Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
MATEUS

Voltar

Mat 1:1 Livro da geração de Jesus Christo, filho de David, filho d’Abrahão.
Mat 1:2 Abrahão gerou a Isaac; e Isaac gerou a Jacob; e Jacob gerou a Judas e a seus irmãos;
Mat 1:3 E Judas gerou de Tamar a Fares e a Zara; e Fares gerou a Esrom; e Esrom gerou a Arão;
Mat 1:4 E Arão gerou a Aminadab; e Aminadab gerou a Naason; e Naason gerou a Salmon;
Mat 1:5 E Salmon gerou de Rachab a Booz, e Booz gerou de Ruth a Obed; e Obed gerou a Jessé;
Mat 1:6 E Jessé gerou ao rei David; e o rei David gerou a Salomão, da que foi mulher de Urias;
Mat 1:7 E Salomão gerou a Roboão; e Roboão gerou a Abia; e Abia gerou a Asa;
Mat 1:8 E Asa gerou a Josaphat; e Josaphat gerou a Jorão; e Jorão gerou a Ozias;
Mat 1:9 E Ozias gerou a Joathão; e Joathão gerou a Achaz; e Achaz gerou a Ezequias;
Mat 1:010 E Ezequias gerou a Manassés; e Manassés gerou a Amon; e Amon gerou a Josias;
Mat 1:11 E Josias gerou a Jechonias e a seus irmãos na deportação para a Babylonia.
Mat 1:12 E, depois da deportação para a Babylonia, Jechonias gerou a Salathiel; e Salathiel gerou a Zorobabel;
Mat 1:13 E Zorobabel gerou a Abiud; e Abiud gerou a Eliakim; e Eliakim gerou a Azor;
Mat 1:14 E Azor gerou a Sadoc; e Sadoc gerou a Achim; e Achim gerou a Eliud;
Mat 1:15 E Eliud gerou a Eleazar; e Eleazar gerou a Matthan; e Matthan gerou a Jacob;
Mat 1:16 E Jacob gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu Jesus, que se chama o Christo.
Mat 1:17 De sorte que todas as gerações, desde Abrahão até David, são quatorze gerações; e desde David até á deportação para a Babylonia, quatorze gerações; e desde a deportação para a Babylonia até o Christo, quatorze gerações.
Mat 1:18 Ora o nascimento de Jesus Christo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se gravida do Espirito Sancto.
Mat 1:19 Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixal-a secretamente.
Mat 1:20 E, projectando elle isto, eis que n’um sonho lhe appareceu um anjo de Yahweh, dizendo: José, filho de David, não temas receber a Maria tua mulher, porque o que n’ella está gerado é do Espirito Sancto;
Mat 1:21 E dará á luz um filho e chamarás o seu nome Jesus; porque elle salvará o seu povo dos seus peccados.
Mat 1:22 Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte de Yahweh, pelo propheta, que diz:
Mat 1:23 Eis que a virgem conceberá e dará á luz um filho, e chamal-o-hão pelo nome Emmanuel, que traduzido é: Deus comnosco.
Mat 1:24 E José, despertando do sonho, fez como o anjo de Yahweh lhe ordenára, e recebeu a sua mulher;
Mat 1:25 E não a conheceu até que deu á luz o seu filho, o primogenito; e poz-lhe por nome Jesus.
Mat 2:1 E, tendo nascido Jesus em Bethlehem de Judéa, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalem,
Mat 2:2 Dizendo: Onde está aquelle que é nascido rei dos judeos? porque vimos a sua estrella no oriente, e viemos a adoral-o.
Mat 2:3 E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalem com elle.
Mat 2:4 E, congregados todos os principes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Christo.
Mat 2:5 E elles lhe disseram: Em Bethlehem de Judea; porque assim está escripto pelo propheta:
Mat 2:6 E tu, Bethlehem, terra de Judah, de modo nenhum és a menor entre as capitaes de Judah; porque de ti sairá o Guia que ha de apascentar o meu povo de Israel.
Mat 2:7 Então Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exactamente d’elles ácerca do tempo em que a estrella lhes apparecera.
Mat 2:8 E, enviando-os a Bethlehem, disse: Ide, e perguntae diligentemente pelo menino, e, quando o achardes, participae-m’o, para que tambem eu vá e o adore.
Mat 2:9 E, tendo elles ouvido o rei, foram-se; e eis-que a estrella, que tinham visto no oriente, ia adiante d’elles, até que, chegando, se deteve sobre o logar onde estava o menino.
Mat 2:10 E, vendo elles a estrella, alegraram-se muito com grande alegria.
Mat 2:11 E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus thesouros, lhe offertaram dadivas: oiro, incenso e myrrha.
Mat 2:12 E, sendo por divina revelação avisados em sonhos para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para a sua terra por outro caminho.
Mat 2:13 E, tendo-se elles retirado, eis-que o anjo de Yahweh appareceu a José em sonhos, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egypto, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes ha de procurar o menino para o matar.
Mat 2:14 E, levantando-se elle, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egypto,
Mat 2:15 E esteve lá até á morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte de Yahweh pelo propheta, que diz: Do Egypto chamei o meu Filho.
Mat 2:16 Então Herodes, vendo que tinha sido illudido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Bethlehem, e em todos os seus contornos, de edade de dois annos e menos, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos.
Mat 2:17 Então se cumpriu o que foi dito pelo propheta Jeremias, que diz:
Mat 2:18 Em Rama se ouviu uma voz, lamentação, choro e grande pranto: Rachel chorando os seus filhos, e não quiz ser consolada, porque já não existem.
Mat 2:19 Morto porém Herodes, eis que o anjo de Yahweh appareceu n’um sonho a José no Egypto,
Mat 2:20 Dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vae para a terra d’Israel; porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino.
Mat 2:21 Então elle se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra d’Israel.
Mat 2:22 E, ouvindo que Archelau reinava na Judea em logar de Herodes, seu pae, receiou ir para lá: mas avisado em sonho por divina revelação, foi para as partes da Galilea.
Mat 2:23 E chegou, e habitou n’uma cidade chamada Nazareth, para que se cumprisse o que fôra dito pelos prophetas: Que se chamará Nazareno.
Mat 3:1 E, n’aquelles dias, appareceu João Baptista prégando no deserto da Judea,
Mat 3:2 E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus;
Mat 3:3 Porque é este o annunciado pelo propheta Isaias, que disse: Voz do que clama no deserto: preparae o caminho de Yahweh, endireitae as suas veredas.
Mat 3:4 E este João tinha o seu vestido de pellos de camelo, e um cinto de coiro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre.
Mat 3:5 Então ia ter com elle Jerusalem, e toda a Judea, e toda a provincia adjacente ao Jordão,
Mat 3:6 E eram por elle baptizados no rio Jordão, confessando os seus peccados.
Mat 3:7 E, vendo elle muitos dos phariseos e dos sadduceos, que vinham ao seu baptismo, dizia-lhes: Raça de viboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?
Mat 3:8 Produzi pois fructos dignos de arrependimento;
Mat 3:9 E não presumaes de vós mesuros, dizendo: Temos por pae a Abrahão; porque eu vos digo que mesmo d’estas pedras Yahweh pode suscitar filhos a Abrahão.
Mat 3:10 E tambem agora está posto o machado á raiz das arvores; toda a arvore, pois, que não produz bom fructo, é cortada e lançada no fogo
Mat 3:11 E eu, em verdade, vos baptizo com agua, para o arrependimento; mas aquelle que vem após mim, é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; elle vos baptizará com o Espirito Sancto, e com fogo.
Mat 3:12 Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celleiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará.
Mat 3:13 Então veiu Jesus da Galilea a João, junto do Jordão, para ser baptizado por elle,
Mat 3:14 João oppunha-se-lhe, porém, dizendo: Eu careço de ser baptizado por ti, e vens tu a mim?
Mat 3:15 Jesus, porém, respondendo, disse-lhe: Deixa por agora, porque assim nos convem cumprir toda a justiça. Então elle o deixou.
Mat 3:16 E, sendo Jesus baptizado, saiu logo da agua, e eis-que se lhe abriram os céus, e viu o Espirito de Yahweh descendo como pomba e vindo sobre elle.
Mat 3:17 E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.
Mat 4:1 Então foi conduzido Jesus pelo Espirito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.
Mat 4:2 E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome;
Mat 4:3 E, chegando-se a elle o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se façam pães.
Mat 4:4 Elle, porém, respondendo, disse: Está escripto: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sae da bocca de Deus
Mat 4:5 Então o diabo o levou á cidade sancta, e collocou-o sobre o pinaculo do templo,
Mat 4:6 E disse-lhe:
Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escripto: Que aos seus anjos ordenará a respeito de ti; e tomar-te-hão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra
Mat 4:7 Disse-lhe Jesus: Tambem está escripto: Não tentarás Yahweh teu Deus.
Mat 4:8 Novamente o levou o diabo a um monte muito alto, e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a gloria d’elles.
Mat 4:9 E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.
Mat 4:10 Então disse-lhe Jesus: Vae-te, Satanaz, porque está escripto:A Yahweh teu Deus adorarás, e só a elle servirás.
Mat 4:11 Então o diabo o deixou; e, eis-que chegaram os anjos, e o serviram.
Mat 4:12 Jesus, porém, ouvindo que João estava preso, voltou para a Galilea;
Mat 4:13 E, deixando Nazareth, foi habitar em Capernaum, cidade maritima, nos confins de Zabulon e Naphtali;
Mat 4:14 Para que se cumprisse o que foi dito pelo propheta Isaias, que diz:
Mat 4:15 A terra de Zabulon, e a terra de Naphtali, junto ao caminho do mar, além do Jordão, a Galilea das nações;
Mat 4:16 O povo, assentado em trevas, viu uma grande luz; e para os que estavam assentados na região e raiou a luz.
Mat 4:17 Desde então começou Jesus a prégar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.
Mat 4:18 E Jesus, andando junto ao mar da Galilea, viu a dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, que lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores:
Mat 4:19 E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.
Mat 4:20 Então elles, deixando logo as redes, seguiram-n’o.
Mat 4:21 E, adiantando-se d’ali, viu outros dois irmãos, Thiago, filho de Zebedeo, e João, seu irmão, n’um barco com seu pae Zebedeo, concertando as redes; e chamou-os;
Mat 4:22 Elles, deixando immediatamente o barco e seu pae, seguiram-n’o.
Mat 4:23 E percorria Jesus toda a Galilea, ensinando nas suas synagogas e prégando o Evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e molestias entre o povo.
Mat 4:24 E a sua fama correu por toda a Syria, e traziam-lhe todos os que padeciam, accommettidos de varias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunaticos, e os paralyticos, e elle os curava.
Mat 4:25 E seguia-o uma grande multidão de gente da Galilea, de Decapolis, de Jerusalem, da Judea, e d’além do Jordão.
Mat 5:1 E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, approximaram-se d’elle os seus discipulos:
Mat 5:2 E, abrindo a sua bocca, os ensinava, dizendo:
Mat 5:3 Bemaventurados os pobres de espirito, porque d’elles é o reino dos céus;
Mat 5:4 Bemaventurados os que choram, porque elles serão consolados;
Mat 5:5 Bemaventurados os mansos, porque elles herdarão a terra;
Mat 5:6 Bemaventurados os que teem fome e sêde de justiça, porque elles serão fartos;
Mat 5:7 Bemaventurados os misericordiosos, porque elles alcançarão misericordia;
Mat 5:8 Bemaventurados os limpos de coração, porque elles verão a Deus;
Mat 5:9 Bemaventurados os pacificadores, porque elles serão chamados filhos de Deus;
Mat 5:10 Bemaventurados os que soffrem perseguição por causa da justiça, porque d’elles é o reino dos céus;
Mat 5:11 Bemaventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e, mentindo, fallarem todo o mal contra vós por minha causa.
Mat 5:12 Exultae e alegrae-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os prophetas que foram antes de vós.
Mat 5:13 Vós sois o sal da terra; e se o sal fôr insipido, com que se ha de salgar? para nada mais presta senão para se lançar fóra, e ser pisado pelos homens.
Mat 5:14 Vós sois a luz do mundo: não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte,
Mat 5:15 Nem se accende a candeia e se colloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
Mat 5:16 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pae, que está nos céus.
Mat 5:17 Não cuideis que vim destruir a lei ou os prophetas: não vim a derogar, mas a cumprir.
Mat 5:18 Porque em verdade vos digo, que, até que o céu e a terra passem, nem um jota nem um só til se omittirá da lei, sem que tudo seja cumprido.
Mat 5:19 Qualquer pois que violar um d’estes mais pequenos mandamentos, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquelle, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.
Mat 5:20 Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e phariseos, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.
Mat 5:21 Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juizo.
Mat 5:22 Eu vos digo, porém, que qualquer que, sem motivo, se encolerisar contra seu irmão, será réu de juizo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do synhedrio; qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.
Mat 5:23 Portanto, se trouxeres a tua offerta ao altar, e ahi te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,
Mat 5:24 Deixa ali diante do altar a tua offerta, e vae, reconcilia-te primeiro com teu irmão, e depois vem e apresenta a tua offerta.
Mat 5:25 Concilia-te depressa com o teu adversario, emquanto estás no caminho com elle, para que não aconteça que o adversario te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao ministro, e te encerrem na prisão.
Mat 5:26 Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás d’ali emquanto não pagares o ultimo ceitil.
Mat 5:27 Ouvistes que foi dito aos antigos: Não commetterás adulterio.
Mat 5:28 Eu vos digo, porém, que qualquer que attentar n’uma mulher para a cobiçar, já em seu coração commetteu adulterio com ella
Mat 5:29 Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti, pois te é melhor que se perca um dos teus membros, do que todo o teu corpo seja lançado no inferno.
Mat 5:30 E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca, do que todo o teu corpo seja lançado no inferno.
Mat 5:31 Tambem foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de desquite.
Mat 5:32 Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, sem ser por causa de fornicação, faz que ella commetta adulterio, e qualquer que casar com a repudiada commette adulterio.
Mat 5:33 Outrosim, ouvistes que foi dito aos antigos: Não perjurarás, mas cumprirás teus juramentos a Yahweh.
Mat 5:34 Eu vos digo, porém, que de maneira nenhuma jureis: nem pelo céu, porque é o throno de Deus;
Mat 5:35 Nem pela terra, porque é o escabello de seus pés; nem por Jerusalem, porque é a cidade do grande Rei;
Mat 5:36 Nem jurarás pela tua cabeça, porque não podes fazer um cabello branco ou preto.
Mat 5:37 Seja, porém, o vosso fallar: Sim, sim, Não, não, porque o que passa d’isto é de procedencia maligna.
Mat 5:38 Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente.
Mat 5:39 Eu vos digo, porém, que não resistaes ao mal; mas, se qualquer te bater na face direita, offerece-lhe tambem a outra;
Mat 5:40 E ao que quizer pleitear comtigo, e tirar-te o vestido, larga-lhe tambem a capa;
Mat 5:41 E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vae com elle duas.
Mat 5:42 Dá a quem te pedir, e não te desvies d’aquelle que quizer que lhe emprestes.
Mat 5:43 Ouvistes que foi dito: Amarás o teu proximo, e aborrecerás o teu inimigo.
Mat 5:44 Eu vos digo, porém: Amae a vossos inimigos, bemdizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orae pelos que vos maltratam e vos perseguem;
Mat 5:45 Para que sejaes filhos do vosso Pae que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre os maus e os bons, e a chuva desça sobre os justos e os injustos.
Mat 5:46 Pois, se amardes os que vos amam, que galardão havereis? não fazem os publicanos tambem o mesmo?
Mat 5:47 E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? não fazem os publicanos tambem assim?
