Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
A COMUNIDADE VIVA DOS CRENTES – ATOS 4:32-37

A COMUNIDADE VIVA DOS CRENTES – ATOS 4:32-37

Qual o segredo da igreja primitiva? Sem prédios imponentes, hierarquia, seminários teológicos, faculdades cristãs, escolas dominicais, corais… exerceu um impácto que transformou sua geração e todas as gerações da história. Seus membros não tinham posição, prestígio, riquezas, mas viviam intensamente como uma comunidade viva, comportando-se como membros uns dos outros, numa aliança constante e crescente.

Na reflexão de hoje recordamos valores já apontados em At 2:42-47, buscando discernir quais são os sinais de uma COMUNIDADE VIVA DE CRENTES…

I –UNIDADE (v. 32)

1. Unidade interior (“…..era um o coração e alma” v. 32) – Pv 4:23

A geografia da fé é o coração….

2. Unidade exterior (“ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía” – v.32)

a) Havia direito de propriedade mas não havia exclusividade de uso

b) Era uma liberalidade espontânea de 100% das pessoas

3. Unidade ampla (“Tudo lhes era comum” – v. 32)

Comunhão sem restrição

A.: conciliavam “quantidade” com “qualidade”

II – PODER(v. 33)

1. Poder grande

No ministério de Jesus os apóstolos foram chamados, treinados, autorizados e enviados com poder (Lc 10:1-12, 17-20). Mas somente no ministério do Espírito receberam grande poder (Lc 22:49; At 1:8; 2:1-40). Contrastar com Mc 9:18….

2. Poder apostólico (At 2:43; 3:6)

Todos os crentes receberam poder (At 2:4; 4:31), mas os apóstolos receberam um poder diferenciado pois a eles cabia a responsabilidade de lançar as bases da igreja (Ef 2:19-20)

3. Poder para testemunho (At 1:8)

O objetivo prioritário do poder é a proclamação da ressurreição de Jesus que evidenciou a [ Sua divindade… (At 2:29-32; 3:15; 4:10)

A.: conciliavam poder com testemunho

III – GRAÇA (v. 33b—37)

1. Graça extensa = alcance (“e em todos eles havia….” v. 33b)

A cobertura da graça foi ampla, geral e irrestrita

2. Graça intensa = qualidade(“… abundante graça”… v. 33b)]

3. Graça supridora (… “pois nenhum necessitado havia entre eles….)

Ciclo da graça: necessidade + liberalidade +centralidade+oportunidade

Exemplo de Barnabé (v. 36-37; 9:27; 11:22-26, 29-30; 13:1-3; 14:12, 20, 27-28; 15:2)

A.: conciliavam graça com solidariedade

CONCLUSÃO: DIFERENCIAIS DA COMUNIDADE VIVA

1. Unidade, poder e graça

2. Raízes destes diferenciais:

a) Espírito Santo

b) Liderança

c) Equilíbrio

3. Desafio prático: engajamento, expansão e qualificação das células

Sermão pregado pelo Pr. Jair Francisco Macedco

Tags: