a lança da mão do egípcio, e o matou com sua própria lança.

24 Estas coisas fez Benaia, filho de Joiada, e por isso foi famoso entre aqueles três guerreiros.

25 Eis que ele foi o mais ilustre dos trinta, mas não alcançou os três [primeiros] . E Davi o pôs sobre sua guarda pessoal.

26 E os guerreiros dos exército foram: Asael, irmão de Joabe; Elanã filho de Dodô de Belém;

27 Samote o harodita; Helez o pelonita;

28 Ira, filho de Iques, o tecoíta; Abiezer o anatotita;

29 Sibecai o husatita; Ilai o aoíta;

30 Maarai o netofatita; Helede, filho de Baaná, o netofatita;

31 Itai, filho de Ribai, de Gibeá dos filhos de Benjamim; Benaia o piratonita;

32 Hurai do ribeiro de Gaás; Abiel, o arbatita;

33 Azmavete, o baarumita; Eliaba, o saalbonita;

34 Os filhos de Hasém, o gizonita; Jônatas, filho de Sage, o hararita;

35 Aião filho de Sacar, o hararita; Elifal filho de Ur;

36 Héfer, o mequeratita; Aías, o pelonita;

37 Hezro, o carmelita; Naarai, filho de Ezbai;

38 Joel, irmão de Natã; Mibar, filho de Hagri;

39 Zeleque, o amonita; Naarai, o berotita, escudeiro de Joabe filho de Zeruia;

40 Ira, o itrita; Garebe, o itrita;

41 Urias, o heteu; Zabade, filho de Alai;

42 Adina, filho de Siza, o rubenita, [o qual era] chefe dos rubenitas, e com ele trinta;

43 Hanã, filho de Maaca; Josafá o mitenita;

44 Uzia, o asteratia; Sama e Jeiel, filhos de Hotão, o aroerita;

45 Jedaiel, filho de Sinri, e seu irmão Joá, o tizita;

46 Eliel, o maavita; Jeribai e Josavias, filhos de Elnaão; Itma, o moabita;

47 Eliel; Obede; e Jaasiel, o mezobaíta.

 

CAPÍTULO 12

 

1 Estes, pois, foram os que vieram a Davi a Ziclague, enquanto ele ainda estava escondido por causa de Saul filho de Quis; e eles estiveram entre os guerreiros que o ajudaram na guerra.

2 Eles estavam armados de arcos, e podiam tanto com a mão direita como a esquerda atirar pedras com funda, e setas com arco. Estes eram dentre os irmãos de Saul, os benjamitas.

3 Aiezer, o cabeça; e Joás, filhos de Semaá o gibeatita; e Jeziel, e Pelete, filhos de Azmavete; e Beraca, e Jeú o anatotita;

4 E Ismaías, o gibeonita, valente entre os trinta, e capitão dos trinta; e Jeremias, Jaaziel, Joanã, Jozabade o gederatita;

5 Eluzai, Jeremote, Bealias, Semarias, e Sefatias o harufita;

6 Elcana, Issias, Azareel, Joezer, e Jasobeão, os coraítas;

7 E Joela e Zebadias, filhos de Jeroão de Gedor.

8 E [alguns] dos gaditas passaram a Davi, à fortaleza no deserto, guerreiros valentes, homens de guerra para lutar, armados com escudo e lança; seus rostos eram como rostos de leões, e velozes como as corças sobre os montes.

9 Ézer o cabeça, Obadias o segundo, Eliabe o terceiro,

10 Mismana o quarto, Jeremias o quinto,

11 Atai o sexto, Eliel o sétimo,

12 Joanã o oitavo, Elzabade o nono,

13 Jeremias o décimo, Macbanai o décimo primeiro.

14 Estes foram os capitães do exército dos filhos de Gade. O menor tinha autoridade sobre cem homens, e o maior sobre mil.

15 Estes foram os que passaram o Jordão no mês primeiro, quando ele estava transbordando sobre todas as suas margens; e fizeram fugir a todos os dos vales ao oriente e ao ocidente.

16 Também alguns dos filhos de Benjamim e de Judá vieram a Davi à fortaleza.

17 E Davi saiu ao encontro deles, e lhes falou, dizendo: Se viestes a mim para paz e para me ajudar, meu coração será unido convosco; mas se é para me entregar a meus inimigos, mesmo sendo meus mãos sem crime, o Elohim de nossos pais o veja, e o repreenda.

18 Então o espírito revestiu a Amasai, chefe de trinta, e disse: Teus somos, ó Davi! E contigo estamos, ó filho de Jessé! Paz, paz seja contigo, e paz com os teus ajudadores; pois o teu Elohim te ajuda. E Davi os recebeu, e os constituiu entre os capitães das tropas.

19 Também alguns de Manassés passaram a Davi, quando ele veio com os filisteus à batalha contra Saul, ainda que não os ajudaram; porque os líderes dos filisteus, [depois de terem feito] conselho, o despediram, dizendo: Com nossas cabeças ele passará a seu senhor Saul.

20 Quando, pois, ele veio a Ziclague, passaram-se a ele dos de Manassés: Adna, Jozabade, Jediaiel, Micael, Jozabade, Eliú, e Ziletai, chefes de milhares dos de Manassés.

21 E estes ajudaram a Davi contra aquela tropa; porque todos eles eram guerreiros valentes, e foram capitães no exército.

22 Pois naquele tempo todos os dias, eles vinham a Davi para o ajudar, até que se fez um grande exército, como um exército de Elohim.

23 E este são os números dos chefes armados para a batalha, que vieram a Davi em Hebrom, para passar a ele o reino de Saul, conforme a palavra de Yahueh:

24 Dos filhos de Judá que traziam escudo e lança, seis mil e oitocentos, armados para a batalha.

25 Dos filhos de Simeão, guerreiros valentes para batalhar, sete mil e cem.

26 Dos filhos de Levi, quatro mil e seiscentos;

27 Joiada, porém, era o comandante dos [descendentes] de Arão, e com ele três mil e setecentos;

28 E Zadoque, era um jovem guerreiro valente, e da família de seu pai vinte e dois líderes.

29 Dos filhos de Benjamim, irmãos de Saul, três mil; porque até então ainda havia muitos deles que ainda trabalhavam pela casa de Saul.

30 Dos filhos de Efraim, vinte mil e oitocentos, guerreiros valentes, homens ilustres nas casas de seus pais.

31 Da meia tribo de Manassés, dezoito mil, que foram convocados por nome para virem a tornar Davi rei.

32 Dos filhos de Issacar, conhecedores dos tempos, para saberem o que Israel devia fazer, duzentos de seus líderes; e todos os seus irmãos seguiam suas ordens.

33 E de Zebulom, cinquenta mil, que saíam como exército preparados para a batalha, com todas as armas de guerra; capazes de batalhar com firmeza de coração.

34 E de Naftali mil capitães, e com eles trinta e sete mil com escudo e lança.

35 E dos danitas, preparados para a batalha, vinte e oito mil e seiscentos.

36 E de Aser, dos que saíam como exército, prontos para a batalha, quarenta mil.

37 E dalém do Jordão, dos rubenitas, dos gaditas, e da meia tribo de Manassés, como toda variedade de armas de guerra para batalhar, cento e vinte mil.

38 Todos estes homens de guerra, postos em posição de batalha, com coração íntegro, vieram a Hebrom, para constituir Davi rei sobre todo Israel; e também todos os demais de Israel tinham a mesma intenção de constituir Davi o rei.

39 E estiveram ali com Davi três dias, comendo e bebendo, porque seus irmãos haviam lhes feito preparativos.

40 E também os seus vizinhos, até de Issacar, Zebulom, e Naftali, trouxeram pão sobre asnos, camelos, mulos, e bois; e alimento de farinha, bolos de figos e passas, vinho e azeite, bois e ovelhas em abundância, porque havia alegria em Israel.

 

CAPÍTULO 13

 

1 Então Davi teve conselho com os capitães de milhares e de centenas, [e] com todos os chefes.

2 E Davi disse a todo a congregação de Israel: Se bem vos parece, e se vem de nosso Elohim, enviemos depressa [mensageiros] aos nossos irmãos que restaram em todas as terras de Israel, aos sacerdotes e aos levitas que estão com eles em suas cidades e em seus arredores, para que se ajuntem conosco.

3 E tragamos de volta a nós a arca de nosso Elohim, porque não a buscamos desde o tempo de Saul.

4 Então toda a congregação disse que assim se fizesse, porque isso pareceu correto aos olhos de todo o povo.

5 Assim Davi ajuntou a todo Israel, desde Sior do Egito, até chegar a Hamate, para que trouxessem a arca de Elohim de Quriate-Jearim.

6 Então Davi subiu com todo Israel a Baalá, [que é] Quriate-Jearim, em Judá, para dali trazerem acima a arca do Deus Yahueh, que habita entre os querubins, a qual é chamada pelo seu nome.