Mat 5:48 Sêde vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pae que está nos céus.
Mat 6:1 Guardae-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por elles: aliás não tereis galardão junto de vosso Pae, que está nos céus.
Mat 6:2 Quando pois deres esmola, não faças tocar trombeta adiante de ti, como fazem os hypocritas nas synagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mat 6:3 Mas, quanto tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;
Mat 6:4 Para que a tua esmola seja dada occultamente: e teu Pae, que vê em segredo, te recompensará publicamente.
Mat 6:5 E, quando orares, não sejas como os hypocritas; pois se comprazem em orar em pé nas synagogas, e ás esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mat 6:6 Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pae que está em occulto; e teu Pae, que vê secretamente, te recompensará.
Mat 6:7 E, orando, não useis palavras vãs, como os gentios, que pensam que por muito fallarem serão ouvidos.
Mat 6:8 Não vos assimilheis pois a elles; porque vosso Pae sabe o que vos é necessario, antes de vós lh’o pedirdes.
Mat 6:9 Portanto, vós orareis assim: Pae nosso, que estás nos céus, sanctificado seja o teu nome;
Mat 6:10 Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
Mat 6:11 O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
Mat 6:12 E perdoa-nos as nossas dividas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
Mat 6:13 E não nos induzas á tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a gloria, para sempre. Amen
Mat 6:14 Porque, se perdoardes aos homens
as suas offensas, tambem vosso Pae celestial vos perdoará a vós;
Mat 6:15 Se, porém, não perdoardes aos homens as suas offensas, tambem vosso Pae vos não perdoará as vossas offensas.
Mat 6:16 E, quando jejuaes, não vos mostreis contristados como os hypocritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mat 6:17 Porém tu, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto.
Mat 6:18 Para não parecer aos homens que jejuas, mas a teu Pae, que está em occulto; e teu Pae, que vê em occulto, te recompensará.
Mat 6:19 Não ajunteis thesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
Mat 6:20 Mas ajuntae thesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem corrompe, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Mat 6:21 Porque onde estiver o vosso thesouro, ahi estará tambem o vosso coração.
Mat 6:22 A candeia do corpo é o olho; de sorte que, se o teu olho fôr bom, todo o teu corpo terá luz;
Mat 6:23 Se, porém, o teu olho fôr mau, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti ha são trevas, quão grandes serão as trevas!
Mat 6:24 Ninguem pode servir a dois senhores; porque ou ha de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mammon.
Mat 6:25 Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos emquanto á vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem, emquanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestido?
Mat 6:26 Olhae para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celleiros; e vosso Pae celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que ellas?
Mat 6:27 E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, accrescentar um covado á sua estatura?
Mat 6:28 E, emquanto ao vestido, porque andaes solicitos? Olhae para os lirios do campo, como elles crescem: não trabalham nem fiam;
Mat 6:29 E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua gloria, se vestiu como qualquer d’elles.
Mat 6:30 Pois, se Deus assim enfeita a herva do campo, que hoje existe e ámanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Mat 6:31 Não andeis pois inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
Mat 6:32 (Porque todas estas coisas os gentios procuram) Pois vosso Pae celestial bem sabe que necessitaes de todas estas coisas;
Mat 6:33 Mas buscae primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão accrescentadas.
Mat 6:34 Não vos inquieteis pois pelo dia d’ámanhã, porque o dia d’ámanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
Mat 7:1 Não julgueis, para que não sejaes julgados.
Mat 7:2 Porque com o juizo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido hão de medir para vós.
Mat 7:3 E porque reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho
Mat 7:4 Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho; e, eis uma trave no teu olho?
Mat 7:5 Hypocrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.
Mat 7:6 Não deis aos cães as coisas sanctas, nem deiteis aos porcos as vossas perolas, não seja caso que as pizem com os pés, e, voltando-se, vos despedacem.
Mat 7:7 Pedi, e dar-se-vos-ha; buscae, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-ha.
Mat 7:8 Porque, aquelle que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, se abre.
Mat 7:9 E qual d’entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra?
Mat 7:10 E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente?
Mat 7:11 Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pae, que está nos céus, dará bens aos que lh’os pedirem?
Mat 7:12 Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lh’o tambem vós, porque esta é a lei e os prophetas.
Mat 7:13 Entrae pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz á perdição, e muitos são os que entram por elle;
Mat 7:14 Porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva á vida, e poucos ha que o encontrem.
Mat 7:15 Acautelae-vos, porém, dos falsos prophetas, que veem para vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.
Mat 7:16 Por seus fructos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?
Mat 7:17 Assim, toda a arvore boa produz bons fructos, e toda a arvore má produz fructos maus.
Mat 7:18 Não pode a arvore boa dar maus fructos; nem a arvore má dar fructos bons.
Mat 7:19 Toda a arvore que não dá bom fructo corta-se e lança-se no fogo.
Mat 7:20 E, assim, pelos seus fructos os conhecereis.
Mat 7:21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquelle que faz a vontade de meu Pae, que está nos céus.
Mat 7:22 Muitos me dirão n’aquelle dia: Senhor, Senhor, não prophetizámos nós em teu nome? e em teu nome não expulsámos demonios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
Mat 7:23 E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci: apartae-vos de mim, vós que obraes a iniquidade.
Mat 7:24 Todo aquelle, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assimilhal-o-hei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
Mat 7:25 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquella casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
Mat 7:26 E aquelle que ouve estas minhas palavras, e as não executa, comparal-o-hei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
Mat 7:27 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquella casa, e caiu, e foi grande a sua queda.
Mat 7:28 E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina,
Mat 7:29 Porque os ensinava como tendo auctoridade; e não como os escribas.
Mat 8:1 E descendo elle do monte, seguiu-o uma grande multidão.
Mat 8:2 E, eis-que veiu um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se tu queres, podes purificar-me.
Mat 8:3 E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero: sê puro. E logo ficou purificado da lepra.
Mat 8:4 Disse-lhe então Jesus: Olha não o digas a alguem, mas vae, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a offerta que Moysés determinou, para lhes servir de testemunho.
Mat 8:5 E, entrando Jesus em Capernaum, chegou junto d’elle um centurião, rogando-lhe,
Mat 8:6 E dizendo: Senhor, o meu creado jaz em casa paralytico, e violentamente atormentado.
Mat 8:7 E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei saude.
Mat 8:8 E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize sómente uma palavra, e o meu creado sarará;
Mat 8:9 Pois tambem eu sou homem sujeito ao poder, e tenho soldados ás minhas ordens; e digo a este: Vae, e elle vae; e a outro: Vem, e elle vem; e ao meu creado: Faze isto, e elle o faz.
Mat 8:10 E maravilhou-se Jesus, ouvindo isto, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que nem em Israel encontrei tanta fé.
Mat 8:11 Mas eu vos digo que muitos virão do oriente e do occidente, e assentar-se-hão á mesa com Abrahão, e Isaac, e Jacob, no reino dos céus;
Mat 8:12 E os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores: ali haverá pranto e ranger de dentes.
Mat 8:13 Então disse Jesus ao centurião: Vae, e como creste te seja feito. E n’aquella mesma hora o seu creado sarou.
Mat 8:14 E Jesus, entrando em casa de Pedro, viu a sogra d’este jazendo com febre.
Mat 8:15 E tocou-lhe na mão, e a febre a deixou; e levantou-se, e serviu-os.
Mat 8:16 E, chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados, e com a palavra expulsou d’elles os espiritos malignos, e curou todos os que estavam enfermos;
Mat 8:17 Para que se cumprisse o que fôra dito pelo propheta Isaias, que diz: Elle tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças.
Mat 8:18 E Jesus, vendo em torno de si uma grande multidão, ordenou que passassem para a banda d’alem;
Mat 8:19 E, approximando-se d’elle um escriba, disse-lhe: Mestre, aonde quer que fores, eu te seguirei.
Mat 8:20 E disse Jesus: As raposas teem seus covis, e as aves do céu teem seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
Mat 8:21 E outro de seus discipulos lhe disse: Senhor, permitte-me que primeiro vá sepultar meu pae.
Mat 8:22 Jesus, porém, disse-lhe: Segue-me, e deixa aos mortos sepultar os seus mortos.
Mat 8:23 E, entrando elle no barco, seus discipulos o seguiram;
Mat 8:24 E eis que no mar se levantou uma tempestade tão grande que o barco era coberto pelas ondas; elle, porém, estava dormindo.
Mat 8:25 E os seus discipulos, approximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos, que perecemos.
Mat 8:26 E elle disse-lhes: Porque temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, reprehendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.
Mat 8:27 E aquelles homens se maravilharam, dizendo: Quem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem?
Mat 8:28 E, tendo chegado á outra banda, á provincia dos gergesenos, sairam-lhe ao encontro dois endemoninhados, vindos dos sepulchros, tão ferozes que ninguem podia passar por aquelle caminho.
Mat 8:29 E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós comtigo, Jesus Filho de Deus? Vieste aqui a atormentar-nos antes de tempo?
Mat 8:30 E andava pastando distante d’elles uma manada de muitos porcos.
Mat 008:031 E os demonios rogaram-lhe, dizendo: Se nos expulsas, permitte-nos que entremos n’aquella manada de porcos.
Mat 8:32 E elle lhes disse: Ide. E, saindo elles, se introduziram
na manada dos porcos; e eis que toda aquella manada de porcos se precipitou no mar por um despenhadeiro, e morreram nas aguas.
Mat 8:33 E os porqueiros fugiram, e, chegando á cidade, divulgaram todas aquellas coisas, e o que acontecera aos endemoninhados.
Mat 8:34 E eis que toda aquella cidade saiu ao encontro de Jesus, e, vendo-o, rogaram-lhe que se retirasse dos seus termos.
Mat 9:1 E, entrando no barco, passou para a outra banda, e chegou á sua cidade. E eis que lhe trouxeram um paralytico deitado n’uma cama.
Mat 9:2 E Jesus, vendo a sua fé, disse ao paralytico: Filho, tem bom animo, perdoados te são os teus peccados.
Mat 9:3 E eis que alguns dos escribas diziam entre si: Elle blasphema.
Mat 9:4 Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse: Porque ajuizaes mal em vossos corações?
Mat 9:5 Pois qual é mais facil? dizer: Perdoados te são os teus peccados; ou dizer: Levanta-te e anda?
Mat 9:6 Ora, para que saibaes que o Filho do homem tem na terra auctoridade para perdoar peccados (disse então ao paralytico): Levanta-te; toma a tua cama, e vae para tua casa.
Mat 9:7 E, levantando-se, foi para sua casa.
Mat 9:8 E a multidão, vendo isto, maravilhou-se, e glorificou a Deus, que dera tal auctoridade aos homens.
Mat 9:9 E Jesus, passando adiante d’ali, viu assentado na alfandega um homem, chamado Mattheus, e disse-lhe: Segue-me. E elle, levantando-se, o seguiu.
Mat 9:10 E aconteceu que, estando elle em casa assentado á mesa, chegaram muitos publicanos e peccadores, e assentaram-se juntamente á mesa com Jesus e seus discipulos.
Mat 9:11 E os phariseos, vendo isto, disseram aos seus discipulos: Porque come o vosso Mestre com os publicanos e peccadores?
Mat 9:12 Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de medico os sãos, senão os doentes.
Mat 9:13 Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericordia quero, e não sacrificio. Porque eu não vim para chamar os justos, mas os peccadores, ao arrependimento.
Mat 9:14 Então chegaram ao pé d’elle os discipulos de João, dizendo: Porque jejuamos nós e os phariseos muitas vezes, e os teus discipulos não jejuam?
Mat 9:15 E disse-lhes Jesus: Podem porventura andar tristes os filhos das bodas, emquanto o esposo está com elles? Dias, porém, virão em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão.
Mat 9:16 E ninguem deita remendo de panno novo em vestido velho, porque similhante remendo rompe o vestido, e faz-se maior o rasgão;
Mat 9:17 Nem deitam vinho novo em odres velhos; aliás rompem-se os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; mas deitam vinho novo em odres novos, e ambos se conservam.
Mat 9:18 Dizendo-lhes elle estas coisas, eis que chegou um principal, e o adorou, dizendo: Minha filha falleceu agora mesmo; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ella viverá.
Mat 9:19 E Jesus, levantando-se, seguiu-o, elle e os seus discipulos.
Mat 9:20 E eis que uma mulher que havia já doze annos padecia de um fluxo de sangue, chegando por detraz d’elle, tocou a orla do seu vestido;
Mat 9:21 Porque dizia comsigo: Se eu tão sómente tocar o seu vestido, ficarei sã.
Mat 9:22 E Jesus, voltando-se, e vendo-a, disse: Tem animo, filha, a tua fé te salvou. E immediatamente a mulher ficou sã.
Mat 9:23 E Jesus, chegando a casa d’aquelle principal, e vendo os instrumentistas, e o povo em alvoroço,
Mat 9:24 Disse-lhes: Retirae-vos, que a menina não está morta, mas dorme. E riam-se d’elle.
Mat 9:25 E, logo que o povo foi posto fóra, entrou, e pegou-lhe na mão, e a menina levantou-se.
Mat 9:26 E espalhou-se aquella noticia por todo aquelle paiz.
Mat 9:27 E, partindo Jesus d’ali, seguiram-o dois cegos, clamando, e dizendo: Tem compaixão de nós, filho de David.
Mat 9:28 E, quando chegou a casa, os cegos se approximaram d’elle; e Jesus disse-lhes: Credes vós que eu possa fazer isto? Disseram-lhe elles: Sim, Senhor.
Mat 9:29 Tocou então os olhos d’elles, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé.
Mat 9:30 E os olhos se lhes abriram. E Jesus ameaçou-os, dizendo: Olhae não o saiba alguem.
Mat 9:31 Mas, tendo elle saido, divulgaram a sua fama por toda aquella terra.
Mat 9:32 E, havendo-se elles retirado, trouxeram-lhe um homem mudo e endemoninhado.
Mat 9:33 E, expulso o demonio, fallou o mudo; e a multidão se maravilhou, dizendo: Nunca tal se viu em Israel.
Mat 9:34 Mas os phariseos diziam: Elle expulsa os demonios pelo principe dos demonios.
Mat 9:35 E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas synagogas d’elles, e prégando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e molestias entre o povo.
Mat 9:36 E, vendo a multidão, teve grande compaixão d’elles, porque andavam desgarrados e errantes, como ovelhas que não teem pastor.
Mat 9:37 Então disse aos seus discipulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros.
Mat 9:38 Rogae pois ao Senhor da seara que mande ceifeiros para a sua seara.
Mat 10:1 E, chamando os seus doze discipulos, deu-lhes poder sobre os espiritos immundos, para os expulsarem, e curarem toda a enfermidade e todo o mal.
Mat 10:2 Ora os nomes dos doze apostolos são estes: O primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Thiago, filho de Zebedeo, e João, seu irmão;
Mat 010:003 Philippe e Bartholomeo; Thomé e Mattheus, o publicano; Thiago, filho de Alpheo, e Lebbeo, appellidado Thaddeo;
Mat 10:4 Simão Cananita, e Judas Iscariotes, o mesmo que o trahiu.
Mat 10:5 Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho das gentes, nem entrareis em cidade de samaritanos;
Mat 10:6 Mas ide antes ás ovelhas perdidas da casa d’Israel;
Mat 10:7 E, indo, prégae, dizendo: É chegado o reino dos céus.
Mat 10:8 Curae os enfermos, purificae os leprosos, resuscitae os mortos, expulsae os demonios: de graça recebestes, de graça dae.
Mat 10:9 Não possuaes oiro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,
Mat 10:10 Nem alforges para o caminho, nem duas tunicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operario do seu alimento.
Mat 10:11 E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurae saber quem n’ella seja digno, e hospedae-vos ahi até que vos retireis.
Mat 10:12 E, quando entrardes n’alguma casa, saudae-a;
Mat 10:13 E, se a casa fôr digna, desça sobre ella a vossa paz; porém, se não fôr digna, torne para vós a vossa paz.
Mat 10:14 E, se ninguem vos receber, nem escutar vossas palavras, saindo d’aquella casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés.
Mat 10:15 Em verdade vos digo que, no dia do juizo, haverá menos rigor para o paiz de Sodoma e Gomorrah do que para aquella cidade.
Mat 10:16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto sêde prudentes como as serpentes e simplices como as pombas.
Mat 10:17 Acautelae-vos, porém, dos homens; porque elles vos entregarão aos synhedrios, e vos açoitarão nas suas synagogas;
Mat 10:18 E sereis até conduzidos á presença dos governadores e dos reis por causa de mim, para lhes servir de testemunho a elles e aos gentios.
Mat 10:19 Mas, quando vos entregaram, não estejaes cuidadosos de como, ou o que haveis de fallar, porque n’aquella mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer.
Mat 10:20 Porque não sois vós que fallaes, mas o Espirito de vosso Pae, que falla em vós.
Mat 10:21 E o irmão entregará á morte o irmão, e o pae o filho; e os filhos se levantarão contra os paes, e os matarão.
Mat 10:22 E odiados de todos sereis por causa do meu nome: mas aquelle que perseverar até ao fim será salvo.
Mat 10:23 Quando pois vos perseguirem n’esta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades d’Israel, sem que venha o Filho do homem.
Mat 10:24 Não é o discipulo mais do que o mestre, nem o servo mais do que o seu senhor.
Mat 10:25 Baste ao discipulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. se chamaram Beelzebú ao pae de familia, quanto mais aos seus domesticos?
Mat 10:26 Portanto, não os temaes; porque nada ha encoberto que não haja de revelar-se, nem occulto que não haja de saber-se.
Mat 10:27 O que vos digo em trevas dizei-o em luz; e o que escutaes ao ouvido prégae-o sobre os telhados.
Mat 10:28 E não temaes os que matam o corpo, e não podem matar a alma: temei antes aquelle que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.
Mat 10:29 Não se vendem dois passarinhos por um ceitil? e nenhum d’elles cairá em terra sem a vontade de vosso Pae.
Mat 10:30 E até mesmo os cabellos da vossa cabeça estão todos contados.
Mat 10:31 Não temaes pois: mais valeis vós do que muitos passarinhos.
Mat 10:32 Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pae, que está nos céus.
Mat 10:33 Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei tambem diante de meu Pae, que está nos céus.
Mat 10:34 Não cuideis que vim trazer a paz á terra; não vim trazer a paz, mas a espada;
Mat 10:35 Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pae, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;
Mat 10:36 E serão os inimigos do homem os que são seus familiares.
Mat 10:37 Quem ama o pae ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
Mat 10:38 E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
Mat 10:39 Quem achar a sua vida perdel-a-ha; e quem perder a sua vida por amor de mim achal-a-ha.
Mat 10:40 Quem vos recebe, me recebe a mim; e quem me recebe a mim, recebe aquelle que me enviou.
Mat 10:41 Quem recebe um propheta em qualidade de propheta, receberá galardão de propheta; e quem recebe um justo em qualidade de justo, receberá galardão de justo.
Mat 10:42 E qualquer que tiver dado só que seja um copo d’agua fria a um d’estes pequenos, em qualidade
de discipulo, em verdade vos digo que de modo nenhum perderá o seu galardão.
Mat 11:1 E, aconteceu que, acabando Jesus de dar seus preceitos aos seus doze discipulos, partiu d’ali a ensinar e a prégar nas cidades d’elles.
Mat 11:2 E João, ouvindo, no carcere, fallar dos feitos de Christo, enviou dois dos seus discipulos,
Mat 11:3 Dizendo-lhe: És tu aquelle que havia de vir, ou esperamos outro?
Mat 11:4 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide, e annunciae a João as coisas que ouvis e vêdes:
Mat 11:5 Os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são purificados, e os surdos ouvem; os mortos são resuscitados, e o evangelho é annunciado aos pobres.
Mat 11:6 E bemaventurado é aquelle que se não escandalizar em mim.
Mat 11:7 E, partindo elles, começou Jesus a dizer ás turbas, a respeito de João: Que fostes vêr no deserto? uma canna agitada pelo vento?
Mat 11:8 Ou que fostes vêr? um homem ricamente vestido? Os que trajam ricamente estão nas casas dos reis.
Mat 11:9 Ou então que fostes vêr? um propheta? sim, vos digo eu, e muito mais do que propheta:
Mat 11:10 Porque é este de quem está escripto: Eis que adiante da tua face envio o meu anjo, que preparará adiante de ti o teu caminho.
Mat 11:11 Em verdade vos digo que, entre os que de mulheres teem nascido, não appareceu alguem maior do que João Baptista; mas aquelle que é o menor no reino dos céus é maior do que elle
Mat 11:12 E, desde os dias de João Baptista até agora, se faz violencia ao reino dos céus, e os violentos se apoderam d’elle.
Mat 11:13 Porque todos os prophetas e a lei prophetizaram até João.
Mat 11:14 E, se quereis dar credito, é este o Elias que havia de vir.
Mat 11:15 Quem tem ouvidos para ouvir oiça.
Mat 11:16 Mas, a quem assimilharei esta geração? É similhante aos meninos que se assentam nas praças, e clamam aos seus companheiros,
Mat 11:17 E dizem: Tocámos-vos flauta, e não dançastes: cantámos-vos lamentações, e não chorastes.
Mat 11:18 Pois veiu João, não comendo nem bebendo, e dizem: Tem demonio.
Mat 11:19 Veiu o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis ahi um homem comilão e beberrão, amigo de publicanos e peccadores. Mas a sabedoria é justificada por seus filhos.
Mat 11:20 Então começou elle a lançar em rosto ás cidades onde se operou a maior parte dos seus prodigios o não se haverem arrependido, dizendo:
Mat 11:21 Ai de ti, Corazin! ai de ti, Bethsaida! porque, se em Tyro e em Sidon fossem feitos os prodigios que em vós se fizeram, ha muito que se teriam arrependido, com sacco e com cinza.
Mat 11:22 Porém eu vos digo que haverá menos rigor para Tyro e Sidon, no dia do juizo, do que para vós.
Mat 11:23 E tu, Capernaum, que te ergues até aos céus, serás abatida até aos infernos; porque, se entre os de Sodoma fossem feitos os prodigios que em ti se fizeram, teriam permanecido até hoje
Mat 11:24 Porém eu vos digo que haverá menos rigor para os de Sodoma, no dia do juizo, do que para ti.
Mat 11:25 N’aquelle tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pae, Senhor do céu e da terra, que occultaste estas coisas aos sabios e intelligentes, e as revelaste aos meninos.
Mat 11:26 Sim, ó Pae, porque assim te aprouve.
Mat 11:27 Todas as coisas me foram entregues por meu Pae: e ninguem conhece o Filho, senão o Pae; e ninguem conhece o Pae, senão o Filho, e aquelle a quem o Filho o quizer revelar.
Mat 11:28 Vinde a mim, todos os que estaes cançados e opprimidos, e eu vos alliviarei.
Mat 11:29 Tomae sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanço para as vossas almas.
Mat 11:30 Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.
Mat 12:1 N’aquelle tempo passou Jesus pelas searas, em um sabbado; e os seus discipulos tinham fome, e começaram a colher espigas, e a comer.
Mat 12:2 E os phariseos, vendo isto, disseram-lhe: Eis que os teus discipulos fazem o que não é licito fazer n’um sabbado.
Mat 12:3 Elle, porém, lhes disse: Não tendes lido o que fez David, quando teve fome, elle e os que com elle estavam?
Mat 12:4 Como entrou na casa de Yahweh, e comeu os pães da proposição, que não lhe era licito comer, nem aos que com elle estavam, mas só aos sacerdotes?
Mat 12:5 Ou não tendes lido na lei que, aos sabbados, os sacerdotes violam o sabbado no templo, e ficam sem culpa?
Mat 12:6 Pois eu vos digo que está aqui um maior do que o templo.
Mat 12:7 Mas, se vós soubesseis o que significa: Misericordia quero, e não sacrificio, não condemnarieis os innocentes.
Mat 12:8 Porque o Filho do homem até do sabbado é Senhor.
Mat 12:9 E, partindo d’ali, chegou á synagoga d’elles.
Mat 12:10 E, estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada; e elles, para o accusarem, o interrogaram, dizendo: É licito curar nos sabbados?
Mat 12:11 E elle lhes disse: Qual d’entre vós será o homem que tenha uma ovelha, e, se n’um sabbado a tal ovelha cair n’uma cova, não lance mão d’ella, e a levante?
Mat 12:12 Pois quanto mais vale um homem do que uma ovelha? É, por consequencia, licito fazer bem nos sabbados.
Mat 12:13 Então disse áquelle homem: Estende a tua mão. E elle a estendeu, e ficou sã como a outra.
Mat 12:14 E os phariseos, tendo saido, formaram conselho contra elle, para o matarem,
Mat 12:15 Mas, sabendo-o, retirou-se d’ali, e acompanhou-o uma grande multidão de gente, e elle os curou a todos.
Mat 12:16 E recommendava-lhes rigorosamente que o não descobrissem,
Mat 12:17 Para que se cumprisse o que fôra dito pelo propheta Isaias, que diz:
Mat 12:18 Eis aqui o meu servo, que escolhi, o meu amado, em quem a minha alma se compraz: porei sobre elle o meu espirito, e annunciará aos gentios o juizo.
Mat 12:19 Não contenderá, nem clamará, nem alguem ouvirá pelas ruas a sua voz
Mat 12:20 Não esmagará a canna quebrada, e não apagará o murrão que fumega, até que faça triumphar o juizo;
Mat 12:21 E no seu nome os gentios esperarão.
Mat 12:22 Trouxeram-lhe então um endemoninhado cego e mudo; e, de tal modo o curou, que o cego e mudo fallava e via.
Mat 12:23 E toda a multidão se admirava e dizia: Não é este o Filho de David?
Mat 12:24 Mas os phariseos, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os demonios senão por Beelzebú, principe dos demonios.
Mat 12:25 Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa dividida contra si mesma não subsistirá.
Mat 12:26 E, se Satanaz expulsa a Satanaz, está dividido contra si mesmo; como subsistirá pois o seu reino?
Mat 12:27 E, se eu expulso os demonios por Beelzebú, por quem os expulsam então os vossos filhos? Portanto elles mesmos serão os vossos juizes.
Mat 12:28 Mas, se eu expulso os demonios pelo Espirito de Deus, é conseguintemente chegado a vós o reino de Deus.
Mat 12:29 Ou, como pode alguem entrar em casa do homem valente, e furtar os seus vasos, se primeiro não manietar o valente, saqueando então a sua casa?
Mat 12:30 Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha.
Mat 12:31 Portanto eu vos digo: Todo o peccado e blasphemia se perdoará aos homens; porém a blasphemia contra o Espirito não será perdoada aos homens.
Mat 12:32 E, se qualquer fallar alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-ha perdoado, mas, se alguem fallar contra o Espirito Sancto, não lhe será perdoado, nem n’este seculo nem no futuro.
Mat 12:33 Ou fazei a arvore boa, e o seu fructo bom, ou fazei a arvore má, e o seu fructo mau; porque pelo fructo se conhece a arvore.
Mat 12:34 Raça de viboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? pois do que é em abundancia no coração falla a bocca.
Mat 12:35 O homem bom tira boas coisas do thesouro do seu coração, e o homem mau do mau thesouro tira coisas más.
Mat 12:36 Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juizo.
Mat 12:37 Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condemnado.
Mat 12:38 Então alguns dos escribas e dos phariseos tomaram a palavra, dizendo: Mestre, quizeramos ver da tua parte algum signal.
Mat 12:39 Mas elle lhes respondeu, e disse: A geração má e adultera pede um signal, porém não se lhe dará senão o signal do propheta Jonas;
Mat 12:40 Pois, como Jonas esteve tres dias e tres noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem tres dias e tres noites no seio da terra.
Mat 12:41 Os ninivitas resurgirão no juizo com esta geração, e a condemnarão, porque se arrependeram com a prégação de Jonas. E eis que está aqui quem é mais do que Jonas.
Mat 12:42 A rainha do meio-dia se levantará no dia do juizo com esta geração, e a condemnará; porque veiu dos confins da terra a ouvir a sabedoria de Salomão. E eis que está aqui quem é mais do que Salomão.
Mat 12:43 E, quando o espirito immundo tem saido do homem, anda por logares aridos, buscando repouso, e não o encontra.
Mat 12:44 Então diz: Voltarei para a minha casa d’onde sahi. E, voltando, acha-a desoccupada, varrida e adornada.
Mat 12:45 Então vae, e leva comsigo outros sete espiritos peiores do que elle, e, entrando, habitam ali: e são os ultimos actos d’esse homem peiores do que os primeiros. Assim acontecerá tambem a esta má geração.
Mat 12:46 E, fallando elle ainda á multidão, eis que estavam fóra sua mãe e seus irmãos, pretendendo fallar-lhe.
Mat 12:47 E disse-lhe alguem: Eis que estão ali fóra tua mãe e teus irmãos, que querem fallar-te.
Mat 12:48 Porém elle, respondendo, disse ao que lhe fallára: Quem é minha mãe? e quem são meus irmãos?
Mat 12:49 E, estendendo a sua mão para os seus discipulos, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos;
Mat 12:50 Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pae que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe.
Mat 13:1 E Jesus, tendo saido da
casa n’aquelle dia, estava assentado junto ao mar;
Mat 13:2 E ajuntou-se muita gente ao pé d’elle, de sorte que, entrando n’um barco, se assentou; e toda a multidão estava em pé na praia.
Mat 13:3 E fallou-lhe de muitas coisas por parabolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.
Mat 13:4 E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-n’a;
Mat 13:5 E outra parte caiu em pedregaes, onde não havia terra bastante, e logo nasceu, porque não tinha terra funda;
Mat 13:6 Mas, vindo o sol, queimou-se, e seccou-se, porque não tinha raiz.
Mat 13:7 E outra caiu em espinhos, e os espinhos cresceram, e suffocaram-n’a.
Mat 13:8 E outra caiu em boa terra, e deu fructo: um grão produziu cem, outro sessenta e outro trinta.
Mat 13:9 Quem tem ouvidos para ouvir, oiça.
Mat 13:10 E, acercando-se d’elle os discipulos, disseram-lhe: Porque lhes fallas por parabolas?
Mat 13:11 Elle, respondendo, disse-lhes: Porque a vós é dado conhecer os mysterios do reino dos céus, mas a elles não é dado
Mat 13:12 Porque áquelle que tem, se dará, e terá em abundancia; mas áquelle que não tem, até aquillo que tem lhe será tirado
Mat 13:13 Por isso lhes fallo por parabolas; porque elles, vendo, não vêem; e, ouvindo, não ouvem nem comprehendem.
Mat 13:14 E n’elles se cumpre a prophecia d’Isaias, que diz: Ouvindo, ouvireis, mas não comprehendereis, e, vendo, vereis, mas não percebereis.
Mat 13:15 Porque o coração d’este povo está endurecido, e ouviram de mau grado com seus ouvidos, e fecharam seus olhos; para que não vejam com os olhos, e oiçam com os ouvidos, e comprehendam com o coração, e se convertam, e eu os cure.
Mat 13:16 Mas bemaventurados os vossos olhos, porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem.
Mat 13:17 Porque em verdade vos digo que muitos prophetas e justos desejaram vêr o que vós vedes, e não o viram; e ouvir o que vós ouvis e não o ouviram,
Mat 13:18 Escutae vós pois a parabola do semeador.
Mat 13:19 Ouvindo alguem a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata o que foi semeado no seu coração; este é o que foi semeado ao pé do caminho;
Mat 13:20 Porém o que foi semeado em pedregaes é o que ouve a palavra, e logo a recebe com alegria;
Mat 13:21 Mas não tem raiz em si mesmo, antes é temporão; e, chegada a angustia e a perseguição por causa da palavra, logo se offende;
Mat 13:22 E o que foi semeado em espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados d’este mundo, e a seducção das riquezas, suffocam a palavra, e fica infructifera;
Mat 13:23 Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve e comprehende a palavra; e dá fructo, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta.
Mat 13:24 Propoz-lhes outra parabola, dizendo: O reino dos céus é similhante ao homem que semeia boa semente no seu campo;
Mat 13:25 Mas, dormindo os homens, veiu o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se.
Mat 13:26 E, quando a herva cresceu e fructificou, appareceu tambem o joio.
Mat 13:27 E os servos do pae de familia, indo ter com elle, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu no teu campo boa semente? Porque tem então joio?
Mat 13:28 E elle lhes disse: Um homem inimigo é que fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos colhel-o?
Mat 13:29 Porém elle lhes disse: Não; para que ao colher o joio não arranqueis tambem o trigo com elle.
Mat 13:30 Deixae crescer ambos juntos até á ceifa; e, por occasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atae-o em molhos para o queimar; mas o trigo ajuntae-o no meu celleiro.
Mat 13:31 Outra parabola lhes propoz, dizendo: O reino dos céus é similhante ao grão de mostarda que o homem, pegando d’elle, semeou no seu campo;
Mat 13:32 O qual é realmente a mais pequena de todas as sementes; mas, crescendo, é a maior das plantas, e faz-se uma arvore, de sorte que veem as aves do céu, e se aninham nos seus ramos.
Mat 13:33 Outra parabola lhes disse: O reino dos céus é similhante ao fermento, que uma mulher, pegando d’elle, introduz em tres medidas de farinha, até que tudo esteja levedado.
Mat 13:34 Tudo isto disse Jesus por parabolas á multidão, e não lhes fallava sem parabolas;
Mat 13:35 Para que se cumprisse o que fôra dito pelo propheta, que disse: Abrirei em parabolas a minha bocca; publicarei coisas occultas desde a fundação do mundo.
Mat 13:36 Então Jesus, despedindo a multidão, foi para casa. E chegaram ao pé d’elle os seus discipulos, dizendo: Explica-nos a parabola do joio do campo.
Mat 13:37 E elle, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem;
Mat 13:38 O campo é o mundo; e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno;
Mat 13:39 O inimigo, que o semeou, é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos.
Mat 13:40 Como pois o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consummação d’este mundo.
Mat 13:41 Mandará o Filho do homem os seus anjos, e elles colherão do seu reino todos os escandalos, e os que commettem iniquidade.
Mat 13:42 E lançal-os-hão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Mat 13:43 Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pae. Quem tem ouvidos para ouvir, oiça.
Mat 13:44 Tambem o reino dos céus é similhante a um thesouro escondido n’um campo, que um homem achou e escondeu; e, pelo gozo d’elle, vae, vende tudo quanto tem, e compra aquelle campo.
Mat 13:45 Outrosim o reino dos céus é similhante ao homem, negociante, que busca boas perolas;
Mat 13:46 E, encontrando uma perola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e comprou-a.
Mat 13:47 Egualmente o reino dos céus é similhante a uma rede lançada ao mar, e que prende toda a qualidade de peixes.
Mat 13:48 E, estando cheia, os pescadores a puxam para a praia; e, assentando-se, apanham para os cestos os bons; os ruins, porém, lançam fóra.
Mat 13:49 Assim será na consummação dos seculos: virão os anjos, e separarão os maus d’entre os justos.
Mat 13:50 E lançal-os-hão na fornalha de fogo: ali haverá pranto e ranger de dentes.
Mat 13:51 E disse-lhes Jesus: Entendestes todas estas coisas? Disseram-lhe elles: Sim, Senhor.
Mat 13:52 E elle disse-lhes: Por isso, todo o escriba instruido ácerca do reino dos céus é similhante a um pae de familia, que tira dos seus thesouros coisas novas e velhas.
Mat 13:53 E aconteceu que Jesus, concluindo estas parabolas, se retirou d’ali.
Mat 13:54 E, chegando á sua patria, ensinava-os na synagoga d’elles, de sorte que se maravilhavam, e diziam: D’onde veiu a este a sabedoria, e estas maravilhas?
Mat 13:55 Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Thiago, e José, e Simão, e Judas?
Mat 13:56 E não estão entre nós todas as suas irmãs? D’onde lhe veiu pois tudo isto?
Mat 13:57 E escandalizavam-se n’elle. Jesus, porém, lhes disse: Não ha propheta sem honra, senão na sua patria e na sua casa.
Mat 13:58 E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade d’elles.
Mat 14:1 N’aquelle tempo ouviu Herodes, o tetrarca, a fama de Jesus,
Mat 14:2 E disse aos seus creados: Este é João Baptista; resuscitou dos mortos, e por isso as maravilhas obram n’elle.
Mat 14:3 Porque Herodes tinha prendido João, e tinha-o manietado e encerrado no carcere, por causa de Herodias, mulher de seu irmão Philippe;
Mat 14:4 Porque João lhe dissera: Não te é licito possuil-a.
Mat 14:5 E, querendo matal-o, temia o povo; porque o tinham como propheta.
Mat 14:6 Festejando-se, porém, o dia natalicio de Herodes, dançou a filha de Herodias diante d’elle, e agradou a Herodes.
Mat 14:7 Pelo que prometteu com juramento dar-lhe tudo o que pedisse;
Mat 14:8 E ella, instruida previamente por sua mãe, disse: Dá-me aqui n’um prato a cabeça de João Baptista.
Mat 14:9 E o rei affligiu-se, mas, por causa do juramento, e dos que estavam com elle, mandou que se lhe désse.
Mat 14:10 E mandou degolar João no carcere,
Mat 14:11 E a sua cabeça foi trazida n’um prato, e dada á menina, e ella a levou a sua mãe.
Mat 14:12 E chegaram os seus discipulos, e levaram o corpo, e o sepultaram; e foram annuncial-o a Jesus.
Mat 14:13 E Jesus, ouvindo isto, retirou-se d’ali n’um barco, para um logar deserto, apartado; e, sabendo-o o povo, seguiu-o a pé desde as cidades.
Mat 14:14 E Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e foi possuido de intima compaixão para com ella, e curou os seus enfermos.
Mat 14:15 E, sendo chegada a tarde, os seus discipulos approximaram-se-lhe, dizendo: O logar é deserto, e a hora é já avançada; despede a multidão, para que vão pelas aldeias, e comprem comida para si.
Mat 14:16 Jesus, porém, lhes disse: Não é mister que vão: dae-lhes vós de comer.
Mat 14:17 Então elles lhe disseram: Não temos aqui senão cinco pães e dois peixes.
Mat 14:18 E elle disse: Trazei-m’os aqui.
Mat 14:19 E, mandando que a multidão se assentasse sobre a herva, e tomando os cinco pães e os dois peixes, e erguendo os olhos ao céu, os abençoou, e, partindo os pães, deu-os aos discipulos, e os discipulos á multidão.
Mat 14:20 E comeram todos, e saciaram-se; e levantaram dos pedaços, que sobejaram, doze alcofas cheias.
Mat 14:21 E os que comeram foram quasi cinco mil homens, além das mulheres e creanças.
Mat 14:22 E logo ordenou Jesus que os seus discipulos entrassem no barco, e fossem adiante d’elle para a outra banda, emquanto despedia a multidão.
Mat 14:23 E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar á parte. E, chegada já a tarde, estava ali só
Mat 14:24 E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrario;
Mat 14:25 Mas, á quarta vigilia da noite, dirigiu-se Jesus para elles, caminhando por cima do mar.
Mat 14:26 E os discipulos, vendo-o caminhar
sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um phantasma. E gritaram com medo.
Mat 14:27 Jesus, porém, lhes fallou logo, dizendo: Tende bom animo, sou eu, não tenhaes medo.
Mat 14:28 E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter comtigo por cima das aguas.
Mat 14:29 E elle disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as aguas para ir ter com Jesus.
Mat 14:30 Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a afundar-se, clamou, dizendo: Senhor, salva-me.
Mat 14:31 E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, porque duvidaste?
Mat 14:32 E, quando subiram para o barco, acalmou o vento.
Mat 14:33 Então approximaram-se os que estavam no barco, e adoraram-o, dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus.
Mat 14:34 E, tendo passado para a outra banda, chegaram á terra de Genezareth.
Mat 14:35 E, quando os homens d’aquelle logar o conheceram, mandaram por todas aquellas terras em redor, e trouxeram-lhe todos os que estavam enfermos.
Mat 14:36 E rogavam-lhe para que ao menos elles tocassem a orla do seu vestido; e todos os que a tocavam ficavam sãos.
Mat 15:1 Então chegaram ao pé de Jesus uns escribas e phariseos de Jerusalem, dizendo:
Mat 15:2 Porque transgridem os teus discipulos a tradição dos anciãos? pois não lavam as mãos quando comem pão.
Mat 15:3 Elle, porém, respondendo, disse-lhes: Porque transgredis vós tambem o mandamento de Deus pela vossa tradição?
Mat 15:4 Porque Deus ordenou, dizendo: Honra a teu pae e a tua mãe; e: Quem maldisser ao pae ou á mãe, morra de morte.
Mat 15:5 Mas vós dizeis: Qualquer que disser ao pae ou á mãe: É offerta ao Senhor o que poderias aproveitar de mim; desobrigado fica. Esse não honrará de modo algum nem a seu pae nem a sua mãe,
Mat 15:6 E assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Yahweh.
Mat 15:7 Hypocritas, bem prophetizou Isaias a vosso respeito, dizendo:
Mat 15:8 Este povo honra-me com os seus labios, mas o seu coração está longe de mim.
Mat 15:9 Mas em vão me veneram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.
Mat 15:10 E, chamando a si a multidão, disse-lhes: Ouvi, e entendei:
Mat 15:11 O que contamina o homem não é o que entra na bocca, mas o que sae da bocca isso é o que contamina o homem.
Mat 15:12 Então, acercando-se d’elle os seus discipulos, disseram-lhe: Sabes que os phariseos, ouvindo essas palavras, se escandalizaram?
Mat 15:13 Elle, porém, respondendo, disse: Toda a planta, que meu Pae celestial não plantou, será arrancada.
Mat 15:14 Deixae-os: são conductores cegos de cegos: ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova.
Mat 15:15 E Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Explica-nos essa parabola.
Mat 15:16 Jesus, porém, disse: Até vós mesmos estaes ainda sem entender?
Mat 15:17 Ainda não comprehendeis que tudo o que entra pela bocca desce para o ventre, e é evacuado?
Mat 15:18 Mas o que sae da bocca, procede do coração, e isso contamina o homem.
Mat 15:19 Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adulterios, fornicações, furtos, falsos testemunhos e blasphemias.
Mat 15:20 São estas coisas que contaminam o homem; comer, porém, sem lavar as mãos não contamina o homem.
Mat 15:21 E, partindo Jesus d’ali, foi para as partes de Tyro e de Sidon.
Mat 15:22 E eis que uma mulher cananea, que saira d’aquellas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de David, tem misericordia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.
Mat 15:23 Mas elle não lhe respondeu palavra. E os seus discipulos, chegando ao pé d’elle, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando após nós.
Mat 15:24 E elle, respondendo, disse: Eu não sou enviado senão ás ovelhas perdidas da casa d’Israel.
Mat 15:25 Então chegou ella, e adorou-o, dizendo: Senhor, soccorre-me.
Mat 15:26 Elle, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deital-o aos cachorrinhos.
Mat 15:27 E ella disse: Sim, Senhor, mas tambem os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores.
Mat 15:28 Então respondeu Jesus, e disse-lhe: O mulher! grande é a tua fé: seja-te feito como tu desejas. E desde aquella mesma hora a sua filha ficou sã
Mat 15:29 E Jesus, partindo d’ali, chegou ao pé do mar da Galilea, e, subindo a um monte, assentou-se ali.
Mat 15:30 E veiu ter com elle muito povo, que trazia côxos, cegos, mudos, aleijados, e outros muitos: e os pozeram aos pés de Jesus, e elle os sarou:
Mat 15:31 De tal sorte, que a multidão se maravilhou vendo os mudos a fallar, os aleijados sãos, os côxos a andar, e os cegos a ver; e glorificava o Deus d’Israel.
Mat 15:32 E Jesus, chamando os seus discipulos, disse: Tenho intima compaixão da multidão, porque já está comigo ha tres dias, e não tem que comer; e não quero despedil-a em jejum, para que não desfalleça no caminho
Mat 15:33 E os seus discipulos disseram-lhe: D’onde nos viriam no deserto tantos pães, para saciar tal multidão?
Mat 15:34 E Jesus disse-lhes: Quantos pães tendes? E elles disseram: Sete, e uns poucos de peixinhos.
Mat 15:35 E mandou á multidão que se assentasse no chão.
Mat 15:36 E, tomando os sete pães e os peixes, e dando graças, partiu-os, e deu-os aos seus discipulos, e os discipulos á multidão.
Mat 15:37 E todos comeram e se saciaram; e levantaram, do que sobejou dos pedaços, sete cestos cheios.
Mat 15:38 Ora os que tinham comido eram quatro mil homens, além de mulheres e creanças.
Mat 15:39 E, tendo despedido a multidão, entrou no barco, e dirigiu-se ao territorio de Magdala.
Mat 16:1 E, chegando-se os phariseos e os sadduceos, e tentando-o, pediram-lhe que lhes mostrasse algum signal do céu.
Mat 16:2 Mas elle, respondendo, disse-lhes: Quando é chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está rubro.
Mat 16:3 E pela manhã: Hoje haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Hypocritas, sabeis differençar a face do céu, e não sabeis differençar os signaes dos tempos?
Mat 16:4 Uma geração má e adultera pede um signal, e nenhum signal lhe será dado, senão o signal do propheta Jonas. E, deixando-os, retirou-se.
Mat 16:5 E, passando seus discipulos para a outra banda, tinham-se esquecido de fornecer-se de pão.
Mat 16:6 E Jesus disse-lhes: Adverti, e acautelae-vos do fermento dos phariseos e sadduceos.
Mat 16:7 E elles arrazoavam entre si, dizendo: É porque não nos fornecemos de pão.
Mat 16:8 E Jesus, conhecendo-o, disse: Porque arrazoaes entre vós, homens de pouca fé, sobre o não vos terdes fornecido de pão?
Mat 16:9 Não comprehendeis ainda, nem vos lembraes dos cinco pães para cinco mil homens, e de quantas alcofas levantastes?
Mat 16:10 Nem dos sete pães para quatro mil, e de quantos cestos levantastes?
Mat 16:11 Como não entendestes que não vos fallei a respeito do pão, mas que vos guardasseis do fermento dos phariseos e sadduceos?
Mat 16:12 Então comprehenderam que não dissera que se guardassem do fermento do pão, mas da doutrina dos phariseos.
Mat 16:13 E, chegando Jesus ás partes de Cesarea de Philippo, interrogou os seus discipulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem?
Mat 16:14 E elles disseram: Uns João Baptista, outros Elias, e outros Jeremias ou um dos prophetas.
Mat 16:15 Disse-lhes elle: E vós, quem dizeis que eu sou?
Mat 16:16 E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Christo, o Filho de Deus vivo.
Mat 16:17 E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bemaventurado és tu, Simão Barjonas, porque t’o não revelou a carne e o sangue, mas meu Pae, que está nos céus.
Mat 16:18 E tambem eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha egreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ella:
Mat 16:19 E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.
Mat 16:20 Então mandou aos seus discipulos que a ninguem dissessem que elle era Jesus o Christo.
Mat 16:21 Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discipulos que convinha ir a Jerusalem, e padecer muito dos anciãos, e dos principaes dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e resuscitar ao terceiro dia.
Mat 16:22 E Pedro, tomando-o de parte, começou a reprehendel-o, dizendo: Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te aconteça isso.
Mat 16:23 Elle, porém, voltando-se, disse a Pedro: Arreda-te de diante de mim, Satanaz, que me serves de escandalo; porque não comprehendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens.
Mat 16:24 Então disse Jesus aos seus discipulos: Se alguem quizer vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;
Mat 16:25 Porque aquelle que quizer salvar a sua vida, perdel-a-ha, e quem perder a sua vida por amor de mim, achal-a-ha.
Mat 16:26 Pois que aproveita ao homem, se ganhar o mundo inteiro, e perder a sua alma? ou que dará o homem em recompensa da sua alma?
Mat 16:27 Porque o Filho do homem virá na gloria de seu Pae, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.
Mat 16:28 Em verdade vos digo que alguns ha, dos que aqui estão, que não gostarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.
Mat 17:1 Seis dias depois, Jesus levou comsigo a Pedro, e a Thiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte,
Mat 17:2 E transfigurou-se diante d’elles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e os seus vestidos se tornaram brancos como a luz.
Mat 17:3 E eis que lhes appareceram Moysés e Elias, fallando com elle.
Mat 17:4 E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui tres tabernaculos, um para ti, um para Moysés, e um para Elias.
Mat 17:5 E, estando elle ainda a fallar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E eis
que uma voz da nuvem disse: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo: escutae-o.
Mat 17:6 E os discipulos, ouvindo isto, cairam sobre seus rostos, e tiveram grande medo.
Mat 17:7 E Jesus, approximando-se-lhes, tocou-os, e disse: Levantae-vos; e não tenhaes medo.
Mat 17:8 E, erguendo elles os olhos, ninguem viram senão unicamente a Jesus.
Mat 17:9 E, descendo elles do monte, Jesus lhes ordenou, dizendo: A ninguem conteis a visão, até que o Filho do homem seja resuscitado dos mortos.
Mat 17:10 E os seus discipulos o interrogaram, dizendo: Porque dizem então os escribas que é mister que Elias venha primeiro?
Mat 17:11 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Em verdade Elias virá primeiro, e restaurará todas as coisas;
Mat 17:12 Mas digo-vos que Elias já veiu, e não o conheceram, mas fizeram-lhe tudo o que quizeram. Assim padecerá tambem d’elles o Filho do homem.
Mat 17:13 Então entenderam os discipulos que lhes fallara de João Baptista.
Mat 17:14 E, quando chegaram á multidão, approximou-se-lhe um homem, pondo-se de joelhos diante d’elle, e dizendo:
Mat 17:15 Senhor, tem misericordia de meu filho, que é lunatico e soffre muito; pois muitas vezes cae no fogo, e muitas vezes na agua;
Mat 17:16 E trouxe-o aos teus discipulos; e não poderam cural-o.
Mat 17:17 E Jesus, respondendo, disse: Ó geração incredula e perversa! até quando estarei eu comvosco, e até quando vos soffrerei? Trazei-m’o aqui
Mat 17:18 E reprehendeu Jesus o demonio, e saiu d’elle, e desde aquella hora o menino sarou.
Mat 17:19 Então os discipulos, approximando-se de Jesus em particular, disseram: Porque não podémos nós expulsal-o?
Mat 17:20 E Jesus lhes disse: Por causa da vossa pouca fé; porque em verdade vos digo que, se tivesseis fé como um grão de mostarda, dirieis a este monte: Passa d’aqui para acolá: e havia de passar; e nada vos seria impossivel.
Mat 17:21 Mas esta casta de demonios não se expulsa senão pela oração e por jejum.
Mat 17:22 Ora, achando-se elles na Galilea, disse-lhes Jesus: O Filho do homem será entregue nas mãos dos homens;
Mat 17:23 E matal-o-hão, e ao terceiro dia resuscitará. E elles se entristeceram muito.
Mat 17:24 E, chegando elles a Capernaum, approximaram-se de Pedro os que cobravam as didrachmas, e disseram: O vosso mestre não paga as didrachmas?
Mat 17:25 Disse elle: Sim. E, entrando em casa, Jesus se lhe antecipou, dizendo: Que te parece, Simão? De quem cobram os reis da terra os tributos, ou o censo? Dos seus filhos, ou dos alheios?
Mat 17:26 Disse-lhe Pedro: Dos alheios. Disse-lhe Jesus: Logo, são livres os filhos:
Mat 17:27 Mas, para que os não escandalizemos, vae ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir, e, abrindo-lhe a bocca, encontrarás um státer; toma-o, e dá-o por mim e por ti.
Mat 18:1 N’aquella mesma hora chegaram os discipulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no reino dos céus?
Mat 18:2 E Jesus, chamando um menino, o poz no meio d’elles,
Mat 18:3 E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus.
Mat 18:4 Portanto, aquelle que se humilhar como este menino, este é o maior no reino dos céus.
Mat 18:5 E qualquer que receber em meu nome um menino tal como este a mim me recebe.
Mat 18:6 Mas qualquer que escandalizar um d’estes pequeninos, que crêem em mim, melhor lhe fôra que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de atafona, e se submergisse na profundeza do mar
Mat 18:7 Ai do mundo, por causa dos escandalos; porque é mister que venham escandalos, mas ai d’aquelle homem por quem o escandalo vem!
Mat 18:8 Portanto, se a tua mão ou o teu pé te escandalizar, corta-o, e atira-o para longe de ti: melhor te é entrar na vida côxo, ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, ser lançado no fogo eterno
Mat 18:9 E, se o teu olho te escandalizar, arranca-o, e atira-o para longe de ti. Melhor te é entrar na vida com um só olho, do que, tendo dois olhos, ser lançado no fogo do inferno.
Mat 18:10 Olhae, não desprezeis algum d’estes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pae que está nos céus.
Mat 18:11 Porque o Filho do homem veiu salvar o que se tinha perdido.
Mat 18:12 Que vos parece? Se algum homem tiver cem ovelhas, e uma d’ellas se desgarrar, não irá pelos montes, deixando as noventa e nove, em busca da que se desgarrou?
Mat 18:13 E, se porventura a encontra, em verdade vos digo que maior prazer tem por aquella do que pelas noventa e nove que se não desgarraram.
Mat 18:14 Assim tambem não é vontade de vosso Pae, que está nos céus, que um d’estes pequeninos se perca.
Mat 18:15 Ora, se teu irmão peccar contra ti, vae, e reprehende-o entre ti e elle só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão;
Mat 18:16 Se te não ouvir, porém, leva ainda comtigo um ou dois, para que pela bocca de duas ou tres testemunhas toda a palavra seja confirmada.
Mat 18:17 E, se os não escutar, dize-o* á egreja; e, se tambem não escutar a egreja, considera-o como um gentio e publicano.
Mat 18:18 Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu.
Mat 18:19 Tambem vos digo que, se dois de vós concordarem na terra ácerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pae, que está nos céus.
Mat 18:20 Porque onde estiverem dois ou tres reunidos em meu nome, ahi estou eu no meio d’elles.
Mat 18:21 Então Pedro, approximando-se d’elle, disse: Senhor, até quantas vezes peccará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete
Mat 18:22 Jesus lhe disse: Não te digo: Até sete, mas, até setenta vezes sete.
Mat 18:23 Por isso o reino dos céus pode comparar-se a um certo rei que quiz fazer contas com os seus servos;
Mat 18:24 E, começando a fazer contas, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos;
Mat 18:25 E, não tendo elle com que pagar, o seu senhor mandou vendel-o, e a sua mulher e filhos, com tudo quanto tinha, para que a divida se lhe pagasse.
Mat 18:26 Então aquelle servo, prostrando-se, o adorava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Mat 18:27 Então o senhor d’aquelle servo, movido de intima compaixão, soltou-o, e perdoou-lhe a divida.
Mat 18:28 Saindo, porém, aquelle servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e, lançando mão d’elle, suffocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves.
Mat 18:29 Então o seu conservo, prostrando-se aos seus pés rogava-lhe, dizendo: Sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Mat 18:30 Elle, porém, não quiz, antes foi encerral-o na prisão, até que pagasse a divida.
Mat 18:31 Vendo pois os seus conservos o que acontecia, contristaram-se muito, e foram declarar ao seu senhor tudo o que se passára.
Mat 18:32 Então o seu senhor, chamando-o á sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquella divida, porque me supplicaste:
Mat 18:33 Não devias tu egualmente ter compaixão do teu companheiro, como eu tambem tive misericordia de ti?
Mat 18:34 E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia.
Mat 18:35 Assim vos fará tambem meu Pae celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas offensas.
Mat 19:1 E aconteceu que, concluindo Jesus estes discursos, saiu da Galilea, e dirigiu-se aos confins da Judéa, dalem do Jordão;
Mat 19:2 E seguiram-o muitas gentes, e curou-as ali.
Mat 19:3 Então chegaram ao pé d’elle os phariseos, tentando-o, e dizendo-lhe: É licito ao homem repudiar sua mulher por qualquer coisa?
Mat 19:4 Elle, porém, respondendo, disse-lhes: Não tendes lido que aquelle que os fez no principio macho e femea os fez?
Mat 19:5 E disse: Portanto deixará o homem pae e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois n’uma só carne.
Mat 19:6 Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto o que Deus ajuntou não o separe o homem.
Mat 19:7 Disseram-lhe elles: Então porque mandou Moysés dar-lhe carta de divorcio, e repudial-a?
Mat 19:8 Disse-lhes elle: Moysés por causa da dureza dos vossos corações vos permittiu repudiar vossas mulheres; mas ao principio não foi assim.
Mat 19:9 Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, commette adulterio; e o que casar com a repudiada tambem commette adulterio.
Mat 19:10 Disseram-lhe seus discipulos: Se assim é a condição do homem relativamente á mulher, não convem casar.
Mat 19:11 Elle, porém, lhes disse: Nem todos podem receber esta palavra, mas só aquelles a quem foi concedido.
Mat 19:12 Porque ha eunuchos que assim nasceram do ventre da mãe; e ha eunuchos que foram castrados pelos homens; e ha eunuchos que se castraram a si mesmos por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.
Mat 19:13 Trouxeram-lhe então alguns meninos, para que lhes impozesse as mãos, e orasse; mas os discipulos os reprehendiam.
Mat 19:14 Jesus, porém, disse: Deixae os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque de taes é o reino dos céus.
Mat 19:15 E, tendo-lhes imposto as mãos, partiu d’ali.
Mat 19:16 E eis que, approximando-se d’elle um mancebo, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei, para conseguir a vida eterna?
Mat 19:17 E elle disse-lhe: Porque me chamas bom? Não ha bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.
Mat 19:18 Disse-lhe elle: Quaes? E Jesus disse: Não matarás, não commetterás adulterio, não furtarás, não dirás falso testemunho;
Mat 19:19 Honra teu pae e tua mãe, e amarás o teu proximo como a ti mesmo.
Mat 19:20 Disse-lhe o mancebo: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?
Mat 19:21 Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vae, vende tudo o que tens,
dá aos pobres, e terás um thesouro no céu; e vem, e segue-me.
Mat 19:22 E o mancebo, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuia muitas propriedades.
Mat 19:23 Disse então Jesus aos seus discipulos: Em verdade vos digo que difficilmente entrará um rico no reino dos céus.
Mat 19:24 E outra vez vos digo que é mais facil passar um camelo pelo fundo d’uma agulha do que entrar um rico no reino de Yahweh.
Mat 19:25 Os seus discipulos, ouvindo isto, admiraram-se muito, dizendo: Quem poderá pois salvar-se?
Mat 19:26 E Jesus, olhando para elles, disse-lhes: Aos homens é isso impossivel, mas a Yahweh tudo é possivel.
Mat 19:27 Então Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Eis que nós deixámos tudo, e te seguimos; qual será então o nosso galardão?
Mat 19:28 E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, na regeneração, quando o Filho do homem se assentar no throno da sua gloria, tambem vos assentareis sobre doze thronos, para julgar as doze tribus d’Israel.
Mat 19:29 E todo aquelle que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pae, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor do meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.
Mat 19:30 Porém muitos primeiros serão os derradeiros, e muitos derradeiros serão os primeiros.
Mat 20:1 Porque o reino dos céus é similhante a um homem, pae de familia, que saiu de madrugada a assalariar trabalhadores para a sua vinha.
Mat 20:2 E, ajustando com os trabalhadores a um dinheiro por dia, mandou-os para a sua vinha.
Mat 20:3 E, saindo perto da hora terceira, viu outros que estavam ociosos na praça,
Mat 20:4 E disse-lhes: Ide vós tambem para a vinha, e dar-vos-hei o que fôr justo. E elles foram.
Mat 20:5 Saindo outra vez, perto da hora sexta e nona, fez o mesmo.
Mat 20:6 E, saindo perto da hora undecima, encontrou outros que estavam ociosos, e diz-lhes: Porque estaes ociosos todo o dia?
Mat 20:7 Dizem-lhe elles: Porque ninguem nos assalariou. Diz-lhes elle: Ide vós tambem para a vinha, e recebereis o que fôr justo.
Mat 20:8 E, approximando-se a noite, diz o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o jornal, começando desde os derradeiros até aos primeiros.
Mat 20:9 E, chegando os que tinham ido perto da hora undecima, receberam um dinheiro cada um.
Mat 20:10 Chegando, porém, os primeiros, cuidaram que haviam de receber mais; e tambem receberam um dinheiro cada um;
Mat 20:11 E, recebendo-o, murmuravam contra o pae de familia,
Mat 20:12 Dizendo: Estes derradeiros trabalharam só uma hora, e tu os egualaste comnosco, que supportámos a fadiga e a calma do dia.
Mat 20:13 Elle, porém, respondendo, disse a um d’elles: Amigo, não te faço aggravo; não ajustaste tu comigo por um dinheiro?
Mat 20:14 Toma o que é teu, e retira-te; eu quero dar a este derradeiro tanto como a ti.
Mat 20:15 Ou não me é licito fazer o que quizer do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom
Mat 20:16 Assim os derradeiros serão primeiros, e os primeiros derradeiros; porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.
Mat 20:17 E Jesus, subindo a Jerusalem, chamou de parte os seus doze discipulos, e no caminho disse-lhes:
Mat 20:18 Eis que subimos a Jerusalem, e o Filho do homem será entregue aos principes dos sacerdotes, e aos escribas, e condemnal-o-hão á morte.
Mat 20:19 E o entregarão aos gentios para que d’elle escarneçam, e o açoitem e crucifiquem; e ao terceiro dia resuscitará.
Mat 20:20 Então se approximou d’elle a mãe dos filhos de Zebedeo, com seus filhos, adorando-o, e pedindo-lhe alguma coisa.
Mat 20:21 E elle diz-lhe: Que queres? Diz-lhe ella: Dize que estes meus dois filhos se assentem, um á tua direita e outro á tua esquerda, no teu reino.
Mat 20:22 Jesus, porém, respondendo, disse: Não sabeis o que pedis; podeis vós beber o calix que eu hei de beber, e ser baptizados com o baptismo com que eu sou baptizado? Dizem-lhe elles: Podemos.
Mat 20:23 E diz-lhes elle: Na verdade bebereis o meu calix e sereis baptizados com o baptismo com que eu sou baptizado, mas assentar-se á minha direita ou á minha esquerda não me pertence concedel-o, mas será para aquelles a quem meu Pae o tem preparado.
Mat 20:24 E, quando os dez ouviram isto, indignaram-se contra os dois irmãos.
Mat 20:25 Então Jesus, chamando-os para junto de si, disse: Bem sabeis que os principes dos gentios os dominam, e que os grandes exercem auctoridade sobre elles.
Mat 20:26 Não será assim entre vós; mas todo aquelle que quizer entre vós fazer-se grande seja vosso servente;
Mat 20:27 E qualquer que entre vós quizer ser o primeiro seja vosso servo;
Mat 20:28 Assim como o Filho do homem não veiu para ser servido, mas a servir, e a dar a sua vida em resgate por muitos.
Mat 20:29 E, saindo elles de Jericó, seguiu-o grande multidão,
Mat 20:30 E eis que dois cegos, assentados junto do caminho, ouvindo que Jesus passava, clamaram, dizendo: Senhor, Filho de David, tem misericordia de nós.
Mat 20:31 E a multidão os reprehendia, para que se calassem; elles, porém, cada vez clamavam mais, dizendo: Senhor, Filho de David, tem misericordia de nós.
Mat 20:32 E Jesus, parando, chamou-os, e disse: Que quereis que vos faça?
Mat 20:33 Disseram-lhe elles: Senhor, que os nossos olhos sejam abertos.
Mat 20:34 Então Jesus, movido de intima compaixão, tocou-lhe nos olhos, e logo viram; e o seguiram.
Mat 21:1 E, quando se approximaram de Jerusalem, e chegaram a Bethphage, ao monte das Oliveiras, enviou então Jesus dois discipulos, dizendo-lhes:
Mat 21:2 Ide á aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ella; desprendei-a, e trazei-m’os.
Mat 21:3 E, se alguem vos disser alguma coisa, direis que o Senhor os ha de mister: e logo os enviará.
Mat 21:4 Ora tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo propheta, que diz:
Mat 21:5 Dizei á filha de Sião: Eis que o teu Rei ahi te vem, manso, e assentado sobre uma jumenta, e sobre um jumentinho, filho de animal sujeito ao jugo.
Mat 21:6 E, indo os discipulos, e fazendo como Jesus lhes ordenára,
Mat 21:7 Trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre elles pozeram os seus vestidos, e fizeram-n’o assentar em cima.
Mat 21:8 E muitissima gente estendia os seus vestidos pelo caminho, e outros cortavam ramos d’arvores, e os espalhavam pelo caminho.
Mat 21:9 E a multidão que ia adeante, e a que seguia, clamava, dizendo: Hosanna ao Filho de David; bemdito o que vem em nome de Yahweh: Hosanna nas alturas.
Mat 21:10 E, entrando elle em Jerusalem, toda a cidade se alvoroçou, dizendo: Quem é este?
Mat 21:11 E a multidão dizia: Este é Jesus, o Propheta de Nazareth da Galilea.
Mat 21:12 E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas:
Mat 21:13 E disse-lhes: Está escripto: A minha casa será chamada casa de oração: mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.
Mat 21:14 E foram ter com elle ao templo cegos e côxos, e curou-os.
Mat 21:15 Vendo então os principaes dos sacerdotes e os escribas as maravilhas que fazia, e os meninos clamando no templo, Hosanna ao Filho de David; indignaram-se,
Mat 21:16 E disseram-lhe: Ouves o que estes dizem? E Jesus lhes disse: Sim; nunca lestes: Pela bocca dos meninos e das creancinhas de peito aperfeiçoaste o louvor?
Mat 21:17 E, deixando-os, saiu da cidade para Bethania, e ali passou a noite.
Mat 21:18 E, de manhã, voltando para a cidade, teve fome;
Mat 21:19 E, avistando uma figueira perto do caminho, dirigiu-se a ella, e não achou n’ella senão folhas. E disse-lhe: Nunca mais nasça fructo de ti. E a figueira seccou immediatamente.
Mat 21:20 E os discipulos, vendo isto, maravilharam-se, dizendo: Como seccou immediatamente a figueira?
Mat 21:21 Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis isto á figueira, mas até, se a este monte disserdes: Ergue-te e precipita-te no mar, assim será feito;
Mat 21:22 E tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis.
Mat 21:23 E, chegando ao templo, acercaram-se d’elle, estando já ensinando, os principes dos sacerdotes e os anciãos do povo, dizendo: Com que auctoridade fazes isto? e quem te deu essa auctoridade?
Mat 21:24 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Eu tambem vos perguntarei uma coisa; se m’a disserdes, tambem eu vos direi com que auctoridade faço isto.
Mat 21:25 O baptismo de João d’onde era? Do céu, ou dos homens? E pensavam entre si, dizendo: Se dissermos: Do céu, elle nos dirá: Então porque não o crestes?
Mat 21:26 E, se dissermos: Dos homens, tememos o povo, porque todos consideram João como propheta.
Mat 21:27 E, respondendo a Jesus, disseram: Não sabemos. Elle disse-lhes: Nem eu vos digo com que auctoridade faço isto.
Mat 21:28 Mas que vos parece? Um homem tinha dois filhos, e, dirigindo-se ao primeiro, disse: Filho, vae trabalhar hoje na minha vinha.
Mat 21:29 Elle, porém, respondendo, disse: Não quero. Mas depois, arrependendo-se, foi.
Mat 21:30 E, dirigindo-se ao segundo, fallou-lhe de egual modo; e, respondendo elle, disse: Eu vou, senhor; e não foi.
Mat 21:31 Qual dos dois fez a vontade do pae? Disseram-lhe elles: O primeiro. Disse-lhes Jesus: Em verdade vos digo que os publicanos e as meretrizes vos precedem no reino de Deus.
Mat 21:32 Porque João veiu a vós no caminho de justiça, e não o crestes, mas os publicanos e as meretrizes o creram: vós, porém, vendo isto, nem depois vos arrependestes para o crer.
Mat 21:33 Ouvi ainda outra parabola: Houve um homem, pae de familia, que plantou uma vinha, e circumdou-a de um vallado, e construiu n’ella um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e ausentou-se
para longe:
Mat 21:34 E, chegando o tempo dos fructos, enviou os seus servos aos lavradores, para receberem os seus fructos.
Mat 21:35 E os lavradores, apoderando-se dos servos, feriram um, mataram outro, e apedrejaram outro.
Mat 21:36 Depois enviou outros servos, em maior numero do que os primeiros; e fizeram-lhes o mesmo;
Mat 21:37 E por ultimo enviou-lhes seu filho, dizendo: Terão respeito a meu filho.
Mat 21:38 Mas os lavradores, vendo o filho, disseram entre si: Este é o herdeiro; vinde, matemol-o, e apoderemo-nos da sua herança.
Mat 21:39 E, lançando mão d’elle, o arrastaram para fóra da vinha, e o mataram.
Mat 21:40 Quando pois vier o senhor da vinha, que fará áquelles lavradores?
Mat 21:41 Dizem-lhe elles: Dará affrontosa morte aos maus, e arrendará a vinha a outros lavradores, que a seus tempos lhe dêem os fructos.
Mat 21:42 Diz-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escripturas: A pedra, que os edificadores rejeitaram, essa foi posta por cabeça do angulo: por Yahweh foi feito isto, e é maravilhoso aos nossos olhos?
Mat 21:43 Portanto eu vos digo que o reino de Yahweh vos será tirado, e será dado a gente que dê os seus fructos.
Mat 21:44 E quem cair sobre esta pedra despedaçar-se-ha; e sobre quem ella cair esmagal-o-ha.
Mat 21:45 E os principes dos sacerdotes e os phariseos, ouvindo estas palavras, entenderam que fallava d’elles;
Mat 21:46 E, pretendendo prendel-o, receiaram o povo, porquanto o tinham por propheta.
Mat 22:1 Então Jesus, tomando a palavra, tornou a fallar-lhes em parabolas, dizendo:
Mat 22:2 O reino dos céus é similhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho;
Mat 22:3 E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas; e não quizeram vir.
Mat 22:4 Depois enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eisque tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já prompto: vinde ás bodas.
Mat 22:5 Porém elles, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu trafico:
Mat 22:6 E os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram.
Mat 22:7 E o rei, tendo noticia d’isto, encolerisou-se: e, enviando os seus exercitos, destruiu aquelles homicidas, e incendiou a sua cidade.
Mat 22:8 Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos.
Mat 22:9 Ide pois ás saidas dos caminhos, e convidae para as bodas a todos os que encontrardes.
Mat 22:10 E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e as bodas encheram-se de convidados.
Mat 22:11 E o rei, entrando para vêr os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com vestido de bodas,
Mat 22:12 E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo vestido de bodas? E elle emmudeceu.
Mat 22:13 Disse então o rei aos servos: Amarrae-o de pés e mãos, levae-o, e lançae-o nas trevas exteriores: ali haverá pranto e ranger de dentes.
Mat 22:14 Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.
Mat 22:15 Então, retirando-se os phariseos, consultaram entre si como o surprehenderiam n’alguma palavra;
Mat 22:16 E enviaram-lhe os seus discipulos, com os herodianos, dizendo: Mestre, bem sabemos que és verdadeiro, e ensinas o caminho de Deus, segundo a verdade, e de ninguem se te dá, porque não olhas á apparencia dos homens;
Mat 22:17 Dize-nos, pois, que te parece? É licito pagar o tributo a Cesar, ou não?
Mat 22:18 Jesus, porém, conhecendo a sua malicia, disse: Porque me experimentaes, hypocritas?
Mat 22:19 Mostrae-me a moeda do tributo. E elles lhe apresentaram um dinheiro.
Mat 22:20 E elle diz-lhes: De quem é esta effigie e esta inscripção?
Mat 22:21 Dizem-lhe elles: De Cesar. Então elle lhes diz: Dae pois a Cesar o que é de Cesar, e a Yahweh o que é de Yahweh.
Mat 22:22 E elles, ouvindo isto, maravilharam-se, e, deixando-o, se retiraram.
Mat 22:23 No mesmo dia chegaram junto d’elle os sadduceos, que dizem não haver resurreição, e o interrogaram,
Mat 22:24 Dizendo: Mestre, Moysés disse: Se morrer alguem, não tendo filhos, casará o seu irmão com a mulher d’elle, e suscitará descendencia a seu irmão:
Mat 22:25 Ora houve entre nós sete irmãos; e o primeiro, tendo casado, morreu, e, não tendo descendencia, deixou sua mulher a seu irmão.
Mat 22:26 Da mesma sorte o segundo, e o terceiro, até ao setimo;
Mat 22:27 Por fim, depois de todos, morreu tambem a mulher.
Mat 22:28 Portanto, na resurreição, de qual dos sete será a mulher, visto que todos a possuiram?
Mat 22:29 Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Erraes, não conhecendo as Escripturas, nem o poder de Deus;
Mat 22:30 Porque na resurreição nem casam nem se dão em casamento; mas serão como os anjos de Yahweh no céu
Mat 22:31 E, ácerca da resurreição dos mortos, não tendes lido o que Deus vos declarou, dizendo:
Mat 22:32 Eu sou o Deus d’Abrahão, o Deus d’Isaac, e o Deus de Jacob? Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos.
Mat 22:33 E, as turbas, ouvindo isto, ficaram maravilhadas da sua doutrina.
Mat 22:34 E os phariseos, ouvindo que fizera emmudecer os sadduceos, reuniram-se no mesmo logar;
Mat 22:35 E um d’elles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo:
Mat 22:36 Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
Mat 22:37 E Jesus disse-lhe: Amarás Yahweh teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
Mat 22:38 Este é o primeiro e grande mandamento.
Mat 22:39 E o segundo, similhante a este, é: Amarás o teu proximo como a ti mesmo.
Mat 22:40 D’estes dois mandamentos depende toda a lei e os prophetas.
Mat 22:41 E, estando reunidos os phariseos, interrogou-os Jesus,
Mat 22:42 Dizendo: Que pensaes vós do Christo? De quem é filho? Elles disseram-lhe: De David.
Mat 22:43 Disse-lhes elle: Como é então que David, em espirito, lhe chama Senhor, dizendo:
Mat 22:44 Disse Yahweh ao meu Senhor: Assenta-te á minha direita, até que eu ponha os teus inimigos por escabello de teus pés.
Mat 22:45 Se David pois lhe chama Senhor, como é seu filho?
Mat 22:46 E ninguem podia responder-lhe uma palavra: nem desde aquelle dia ousou mais alguem interrogal-o.
Mat 23:1 Então fallou Jesus á multidão, e aos seus discipulos,
Mat 23:2 Dizendo: Na cadeira de Moysés estão assentados os escribas e phariseos.
Mat 23:3 Observae, pois, e practicae tudo o que vos disserem; mas não procedaes em conformidade com as suas obras, porque dizem e não praticam:
Mat 23:4 Pois atam fardos pesados e difficeis de supportar, e os põem aos hombros dos homens; elles, porém, nem com o dedo querem movel-os;
Mat 23:5 E fazem todas as obras a fim de serem vistos pelos homens; pois trazem largas phylacterias, e estendem as franjas dos seus vestidos,
Mat 23:6 E amam os primeiros logares nas ceias e as primeiras cadeiras nas synagogas,
Mat 23:7 E as saudações nas praças, e o serem chamados pelos homens–Rabbi, Rabbi.
Mat 23:8 Vós, porém, não queiraes ser chamados Rabbi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Christo: e todos vós sois irmãos.
Mat 23:9 E a ninguem na terra chameis vosso pae, porque um só é o vosso Pae, o qual está nos céus.
Mat 23:10 Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Christo.
Mat 23:011 Porém o maior d’entre vós será vosso servo.
Mat 23:12 E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.
Mat 23:13 Mas ai de vós, escribas e phariseos, hypocritas! pois que fechaes aos homens o reino dos céus; porque nem vós entraes nem deixaes entrar aos que entram.
Mat 23:14 Ai de vós, escribas e phariseos, hypocritas! pois que devoraes as casas das viuvas, e isto com pretexto de prolongadas orações; por isso soffrereis mais rigoroso juizo.
Mat 23:15 Ai de vós, escribas e phariseos, hypocritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um proselyto; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.
Mat 23:16 Ai de vós, conductores cegos! pois que dizeis: Qualquer que jurar pelo templo isso nada é; mas o que jurar pelo oiro do templo é devedor.
Mat 23:17 Insensatos e cegos! Pois qual é maior: o oiro, ou o templo, que sanctifica o oiro?
Mat 23:18 E aquelle que jurar pelo altar isso nada é; mas aquelle que jurar pela offerta que está sobre o altar é devedor.
Mat 23:19 Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a offerta, ou o altar, que sanctifica a offerta?
Mat 23:20 Portanto, o que jurar pelo altar jura por elle e por tudo o que sobre elle está:
Mat 23:21 E o que jurar pelo templo jura por elle e por aquelle que n’elle habita:
Mat 23:22 E o que jurar pelo céu jura pelo throno de Deus e por aquelle que está assentado n’elle.
Mat 23:23 Ai de vós, escribas e phariseos, hypocritas! pois que dizimaes a hortelã, o endro e o cominho, e desprezaes o mais importante da lei, o juizo, a misericordia e a fé: deveis, porém, fazer estas coisas, e não omittir aquellas.
Mat 23:24 Conductores cegos! que coaes o mosquito e engulis o camelo.
Mat 023:025 Ai de vós, escribas e phariseos, hypocritas! pois que limpaes o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e iniquidade.
Mat 23:26 Phariseo cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que tambem o exterior fique limpo.
