Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
O pecado da ingratidão

O pecado da ingratidão

Ingratidão – por que é tão prevalente hoje? A gratidão e a gratidão demonstradas nas gerações anteriores desapareceram! Porque E o que você pode fazer para ter certeza de QUE está agradecido?

A ingratidão é parte integrante da sociedade. Se você perguntar à maioria das pessoas se elas são ingratas, elas provavelmente responderão: “É claro que não!” No entanto, essa atitude está tão arraigada em suas vidas que elas não podem admitir abertamente – ou mesmo perceber – que são ingratas.

Mas como você pode saber se é ingrato? Existem coisas que identificam ingratidão? E se sim, o que você pode fazer sobre isso?

Webster ‘s Dictionary define ‘ingratidão’ e ‘Forgetting, ou pobre apreço pela bondade recebida.’ Também pode ser definido como não apreciar ou valorizar o que você tem ou o que foi recebido. Gratidão não expressatambém é ingratidão!

No mundo acelerado de hoje, a maioria das pessoas parece não ter tempo para agradecer. Trabalho, trânsito, família, treino de futebol, consultas médicas e muitas outras coisas são suas principais prioridades. Eles parecem não ter tempo para agradecer aos outros.

Mas considere o seguinte. Você já deu um presente a alguém e não recebeu agradecimentos? Você já foi a uma mercearia ou restaurante e não foi agradecido por suas compras? Você já se sentiu demitido por familiares, amigos ou no local de trabalho? Se sim, como foi? Provavelmente não muito bem.

Você já se perguntou de onde vem essa mentalidade de ingratidão? É vital entendê-lo antes que você possa superar esse problema.

Do passado ao presente: Uma nação – ingrata

Se você mora nos Estados Unidos da América ou em qualquer outra nação descendente do antigo Israel, mora em uma das terras mais abundantemente abençoadas do mundo. Este país desfruta de comida abundante, abrigo, eletricidade, água corrente, riqueza, ar condicionado, aquecimento, transporte, saneamento e muitas outras bênçãos. Se você mora em um desses países, reserve um momento para olhar ao redor e capturar todas as bênçãos.

No entanto, essas terras estão cheias de reclamantes mal-humorados e crônicos. Embora haja inúmeras bênçãos , parece que sempre há inúmeras coisas para reclamar – seja trânsito, economia, preços de alimentos, problemas no trabalho, dificuldades com a família, desejo de bens materiais adicionais, problemas de saúde etc. Nunca antes na história do homem, o mundo havia mostrado essa característica horrível como hoje!

A Bíblia registra as experiências de outra nação, a antiga nação de Israel, que também reclamava e murmurava constantemente. Não importa o que Deus tenha feito por eles, nunca foi suficiente.

Após 430 anos de escravidão sob os egípcios, os israelitas, através da milagrosa intervenção de Deus, foram libertados da escravidão. Ao deixar o Egito, Deus permitiu que coletassem riquezas, gado, alimentos, ouro, jóias e suprimentos. Deus realizou muitos milagres enquanto viajava pelo deserto.Ele os selecionou como Seu povo, prometendo levá-los a uma terra “cheia de leite e mel”.

Observe as claras palavras de Deus aos israelitas: “E desci para libertá-los das mãos dos egípcios e levá-los daquela terra para uma boa e grande terra, para uma terra que flui com leite e mel” (Êx 3: 8)

Mas isso não foi suficiente para eles!

Ao se aproximar da Terra Prometida, Deus ordenou aos israelitas que enviassem espiões para estudar a terra. Que estava localizado entre outras nações que eram inimigas de Israel.

Depois de quarenta dias espionando a terra, eles voltaram. E eles apresentaram a Moisés, Arão e a congregação de Israel o fruto da terra, dizendo: “Chegamos à terra para a qual você nos enviou, que certamente flui leite e mel … Mas as pessoas que habitam essa terra são fortes e cidades muito grandes e fortificadas ”(Nm 13:27).