7 E levaram a arca de Elohim da casa de Abinadabe sobre uma carruagem nova, e Uzá e seu irmão guiavam o carro.

8 E Davi e todo Israel celebravam diante de Elohim com toda força; e com canções, harpas, saltérios, tamboris, címbalos e com trombetas.

9 E quando chegaram à eira de Quidom, Uzá estendeu sua mão para segurar a arca, pois os bois tropeçaram.

10 Então a ira de Yahueh se acendeu contra Uzá, e o feriu, por ele ter estendido sua mão à arca; e morreu ali diante de Elohim.

11 E Davi teve desgosto, porque Yahueh havia atingido Uzá; por isso ele chamou aquele lugar Perez-Uzá, até hoje.

|fn:  atingido – lit. feito rompimento em

12 E Davi temeu a Elohim naquele dia, dizendo: Como trarei a mim a arca de Elohim?

13 Por isso Davi não trouxe a arca a si, à cidade de Davi; em vez disso ele a trouxe à casa de Obede-Edom, o geteu.

14 Assim a arca de Elohim ficou na casa de Obede-Edom, em sua casa, por três meses; e Yahueh abençoou a casa de Obede-Edom, e tudo quanto ele tinha.

 

CAPÍTULO 14

 

1 Então Hirão, rei de Tiro, enviou mensageiros a Davi, e também madeira de cedro, pedreiros e carpinteiros, para lhe edificarem uma casa.

2 E Davi entendeu que Yahueh o tinha confirmado por rei sobre Israel, pois seu reino tinha sido exaltado, por causa de seu povo Israel.

3 E Davi teve mais esposas em Jerusalém, e Davi ainda gerou filhos e filhas.

4 E estes são os nomes dos filhos que teve em Jerusalém: Samua, Sobabe, Natã, Salomão,

5 Ibar, Elisua, Elpelete,

6 Nogá, Nefegue, Jafia,

7 Elisama, Beeliada e Elifelete.

8 Quando, pois, os filisteus ouviram que Davi havia sido ungido rei sobre todo Israel, todos os filisteus subiram em busca de Davi. E quando Davi ouviu falar disso, logo saiu contra eles.

9 E os filisteus vieram e ocuparam o vale de Refaim.

10 Então Davi consultou a Elohim, dizendo: Subirei contra os filisteus? E tu os entregarás em minhas mãos? E Yahueh lhe disse: Sobe, porque eu os entregarei em teus mãos.

11 Davi subiu, pois, Baal-Perazim, e ali os derrotou. Então Davi disse: Por minha mão Elohim rompeu meus inimigos, como se rompem as águas. Por isso chamaram o nome daquele lugar Baal-Perazim.

12 E ali deixaram seus elohim, e Davi mandou que fossem queimados a fogo.

13 Porém os filisteus voltaram a ocupar o vale.

14 Então Davi voltou a consultar a Elohim, e Elohim lhe disse: Não subas por trás deles; em vez disso rodeia-os, e vem contra eles em frente das amoreiras;

15 E será que ouvires, quando tu ouvires o ruído do marchar [das tropas] pelas copas das amoreiras, então sai à batalha; porque Elohim sairá adiante de ti para derrotar o acampamento dos filisteus.

16 E Davi fez como Elohim lhe mandara, e feriram o acampamento dos filisteus desde Gibeão até Gezer.

17 E a fama de Davi se espalhou por todas aquelas terras; e Yahueh fez todas aquelas nações temerem a Davi.

 

CAPÍTULO 15

 

1 Davi também fez casas para si em sua cidade, e preparou um lugar para a arca de Elohim, e lhe armou uma tenda.

2 Então Davi disse: Ninguém pode trazer a arca de Elohim, a não ser os levitas; porque Yahueh os escolheu para que transportassem a arca de Yahueh, e para lhe servirem eternamente.

3 E Davi ajuntou a todo Israel em Jerusalém, para fazerem subir a arca de Yahueh a seu lugar, que ele tinha lhe preparado.

4 Davi também ajuntou aos filhos de Arão e aos levitas:

5 Dos filhos de Coate, Uriel o principal, e seus irmãos, cento e vinte;

6 Dos filhos de Merari, Asaías o principal, e seus irmãos, duzentos e vinte;

7 Dos filhos de Gérson, Joel o principal, e seus irmãos, cento e trinta;

8 Dos filhos de Elisafã, Semaías o principal, e seus irmãos, duzentos;

9 Dos filhos de Hebrom, Eliel o principal, e seus irmãos, oitenta;

10 Dos filhos de Uziel, Amidadabe o principal, e seus irmãos, cento e doze.

11 E Davi chamou aos sacerdotes Zadoque e Abiatar, e a os levitas Uriel, Asaías, Joel, Semaías, Eliel, e Aminadabe;

12 E disse-lhes: Vós que sois os chefes das famílias entre os levitas, santificai-vos, vós e vossos irmãos, e fazei subir a arca de Yahueh, Elohim de Israel, ao lugar que eu lhe preparei;

13 Pois por não terdes feito assim vós da primeira vez, Yahueh nosso Elohim fez nos atingiu, porque não o buscamos conforme o mandamento.

14 Assim os sacerdotes e os levitas se santificaram para trazerem a arca de Yahueh Elohim de Israel.

15 E os filhos dos levitas trouxeram a arca de Elohim com as barras sobre seus ombros, assim como Moisés tinha mandado conforme a palavra de Yahueh.

16 E Davi disse aos chefes dos levitas que constituíssem de seus irmãos cantores com instrumentos musicais, com saltérios, e harpas, e címbalos; para que fizessem sons e levantassem a voz com alegria.

17 Então os levitas constituíram a Hemã, filho de Joel; e de seus irmãos, a Asafe filho de Berequias; e dos filhos de Merari e de seus irmãos, a Etã filho de Cusaías;

18 E com eles a seus irmãos da segundo ordem, a Zacarias, Bene e Jaaziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Benaia, Maaseias, Matitias, Elifeleu, Micneias, Obede-Edom, e Jeiel, os porteiros.

19 E os cantores: Hemã, Asafe, e Etã, fizeram sons com címbalos de metal.

20 E Zacarias, Aziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Maaseias, e Benaia, com saltérios sobre Alamote.

|fn:  Alamote – obscuro

21 E Matitias, Elifeleu, Micneias, Obede-Edom, Jeiel, e Azazias, tocavam ao modo de Seminite.

|fn:  Seminite – obscuro

22 E Quenanias, chefe dos levitas, estava encarregado de conduzir o cântico; ele ensinava o cântico porque era entendido.

23 E Berequias e Elcana eram porteiros da arca.

24 E os sacerdotes Sebanias, Josafá, Natanael, Amasai, Zacarias, Benaia, e Eliézer, tocavam as trombetas diante da arca de Elohim; e Obede-Edom e Jeías eram porteiros da arca.

25 Sucedeu, pois, que Davi, os anciãos de Israel, e os capitães de milhares, foram fazer subir a arca do pacto de Yahueh, de casa de Obede-Edom, com alegria.

26 E foi que, por Elohim estar ajudando os levitas que levavam a arca do pacto de Yahueh, eles sacrificaram sete novilhos e sete carneiros.

27 E Davi ia vestido de um roupão de linho fino, como também todos os levitas que levavam a arca, e os cantores; e Quenanias era o chefe da música e dos cantores. Davi também levava sobre si um éfode de linho.

28 Assim todo Israel fez subir a arca do pacto de Yahueh, com júbilo, som de cornetas e trombetas, e címbalos, e ao som de saltérios e harpas.

29 E foi que, quando a arca do pacto de Yahueh chegou à cidade de Davi, Mical, filha de Saul, olhou por uma janela, e viu o rei Davi dançando e saltando; e ela o desprezou em seu coração.

 

CAPÍTULO 16

 

1 Trouxeram, pois, a arca de Elohim, e a puseram no meio da tenda que Davi tinha lhe armado; e apresentaram ofertas de queima e sacrifícios de gratidão diante de Elohim.

2 E Davi, quando terminou de apresentar as ofertas de queima e os sacrifícios de gratidão, abençoou ao povo em nome de Yahueh.

3 E repartiu a todos em Israel, tanto homens como mulheres, a cada um um bolo de pão, uma boa porção de carne, e um bolo de passas.