Mat 23:27 Ai de vós, escribas e phariseos, hypocritas! pois que sois similhantes aos sepulchros caiados, que por fóra realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios d’ossos de mortos e de toda a immundicia.
Mat 23:28 Assim tambem vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estaes cheios de hypocrisia e iniquidade.
Mat 23:29 Ai de vós, escribas e phariseos, hypocritas! pois que edificaes os sepulchros dos prophetas e adornaes os monumentos dos justos.
Mat 23:30 E dizeis: Se existissemos no tempo
de nossos paes, nunca nos associariamos com elles para derramar o sangue dos prophetas.
Mat 23:31 Assim, vós mesmos testificaes que sois filhos dos que mataram os prophetas.
Mat 023:032 Enchei vós pois a medida de vossos paes.
Mat 23:33 Serpentes, raça de viboras! como escapareis da condemnação do inferno?
Mat 23:34 Portanto, eis que eu vos envio prophetas, sabios e escribas; e a uns d’elles matareis e crucificareis; e a outros d’elles açoitareis nas vossas synagogas e os perseguireis de cidade em cidade;
Mat 23:35 Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue d’Abel, o justo, até ao sangue de Zacharias, filho de Baraquias, que matastes entre o templo e o altar.
Mat 23:36 Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração.
Mat 23:37 Jerusalem, Jerusalem, que matas os prophetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quiz eu ajuntar os teus filhos, como a gallinha ajunta os seus pintos debaixo das azas, e vós não quizestes!
Mat 23:38 Eis que a vossa casa vae ficar-vos deserta;
Mat 23:39 Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digaes: Bemdito o que vem em nome de Yahweh.
Mat 24:1 E, quando Jesus ia saindo do templo, approximaram-se d’elle os seus discipulos para lhe mostrarem a estructura do templo.
Mat 24:2 Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada.
Mat 24:3 E, estando assentado no monte das Oliveiras, chegaram-se a elle os seus discipulos em particular, dizendo: Dize-nos quando serão essas coisas, e que signal haverá da tua vinda e do fim do mundo?
Mat 24:4 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelae-vos, que ninguem vos engane;
Mat 24:5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Christo; e seduzirão muitos.
Mat 24:6 E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhae não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.
Mat 24:7 Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em varios logares.
Mat 24:8 Mas todas estas coisas são o principio de dôres.
Mat 24:9 Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-hão: e sereis odiados de todas as gentes por causa do meu nome.
Mat 24:10 Então muitos serão escandalizados, e trahir-se-hão uns aos outros, e uns aos outros se aborrecerão,
Mat 24:11 E surgirão muitos falsos prophetas, e enganarão muitos.
Mat 24:12 E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.
Mat 024:013 Mas aquelle que perseverar até ao fim será salvo.
Mat 24:14 E este evangelho do reino será prégado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim
Mat 24:15 Quando pois virdes que a abominação da desolação, de que fallou o propheta Daniel, está no logar sancto; quem lê, attenda;
Mat 24:16 Então, os que estiverem na Judea, fujam para os montes;
Mat 24:17 E quem estiver sobre o telhado não desça a tirar alguma coisa da sua casa;
Mat 24:18 E quem estiver no campo não volte atraz a buscar os seus vestidos.
Mat 24:19 Mas ai das gravidas e das que amamentarem n’aquelles dias!
Mat 24:20 E orae para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem em sabbado;
Mat 24:21 Porque haverá então grande afflicção, como nunca houve desde o principio do mundo até agora, nem tão pouco ha de haver
Mat 24:22 E, se aquelles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aquelles dias.
Mat 24:23 Então, se alguem vos disser: Eis que o Christo está aqui, ou ali, não deis credito;
Mat 24:24 Porque surgirão falsos christos e falsos prophetas, e farão tão grandes signaes e prodigios que, se possivel fôra, enganariam até os escolhidos.
Mat 24:25 Eis que eu vol-o tenho predito.
Mat 24:26 Portanto, se vos disserem: Eis que elle está no deserto, não saiaes; Eis que elle está nas camaras; não acrediteis.
Mat 24:27 Porque, como o relampago sae do oriente e apparece até ao occidente, assim será tambem a vinda do Filho do homem.
Mat 24:28 Pois onde estiver o cadaver, ahi se ajuntarão as aguias.
Mat 24:29 E, logo depois da afflicção d’aquelles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará o seu resplendor, e as estrellas cairão do céu, e as potencias dos céus serão abaladas
Mat 24:30 Então apparecerá no céu o signal do Filho do homem; e todas as tribus da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande gloria.
Mat 24:31 E enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, e ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma á outra extremidade dos céus.
Mat 24:32 Aprendei pois esta parabola da figueira: Quando já o seu ramo se torna tenro e brota folhas, sabeis que está proximo o verão.
Mat 24:33 Egualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que está proximo ás portas.
Mat 24:34 Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.
Mat 24:35 O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.
Mat 24:36 Porém d’aquelle dia e hora ninguem sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pae.
Mat 24:37 E, como foi nos dias de Noé, assim será tambem a vinda do Filho do homem.
Mat 24:38 Porque como, nos dias anteriores ao diluvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,
Mat 24:39 E não o conheceram, até que veiu o diluvio, e os levou a todos,–assim será tambem a vinda do Filho do homem.
Mat 24:40 Então, dois estarão no campo; será levado um, e deixado outro.
Mat 24:41 Duas estarão moendo no moinho; será levada uma, e deixada outra.
Mat 24:42 Vigiae, pois, porque não sabeis a que hora ha de vir o vosso Senhor:
Mat 24:43 Mas considerae isto: se o pae de familia soubesse a que vigilia da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.
Mat 24:44 Por isso, estae vós apercebidos tambem; porque o Filho do homem ha de vir á hora em que não penseis.
Mat 24:45 Quem é pois o servo fiel e prudente, que o Senhor constituiu sobre os seus servos, para lhes dar o sustento a seu tempo?
Mat 24:46 Bemaventurado aquelle servo que o Senhor, quando vier, achar fazendo assim.
Mat 24:47 Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.
Mat 24:48 Porém, se aquelle mau servo disser comsigo: O meu senhor tarde virá;
Mat 24:49 E começar a espancar os seus conservos, e a comer e beber com os temulentos,
Mat 24:50 Virá o senhor d’aquelle servo n’um dia em que o não espera, e á hora em que elle não sabe,
Mat 24:51 E separal-o-ha, e porá a sua parte com os hypocritas: ali haverá pranto e ranger de dentes.
Mat 25:1 Então o reino dos céus será similhante a dez virgens que, tomando as suas lampadas, sairam ao encontro do esposo.
Mat 25:2 E cinco d’ellas eram prudentes, e cinco loucas.
Mat 25:3 As loucas, tomando as suas lampadas, não levaram azeite comsigo,
Mat 25:4 Mas as prudentes levaram azeite nos seus vasos, com as suas lampadas.
Mat 25:5 E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram,
Mat 25:6 Mas á meia noite ouviu-se um clamor: Ahi vem o esposo, sahi-lhe ao encontro.
Mat 25:7 Então todas aquellas virgens se levantaram, e prepararam as suas lampadas.
Mat 25:8 E as loucas disseram ás prudentes: Dae-nos do vosso azeite, porque as nossas lampadas se apagam.
Mat 25:9 Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós; ide antes aos que o vendem, e comprae-o para vós.
Mat 25:10 E, tendo ellas ido compral-o, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com elle para as bodas, e fechou-se a porta.
Mat 25:11 E depois chegaram tambem as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos.
Mat 25:12 E elle, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço.
Mat 25:13 Vigiae pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem ha de vir.
Mat 25:14 Porque, é tambem como um homem que, partindo para fóra da sua terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens;
Mat 25:15 E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe.
Mat 25:16 E, tendo elle partido, o que recebera cinco talentos negociou com elles, e grangeou outros cinco talentos.
Mat 25:17 Da mesma sorte, o que recebera dois, grangeou tambem outros dois;
Mat 25:18 Mas o que recebera um foi enterral-o no chão, e escondeu o dinheiro do seu senhor.
Mat 25:19 E muito tempo depois veiu o senhor d’aquelles servos, e fez contas com elles.
Mat 25:20 Então approximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que grangeei com elles.
Mat 25:21 E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
Mat 25:22 E, chegando tambem o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com elles grangeei outros dois talentos.
Mat 25:23 Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
Mat 25:24 Mas, chegando tambem o que recebera um talento, disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste;
Mat 25:25 E, atemorisado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu.
Mat 25:26 Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabes que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei;
Mat 25:27 Por isso te cumpria dar o meu dinheiro aos banqueiros, e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros.

Mat 25:28 Tirae-lhe pois o talento, e dae-o ao que tem os dez talentos.
Mat 25:29 Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundancia; mas ao que não tiver até o que tem será tirado.
Mat 25:30 Lançae pois o servo inutil nas trevas exteriores: ali haverá pranto e ranger de dentes.
Mat 25:31 E quando o Filho do homem vier em sua gloria, e todos os sanctos anjos com elle, então se assentará no throno da sua gloria;
Mat 25:32 E todas as nações serão reunidas diante d’elle, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas,
Mat 25:33 E porá as ovelhas á sua direita, mas os bodes á esquerda.
Mat 25:34 Então dirá o Rei aos que estiverem á sua direita: Vinde, bemditos de meu Pae, possui por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Mat 25:35 Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Mat 25:36 Estava nú, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me.
Mat 25:37 Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te démos de comer? ou com sede, e te démos de beber?
Mat 25:38 E quando te vimos estrangeiro, e te hospedámos? ou nú, e te vestimos?
Mat 25:39 E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
Mat 25:40 E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um d’estes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.
Mat 25:41 Então dirá tambem aos que estiverem á sua esquerda: Apartae-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;
Mat 25:42 Porque tive fome, e não me destes de comer: tive sede, e não me destes de beber;
Mat 25:43 Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nú, não me vestistes; enfermo, e na prisão, não me visitastes.
Mat 25:44 Então elles tambem lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nú, ou enfermo, ou na prisão, e te não servimos?
Mat 25:45 Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um d’estes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim
Mat 25:46 E estes irão para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.
Mat 26:1 E aconteceu que, quando Jesus concluiu todos estes discursos, disse aos seus discipulos:
Mat 26:2 Bem sabeis que d’aqui a dois dias é a paschoa; e o Filho do homem será entregue para ser crucificado.
Mat 26:3 Então os principes dos sacerdotes, e os escribas, e os anciãos do povo reuniram-se na sala do summo sacerdote, o qual se chamava Caiphás,
Mat 26:4 E consultaram-se juntamente para prenderem Jesus com dolo e o matarem.
Mat 26:5 Porém diziam: Não durante a festa, para que não haja alvoroço entre o povo.
Mat 26:6 E, estando Jesus em Bethania, em casa de Simão, o leproso,
Mat 26:7 Approximou-se d’elle uma mulher com um vaso d’alabastro, com unguento de grande valor, e derramou-lh’o sobre a cabeça, estando elle assentado á mesa.
Mat 26:8 E os seus discipulos, vendo isto, indignaram-se, dizendo: Porque se faz este desperdicio?
Mat 26:9 Pois este unguento podia vender-se por grande preço, e dar-se o dinheiro aos pobres.
Mat 26:10 Jesus, porém, conhecendo isto, disse-lhes: Porque affligis esta mulher? pois praticou uma boa acção para comigo.
Mat 26:11 Porquanto sempre tendes comvosco os pobres, mas a mim não me haveis de ter sempre.
Mat 26:12 Ora, derramando ella este unguento sobre o meu corpo, fel-o preparando-me para o meu enterramento.
Mat 26:13 Em verdade vos digo que, onde quer que este Evangelho fôr prégado, em todo o mundo, tambem será dito o que ella fez, para memoria sua.
Mat 26:14 Então um dos doze chamado Judas Iscariotes, foi ter com os principes dos sacerdotes,
Mat 26:15 E disse: Que me quereis dar, e eu vol-o entregarei? E elles lhe arbitraram trinta moedas de prata,
Mat 26:16 E desde então buscava opportunidade para o entregar.
Mat 26:17 E, no primeiro dia da festa dos pães asmos, chegaram os discipulos junto de Jesus, dizendo: Onde queres que te preparemos o necessario para comer a paschoa?
Mat 26:18 E elle disse: Ide á cidade a um certo homem, e dizei-lhe: O Mestre diz: O meu tempo está proximo; em tua casa celebro a paschoa com os meus discipulos.
Mat 26:19 E os discipulos fizeram como Jesus lhes ordenara, e prepararam a paschoa.
Mat 26:20 E, chegada a tarde, assentou-se á mesa com os doze.
Mat 26:21 E, comendo elles, disse: Em verdade vos digo que um de vós me ha de trahir.
Mat 26:22 E elles, entristecendo-se muito, começaram cada um a dizer-lhe: Porventura sou eu, Senhor?
Mat 26:23 E elle, respondendo, disse: O que mette a mão no prato comigo, esse me ha de trahir.
Mat 26:24 Em verdade o Filho do homem vae, como ácerca d’elle está escripto, mas ai d’aquelle homem por quem o Filho do homem é trahido! bom seria a esse homem se não houvera nascido.
Mat 26:25 E, respondendo Judas, o que o trahia, disse: Porventura sou eu, Rabbi? Elle disse: Tu o disseste.
Mat 26:26 E, quando comiam, Jesus tomou o pão, e, abençoando-o, o partiu, e o deu aos discipulos, e disse: Tomae, comei, isto é o meu corpo.
Mat 26:27 E, tomando o calix, e dando graças, deu-lh’o, dizendo: Bebei d’elle todos;
Mat 26:28 Porque isto é o meu sangue, o sangue do Novo Testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos peccados.
Mat 26:29 E digo-vos que, desde agora, não beberei d’este fructo da vide até áquelle dia em que o beber de novo comvosco no reino de meu Pae.
Mat 26:30 E, tendo cantado o hymno, sairam para o monte das Oliveiras.
Mat 26:31 Então Jesus lhes disse: Todos vós esta noite vos escandalizareis em mim; porque está escripto: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho se dispersarão.
Mat 26:32 Mas, depois de eu resuscitar, irei adiante de vós para a Galilea.
Mat 26:33 Pedro, porém, respondendo, disse-lhe: Ainda que todos se escandalizem em ti, eu nunca me escandalizarei.
Mat 26:34 Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, n’esta mesma noite, antes que o gallo cante, tres vezes me negarás.
Mat 26:35 Disse-lhe Pedro: Ainda que me seja mister morrer comtigo, não te negarei. E o mesmo todos os discipulos disseram.
Mat 26:36 Então chegou Jesus com elles a um logar chamado Gethsemane, e disse aos discipulos: Assentae-vos aqui, emquanto vou além, a orar.
Mat 26:37 E, levando comsigo Pedro e os dois filhos de Zebedeo, começou a entristecer-se e a angustiar-se muito.
Mat 26:38 Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até á morte; ficae aqui, e velae comigo.
Mat 26:39 E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pae, se é possivel, passe de mim este calix; porém, não como eu quero, mas como tu queres.
Mat 26:40 E voltou para os seus discipulos, e achou-os adormecidos; e disse a Pedro: Então nem uma hora podeste velar comigo?
Mat 26:41 Vigiae e orae, para que não entreis em tentação: na verdade, o espirito está prompto, mas a carne é fraca.
Mat 26:42 E, indo segunda vez, orou, dizendo: Meu Pae, se este calix não pode passar de mim sem eu o beber, faça-se a tua vontade.
Mat 26:43 E, voltando, achou-os outra vez adormecidos; porque os seus olhos estavam carregados.
Mat 26:44 E, deixando-os, voltou, e orou terceira vez, dizendo as mesmas palavras.