Caleb, um dos espiões, pediu a Moisés permissão para tomar a terra. Mas os outros espiões – exceto Joshua – mentiram para o povo, alegando que estavam infestados de gigantes fortes e poderosos.

Observe a reação da multidão: “E todos os filhos de Israel reclamaram contra Moisés e contra Arão; e toda a multidão lhes disse: Eu gostaria que morrêssemos na terra do Egito; Ou neste deserto, eu gostaria que morrêssemos!

“E por que o ETERNO nos leva a esta terra para cairmos à espada, e que nossas mulheres e crianças sejam presas? Não seria melhor voltarmos ao Egito? E eles disseram um ao outro: Vamos nomear um capitão e voltar para o Egito ”(Nm 14: 2-4).

Israel era tão descaradamente ingrato que eles queriam voltar ao Egito – onde haviam sofrido centenas de anos de escravidão brutal. Eles não apreciaram as incríveis bênçãos que Deus lhes deu ou os muitos milagres poderosos que ele realizou por eles.

Observe a resposta de Deus à sua atitude: “E o ETERNO disse a Moisés: Por quanto tempo esse povo meIRRITARÁ ? Até quando não acreditarão em mim, com todos os sinais que fiz no meio deles? Eu os magoarei da morte e os destruirei … ”(Nm 14: 11-12).

No entanto, Moisés argumentou com Deus, o que o levou a mudar de idéia.

Números 14 continua: “Então o ETERNO disse: Eu o perdoei de acordo com a sua palavra … Certamente … todos os que viram a minha glória e os meus sinais … e não ouviram a minha voz; eles não verão a terra que eu jurei a seus pais; não, nenhum daqueles que Me irritaram a verão.

“Até quando ouvirei essa MULTIDÃO DEPRAVADA que murmura contra mim, as queixas dos filhos de Israel, que reclamam de mim?

“Então o ETERNO disse: Mais certamente do que eu vivo, todos os que viram a minha glória e os meus sinais que fiz no Egito e no deserto, e me tentaram dez vezes, e não ouviram a minha voz, como você falou. Em meus ouvidos, farei isso com você: seus corpos cairão neste deserto … eles não verão a terra da qual eu jurei aos pais deles … Mas aos seus filhos, de quem você disse que seriam presas, eu os apresentarei, e eles conhecerão a terra que você desprezou … e o povo ficou muito triste … dizendo: Aqui estamos, para subir ao lugar de que o ETERNO falou ; porque pecamos ”(Nm 14:20, 22-23, 27, 29, 31, 39-40).

Deus chamou os israelitas de “congregação ímpia” por sua ingratidão pecaminosa. Para Deus, uma atitude ingrata é o pecado – o mal – que causa raiva. Embora Deus não tenha atingido Israel com pestilência naquela época, nem os deserdou, ele vagou pelo deserto por mais 40 anos, até que aqueles que demonstrassem essa atitude morressem! Seus murmúrios e sua atitude ingrata os condenaram a nunca ver a Terra Prometida!

Muitos estão familiarizados com a frase: “Aqueles que não aprendem da história são condenados a repeti-la”. Isso se aplica aos descendentes modernos de Israel – Estados Unidos, Grã-Bretanha, Austrália e outras pessoas democráticas, principalmente falantes de inglês, espalhadas pelo mundo.Prevê-se que essas nações revivam a história – e vivenciem muitos eventos aterrorizantes que virão em breve pelas mesmas razões que o antigo Israel!

Colhendo maldições

Deuteronômio 28 foi chamado de capítulo “Bênçãos e Maldições”. Ele grava um aviso preocupante para quem vai ouvi-lo. Essa profecia, dada quase 3.500 anos atrás, diz o que está previsto que acontecerá a nações orgulhosas, arrogantes e ingratas .

