Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Amós

Voltar

Amós      

 

CAPÍTULO 1

 

1 As palavras de Amós, que estava entre os pastores de Tecoa, as quais ele viu sobre Israel nos dias de Uzias rei de Judá, e nos dias de Jeroboão, filho de Joás, rei de Israel, dois anos antes do terremoto.

2 E disse: Yahueh bramará desde Sião, e dará sua voz desde Jerusalém; e as habitações dos pastores se prantearão, e o topo do Carmelo se secará.

3 Assim diz Yahueh: Por três transgressões de Damasco, e pela quarta, não desviarei [seu castigo] ; porque trilharam a Gileade com trilhos de ferro.

4 Por isso meterei fogo na casa de Hazael, que consumirá os palácios de Ben-Hadade.

5 E quebrarei o ferrolho de Damasco, e exterminarei o morador do vale de Áven, e o dono do cetro de de Bete-Éden; e o povo da Síria será levado em cativeiro a Quir, diz Yahueh.

6 Assim diz Yahueh: Por três transgressões de Gaza, e pela quarta, não desviarei [seu castigo] ; pois levaram a todos do povo em cativeiro, para os entregar a Edom.

7 Por isso meterei fogo no muro de Gaza, que consumirá seus palácios.

8 E exterminarei o morador de Asdode, e o dono do cetro de Asquelom; e tornarei minha mão contra Ecrom, e o resto dos filisteus perecerá, diz Yahueh Elohim.

9 Assim diz Yahueh: Por três transgressões de Tiro, e pela quarta, não desviarei [seu castigo] ; porque entregaram todo o povo em cativeiro a Edom, e não se lembraram do pacto de irmãos.

10 Por isso meterei fogo no muro de Tiro, que consumirá seus palácios.

11 Assim diz Yahueh: Por três transgressões de Edom, e pela quarta, não desviarei [seu castigo] ; porque perseguiu seu irmão à espada, e extinguiu suas misericórdias; e sua ira [o] despedaçou continuamente, e mantém sua indignação eternamente.

12 Por isso meterei fogo em Temã, que consumirá os palácios de Bosra.

13 Assim diz Yahueh: Por três transgressões dos filhos de Amom, e pelo quarta, não desviarei [seu castigo] ; porque rasgaram o ventre das grávidas de Gileade, para expandirem seus territórios.

|fn:  territórios – lit. limites

14 Por isso acenderei fogo no muro de Rabá, que consumirá seus palácios com grito no dia de batalha, com tempestade no dia do vento forte.

15 E seu rei irá em cativeiro, e junto dele seus príncipes, diz Yahueh.

 

CAPÍTULO 2

 

1 Assim diz Yahueh: Por três transgressões de Moabe, e pela quarta, não desviarei [seu castigo] ; porque queimou os ossos do rei de Edom até os tornar em cal.

2 Por isso meterei fogo em Moabe, que consumirá os palácios de Queriote; e Moabe morrerá em tumulto, com grito e som de trombeta.

3 E exterminarei o juiz do meio dele, e matarei a todos seus príncipes com ele, diz Yahueh.

4 Assim diz Yahueh: Por três transgressões de Judá, e pela quarta, não desviarei [seu castigo] ; porque rejeitaram a Torah de Yahueh, e não guardaram seus estatutos; e foram enganados por suas mentiras, as quais seus pais seguiam.

5 Por isso meterei fogo em Judá, que consumirá os palácios de Jerusalém.

6 Assim diz Yahueh: Por três transgressões de Israel, e pela quarta, não desviarei [seu castigo] ; porque vendem o justo em troca de dinheiro, e o pobre por um par de sapatos;

7 Eles pisam a cabeça dos pobres no pó da terra, e distorcem o caminho dos humildes; um homem e seu pai vão a uma [mesma] moça, para profanarem o meu santo nome.

8 E se deitam junto a qualquer altar com roupas tomadas em penhor, e bebem vinho tomado como multa da casa de seus elohim.

|fn:  vinho tomado como multa – lit. vinho dos multados

9 Eu, ao contrário, destruí diante deles ao amorreus, cuja altura era como a altura dos cedros, e eram fortes como carvalhos; e destruí seu fruto acima, e suas raízes abaixo.