4 E pôs diante do arca de Yahueh a [alguns] dos levitas como servidores, para que celebrassem, agradecessem, e louvassem a Yahueh Elohim de Israel:

5 Asafe era o cabeça, e Zacarias era o segundo depois; Jeiel, Semiramote, Jeiel, Matitias, Eliabe, Benaia, Obede-Edom, e Jeiel, estavam com seus instrumentos de saltérios e harpas, mas Asafe fazia som com címbalos;

6 Porém os sacerdotes Benaia e Jaaziel estavam continuamente com trombetas diante do arca do pacto de Elohim.

7 Então naquele mesmo dia Davi pela primeira vez mandou celebrarem a Yahueh por meio de Asafe e de seus irmãos:

8 Louvai a Yahueh, invocai o seu nome, notificai entre os povos os seus feitos.

9 Cantai a ele, cantai-lhe salmos; falai de todas as suas maravilhas.

10 Gloriai-vos em seu santo nome; alegre-se o coração dos que buscam a Yahueh.

11 Procurai a Yahueh e à sua força; buscai a sua face continuamente.

12 Lembrai-vos de suas maravilhas que ele fez, de seus prodígios, e dos juízos de sua boca,

13 Vós, descendentes de seu servo Israel, vós filhos de Jacó, seus escolhidos.

|fn:  descendentes – lit. semente

14 Ele é Yahueh, o nosso Elohim; seus juízos estão em toda a terra.

15 Lembrai-vos perpetuamente de seu pacto, [e] da palavra que ele mandou até mil gerações;

16 Do pacto que estabeleceu com Abraão, e do seu juramento a Isaque;

17 O qual confirmou a Jacó por estatuto, a Israel por pacto eterno,

18 Dizendo: A ti darei a terra de Canaã, a porção de vossa herança;

19 Quando vós éreis poucos em número, poucos, e estrangeiros nela;

20 Que andavam de nação em nação, de um reino a outro povo.

21 A ninguém ele permitiu que os oprimisse; por causa deles repreendeu a reis,

22 Dizendo] : Não toqueis a meus ungidos, nem façais mal a meus profetas.

23 Cantai a Yahueh, toda a terra, anunciai de dia em dia sua salvação.

24 Cantai entre as nações sua glória, e entre todos os povos suas maravilhas.

25 Porque Yahueh é grande, e muito digno de ser louvado; ele é mais temível que todos os elohim.

26 Pois todas as deidades dos povos nada são; porém Yahueh fez os céus.

27 Majestade e esplendor há diante de ele; força e alegria em sua morada.

28 Reconhecei a Yahueh, ó famílias das nações, reconhecei a Yahueh a glória e o poder.

29 Dai a Yahueh a glória de seu nome; trazei ofertas, e vinde diante dele; adorai a Yahueh na glória de sua santidade.

30 Assombrai-vos diante dele, vós, toda a terra; a terra [por ele] foi estabelecida, para que não se movesse.

31 Alegrem-se os céus, e goze-se a terra, e digam nas nações: Reina Yahueh.

32 Ressoe o mar, e a plenitude dela: Alegre-se o campo, e todo o que contém.

33 Então cantarão as árvores dos bosques diante de Yahueh, Porque vem a julgar a terra.

34 Celebrai a Yahueh, porque é bom; Porque sua misericórdia é eterna.

35 E dizei: Salva-nos, ó Elohim, saúde nossa: Junta-nos, e livra-nos das nações, Para que confessemos tua santo nome, e nos gloriemos em teus louvores.

36 Bendito seja Yahueh Elohim de Israel, De eternidade a eternidade.

37 E deixou ali, diante do arca do pacto de Yahueh, a Asafe e a seus irmãos, para que ministrassem de contínuo diante da arca, cada coisa em seu dia:

38 E a Obede-Edom e a seus irmãos, sessenta e oito; e a Obede-Edom filho de Jedutum, e a Hosa, por porteiros:

39 Assim a Zadoque o sacerdote, e a seus irmãos os sacerdotes, diante do tabernáculo de Yahueh no alto que estava em Gibeão,

40 Para que sacrificassem continuamente, a manhã e tarde, holocaustos a Yahueh no altar do holocausto, conforme a todo o que está escrito na lei de Yahueh, que ele prescreveu a Israel;

41 E com eles a Hemã e a Jedutum, e os outros escolhidos declarados por seus nomes, para glorificar a Yahueh, porque é eterna sua misericórdia;

42 Com eles a Hemã e a Jedutum com trombetas e címbalos para tanger, e com outros instrumentos de música de Elohim; e a os filhos de Jedutum, por porteiros.

43 E todo o povo se foi cada um a sua casa; e Davi se voltou para abençoar sua casa.

 

CAPÍTULO 17

 

1 E aconteceu que morando Davi em sua casa, disse Davi ao profeta Natã: Eis aqui eu habito em casa de cedro, e a arca do pacto de Yahueh debaixo de cortinas.

2 E Natã disse a Davi: Faze tudo o que está em tua coração, porque Elohim é contigo.

3 Naquela mesma noite foi palavra de Elohim a Natã, dizendo:

4 Vai e dize a Davi meu servo: Assim disse Yahueh: Tu não me edificarás casa em que habite:

5 Porque não habitei em casa alguma desde o dia que tirei a os filhos de Israel até hoje; antes estive de tenda em tenda, e de tabernáculo em tabernáculo.

6 Em todo quanto andei com todo Israel falei uma palavra a algum dos juízes de Israel, a os quais mandei que apascentassem meu povo, para dizer-lhes: Por que não me edificais uma casa de cedro?

7 Por tanto, agora dirás a meu servo Davi: Assim disse Yahueh dos exércitos: Eu te tomei da malhada, de detrás do gado, para que fosses príncipe sobre meu povo Israel;

8 E fui contigo em tudo quanto andaste, e arranquei a todos teus inimigos de diante de ti, e te fiz grande nome, como o nome dos grandes que são na terra.

9 Assim dispus lugar a meu povo Israel, e o plantei para que habite por si, e que não seja mais comovido: nem os filhos de iniquidade o consumirão mais, como antes,

10 E desde o tempo que pus os juízes sobre meu povo Israel; mas humilharei a todos teus inimigos. Faço-te ademais saber que Yahueh te há de edificar casa.

11 E será que, quando teus dias forem cumpridos para ir-te com teus pais, levantarei tua semente depois de ti, a qual será de teus filhos, e afirmarei seu reino.

12 Ele me edificará casa, e eu confirmarei seu trono eternamente.

13 Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho: e não tirarei dele minha misericórdia, como a tirei daquele que foi antes de ti;

14 Mas eu o confirmarei em minha casa e em meu reino eternamente; e seu trono será firme para sempre.

15 Conforme a todas estas palavras, e conforme a toda esta visão, assim falou Natã a Davi.

16 E entrou o rei Davi, e esteve diante de Yahueh, e disse: ó Yahueh Elohim, quem sou eu, e qual é minha casa, que me trouxeste até este lugar?

17 E ainda isto, ó Elohim, te pareceu pouco, pois que falaste da casa de teu servo para mais longe, e me olhaste como a um homem excelente, ó Yahueh Elohim.

18 Que mais pode dizer Davi pedindo de ti para glorificar a tua servo? Porém tu conheces a teu servo.

19 Ó Yahueh, por amor de teu servo e segundo teu coração, fizeste toda esta grandeza, para fazer notórias todas as tuas grandezas.

20 Ó Yahueh, não há semelhante a ti, nem há Elohim a não ser tu, segundo todas as coisas que ouvimos com nossos ouvidos.

21 E que gente há na terra como teu povo Israel, cujo Elohim fosse e se redimisse um povo, para fazer-te nome com grandezas e maravilhas, lançando as nações de diante de teu povo, que tu resgataste do Egito?

22 Tu constituíste a teu povo Israel por povo teu para sempre; e tu, Yahueh, vieste a ser seu Elohim.

23 Agora, pois, Yahueh, a palavra que falaste acerca de teu servo e de sua casa, seja firme para sempre, e face como disseste.

24 Permaneça, pois, e seja engrandecido teu nome para sempre, a fim de que se diga: Yahueh dos exércitos, Elohim de Israel, é Elohim para Israel. E seja a casa de teu servo Davi firme diante de ti.

25 Porque tu, Elohim meu, revelaste ao ouvido a teu servo que lhe edificarás casa; por isso achou teu servo motivo de orar diante de ti.

26 Agora, pois, Yahueh, tu és o Elohim que falaste de teu servo este bem;

27 E agora quiseste abençoar a casa de teu servo, para que permaneça perpetuamente diante de ti: porque tu, Yahueh, a abençoaste, e será bendita para sempre.

 

CAPÍTULO 18

 

1 Depois destas coisas aconteceu que Davi feriu a os filisteus, e os humilhou; e tomou a Gate e suas vilas de mão dos filisteus.

2 Também feriu a Moabe; e os moabitas foram servos de Davi trazendo-lhe presentes.

3 Assim feriu Davi a Hadadezer rei de Zobá, em Hamate, indo ele a assegurar seu domínio ao rio de Eufrates.

4 E tomou-lhes Davi mil carros, e sete mil a cavalo, e vinte mil homens a pé: e aleijou Davi os cavalos de todos os carros, exceto os de cem carros que deixou.

5 E vindo os sírios de Damasco em ajuda de Hadadezer rei de Zobá, Davi feriu dos sírios vinte e dois mil homens.

6 E pôs Davi guarnição em Síria a de Damasco, e os sírios foram feitos servos de Davi, trazendo-lhe presentes: porque Yahueh salvava a Davi de onde quer que fosse.