Os primeiros 14 versículos descrevem as muitas bênçãos maravilhosas que serão derramadas sobre as nações que obedecem e adoram a Deus. A parte restante do capítulo lista as inúmeras maldições que são colhidas por desobedecer a Deus:

“Porque você não serviu ao ETERNO seu Deus com alegria , e com ALEGRIA DE CORAÇÃO , pelaabundância de todas as coisas, portanto servirá a seus inimigos que eu enviarei o ETERNO contra você, com fome e sede e com nudez e com falta de todas as coisas; e ele colocará um garfo de ferro no seu pescoço, até que o destrua.

“O ETERNO trará contra você uma nação de longe … pessoas ferozes com rostos, que não respeitarão o velho nem perdoarão a criança; e ele comerá o fruto da sua besta e o fruto da sua terra até que você pereça …

“Ele abrirá espaço para todas as suas cidades, até que seus muros altos e fortificados caiam em que você confia, em toda a sua terra; Cercará, então, todas as suas cidades e toda a terra que o Deus ETERNOlhe deu ”(Dt. 28: 47-52).

A ingratidão é apenas um dos muitos pecados que o povo deste país cometeu – e eles serão levados em cativeiro! Este é o aviso das páginas da sua Bíblia! No cativeiro, todas as reclamações, murmúrios e reclamações que consomem a vida das pessoas não importam.

A ingratidão é um PECADO MORTAL ! A conseqüência desse pecado é grave – e não deve ser tomada de ânimo leve!

Ingratidão nos dias de Cristo

Muitos estão familiarizados com os muitos relatos bíblicos dos milagres de Cristo. Ele andou sobre a água, transformou a água em vinho, alimentou milhares de pessoas com uma pequena quantidade de comida, expulsou demônios e curou muitas pessoas. Mas, embora ele tenha curado muitos, quantos você acha que eles realmente voltaram para agradecer? Você ficará surpreso.

O capítulo 17 do Evangelho de Lucas registra uma cura milagrosa. Nesta história, Cristo curou dez leprosos. O versículo 12 registra: “E ao entrar em uma aldeia, dez leprosos o encontraram, que se levantaram de longe e levantaram suas vozes, dizendo: Jesus, Mestre, tende piedade de nós!

“Quando os viu, disse-lhes: Ide, mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, enquanto eles foram, foram limpos. Então, um deles, vendo que havia sido curado, voltou, glorificando a Deus em voz alta, e caiu de cara no chão aos pés, agradecendo-o ; e este era samaritano.

“Jesus respondeu: Não são dez os que foram purificados? E os nove, onde eles estão? Não havia ninguém que voltasse e desse glória a Deus senão este estrangeiro? E ele lhe disse: Levante-se, vá-se embora; sua fé te salvou ”(vs. 12-19).

Dos dez leprosos, apenas um voltou para agradecer a Cristo. Pense nessa afirmação. Apenas um dos dez agradeceu a Deus por curá-los de uma doença terrível!

Observe a pergunta retórica de Cristo. Ao entender as características da natureza humana, Ele entendeu perfeitamente por que outros não haviam retornado para agradecê-lo.

Mas por que a humanidade é tão intrinsecamente ingrata?

O pecado mais comum

De comerciais de televisão, programas, filmes, shoppings e residências, uma atitude generalizada deEGOÍSMO está varrendo as nações deste mundo. Adultos, crianças e adolescentes são cada vez mais ingratos.

Um grande acelerador dessa ingratidão é o comercialismo . A sociedade ficou presa na mentalidade de “você trabalha duro, por isso merece um carro novo e férias em Barbados”. Isso, por sua vez, levou muitos a acreditar na ideologia de que, se não adquirem esses luxos extravagantes, a vida os trata injustamente.

Antes de convocar um dia nacional de jejum, o presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, declarou: “Fomos receptores das mais seletas bênçãos do céu. Fomos preservados, durante muitos anos, em paz e prosperidade. Crescemos em número, riqueza e poder como nenhuma outra nação cresceu; MAS TEMOS ESQUECIDO DE DEUS ! Esquecemos a mão amável que nos preservou em paz, multiplicou, enriqueceu e nos fortaleceu; e em vão imaginamos, no engano de nossos corações, que todas essas bênçãos foram produzidas por uma sabedoria superior e uma virtude própria ”.

Esta é uma afirmação tremendamente poderosa! Desde o momento em que o Presidente Lincoln proferiu esse discurso, a riqueza, a prosperidade e a paz experimentadas pelos Estados Unidos são muito maiores – junto com a atitude de orgulho, egoísmo e ingratidão.

Mas se esse mesmo discurso fosse proferido hoje, haveria uma grande confusão!

O apóstolo Paulo escreveu: “Você também deve saber disso: que nos últimos dias virão tempos perigosos. Porque haverá homens que se amam, gananciosos, arrogantes, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, INGRATOS , ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, intemperantes, cruéis, detestam o bem, traidores, impetuosos, apaixonados, amantes de as delícias mais do que de Deus ”(II Timóteo 3: 1-4).

Essas atitudes estão se tornando cada vez mais evidentes nestes “últimos dias”. (Nesses versículos, até um ateu pode reconhecer que estamos vivendo esses dias simplesmente ligando a televisão!)

Em contraste com os dias de Lincoln, ou mesmo cinquenta anos atrás, a atitude ingrata de hoje é muito pior. Se essa geração esqueceu Deus, e as muitas bênçãos que Ele proporcionou para os Estados Unidos da América, essa geração nem sabe que Deus existe !

Neste mundo de estar obcecado com “o que há de novo” – das mais novas modas, às músicas mais recentes e ao absurdo politicamente correto – a GRATIDÃO TEM SIDO TUDO, EXCETO DECLARADA INCONSTITUCIONAL!

Para encontrar a fonte dessa atitude, é preciso procurar nas páginas da Bíblia para encontrar o ser mais egoísta, orgulhoso, arrogante, egocêntrico e ingrato que já existiu – Satanás, o diabo.

Antes de sua rebelião contra Deus, Satanás (primeiro chamado Lúcifer) era um arcanjo perfeitamente criado. O profeta Isaías registra: “Como você caiu do céu, ó Lúcifer, filho da manhã! Você cortou por terra, você que enfraqueceu as nações. Você que disse em seu coração: Eu subirei ao céu; No alto, ao lado das estrelas de Deus, levantarei meu trono, e no monte de testemunho sentarei no lado norte;Subirei acima das alturas das nuvens e serei como o Altíssimo ”(Isaías 14: 12-14).

O coração de Lucero se levantou com arrogância – vaidade. Ele era ingrato a Deus por lhe dar vida. Ele também não era grato a Deus por criá-lo tão perfeitamente. Em vez disso, ele se rebelou contra Deus e decidiu acreditar que era melhor que seu Criador – que seu caminho era superior ao Caminho de Deus.

Como “príncipe do poder do ar” (Ef. 2: 2), ele transmite essa mesma atitude para conosco.

Como ser grato

Já foi dito que ingratidão é o pecado mais comum. Embora faça parte de nossa natureza, há maneiras pelas quais podemos evitar ser um dos muitos que cometem o pecado da ingratidão.

Abaixo estão algumas maneiras simples de mostrar sua gratidão a Deus e seus companheiros:

Agradeça a Deus todos os dias: Deus nos ordena a ir a Ele em oração com louvor e agradecimento. Você lhe agradece diariamente?

A Bíblia está cheia de exemplos dos servos de Deus que mostram sua gratidão a Ele.

I Crônicas 29 registra que o rei Davi ficou profundamente comovido com a generosidade do povo na preparação do Templo de Deus. Davi foi inspirado e expressou sua gratidão séria e sincera em honra ao grande Deus. Ele exclamou: “Bendito seja você, ó E TERNO , Deus de Israel, nosso pai, de um século para o outro. O seu é, oh E TERNO , magnificência e poder, glória, vitória e honra; porque todas as coisas que estão no céu e na terra são suas. O seu, oh E TERNO, É o reino, e você é exaltado acima de tudo.Riquezas e glória vêm de você, e você domina sobre todos; na tua mão há força e poder, e na tua mão para fazer grande e capacitar a todos. Agora, nosso Deus, louvamos e louvamos o seu nome glorioso.Porque quem sou eu e quem é meu povo, para que possamos oferecer voluntariamente coisas semelhantes? Pois tudo é Teu, e pelo que recebemos da Tua mão, nós te damos ”(vs. 10-14).