10 Também vos fiz a vós subir da terra do Egito, e por quarenta anos vos conduzi pelo deserto, para que possuísseis a terra dos amorreus.

11 E levantei [alguns] de vossos filhos para profetas, e de vossos rapazes para que fossem nazireus. Não é isto assim, filhos de Israel? Diz Yahueh,

12 Mas aos nazireus destes de beber vinho; e aos profetas mandastes, dizendo: Não profetizeis.

13 Pois eis que eu vos esmagarei em vosso lugar, tal como uma carroça cheia de feixes esmaga;

|fn:  esmagar – obscuro – trad. alt. estorvar, imobilizar

14 De modo que o veloz não conseguirá escapar, nem o forte conseguirá usar de sua força, nem o guerreiro livrará sua vida;

|fn:  vida – lit. alma – também no v. 15

15 E o que maneja o arco não subsistirá, nem o veloz de pés se livrará, nem o que monta em cavalo livrará sua vida.

16 O mais corajoso entre os guerreiros fugirá nu naquele dia, diz Yahueh.

 

CAPÍTULO 3

 

1 Ouvi esta palavra que Yahueh fala contra vós, ó filhos de Israel, contra toda família que eu fiz subir da terra do Egito:

2 Somente reconheci a vós mesmos de todas as famílias da terra; por isso punirei contra vós todas as vossas injustiças.

3 Por acaso irão dois juntos, se não estiverem de acordo?

4 Rugirá o leão no bosque se não houver presa? Dará o leãozinho seu som desde sua cova, se nada tiver capturado?

5 Cairá o ave no laço na terra, se não houver armadilha para ela? Se levantará o laço da terra, se nada houver prendido?

6 Tocará a trombeta na cidade, e o povo não se estremecerá? Haverá alguma calamidade na cidade que Yahueh não tenha feito?

|fn:  calamidade – lit. mal

7 Certamente Yahueh Elohim não fará coisa alguma sem ter revelado seu segredo a seus servos os profetas.

8 Quando o leão ruge, quem não temerá? Quando Yahueh Elohim fala, quem não profetizará?

9 Anunciai nos palácios de Asdode e nos palácios da terra do Egito, e dizei: Reuni-vos sobre os montes de Samaria, e vede os grandes tumultos no meio dela, e as opressões no meio dela.

10 E não sabem fazer o que é correto, diz Yahueh; em seus palácios acumulam bens [obtidos] por violência e destruição.

11 Portanto Yahueh Elohim diz assim: Um inimigo! Ele está ao redor da terra, e derrubará de ti a tua fortaleza, e teus palácios serão saqueados.

12 Assim diz Yahueh: Tal como o pastor livra da boca do leão duas pernas ou a ponta de uma orelha, assim os filhos de Israel que moram em Samaria serão livrados, com um canto da cama, e um pedaço do leito.

13 Ouvi e testemunhai contra a casa de Jacó, diz Yahueh Elohim dos exércitos;

|fn:  casa – i.e., família

14 Que no dia em que eu punir as transgressões de Israel sobre ele, também farei punição sobre os altares de Betel; e as pontas do altar serão cortadas, e cairão por terra.

15 E ferirei a casa do inverno com a casa do verão, e as casas de marfim se acabarão; e muitas casas terão fim, diz Yahueh.

 

CAPÍTULO 4

 

1 Ouvi esta palavra, vós vacas de Basã, que estais no monte de Samaria; que oprimis os pobres, que quebrantais os necessitados, que dizeis a seus senhores: Trazei nossa bebida.

2 Yahueh Elohim jurou por sua santidade: Eis que vêm dias sobre vós em que vos levarão em ganchos, e a vossos descendentes em anzóis de pesca.

3 E saireis pelas brechas cada uma atrás da outra, e sereis lançadas para Harmom, diz Yahueh.

|fn:  Harmom – obscuro

4 Ide a Betel, e transgredi; em Gilgal aumentai as transgressões, e de manhã trazei vossos sacrifícios, vossos dízimos ao terceiro dia.

5 E oferecei sacrifício de louvores com lêvedo, e anunciai ofertas voluntárias; pois é assim que quereis, ó filhos de Israel, diz Yahueh Elohim.

6 Eu também vos dei bocas vazias em todas vossas cidades, e falta de pão em todos os vossos lugares, contudo não vos convertestes a mim, diz Yahueh.

|fn:  bocas vazias = lit. dentes limpos – i.e. fome

7 Além disso eu vos retive a chuva três meses antes da colheita; e fiz chover sobre uma cidade, e sobre outra cidade não fiz chover; sobre um campo choveu; mas o outro campo sobre o qual não choveu, se secou;

8 De modo que [os moradores de] duas ou três cidades perambulavam até uma cidade para beberem água, mas não se saciavam; contudo não vos convertestes a mim, diz Yahueh.

9 Eu vos feri com ferrugem e doenças nas plantas; a multidão de vossos jardins e vossas vinhas, vossas figueiras e vossas oliveiras o gafanhoto comeu; contudo não vos convertestes a mim, diz Yahueh.

10 Enviei entre vós a pestilência, à maneira do Egito; matei à espada vossos rapazes, e deixei que capturassem vossos cavalos; e fiz subir o mau cheiro de vossos exércitos até vossas narinas; contudo não vos convertestes a mim, diz Yahueh.

11 Transtornei a alguns dentre vós, como quando Elohim transtornou a Sodoma e a Gomorra, e fostes como tição escapado do fogo; contudo não vos convertestes a mim, diz Yahueh.

12 Portanto assim farei a ti, ó Israel; e visto que te farei isto, ó Israel, prepara-te para te encontrares com teu Elohim.

13 Porque eis que ele é quem forma os montes, cria o vento, e informa seus pensamento ao ser humano; ele é o que torna a manhã em trevas, e pisa sobre as alturas da terra; Yahueh, o Elohim dos exércitos, é o seu nome.

 

CAPÍTULO 5

 

1 Ouvi esta palavra que eu levanto sobre vós, uma lamentação, ó casa de Israel.

2 A virgem Israel caiu, não poderá mais se levantar; abandonada está sobre sua terra, ninguém há que a levante.

3 Porque assim diz Yahueh Elohim: A cidade que enviou mil [soldados] sobrará com cem; e a que enviou cem sobrará com dez, na casa de Israel.

4 Porque assim diz Yahueh à casa de Israel: Buscai-me, e vivereis;

5 Porém não busqueis a Betel nem venhais a Gilgal, nem passeis a Berseba; porque Gilgal será levada em cativeiro, e Betel será reduzida a nada.

6 Buscai a Yahueh, e vivereis; para que não aconteça que surja como fogo à casa de José, e a consuma, sem haver em Betel quem o apague.

7 Vós perverteis o juízo em absinto, e abandonam a justiça no chão.

8 Ele é o que fez as Plêiades e o Órion, e torna as trevas em manhã, e faz escurecer o dia em noite; ele chama as águas do mar, e as derrama sobre a face da terra; Yahueh é o seu nome:

9 Ele causa súbita destruição sobre o forte, e torna em ruínas a fortaleza.

|fn:  causa súbita destruição – obscuro

10 Na porta da cidade eles odeiam ao que repreende, e abominam ao que fala com justiça.

|fn:  a porta da cidade era onde as causas judiciais eram resolvidas

11 Portanto, visto que pisoteais ao pobre e tomais dele um carga de trigo; assim edificastes casas de pedras lavradas, mas não habitareis nelas; plantastes belas vinhas, mas não bebereis o vinho delas.

12 Pois sei que vossas transgressões são muitas e vossos pecados são grandes; afligis o justo, e recebeis suborno, e negam o direito dos necessitados na porta da cidade.

13 Por isso o prudente em tal tempo fica calado, porque é um tempo mau.

14 Buscai o bem, e não o mal, para que vivais; e assim Yahueh Elohim dos exércitos estará convosco, como dizeis.

15 Odiai o mal, amai o bem, e praticai a justiça na porta da cidade; talvez o Yahueh Elohim dos exércitos tenha piedade do restante [do povo] de José.