7 Tomou também Davi os escudos de ouro que levavam os servos de Hadadezer, e trouxe-os a Jerusalém.

8 Assim de Tibate e de Cum cidades de Hadadezer, tomou Davi muito metal, de que Salomão fez o mar de bronze, as colunas, e vasos de bronze.

9 E ouvindo Toú rei de Hamate, que Davi havia defeito todo o exército de Hadadezer, rei de Zobá,

10 Enviou a Adorão seu filho ao rei Davi, a saudar-lhe e a bendizer-lhe por haver guerreado com Hadadezer, e haver lhe vencido; porque Toú tinha guerra com Hadadezer. Enviou-lhe também toda sorte de vasos de ouro, de prata e de metal;

11 Os quais o rei Davi dedicou a Yahueh, com a prata e ouro que havia tomado de todas as nações, de Edom, de Moabe, dos filhos de Amom, dos filisteus, e de Amaleque.

12 A mais de isto Abisai filho de Zeruia feriu no vale do sal dezoito mil edomitas.

13 E pôs guarnição em Edom, e todos os edomitas foram servos de Davi: porque Yahueh guardava a Davi de onde quer que fosse.

14 E reinou Davi sobre todo Israel, e fazia juízo e justiça a todo seu povo.

15 E Joabe filho de Zeruia era general do exército; e Josafá filho de Ailude, chanceler;

16 E Zadoque filho de Aitube, e Abimeleque filho de Abiatar, eram sacerdotes; e Sausa, secretário;

17 E Benaia filho de Joiada era sobre os quereteus e peleteus; e os filhos de Davi eram os príncipes cerca do rei.

 

CAPÍTULO 19

 

1 Depois destas coisas aconteceu que morreu Naás rei dos filhos de Amom, e reinou em seu lugar seu filho.

2 E disse Davi: Farei misericórdia com Hanã filho de Naás, porque também seu pai fez comigo misericórdia. Assim Davi enviou embaixadores que o consolassem da morte de seu pai. Mas vindos os servos de Davi na terra dos filhos de Amom a Hanã,

3 Os príncipes dos filhos de Amom disseram a Hanã: A teu parecer honra Davi a teu pai, que te enviou consoladores? Não vem antes seus servos a ti para esquadrinhar, e inquirir, e reconhecer a terra?

4 Então Hanã tomou os servos de Davi, e rapou-os, e cortou-lhes as vestes ao meio, até as nádegas, e despachou-os.

5 Foram-se, pois, e dada que foi a nova a Davi de aqueles varões, ele enviou a recebê-los, porque estavam muito afrontados. E fez-lhes dizer o rei: Ficai-vos em Jericó até que vos cresça a barba, e então voltareis.

6 E vendo os filhos de Amom que se haviam feito odiosos a Davi, Hanã e os filhos de Amom enviaram mil talentos de prata, para tomar a soldo carros e gente a cavalo da Síria dos rios, e da Síria de Maaca, e de Zobá.

7 E tomaram a soldo trinta e dois mil carros, e ao rei de Maaca e a seu povo, os quais vieram e assentaram seu campo diante de Medeba. E juntaram-se também os filhos de Amom de suas cidades, e vieram à guerra.

8 Ouvindo-o Davi, enviou a Joabe com todo o exército dos homens valentes.

9 E os filhos de Amom saíram, e ordenaram sua tropa à entrada da cidade; e os reis que haviam vindo, estavam por si no campo.

10 E vendo Joabe que a face da batalha estava contra ele diante e às costas, escolheu de todos os mais avantajados que havia em Israel, e ordenou seu esquadrão contra os sírios.

11 Pôs logo o resto da gente em mão de Abisai seu irmão, ordenando-os em batalha contra os amonitas.

12 E disse: Se os sírios forem mais fortes que eu, tu me salvarás; e se os amonitas forem mais fortes que tu, eu te salvarei.

13 Esforça-te, e esforcemo-nos por nosso povo, e pelas cidades de nosso Elohim; e faça Yahueh o que bem lhe parecer.

14 Acercou-se logo Joabe e o povo que tinha consigo, para pelejar contra os sírios; mas eles fugiram diante dele.

15 E os filhos de Amom, vendo que os sírios haviam fugido, fugiram também eles diante de Abisai seu irmão, e entraram-se na cidade. Então Joabe se voltou a Jerusalém.

16 E vendo os sírios que haviam caído diante de Israel, enviaram embaixadores, e trouxeram aos sírios que estavam da outra parte do rio, cujo capitão era Sofaque, general do exército de Hadadezer.

17 Logo que foi dado aviso a Davi, juntou a todo Israel, e passando o Jordão veio a eles, e ordenou contra eles seu exército. E como Davi havia ordenado sua tropa contra eles, lutaram com ele os sírios.

18 Mas o sírio fugiu diante de Israel; e matou Davi dos sírios sete mil homens dos carros, e quarenta mil homens a pé: assim matou a Sofaque, general do exército.

19 E vendo os sírios de Hadadezer que haviam caído diante de Israel, concertaram paz com Davi, e foram seus servos; e nunca mais quis o sírio ajudar a os filhos de Amom.

 

CAPÍTULO 20

 

1 E aconteceu à volta do ano, no tempo que costumam os reis sair à guerra, que Joabe tirou as forças do exército, e destruiu a terra dos filhos de Amom, e veio e cercou a Rabá. Mas Davi estava em Jerusalém: e Joabe bateu a Rabá, e a destruiu.

2 E tomou Davi a coroa de seu rei de encima de sua cabeça, e achou-a de peso de um talento de ouro, e havia nela pedras preciosas; e foi posta sobre a cabeça de Davi. E ademais de isto tirou da cidade um muito grande despojo.

3 Tirou também ao povo que estava nela, e cortou-os com serras, e com trilhos de ferro, e machados. O mesmo fez Davi a todas as cidades dos filhos de Amom. E voltou-se Davi com todo o povo a Jerusalém.

4 Depois de isto aconteceu que se levantou guerra em Gezer com os filisteus; e feriu Sibecai Husatita a Sipai, da linhagem dos gigantes; e foram humilhados.

5 E voltou-se a levantar guerra com os filisteus; e feriu Elanã filho de Jair a Lami, irmão de Golias geteu, a haste de cuja lança era como um lançador de tecedores.

6 E voltou a haver guerra em Gate, de onde havia um homem de grande estatura, o qual tinha seis dedos em pés e mãos, em todos vinte e quatro: e também era filho de Rafa.

7 Insultou ele a Israel, mas feriu-o Jônatas, filho de Simeia irmão de Davi.

8 Estes foram filhos de Rafa em Gate, os quais caíram por mão de Davi e de seus servos.

 

CAPÍTULO 21

 

1 Mas Satanás se levantou contra Israel, e incitou a Davi a que contasse a Israel.

2 E disse Davi a Joabe e a os príncipes do povo: Ide, contai a Israel desde Berseba até Dã, e trazei-me o número deles para que eu o saiba.

3 E disse Joabe: Acrescente Yahueh a seu povo cem vezes outros tantos. Rei senhor meu, não são todos estes servos de meu senhor? Para que procura meu senhor isto, que será pernicioso a Israel?

4 Mas o mandamento do rei pode mais que Joabe. Saiu por tanto Joabe, e foi por todo Israel; e voltou a Jerusalém, e deu a conta do número do povo a Davi.

5 E achou-se em todo Israel que tiravam espada, onze vezes cem mil; e de Judá quatrocentos e setenta mil homens que tiravam espada.

6 Entre estes não foram contados os levitas, nem os filhos de Benjamim, porque Joabe abominava o mandamento do rei.

7 Assim desagradou este negócio a os olhos de Elohim, e feriu a Israel.

8 E disse Davi a Elohim: Pequei gravemente em fazer isto: rogo-te que faças passar a iniquidade de teu servo, porque eu ei feito muito loucamente.

9 E falou Yahueh a Gade, vidente de Davi, dizendo:

10 Vai, e fala a Davi, e dize-lhe: Assim disse Yahueh: Três coisas te proponho; escolhe de elas uma que eu faça contigo.

11 E vindo Gade a Davi, disse-lhe: Assim disse Yahueh:

12 Escolhe-te, ou três anos de fome; ou ser por três meses defeito diante de teus inimigos, e que a espada de teus adversários te alcance; ou por três dias a espada de Yahueh e pestilência na terra, e que o anjo de Yahueh destrua em todo o termo de Israel. Olha, pois, o que responderá ao que me enviou.

13 Então Davi disse a Gade: Estou em grande angústia: rogo que eu caia na mão de Yahueh; porque suas misericórdias são muitas em extremo, e que não caia eu em mãos de homens.