Paulo escreve: “Seja sempre alegre. Orar sem cessar. Dá graças em tudo ”(1 Ts 5: 16-18).

O Salmo 92 registra um sábado. O Salmo costumava louvar a Deus: “É bom louvá-lo, oh E TERNO e cantar salmos ao Seu nome, Ó Altíssimo: anuncie de manhã Sua misericórdia e Sua fidelidade todas as noites … Porque eu REGOZIJASTE- te, ó E TERNO , com as tuas obras; nas obras das tuas mãos me alegro. Quão grandes são as tuas obras, ó E TERNO ! Seus pensamentos são muito profundos … Mas você, E TERNO , para sempre você é o Altíssimo. Porque eis que teus inimigos, oh E TERNO , porque eis que teus inimigos perecerão; todos os que praticam o mal serão dispersos ”(v. 1-2, 4-5, 8-9).

Você nunca deve ficar sem coisas para agradecer a Deus! Venha a Ele em oração e agradeça continuamente por todas as bênçãos que você forneceu!

A Bíblia registra que os servos fiéis de Deus fazem isso continuamente. Também descobrimos que a Bíblia nos ordena a sempre dar graças e louvor a Deus.

Porque Por que Deus ordena que O louvemos com ação de graças? Você precisa disso porque precisa de nossos louvores?

NÃO !

Esse mandato é repetido em toda a Bíblia porque PRECISAMOS DELE ! Para nós, como cristãos, sermos mais parecidos com Deus – o Ser mais grato do universo – PRECISAMOS aprender a ser gratos e louvá-Lo todos os dias!

Outra maneira vital de demonstrar gratidão ao grande Deus é por meio de dízimos e ofertas. O profeta Malaquias registra as palavras de Deus: “O homem roubará de Deus? Bem, você me roubou. E você disse: O que roubamos de você? Nos seus dízimos e ofertas. Você é amaldiçoado com maldição, porque você, toda a nação, me roubou. Traga todos os dízimos para o armazém e deixe haver comida em Minha casa; e prova-me agora, diz o ETERNO dos exércitos, se eu não abrir as janelas dos céus, e derramarei uma bênção sobre ti até transbordar ”(Mal. 3: 8-10).

Embora Deus providencie absolutamente tudo o que temos, Ele promete fornecer mais – por derramar bênçãos do céu – se simplesmente fizermos nossa parte pagando dízimos e ofertas! Por meio de nossa sincera dedicação em apoiar Seu trabalho nos últimos tempos, Ele nos promete muito mais do que poderíamos desejar.

Diga “obrigado” com frequência: muitas pessoas temem agradecer aos outros. Frequentemente caem na mentalidade de que, agradecendo, estão de alguma forma em dívida ou devendo algo a essa pessoa. Mas a verdade está longe disso!

Ao longo da história, grandes homens são conhecidos por agradecer especificamente a outros. Não é um sinal de fraqueza – é um sinal de MANSIDÃO .

Pense nas coisas que as pessoas fazem por você – desde abrir uma porta, levá-la à loja ou fornecer uma palavra gentil e tranquilizadora. Vivemos um tempo em que a cortesia e a bondade estão quase extintas!

Diga “obrigado” e “por favor” com frequência. Você nunca deve ficar sem pessoas para agradecer. Você ficará surpreso com o quão felizes essas pequenas palavras podem fazer os outros se sentirem!