16 Portanto assim diz Yahueh Elohim dos exércitos, Yahueh: Em todas as praças haverá pranto, e em todas as ruas dirão: Ai! ai! E chamarão o lavrador ao choro, e os que sabem prantear ao lamento.

17 E em todas as vinhas haverá pranto, porque passarei por meio de ti, diz Yahueh.

18 Ai dos que desejam o dia de Yahueh! Para que quereis este dia de Yahueh? Será trevas, e não luz.

19 Será como se alguém fugisse do leão, e o urso se encontrasse com ele; ou como se entrasse em alguma casa e apoiasse sua mão à parede, e fosse picado por uma cobra.

20 Por acaso não será o dia de Yahueh trevas e não luz, uma escuridão sem claridade alguma?

21 Eu odeio, desprezo vossas solenidades, e não aguento vossas reuniões religiosas.

22 Ainda que me ofereçais holocaustos e vossas ofertas de alimentos, não os aceitarei; nem darei atenção a vossas ofertas de gratidão de vossos animais cevados.

23 Afasta de mim os teus muitos cânticos; também não ouvirei as melodias de teus instrumentos.

24 Em vez disso, corra o juízo como as águas, e a justiça como um ribeiro impetuoso.

25 Por acaso vós oferecestes a mim sacrifícios e ofertas de alimento no deserto durante os quarenta anos, ó casa de Israel?

26 Em vez disso, levastes as imagens de vosso rei Sicute, e de Quium, a estrela de vossas deidades, que fizestes para vós mesmos.

27 Portanto eu vos levarei cativos, para além de Damasco, diz Yahueh, cujo nome é Elohim dos exércitos.

 

CAPÍTULO 6

 

1 Ai dos que estão tranquilos em Sião, e dos que se sentem seguros no monte de Samaria, que são os príncipes da principal das nações, aos quais o povo de Israel vem!

|fn:  povo – lit. casa

2 Passai a Calné, e vede; e dali ide à grande Hamate; depois descei a Gate dos filisteus; por acaso são aqueles reinos melhores que estes, ou seu território maior que vosso território?

3 Vós que pensais estar distante o dia mau, e aproximais o assento da violência;

4 Eles se deitam em camas de marfim, e se estendem sobre seus leitos; comem os cordeiros do rebanho, e os bezerros de em meio do curral;

5 Cantam ao som da harpa, e inventam para si instrumentos musicais, como Davi;

6 Bebem vinho em tigelas, e se ungem com o óleo mais valioso; mas não se afligem pela ruína de José.

7 Por isso agora serão os primeiros a serem levados presos ao cativeiro, e o banquete dos que vivem no conforto se acabará.

8 Yahueh Elohim jurou por si mesmo; Yahueh Elohim dos exércitos diz: Eu abomino a arrogância de Jacó, e odeio seus palácios; por isso entregarei a cidade e tudo que ela tem [ao inimigo] .

|fn:  por si mesmo – lit. por sua alma

9 E acontecerá que, se dez homens restarem em uma casa, mesmo eles morrerão.

10 E quando seu parente vier para queimar [os cadáveres] , para tirar os ossos de casa, então dirá ao que estiver dentro da da casa: Há ainda alguém contigo? E ele responderá: Não. Então aquele dirá: Cala-te! Não menciones o nome de Yahueh.

11 Porque eis que Yahueh mandará, e ferirá a casa maior com quebrantamento, e a casa menor com despedaçamento.

12 Por acaso correm os cavalos pelos rochedos? Pode-se arar [ali] com bois? Porém vós pervertestes o juízo em veneno, e o fruto da justiça no amargo absinto.

13 Vós que vos alegrais por nada, que dizeis: Não conquistamos Carnaim por nossa própria força?

|fn:  Carnaim – o nome de uma cidade. O nome da cidade significava “chifres”, que eram um símbolo de poder, de força

14 Diz Yahueh Elohim dos exércitos: Pois eis que eu levantarei contra vós, ó casa de Israel, uma nação que vos oprimirá desde a entrada de Hamate até o ribeiro de Arabá.