14 Assim Yahueh deu pestilência em Israel, e caíram de Israel setenta mil homens.

15 E enviou Yahueh o anjo a Jerusalém para destruí-la: mas estando ele destruindo, olhou Yahueh, e renuncio-se daquele mal,

16 E levantando Davi seus olhos, viu ao anjo de Yahueh, que estava entre o céu e a terra, tendo uma espada nua em sua mão, estendida contra Jerusalém. Então Davi e os anciãos se prostraram sobre seus rostos, cobertos de sacos.

17 E disse Davi a Elohim: Não sou eu o que fez contar o povo? Eu mesmo sou o que pequei, e certamente fiz mal; mas estas ovelhas, que fizeram? Ó Yahueh, Elohim meu, seja agora tua mão contra mim, e contra a casa de meu pai, e não haja praga em teu povo.

18 E o anjo de Yahueh ordenou a Gade que dissesse a Davi, que subisse e construísse um altar a Yahueh na era de Ornã jebuseu.

19 Então Davi subiu, conforme a palavra de Gade que lhe havia dito em nome de Yahueh.

20 E voltando-se Ornã viu o anjo; pelo que se esconderam quatro filhos seus que com ele estavam. E Ornã trilhava o trigo.

21 E vindo Davi a Ornã, olhou este, e viu a Davi: e saindo da eira, prostrou-se em terra a Davi.

22 Então disse Davi a Ornã: Dá-me este lugar da eira, em que edifique um altar a Yahueh, e dá-o a mim por seu devido preço, para que cesse a praga do povo.

23 E Ornã respondeu a Davi: Toma-o para ti, e faça meu senhor o rei o que bem lhe parecer: e ainda os bois darei para o holocausto, e os trilhos para lenha, e trigo para o presente: eu o dou tudo.

24 Então o rei Davi disse a Ornã: Não, mas sim que efetivamente a comprarei por seu justo preço: porque não tomarei para Yahueh o que é teu, nem sacrificarei holocausto que nada me custe.

25 E deu Davi a Ornã pelo lugar seiscentos siclos de ouro por peso.

26 E edificou ali Davi um altar a Yahueh, em o que ofereceu holocaustos e sacrifícios pacíficos, e invocou a Yahueh, o qual lhe respondeu por fogo dos céus em o altar do holocausto.

27 E como Yahueh falou ao anjo, ele voltou sua espada à bainha.

28 Então vendo Davi que Yahueh lhe havia ouvido na eira de Ornã jebuseu, sacrificou ali.

29 E o tabernáculo de Yahueh que Moisés havia feito no deserto, e o altar do holocausto, estavam então no alto de Gibeão:

30 Mas Davi não pode ir ali a consultar a elohim, porque estava espantado por causa da espada do anjo de Yahueh.

 

CAPÍTULO 22

 

1 E disse Davi: Esta é a casa de Yahueh elohim, e este é o altar do holocausto para Israel.

2 Depois mandou Davi que se juntassem os estrangeiros que estavam na terra de Israel, e assinalou deles pedreiros que lavrassem pedras para edificar a casa de Elohim.

3 Assim preparou Davi muito ferro para os pregos das portas, e para as junturas; e muito metal sem peso, e madeira de cedro sem conta.

4 Porque os sidônios e tírios haviam trazido a Davi madeira de cedro inumerável.

5 E disse Davi: Salomão meu filho é jovem e tenro, e a casa que se há de edificar a Yahueh há de ser magnífica por excelência, para nome e honra em todas as terras; agora pois eu lhe prepararei o necessário. E preparou Davi antes de sua morte em grande abundância.

6 Chamou então Davi a Salomão seu filho, e mandou-lhe que edificasse casa a Yahueh Elohim de Israel.

7 E disse Davi a Salomão: Filho meu, em meu coração tive o edificar templo ao nome de Yahueh meu Elohim.

8 Mas veio a mim palavra de Yahueh, dizendo: Tu derramaste muito sangue, e trouxeste grandes guerras: não edificarás casa a meu nome, porque derramaste muito sangue na terra diante de mim:

9 Eis aqui, um filho te nascerá, o qual será homem de repouso, porque eu lhe darei quietude de todos seus inimigos em derredor; por tanto seu nome será Salomão; e eu darei paz e repouso sobre Israel em seus dias:

10 Ele edificará casa a meu nome, e ele me será a mim por filho, e eu lhe serei por pai; e afirmarei o trono de seu reino sobre Israel para sempre.

11 Agora, pois, filho meu, seja contigo Yahueh, e sejas próspero, e edifiques casa a o Yahueh teu Elohim, como ele disse de ti.

12 E Yahueh te dê entendimento e prudência, e ele te dê mandamentos para Israel; e que tu guardes a lei de Yahueh teu Elohim.

13 Então serás próspero, se cuidares de pôr por obra os estatutos e direitos que Yahueh mandou a Moisés para Israel. Esforça-te pois, e recobra ânimo; não temas, nem desmaies.

14 Eis aqui, eu em minha estreiteza preveni para a casa de Yahueh cem mil talentos de ouro, e um milhar de milhares de talentos de prata: não tem peso o metal nem o ferro, porque é muito. Assim aprontei madeira e pedra, a o qual tu acrescentarás.

15 Tu tens contigo muitos oficiais, pedreiros, pedreiros, e carpinteiros, e todo homem especialista em toda obra.

16 Do ouro, da prata, do metal, e do ferro, não há número. Levanta-te, pois, e à obra; que Yahueh será contigo.

17 Assim mandou Davi a todos os principais de Israel que dessem ajuda a Salomão seu filho, dizendo:

18 Não é convosco Yahueh vosso Elohim, o qual vos há dado quietude de todas as partes? Porque ele entregou em minha mão os moradores da terra, e a terra há sido sujeitada diante de Yahueh, e diante de seu povo.

19 Ponde, pois, agora vossos corações e vossos ânimos em buscar a Yahueh vosso Deus; e levantai-vos, e edificai o santuário do Elohim Yahueh, para trazer a arca do pacto de Yahueh, e o santos vasos de Elohim, à casa edificada ao nome de Yahueh.

 

CAPÍTULO 23

 

1 Sendo, pois, Davi já velho e farto de dias, fez a Salomão seu filho rei sobre Israel.

2 E juntando a todos os principais de Israel, e a os sacerdotes e levitas,

3 Foram contados os levitas de trinta anos acima; e foi o número deles por suas cabeças, contados um a um, trinta e oito mil.

4 Destes, vinte e quatro mil para dar pressa à obra da casa de Yahueh; e governadores e juízes, seis mil;

5 Ademais quatro mil porteiros; e quatro mil para louvar a Yahueh, disse Davi, com os instrumentos que fiz para render louvores.

6 E repartiu-os Davi em ordens conforme a os filhos de Levi, Gérson e Coate e Merari.

7 Os filhos de Gérson: Ladã, e Simei.

8 Os filhos de Ladã, três: Jeiel o primeiro, depois Zetã e Joel.

9 Os filhos de Simei, três: Selomote, Haziel, e Harã. Estes foram os príncipes das famílias de Ladã.

10 E os filhos de Simei: Jaate, Zina, Jeus, e Berias. Estes quatro foram os filhos de Simei.

11 Jaate era o primeiro, Zina o segundo; mas Jeus e Berias não multiplicaram em filhos, por o qual foram contados por uma família.

12 Os filhos de Coate: Anrão, Izar, Hebrom, e Uziel, eles quatro.

13 Os filhos de Anrão: Arão e Moisés. E Arão foi apartado para ser dedicado às mais santas coisas, ele e seus filhos para sempre, para que queimassem perfumes diante de Yahueh, e lhe ministrassem, e bendisessem em seu nome, para sempre.

14 E os filhos de Moisés, homem de Elohim, foram contados na tribo de Levi.

15 Os filhos de Moisés foram Gérson e Eliézer.

16 Filho de Gérson foi Sebuel o primeiro.

17 E filho de Eliézer foi Reabias o primeiro. E Eliézer não teve outros filhos; mas os filhos de Reabias foram muitos.

18 Filho de Izar foi Selomite o primeiro.

19 Os filhos de Hebrom: Jería o primeiro, Amarias o segundo, Jaaziel o terceiro, e Jecameão o quarto.

20 Os filhos de Uziel: Mica o primeiro, e Issias o segundo.

21 Os filhos de Merari: Mali e Musi. Os filhos de Mali: Eleazar e Quis.

22 E morreu Eleazar sem filhos, mas teve filhas; e os filhos de Quis, seus irmãos, as tomaram por mulheres.

23 Os filhos de Musi: Mali, Éder e Jeremote, eles três.

24 Estes são os filhos de Levi nas famílias de seus pais, cabeceiras de famílias em suas linhagens, contados por seus nomes, por suas cabeças, os quais faziam obra no ministério da casa de Yahueh, de vinte anos para cima.