Mat 26:45 Então chegou junto dos seus discipulos, e disse-lhes: Dormi agora, e repousae; eis que é chegada a hora, e o Filho do homem será entregue nas mãos dos peccadores.
Mat 26:46 Levantae-vos, partamos; eis que é chegado o que me trahe.
Mat 26:47 E, estando elle ainda a fallar, eis que chegou Judas, um dos doze, e com elle uma grande multidão com espadas e varapaus, enviada pelos principes dos sacerdotes e pelos anciãos do povo.
Mat 26:48 E o que o trahia tinha-lhes dado signal, dizendo: O que eu beijar é elle; prendei-o.
Mat 26:49 E logo, approximando-se de Jesus, disse: Eu te saudo Rabbi. E beijou-o.
Mat 26:50 Jesus, porém, lhe disse: Amigo, a que vieste? Então, approximando-se, lançaram mão de Jesus, e prenderam-n’o.
Mat 26:51 E eis que um dos que estavam com Jesus, estendendo a mão, puxou da espada e, ferindo o servo do summo sacerdote, cortou-lhe uma orelha.
Mat 26:52 Então Jesus disse-lhe: Mette no seu logar a tua espada; porque todos os que lançarem mão da espada á espada morrerão.
Mat 26:53 Ou pensas tu que não poderia eu agora orar a meu Pae, e elle não me daria mais de doze legiões d’anjos?
Mat 26:54 Como pois se cumpririam as Escripturas, que dizem que assim convem que aconteça?
Mat 26:55 Então disse Jesus á multidão: Saistes, como a um salteador, com espadas e varapaus para me prender? todos os dias me assentava junto de vós, ensinando no templo, e não me prendestes.
Mat 26:56 Mas tudo isto aconteceu para que se cumpram as escripturas dos prophetas. Então todos os discipulos, deixando-o, fugiram.
Mat 26:57 E, os que prenderam a Jesus, o conduziram ao summo sacerdote, Caiphás, onde os escribas e os anciãos estavam reunidos.
Mat 26:58 E Pedro o seguiu de longe até ao pateo do summo sacerdote: e, entrando dentro, assentou-se entre os creados, para vêr o fim.
Mat 26:59 E os principes dos sacerdotes, e os anciãos, e todo o conselho, buscavam falso testemunho contra Jesus, para o poderem matar,
Mat 26:60 Mas não o achavam, apezar de se apresentarem muitas testemunhas falsas; mas por fim chegaram duas falsas testemunhas,
Mat 26:61 E disseram: Este disse: Eu posso derribar o templo de Deus, e reedifical-o em tres dias.
Mat 26:62 E, levantando-se o summo sacerdote, disse-lhe: Não respondes coisa alguma ao que estes depõem contra ti?
Mat 26:63 Jesus, porém, guardava silencio. E, insistindo o summo sacerdote, disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Christo, o Filho de Deus.
Mat 26:64 Disse-lhe Jesus: Tu o disseste;
digo-vos, porém, que vereis em breve o Filho do homem assentado á direita da magestade divina, e vindo sobre as nuvens do céu.
Mat 26:65 Então o summo sacerdote rasgou os seus vestidos, dizendo: Blasphemou; para que precisamos ainda de testemunhas? Eis que bem ouvistes agora a sua blasphemia.
Mat 26:66 Que vos parece? E elles, respondendo, disseram: E réu de morte.
Mat 26:67 Então cuspiram-lhe no rosto; e uns lhe davam punhadas, e outros o esbofeteavam,
Mat 26:68 Dizendo: Prophetiza-nos, Christo, quem é o que te bateu?
Mat 26:69 E Pedro estava assentado fóra, no pateo, e approximou-se d’elle uma creada, dizendo: Tu tambem estavas com Jesus, o galileo.
Mat 26:70 Mas elle negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes.
Mat 26:71 E, saindo para o vestibulo, viu-o outra, e disse aos que ali estavam: Este tambem estava com Jesus, o nazareno.
Mat 26:72 E elle negou outra vez com juramento, dizendo: Não conheço tal homem.
Mat 26:73 E, d’ahi a pouco, approximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro: Verdadeiramente tambem tu és um d’elles, pois a tua falla te denuncia.
Mat 26:74 Então começou elle a imprecar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E immediatamente o gallo cantou.
Mat 26:75 E lembrou-se Pedro das palavras de Jesus, que lhe dissera: Antes que o gallo cante, tres vezes me negarás. E, saindo d’ali, chorou amargamente.
Mat 27:1 E, chegando a manhã, todos os principes dos sacerdotes, e os anciãos do povo, formavam juntamente conselho contra Jesus, para o matarem;
Mat 27:2 E levaram-n’o maniatado, e entregaram-n’o ao presidente Poncio Pilatos.
Mat 27:3 Então Judas, o que o trahira, vendo que fôra condemnado, devolveu, arrependido, as trinta moedas de prata aos principes dos sacerdotes e aos anciãos,
Mat 27:4 Dizendo: Pequei, trahindo o sangue innocente. Elles, porém, disseram: Que nos importa? Isso é comtigo.
Mat 27:5 E elle, atirando para o templo as moedas de prata, retirou-se, e, indo, enforcou-se.
Mat 27:6 E os principes dos sacerdotes, tomando as moedas de prata, disseram: Não é licito mettel-as no cofre das offertas, porque são preço de sangue.
Mat 27:7 E, tendo deliberado juntamente, compraram com ellas o campo do oleiro, para sepultura dos estrangeiros.
Mat 27:8 Por isso foi chamado aquelle campo, até ao dia d’hoje, Campo de sangue.
Mat 27:9 Então se realisou o que vaticinara o propheta Jeremias: Tomaram as trinta moedas de prata, preço do avaliado, que os filhos d’Israel avaliaram,
Mat 27:10 E deram-n’as pelo campo do oleiro, segundo o que Yahweh determinou.
Mat 27:11 E foi Jesus apresentado ao presidente, e o presidente o interrogou, dizendo: És tu o Rei dos judeos? E disse-lhe Jesus: Tu o dizes.
Mat 27:12 E, sendo accusado pelos principes dos sacerdotes e pelos anciãos, nada respondeu.
Mat 27:13 Disse-lhe então Pilatos: Não ouves quanto testificam contra ti?
Mat 27:14 E nem uma palavra lhe respondeu, de sorte que o presidente estava muito maravilhado.
Mat 27:15 Ora, por occasião da festa, costumava o presidente soltar um preso, escolhendo o povo aquelle que quizesse.
Mat 27:16 E tinham então um preso bem conhecido, chamado Barrabás.
Mat 27:17 Portanto, reunindo-se elles, disse-lhes Pilatos: Qual quereis que vos solte? Barrabás, ou Jesus, chamado Christo?
Mat 27:18 Porque sabia que por inveja o haviam entregado.
Mat 27:19 E, estando elle assentado no tribunal, mandou sua mulher dizer-lhe: Não entres na questão d’esse justo, porque n’um sonho muito soffri por causa d’elle.
Mat 27:20 Mas os principes dos sacerdotes e os anciãos persuadiram á multidão que pedisse Barrabás e matasse Jesus.
Mat 27:21 E, respondendo o presidente, disse-lhes: Qual d’esses dois quereis vós que eu solte? E elles disseram: Barrabás.
Mat 27:22 Disse-lhes Pilatos: Que farei então de Jesus, chamado Christo? Disseram-lhe todos: Seja crucificado.
Mat 27:23 O presidente, porém, disse: Pois que mal tem feito? E elles mais clamavam, dizendo: Seja crucificado.
Mat 27:24 Então Pilatos, vendo que nada aproveitava, antes o tumulto crescia, tomando agua, lavou as mãos diante da multidão, dizendo: Estou innocente do sangue d’este justo: considerae-o vós.
Mat 27:25 E, respondendo todo o povo, disse: O seu sangue seja sobre nós e sobre nossos filhos.
Mat 27:26 Então soltou-lhes Barrabás, e, tendo mandado açoitar a Jesus, entregou-o para ser crucificado.
Mat 27:27 E logo os soldados do presidente, conduzindo Jesus á audiencia, reuniram junto d’elle toda a cohorte.
Mat 27:28 E, despindo-o, o cobriram com uma capa de escarlata;
Mat 27:29 E, tecendo uma corôa d’espinhos, pozeram-lh’a na cabeça, e em sua mão direita uma canna; e, ajoelhando diante d’elle, o escarneciam, dizendo: Salve, Rei dos judeos.
Mat 27:30 E, cuspindo n’elle, tiraram-lhe a canna, e batiam-lhe com ella na cabeça.
Mat 27:31 E, depois de o haverem escarnecido, tiraram-lhe a capa, vestiram-lhe os seus vestidos e o levaram a crucificar.
Mat 27:32 E, quando sahiam, encontraram um homem cyreneo, chamado Simão: a este constrangeram a levar a sua cruz.
Mat 27:33 E, chegando ao logar chamado Golgotha, que se diz: Logar da Caveira,
Mat 27:34 Deram-lhe a beber vinagre misturado com fel; mas, provando-o, não quiz beber.
Mat 27:35 E, havendo-o crucificado, repartiram os seus vestidos, lançando sortes: para que se cumprisse o que foi dito pelo propheta: Repartiram entre si os meus vestidos, e sobre a minha tunica lançaram sortes.
Mat 27:36 E, assentados, o guardavam ali.
Mat 27:37 E por cima da sua cabeça pozeram escripta a sua accusação: ESTE É JESUS, O REI DOS JUDEOS.
Mat 27:38 E foram crucificados com elle dois salteadores, um á direita, e outro á esquerda.
Mat 27:39 E os que passavam blasphemavam d’elle, meneando as cabeças,
Mat 27:40 E dizendo: Tu, que destroes o templo, e em tres dias o reedificas, salva-te a ti mesmo; se és Filho de Yahweh, desce da cruz.
Mat 27:41 E da mesma maneira tambem os principes dos sacerdotes, com os escribas, e anciãos, e phariseos, escarnecendo, diziam:
Mat 27:42 Salvou a outros, a si mesmo não pode salvar-se. Se é o Rei d’Israel, desça agora da cruz, e creremos n’elle;
Mat 27:43 Confiou em Deus; livre-o agora, se o ama; porque disse: Sou Filho de Deus.
Mat 27:44 E o mesmo lhe lançaram tambem em rosto os salteadores que estavam crucificados com elle.
Mat 27:45 E desde a hora sexta houve trevas sobre toda a terra, até á hora nona.
Mat 27:46 E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lama sabachthani; isto é, Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste?
Mat 27:47 E alguns dos que ali estavam, ouvindo isto, diziam: Este chama por Elias.
Mat 27:48 E logo um d’elles, correndo, tomou uma esponja, e encheu-a de vinagre, e, pondo-a n’uma canna, dava-lhe de beber.
Mat 27:49 Os outros, porém, diziam: Deixa, vejamos se Elias vem livral-o.
Mat 27:50 E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espirito.
Mat 27:51 E eis que o véu do templo se rasgou em dois, d’alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras,
Mat 27:52 E abriram-se os sepulchros, e muitos corpos de sanctos que dormiam foram resuscitados,
Mat 27:53 E, saindo dos sepulchros, depois da resurreição d’elle, entraram na cidade sancta, e appareceram a muitos.
Mat 27:54 E o centurião e os que com elle guardavam a Jesus, vendo o terremoto, e as coisas que haviam succedido, tiveram grande temor, e disseram: Verdadeiramente este era o Filho de Deus.
Mat 27:55 E estavam ali olhando de longe muitas mulheres que tinham seguido Jesus desde a Galilea, servindo-o,
Mat 27:56 Entre as quaes estavam Maria Magdalena, e Maria, mãe de Thiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeo.
Mat 27:57 E, vinda já a tarde, chegou um homem rico de Arimathea, por nome José, que tambem era discipulo de Jesus.
Mat 27:58 Este chegou a Pilatos, e pediu-lhe o corpo de Jesus. Então Pilatos mandou que o corpo lhe fosse dado.
Mat 27:59 E José, tomando o corpo, envolveu-o n’um fino e limpo lençol,
Mat 27:60 E o poz no seu sepulchro novo, que havia lavrado n’uma rocha, e, revolvendo uma grande pedra para a porta do sepulchro, foi-se.
Mat 27:61 E estavam ali Maria Magdalena e a outra Maria, assentadas defronte do sepulchro.
Mat 27:62 E no dia seguinte, que é depois da preparação, reuniram-se os principes dos sacerdotes e os phariseos em casa de Pilatos,
Mat 27:63 Dizendo: Senhor, lembramo-nos de que aquelle enganador, vivendo ainda, disse: Depois de tres dias resuscitarei.
Mat 27:64 Manda pois que o sepulchro seja guardado com segurança até ao terceiro dia, não seja caso que os seus discipulos vão de noite, e o furtem, e digam ao povo: Resuscitou dos mortos; e assim o ultimo erro será peior do que o primeiro.
Mat 27:65 E disse-lhes Pilatos: Tendes a guarda; ide, guardae-o como entenderdes.
Mat 27:66 E, indo elles, seguraram o sepulchro com a guarda, sellando a pedra.
Mat 28:1 E, no fim do sabbado, quando já começava a despontar para o primeiro dia da semana, Maria Magdalena e a outra Maria foram vêr o sepulchro;
Mat 28:2 E eis que houvera um grande terremoto, porque o anjo de Yahweh, descendo do céu, chegou, e revolveu a pedra da porta, e estava assentado sobre ella.
Mat 28:3 E o seu aspecto era como um relampago, e o seu vestido branco como neve.
Mat 28:4 E os guardas, com medo d’elle, ficaram muito assombrados, e tornaram-se como mortos.
Mat 28:5 Mas o anjo, fallando, disse ás mulheres: Vós não tenhaes medo; pois eu sei que buscaes a Jesus, que foi crucificado.
Mat 28:6 Não está aqui, porque já resuscitou, como havia dito. Vinde, vêde o logar onde o Senhor jazia.
Mat 28:7 E ide immediatamente, e dizei aos seus discipulos que já resuscitou dos mortos. E eis que elle vae adiante de vós para a Galilea; ali o vereis. Eis que eu vol-o
tenho dito.
Mat 28:8 E, saindo ellas pressurosamente do sepulchro, com temor e grande alegria, correram a annuncial-o aos seus discipulos;
Mat 28:9 E, indo ellas annuncial-o aos seus discipulos, eis que Jesus lhes sae ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E ellas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram.
Mat 28:10 Então Jesus disse-lhes: Não temaes; ide, e annunciae a meus irmãos que vão a Galilea, e lá me verão.
Mat 28:11 E, indo ellas, eis que alguns da guarda, chegando á cidade, annunciaram aos principes dos sacerdotes todas as coisas que haviam acontecido.
Mat 28:12 E, congregados elles com os anciãos, e tomando conselho entre si, deram muito dinheiro aos soldados, dizendo:
Mat 28:13 Dizei: Vieram de noite os seus discipulos e, dormindo nós, o furtaram;
Mat 028:014 E, se isto chegar a ser ouvido pelo presidente, nós o persuadiremos, e vos poremos em segurança.
Mat 28:15 E elles, recebendo o dinheiro, fizeram como estavam instruidos. E foi divulgado este dito entre os judeos, até ao dia d’hoje.
Mat 28:16 E os onze discipulos partiram para Galilea, para o monte, que Jesus lhes tinha destinado.
Mat 28:17 E, quando o viram o adoraram; mas alguns duvidaram.
Mat 28:18 E, chegando-se Jesus, fallou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
Mat 28:19 Portanto ide, ensinae todas as nações, baptizando-as em nome do Pae, e do Filho e do Espirito Sancto;
Mat 28:20 Ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou comvosco todos os dias, até á consummação do mundo. Amen.