 

CAPÍTULO 7

 

1 Assim Yahueh Elohim me fez ver: eis que ele formava gafanhotos, no começo do crescimento da plantação tardia; e eis que era a plantação tardia, depois da colheita do rei.

2 E aconteceu que, quando eles terminaram de comer a plantação da terra, eu disse: Yahueh Elohim, perdoa, por favor; como Jacó poderá sobreviver? Pois é pequeno.

|fn:  sobreviver – lit. ficar de pé, subsistir – também no restante do capítulo

3 Então] Yahueh se arrependeu disso: Isto não acontecerá, disse Yahueh.

4 Assim Yahueh me fez ver: eis que Yahueh Elohim pretendeu executar juízo com fogo; e consumiu um grande abismo, assim como consumiu uma parte da terra.

5 Então eu disse: Yahueh Elohim, cessa, por favor; como Jacó poderá sobreviver? Pois é pequeno.

6 E] Yahueh se arrependeu disso: Isto também não acontecerá, disse Yahueh Elohim.

7 Assim ele me fez ver: Eis que Yahueh estava sobre um muro que havia sido feito conforme o prumo, e havia um prumo em sua mão.

8 E Yahueh me disse: O que vês, Amós? E eu disse: Um prumo. Então Yahueh disse: Eis que eu porei um prumo no meio de meu povo Israel; não mais o tolerarei.

9 E os altos de idolatria de Isaque serão arruinados, e os santuários de Israel serão arruinados; e me levantarei com espada contra a casa de Jeroboão.

10 Então Amazias, o sacerdote de Betel, mandou mensagem a Jeroboão, rei de Israel, dizendo: Amós tem conspirado contra ti no meio da casa de Israel; o país não poderá suportar todas as suas palavras.

|fn:  país – lit. terra

11 Porque assim diz Amós: Jeroboão morrerá a espada, e Israel certamente será levado de sua terra em cativeiro.

12 Depois Amazias disse a Amós: Vidente, vai embora, e foge para a terra de Judá, e ali come o teu pão, e ali profetiza;

13 Porém não profetizes mais em Betel, porque ali estão o santuário do rei, e o palácio real.

14 Então Amós respondeu a Amazias: Eu não era profeta, nem filho de profeta; mas eu era criador de gado, e colhedor de frutos de sicômoros.

|fn:  sicômoro – árvore semelhante à figueira

15 Porém Yahueh me tomou do trabalho com o gado, e Yahueh me disse: Vai, e profetiza a meu povo Israel.

16 Agora pois, ouve a palavra de Yahueh. Tu dizes: Não profetizes contra Israel, nem fales contra a casa de Isaque.

17 Por isso, assim diz Yahueh: Tua mulher se prostituirá na cidade, teus filhos e tuas filhas cairão à espada, e tua terra será repartida; tu morrerás em uma terra impura, e Israel será levado cativo de sua terra.

 

CAPÍTULO 8

 

1 Assim Yahueh me fez ver: eis um cesto com frutos de verão.

2 E ele disse: O que vês, Amós? E eu disse: Um cesto com frutos de verão. Então Yahueh me disse: Chegou o fim sobre meu povo Israel; não mais o tolerarei.

3 E os cânticos do templo serão gemidos naquele dia, diz Yahueh Elohim; os cadáveres serão muitos, em todo lugar serão lançados. Silêncio!

4 Ouvi isto, vós que tragais os necessitados, e arruinais os pobres da terra,

5 Dizendo: Quando passará a lua nova, para vendermos o alimento? E o sábado, para abriremos os depósitos de trigo, e diminuirmos a medida, aumentarmos o preço, e fraudarmos com balanças enganosas,

6 Para comprarmos os pobres por dinheiro, e os necessitados por um par de sapatos, e venderemos os refugos do trigo?

7 Yahueh jurou pela glória de Jacó: Eu nunca me esquecerei das obras deles.

8 A terra não se abalará por causa disto, e todo habitante dela não chorará? Certamente ela se levantará como um rio, se agitará, e se afundará como o rio do Egito.