25 Porque Davi disse: Yahueh Elohim de Israel há dado repouso a seu povo Israel, e o habitar em Jerusalém para sempre.

26 E também os levitas não levarão mais o tabernáculo, e todos seus vasos para seu ministério.

27 Assim que, conforme as últimas palavras de Davi, foi a contagem dos filhos de Levi de vinte anos acima.

28 E estavam sob a mão dos filhos de Arão, para ministrar na casa de Yahueh, nos átrios e nas câmaras, e na purificação de toda coisa santificada, e na demais obra do ministério da casa de Elohim;

29 Assim para os pães da proposição, e para a flor da farinha para o sacrifício, e para os pães sem levedura, e para as coisas postas em panelas, e para o tostado, e para toda medida e conta;

30 E para que assistissem cada manhã todos os dias a confessar e louvar a Yahueh, e assim à tarde;

31 E para oferecer todos os holocaustos a Yahueh os sábados, novas luas, e solenidades, por a conta e forma que tinham, continuamente diante de Yahueh.

32 E para que tivessem a guarda do tabernáculo do testemunho, e a guarda do santuário, e as ordens dos filhos de Arão seus irmãos, no ministério da casa de Yahueh.

 

CAPÍTULO 24

 

1 Também os filhos de Arão tiveram suas repartições. Os filhos de Arão: Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar.

2 Mas Nadabe, e Abiú morreram antes que seu pai, e não tiveram filhos: Eleazar e Itamar tiveram o sacerdócio.

3 E Davi os repartiu, sendo Zadoque dos filhos de Eleazar, e Aimeleque dos filhos de Itamar, por seus turnos em seu ministério.

4 E os filhos de Eleazar foram achados, quanto a seus principais varões, muitos mais que os filhos de Itamar; e repartiram-nos assim: Dos filhos de Eleazar havia dezesseis cabeças de famílias paternas; e dos filhos de Itamar pelas famílias de seus pais, oito.

5 Repartiram-nos, pois, por sorte os uns com os outros: porque dos filhos de Eleazar e dos filhos de Itamar havia príncipes do santuário, e príncipes da casa de Elohim.

6 E Semaías escriba, filho de Natanael, dos levitas, escreveu-os diante do rei e dos príncipes, e diante de Zadoque o sacerdote, e de Aimeleque filho de Abiatar, e dos príncipes das famílias dos sacerdotes e levitas; e inscreviam uma família a Eleazar, e a Itamar outra.

7 E a primeira sorte saiu por Jeoiaribe, a segunda por Jedaías;

8 A terceira por Harim, a quarta por Seorim;

9 A quinta por Malquias, a sexta por Miamim;

10 A sétiam por Coz, a oitava por Abias;

11 A nona por Jesua, a décima por Secanias;

12 A décima primeira por Eliasibe, a décima segunda por Jaquim;

13 A décima terceira por Hupá, a décima quarta por Jesebeabe;

14 A décima quinta por Bilga, a décima sexta por Imer;

15 A décima sétima por Hezir, a décima outiva por Hapises;

16 A décima nona por Petaías, a vigésima por Jeezquel;

17 A vigésima primeira por Jaquim, a vigésima segunda por Gamul;

18 A vigésima terceira por Delaías, a vigésima quarta por Maazias.

19 Estes foram contados em seu ministério, para que entrassem na casa de Yahueh, conforme a sua ordenança, sob o mando de Arão seu pai, da maneira que lhe havia mandado Yahueh o Elohim de Israel.

20 E dos filhos de Levi que restaram: Subael, dos filhos de Anrão; e dos filhos de Subael, Jedias.

21 E dos filhos de Reabias, Issias o principal.

22 Dos izaritas, Selomote; e filho de Selomote, Jaate.

23 E dos filhos de Hebrom; Jerias o primeiro, o segundo Amarias, o terceiro Jaaziel, o quarto Jecameão.

24 Filho de Uziel, Mica; e filho de Mica, Samir.

25 Irmão de Mica, Issias; e filho de Issias, Zacarias.

26 Os filhos de Merari: Mali e Musi; filho de Jaazias, Beno.

27 Os filhos de Merari por Jaazias: Beno, e Soão, Zacur e Ibri.

28 E de Mali, Eleazar, o qual não teve filhos.

29 Filho de Quis, Jerameel.

30 Os filhos de Musi: Mali, Éder e Jeremote. Estes foram os filhos dos levitas conforme às casas de suas famílias.

31 Estes também lançaram sortes, como seus irmãos os filhos de Arão, diante do rei Davi, e de Zadoque e de Aimeleque, e dos príncipes das famílias dos sacerdotes e levitas: o principal dos pais igualmente que o menor de seus irmãos.

 

CAPÍTULO 25

 

1 Assim Davi e os príncipes do exército apartaram para o ministério a os filhos de Asafe, e de Hemã, e de Jedutum, os quais profetizassem com harpas, saltérios, e címbalos: e o número deles foi, de homens idôneos para a obra de seu ministério

2 Dos filhos de Asafe: Zacur, José, Netanias, e Asarela, filhos de Asafe, sob a direção de Asafe, o qual profetizava à ordem do rei.

3 De Jedutum: os filhos de Jedutum, Gedalias, Zeri, Jesaías, Hasabias, e Matitias, e Simei: seis, sob a mão de seu pai Jedutum, o qual profetizava com harpa, para celebrar e louvar a Yahueh.

4 De Hemã: os filhos de Hemã, Buquias, Matanias, Uziel, Sebuel, Jeremote, Hananias, Hanani, Eliata, Gidalti, Romanti-Ezer, Josbecasa, Maloti, Hotir, e Maaziote.

5 Todos estes foram filhos de Hemã, vidente do rei em palavras de Elohim, para exaltar o poder seu: e deu Elohim a Hemã catorze filhos e três filhas.

6 E todos estes estavam sob a direção de seu pai na música, na casa de Yahueh, com címbalos, saltérios e harpas, para o ministério do templo de Elohim, por disposição do rei acerca de Asafe, de Jedutum, e de Hemã.

7 E o número deles com seus irmãos instruídos em música de Yahueh, todos os aptos, foi duzentos oitenta e oito.

8 E lançaram sortes para os turnos do serviço, entrando o pequeno com o grande, o mesmo o mestre que o discípulo.

9 E a primeira sorte saiu por Asafe, a José: a segunda a Gedalias, quem com seus irmãos e filhos foram doze;

10 A terceira a Zacur, com seus filhos e seus irmãos, doze;

11 A quarta a Izri, com seus filhos e seus irmãos, doze;

12 A quinta a Netanias, com seus filhos e seus irmãos, doze;

13 A sexta a Buquias, com seus filhos e seus irmãos, doze;

14 A sétima a Jesarela, com seus filhos e seus irmãos, doze;

15 A oitava a Jesaías, com seus filhos e seus irmãos, doze;

16 A nona a Matanias, com seus filhos e seus irmãos, doze;

17 A décima a Simei, com seus filhos e seus irmãos, doze;

18 A décima primeira a Azareel, com seus filhos e seus irmãos, doze;

19 A décima segunda a Hasabias, com seus filhos e seus irmãos, doze;

20 A décima terceira a Subael, com seus filhos e seus irmãos, doze;

21 A décima quarta a Matitias, com seus filhos e seus irmãos, doze;

22 A décima quinta a Jeremote, com seus filhos e seus irmãos, doze;

23 A décima sexta a Hananias, com seus filhos e seus irmãos, doze;

24 A décima sétima a Josbecasa, com seus filhos e seus irmãos, doze;

25 A décima oitava a Hanani, com seus filhos e seus irmãos, doze;

26 A décima nona a Maloti, com seus filhos e seus irmãos, doze;

27 A vigésima a Eliata, com seus filhos e seus irmãos, doze;

28 A vigésima primeira a Hotir, com seus filhos e seus irmãos, doze;

29 A vigésima segunda a Gidalti, com seus filhos e seus irmãos, doze;

30 A vigésima terceira a Maaziote, com seus filhos e seus irmãos, doze;

31 A vigésima quarta a Romanti-Ezer, com seus filhos e seus irmãos, doze.

 

CAPÍTULO 26

 

1 Quanto às repartições dos porteiros: Dos coraítas: Meselemias filho de Coré, dos filhos de Asafe.

2 Os filhos de Meselemias: Zacarias o primogênito, Jediael o segundo, Zebadias o terceiro, Jatniel o quarto;

3 Elão o quinto, Joanã o sexto, Elioenai o sétimo.

4 Os filhos de Obede-Edom: Semaías o primogênito, Jozabade o segundo, Joabe o terceiro, o quarto Sacar, o quinto Natanael;

5 O sexto Amiel, o sétimo Issacar, o oitavo Peuletai: porque Elohim havia abençoado a Obede-Edom.

6 Também de Semaías seu filho nasceram filhos que foram senhores sobre a casa de seus pais; porque eram varões muito valentes.

7 Os filhos de Semaías: Otni, Rafael, Obede, Elzabade, e seus irmãos, homens esforçados; assim Eliú, e Semaquias.

8 Todos estes dos filhos de Obede-Edom: eles com seus filhos e seus irmãos, homens robustos e fortes para o ministério; sessenta e dois, de Obede-Edom.

9 E os filhos de Meselemias e seus irmãos, dezoito homens valentes.

10 De Hosa, dos filhos de Merari: Sinri o principal, (ainda que não fosse o primogênito, mas seu pai o pôs para que fosse cabeça);

11 O segundo Hilquias, o terceiro Tebalias, o quarto Zacarias: todos os filhos de Hosa e seus irmãos foram treze.

12 Entre estes se fez a distribuição dos porteiros, alternando os principais dos varões na guarda com seus irmãos, para servir na casa de Yahueh.

13 E lançaram sortes, o pequeno com o grande, pelas casas de seus pais, para cada porta.

14 E caiu a sorte ao oriente a Selemias. E a Zacarias seu filho, conselheiro entendido, lançaram as sortes, e sua sorte foi para o norte.

15 E por Obede-Edom, ao sul; e por seus filhos, a casa dos depósitos.

16 Por Supim e Hosa ao ocidente, com a porta de Salequete ao caminho da subida, guarda contra guarda.

17 Ao oriente seis levitas, ao norte quatro de dia; ao sul quatro de dia; e à casa dos depósitos, de dois em dois.

18 Em a câmara dos vasos ao ocidente, quatro ao caminho, e dois na câmara.

19 Estes são as repartições dos porteiros, filhos dos coraítas, e dos filhos de Merari.

20 E dos levitas, Aías tinha cargo dos tesouros da casa de Elohim, e dos tesouros das coisas santificadas.

21 Quanto a os filhos de Ladã, filhos de Gérson: de Ladã, os príncipes das famílias de Ladã foram Gérson, e Jeieli.

22 Os filhos de Jeieli, Zetã e Joel seu irmão, tiveram cargo dos tesouros da casa de Yahueh.

23 Acerca dos anramitas, dos izaritas, dos hebronitas, e dos uzielitas,

24 Sebuel filho de Gérson, filho de Moisés, era principal sobre os tesouros.

25 Em ordem a seu irmão Eliézer, filho deste era Reabias, filho deste Jesaías, filho deste Jorão, filho deste Zicri, do que foi filho Selomote.

26 Este Selomote e seus irmãos tinham cargo de todos os tesouros de todas as coisas santificadas, que havia consagrado o rei Davi, e os príncipes das famílias, e os capitães de milhares e de centenas, e os chefes do exército;

27 De o que haviam consagrado das guerras e dos despojos, para reparar a casa de Yahueh.

28 Assim todas as coisas que havia consagrado Samuel vidente, e Saul filho de Quis, e Abner filho de Ner, e Joabe filho de Zeruia: e todo o que qualquer um consagrava, estava sob a mão de Selomote e de seus irmãos.

29 Dos izaritas, Quenanias e seus filhos eram governadores e juízes sobre Israel nas obras de fora.

30 Dos hebronitas, Hasabias e seus irmãos, homens de vigor, mil e setecentos, governavam a Israel da outra parte do Jordão, ao ocidente, em toda a obra de Yahueh, e no serviço do rei.

31 Dos hebronitas, Jerias era o principal entre os hebronitas repartidos em suas linhagens por suas famílias. No ano quarenta do reinado de Davi se registraram, e acharam-se entre eles fortes e vigorosos em Jazer de Gileade.

32 E seus irmãos, homens valentes, eram dois mil e setecentos, cabeças de famílias, os quais o rei Davi constituiu sobre os rubenitas, gaditas, e sobre a meia tribo de Manassés, para todas as coisas de Elohim, e os negócios do rei.

 

CAPÍTULO 27

 

1 E os filhos de Israel segundo seu número, a saber, príncipes de famílias, comandantes, centuriões e oficiais dos que serviam ao rei em todos os negócios das divisões que entravam e saíam cada mês em todos os meses do ano, eram em cada divisão vinte e quatro mil.

2 Sobre a primeira divisão do primeiro mês estava Jasobeão filho de Zabdiel; e havia em sua divisão vinte e quatro mil.

3 Dos filhos de Perez foi ele chefe de todos os capitães das companhias do primeiro mês.

4 Sobre a divisão do segundo mês estava Dodai aoíta: e Miclote era maior general em sua divisão, na que também havia vinte e quatro mil.

5 O chefe da terceira divisão para o terceiro mês era Benaia, filho de Joiada sumo sacerdote; e em sua divisão havia vinte e quatro mil.

6 Este Benaia era valente entre os trinta e sobre os trinta; e em sua divisão estava Amizabade seu filho.

7 O quarto chefe para o quarto mês era Asael irmão de Joabe, e depois dele Zebadias seu filho; e em sua divisão havia vinte e quatro mil.

8 O quinto chefe para o quinto mês era Samute izraíta: e em sua divisão havia vinte e quatro mil.

9 O sexto para o sexto mês era Ira filho de Iques, de Tecoa; e em sua divisão vinte e quatro mil.

10 O sétimo para o sétimo mês era Helez pelonita, dos filhos de Efraim; e em sua divisão vinte e quatro mil.

11 O oitavo para o oitavo mês era Sibecai husatita, de Zerá; e em sua divisão vinte e quatro mil.

12 O nono para o nono mês era Abiezer anatotita, dos benjamitas; e em sua divisão vinte e quatro mil.

13 O décimo para o décimo mês era Maarai netofatita, de Zerá; e em sua divisão vinte e quatro mil.

14 O décimo primeiro para o décimo primeiro mês era Benaia piratonita, dos filhos de Efraim; e em sua divisão vinte e quatro mil.

15 O décimo segundo para o décimo segundo mês era Heldai netofatita, de Otniel; e em sua divisão vinte e quatro mil.

16 Assim sobre as tribos de Israel: o chefe dos rubenitas era Eliézer filho de Zicri; dos simeonitas, Sefatias, filho de Maaca:

17 Dos levitas, Hasabias filho de Quemuel; dos aronitas, Zadoque;

18 De Judá, Eliú, um dos irmãos de Davi; dos de Issacar, Onri filho de Micael.

19 Dos de Zebulom, Ismaías filho de Obadias; dos de Naftali, Jeremote filho de Azriel;

20 Dos filhos de Efraim, Oseias filho de Azazias; da meia tribo de Manassés, Joel filho de Pedaías;

21 De a outra meia tribo de Manassés em Gileade, Ido filho de Zacarias; dos de Benjamim, Jaasiel filho de Abner;

22 E de Dã, Azarel filho de Jeroão. Estes foram os chefes das tribos de Israel.

23 E não tomou Davi o número dos que eram de vinte anos abaixo, porquanto Yahueh havia dito que ele havia de multiplicar a Israel como as estrelas do céu.

24 Joabe filho de Zeruia havia começado a contar, mas não acabou, pois por isto veio a ira sobre Israel: e assim o número não foi posto no registro das crônicas do rei Davi.

25 E Azmavete filho de Adiel tinha cargo dos tesouros do rei; e dos tesouros dos campos, e das cidades, e das aldeias e castelos, Jônatas filho de Uzia;

26 E dos que trabalhavam na lavoura das terras, Ezri filho de Quelube;

27 E das vinhas Simei ramatita; e do fruto das vinhas para as adegas, Zabdias sifmita;

28 E dos olivais e figueirais que havia nas campinas, Baal-Hanã gederita; e dos armazéns do azeite, Joás;

29 Das vacas que pastavam em Sarom, Sitrai saronita; e das vacas que estavam nos vales, Safate filho de Adlai;

30 E dos camelos, Obil ismaelita; e das asnas, Jedias meronotita;

31 E das ovelhas, Jaziz hagareno. Todos estes eram superintendentes da riqueza do rei Davi.

32 E Jônatas, tio de Davi, era conselheiro, homem prudente e escriba; e Jeiel filho de Hacmoni estava com os filhos do rei.

33 E também Aitofel era conselheiro do rei; e Husai arquita amigo do rei.

34 Depois de Aitofel era Joiada filho de Benaia, e Abiatar. E Joabe era o general do exército do rei.

 

CAPÍTULO 28

 

1 E juntou Davi em Jerusalém a todos os principais de Israel, os príncipes das tribos, e os chefes das divisões que serviam ao rei, os comandantes e centuriões, com os superintendentes de toda a riqueza e possessão do rei, e seus filhos, com os eunucos, os poderosos, e todos os seus homens valentes.

2 E levantando-se o rei Davi, posto em pé disse: Ouvi-me, irmãos meus, e povo meu. Eu tinha em propósito edificar uma casa, para que nela repousasse a arca do pacto de Yahueh, e para o estrado dos pés de nosso Elohim; e havia já aprontei tudo para edificar.

3 Mas Elohim me disse: Tu não edificarás casa a meu nome: porque és homem de guerra, e derramaste muito sangue.

4 Porém Yahueh o Elohim de Israel me elegeu de toda a casa de meu pai, para que perpetuamente fosse rei sobre Israel: porque a Judá escolheu por chefe, e da casa de Judá a família de meu pai; e de entre os filhos de meu pai agradou-se de mim para me constituir rei sobre todo Israel;

5 E de todos meus filhos (porque Yahueh me deu muitos filhos,) elegeu a meu filho Salomão para que se sente no trono do reino de Yahueh sobre Israel.