9 E será naquele dia, diz Yahueh Elohim, que farei o sol se pôr ao meio-dia, e escurecerei a terra no dia claro.

10 E tornarei vossas festas em luto, e todas as vossas canções em pranto; e farei com que todos se vistam de saco, e se façam calvas sobre todas as cabeças; e farei com que haja luto como de um filho único, e seu fim será como um dia amargo.

11 Eis que vêm dias, diz Yahueh Elohim, nos quais enviarei fome à terra; fome não de pão, nem sede de água, mas sim de ouvir as palavras de Yahueh.

12 E irão sem rumo de mar a mar, do norte até o oriente; correrão de um lado para o outro em busca da palavra de Yahueh, mas não a encontrarão.

13 Naquele tempo as belas virgens e os rapazes desmaiarão de sede.

14 Quanto aos que juram pelo pecado de Samaria, e dizem: Vive o teu elohim de Dã; e: Vive o caminho de Berseba; esses cairão, e nunca mais se levantarão.

 

CAPÍTULO 9

 

1 Vi Yahueh que estava sobre o altar, e disse: Fere o topo das colunas, para que se estremeçam os umbrais; despedaça-os sobre as cabeça de todos; e os últimos deles matarei à espada; não haverá entre eles que fuja, nem quem se livre.

2 Ainda que cavassem até o mundo dos mortos, dai minha mão os tomaria; e se subissem até o céu, dali eu os faria descer.

3 E se se escondessem no topo do Carmelo, ali eu os buscaria e os tomaria; e ainda que se escondessem de diante de meus olhos no fundo do mar, até ali mandia uma serpente para os morder.

4 E se forem levados em cativeiro diante de seus inimigos, ali mandarei a espada que os matará; e porei meus olhos sobre eles para o mal, e não para o bem.

5 Pois Yahueh Elohim dos exércitos é o que toca a terra, e ela se derrete, e choram todos os que nela moram; ela toda subirá como um rio, e se afundará como o rio do Egito.

6 Ele edificou suas câmaras no céu, e fundou seu domo* sobre a terra; ele chama as águas do mar e as derrama sobre a terra. Yahueh é o seu nome.

*Ou abóbada.

|fn:  alicerce – obscuro

7 Vós, filhos de Israel, por acaso não sois para mim como os filhos de Etíopes? Diz Yahueh. Por acaso eu não fiz subir a Israel desde a terra do Egito, assim como os filisteus desde Caftor, e os sírios desde Quir?

8 Eis que os olhos de Yahueh Elohim estão contra este reino pecador, e eu o exterminarei da face da terra; mas não exterminarei por completo a casa de Jacó, diz Yahueh.

9 Porque eis que dou ordem para que a casa de Israel seja cirandada entre todas as nações, assim como [o grão] é cirandado na peneira, e nenhum grão cairá na terra.

10 Morrerão à espada todos os pecadores de meu povo, que dizem: O mal não chegará a nós, nem nos encontrará.

11 Naquele dia voltarei a levantar a caída tenda de Davi; fecharei seus brechas, repararei suas ruínas, e a reconstruirei como nos dias antigos,

12 Para que tomem posse do restante de Edom, e todas as nações que se chamam pelo meu nome, diz Yahueh, que faz isto.

13 Eis que vêm dias, diz Yahueh, em que o que ara alcançará ao que colhe, e o que pisa as uvas ao que leva a semente; e os montes destilarão suco de uva, e todos os morros se derreterão.

14 E reverterei o cativeiro de meu povo Israel; então eles reconstruirão as cidades assoladas, e nelas habitarão; e plantarão vinhas, e beberão o vinho delas; e farão jardins, e comerão o fruto deles.

|fn:  reverterei o cativeiro – trad. alt. mudarei o destino

15 Pois eu os plantarei em sua terra, e nunca mais serão arrancados de sua terra, que eu lhes dei, diz Yahueh teu Elohim.