6 E me disse: Salomão teu filho, ele edificará minha casa e meus átrios: porque a este me escolhi por filho, e eu lhe serei a ele por pai.

7 Assim eu confirmarei seu reino para sempre, se ele se esforçar a executar meus mandamentos e meus juízos, como este dia.

8 Agora, pois, diante dos olhos de todo Israel, assembleia de Yahueh, e em ouvidos de nosso Elohim, guardai e inquiri todos os preceitos de Yahueh vosso Elohim, para que possuais a boa terra, e a deixeis por herdade a vossos filhos depois de vós perpetuamente.

9 E tu, Salomão, filho meu, conhece ao Elohim de teu pai, e serve-lhe com coração perfeito, e com ânimo voluntário; porque Yahueh esquadrinha os corações de todos, e entende toda imaginação dos pensamentos. Se tu lhe buscares, o acharás; mas se o deixares, ele te lançará fora para sempre.

10 Olha, pois, agora que Yahueh te elegeu para que edifiques casa para santuário: esforça-te, e face a.

11 E Davi deu a Salomão seu filho a planta do pórtico, e de suas casas, e de suas oficinas, e de suas salas, e de suas recâmaras, e da casa do propiciatório.

12 Assim a planta de todas as coisas que tinha em sua vontade, para os átrios da casa de Yahueh, e para todas as câmaras em derredor, para os tesouros da casa de Elohim, e para os tesouros das coisas santificadas:

13 Também para as ordens dos sacerdotes e dos levitas, e para toda a obra do ministério da casa de Yahueh, e para todos os vasos do ministério da casa de Yahueh.

14 E deu ouro por peso para o de ouro, para todos os vasos de cada serviço: e prata por peso para todos os vasos, para todos os vasos de cada serviço.

15 Ouro por peso para os candelabros de ouro, e para suas lâmpadas; por peso o ouro para cada candelabro e suas lâmpadas: e para os candelabros de prata, prata por peso para o candelabro e suas lâmpadas, conforme ao serviço de cada candelabro.

16 Assim deu ouro por peso para as mesas da proposição, para cada mesa: do mesmo modo prata para as mesas de prata:

17 Também ouro puro para os garfos e para as bacias, e para os incensários, e para as taças de ouro, para cada taça por peso; e para as taças de prata, por peso para cada taça:

18 Ademais, ouro puro por peso para o altar do incenso, e para ele a maneira de carro dos querubins de ouro, que com as asas estendidas cobriam a arca do pacto de Yahueh.

19 Todas estas coisas, disse Davi, se me representaram pela mão de Yahueh que me fez entender todas as obras do desenho.

20 Disse mais Davi a Salomão seu filho: Anima-te e esforça-te, e efetua-o; não temas, nem desmaies, porque o Elohim Yahueh, meu Elohim, será contigo: ele não te deixará, nem te desamparará, até que acabes toda a obra para o serviço da casa de Yahueh.

21 Eis aqui as ordens dos sacerdotes e dos levitas, para todo o ministério da casa de Elohim, serão contigo em toda a obra: assim todos os voluntários e inteligentes para qualquer espécie de artifício; e os príncipes, e todo o povo para executar todas as tuas ordens.

 

CAPÍTULO 29

 

1 Depois disse o rei Davi a toda a assembleia: A só Salomão meu filho elegeu Deus; ele é jovem e tenro, e a obra grande; porque a casa não é para homem, mas sim para Yahueh Elohim.

2 Eu, porém, com todas as minhas forças preparei, para a casa de meu Elohim, ouro para as coisas de ouro, e prata para as coisas de prata, e bronze para as de bronze, e ferro para as de ferro, e madeira para as de madeira, e pedras de ônix, e pedras decorativas, e pedras negras, e pedras de diversas cores, e toda sorte de pedras preciosas, e pedras de mármore em abundância.

3 A mais disto, porquanto tenho meu gosto na casa de meu Elohim, eu guardo em meu tesouro particular ouro e prata que, ademais de todas as coisas que aprontei para a casa do santuário, ei dado para a casa de meu Elohim;

4 A saber, três mil talentos de ouro, de ouro de Ofir, e sete mil talentos de prata refinada para cobrir as paredes das casas:

5 Ouro, pois, para as coisas de ouro, e prata para as coisas de prata, e para toda a obra de mãos dos oficiais. E quem quer fazer hoje oferta a Yahueh?

6 Então os príncipes das famílias, e os príncipes das tribos de Israel, comandantes e centuriões, com os superintendentes da riqueza do rei, ofereceram de sua vontade;

7 E deram para o serviço da casa de Elohim cinco mil talentos de ouro e dez mil moedas, e dez mil talentos de prata, e dezoito mil talentos de bronze, e cinco mil talentos de ferro.

8 E todo o que se achou com pedras preciosas, deu-as para o tesouro da casa de Yahueh, em mão de Jeiel gersonita.

9 E folgou-se o povo de haver contribuído de sua vontade; porque com inteiro coração ofereceram a Yahueh voluntariamente.

10 Assim folgou-se muito o rei Davi, e abençoou a Yahueh diante de toda a congregação; e disse Davi: Bendito sejas tu, ó Yahueh, Elohim de Israel nosso pai, de um século a outro.

11 Tua é, ó Yahueh, a magnificência, e o poder, e a glória, a vitória, e a honra; porque todas as coisas que estão nos céus e na terra são tuas. Teu, ó Yahueh, é o reino, e a altura sobre todos os que estão por cabeça.

12 As riquezas e a glória estão diante de ti, e tu senhoreias a todos: e em tua mão está a potência e a fortaleza, e em tua mão a grandeza e força de todas as coisas.

13 Agora, pois, Elohim nosso, nós te confessamos, e louvamos teu glorioso nome.

14 Porque quem sou eu, e quem é meu povo, para que pudéssemos oferecer de nossa vontade coisas semelhantes? Porque tudo é teu, e o que recebemos de tua mão te damos.

15 Porque nós, estrangeiros e peregrinos somos diante de ti, como todos nossos pais; e nossos dias qual sombra sobre a terra, e não dão espera.

16 Ó Yahueh Elohim nosso, toda esta abundância que preparamos para edificar casa a teu santo nome, de tua mão é, e tudo é teu.

17 Eu sei, Elohim meu, que tu esquadrinhas os corações, e que a retidão te agrada: por isso eu com retidão de meu coração voluntariamente te ei oferecido tudo isto, e agora vi com alegria que teu povo, que aqui se achou agora, deu para ti espontaneamente.

18 Yahueh, Elohim de Abraão, de Isaque, e de Israel, nossos pais, conserva perpetuamente esta vontade do coração de teu povo, e encaminha seu coração a ti.

19 Assim dá a meu filho Salomão coração perfeito, para que guarde teus mandamentos, e teus testemunhos e teus estatutos, e para que faça todas as coisas, e te edifique a casa para a qual eu fiz a preparação.

20 Depois disse Davi a toda à congregação: Bendizei agora a Yahueh vosso Elohim. Então toda a congregação abençoou a Yahueh Elohim de seus pais, e inclinando  a cabeça  diante de Yahueh, e do rei.

21 E sacrificaram vítimas a Yahueh, e ofereceram a Yahueh holocaustos o dia seguinte, mil bezerros, mil carneiros, mil cordeiros com suas libações, e muitos sacrifícios por todo Israel.

22 E comeram e beberam diante de Yahueh aquele dia com grande alegria; e deram a segunda vez a investidura do reino a Salomão filho de Davi, e ungiram-no a Yahueh por príncipe, e a Zadoque por sacerdote.

23 E sentou-se Salomão por rei no trono de Yahueh em lugar de Davi seu pai, e foi próspero; e obedeceu-lhe todo Israel.

24 E todos os príncipes e poderosos, e todos os filhos do rei Davi, prestaram homenagem ao rei Salomão.

25 E Yahueh engrandeceu em extremo a Salomão a os olhos de todo Israel, e deu-lhe glória do reino, qual nenhum rei a teve antes dele em Israel.

26 Assim reinou Davi filho de Jessé sobre todo Israel.

27 E o tempo que reinou sobre Israel foi quarenta anos. Sete anos reinou em Hebrom, e trinta e três reinou em Jerusalém.

28 E morreu em boa velhice, cheio de dias, de riquezas, e de glória: e reinou em seu lugar Salomão seu filho.

29 E os feitos do rei Davi, primeiros e últimos, estão escritos no livro das crônicas de Samuel vidente, e nas crônicas do profeta Natã, e nas crônicas de Gade vidente,

30 Com todo o relato de seu reinado, e seu poder, e os tempos que passaram sobre ele, e sobre Israel, e sobre todos os reinos daquelas aquelas terras.