Conte suas bênçãos, não suas preocupações: olhe em volta. Quando foi a última vez que você perdeu um ente querido por fome ou doença desenfreada? Quando foi a última vez que você parou de comer para garantir que seus filhos tivessem comida? Quando foi a última vez que você teve que vender seus filhos porque não tinha dinheiro para sobreviver ou mesmo para apoiá-los? Você provavelmente nunca experimentou essas coisas. Infelizmente, essas são realidades sombrias que muitos em todo o mundo enfrentam todos os dias. Agradeça a Deus todos os dias por todas as coisas terríveis que você não teve que suportar!

É comum cair na rotina de constantes “reclamações” e resmungar sobre problemas e preocupações.Quando você estiver reclamando de finanças, trânsito, problemas de trabalho, problemas familiares, problemas com carros ou qualquer outra dificuldade ou teste que esteja enfrentando, lembre-se de que tudo o que Deus faz e permite é por uma razão. Embora seja difícil, é para um bem maior – se for superado!

Considere a seguinte analogia: Cada ingrediente usado para fazer um bolo nem sempre é doce ou bom para o gosto. Por conta própria, seus gostos podem variar de amargo, salgado, doce e calcário. Mas o resultado final – o bolo – é delicioso e doce!

O rei Salomão, o homem mais sábio que já viveu, registrou: “Tudo tem seu tempo, e tudo o que se quer debaixo do céu tem sua hora” (Ecl. 3: 1).

Embora seja difícil fazê-lo, ao experimentar provações, busque o bem que Deus deseja que você aprenda com elas. Por exemplo, se você tiver problemas com o carro e precisar de um reparo caro, pode estar dirigindo muito mal ou gastando dinheiro com outras coisas, e Deus quer que você reexamine seu orçamento. Muitas das dificuldades que você encontra podem ajudá-lo a perceber se você vive ou não adequadamente. Você pode aprender com essas experiências!

Quando as pessoas reclamam, reclamam de uma situação que Deus permitiu – e às vezes até causou – acontecer.

Paulo nos exorta a “fazer tudo sem murmúrios e contendas, para que você seja irrepreensível e simples, filhos de Deus sem mancha no meio de uma geração perversa e má, no meio do qual você brilha como luminares no mundo” (Filipenses 2: 14-15).

Por fim, considere o exemplo de Paulo ao lidar com provações e aflições: “Não digo isso porque estou com falta, porque aprendi a me contentar, qualquer que seja a minha situação. Eu sei viver humildemente e sei ter abundância; em tudo e por tudo que eu sou ensinado, de modo a ser saciado, a ter fome, a ter abundância, a sofrer necessidade. Eu posso fazer tudo em Cristo que me fortalece. No entanto, você fez bem em participar comigo da minha tribulação ”(4: 11-14). Devemos aprender com as experiências – boas e más.

Coisas para agradecer

Listados abaixo estão algumas coisas pelas quais devemos demonstrar gratidão. Ao lê-los, imagine como seria sua vida sem eles:

Amar a família e os amigos : Depois de criar o homem, Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja sozinho; Eu o farei ajudar por ele ”(Gênesis 2:18).

Deus criou os seres humanos com a necessidade da família. Se você é casado, aprecie seu marido ou esposa. Se você tem filhos, aprecie todas as boas lembranças que estão construindo juntos . Problemas e discussões ocorrerão de tempos em tempos, mas nesses momentos, imagine sua vida sem seus entes queridos. Perceba como seria diferente.

Emprego : Sem emprego, como você ganha a vida? Como você comeria ou alimentaria sua família?Como seria pago o aluguel ou a hipoteca? Todos os dias, parece que as manchetes relatam que algum tipo de corporação “demitiu” centenas, até milhares de funcionários. Seja grato a Deus pelo trabalho que Ele providenciou. Embora você possa ter dificuldades com seus colegas de trabalho ou empregadores, reconheça que, sem seu emprego, você não teria os meios para sustentar sua família ou a si mesmo.

Comida, roupas, teto : Embora o homem tenha saqueado, destruído e violado sistematicamente a terra que fornece os materiais necessários para alimentação, roupas e abrigo, os Estados Unidos e os outros descendentes modernos de Israel têm essas grandes bênçãos em abundância . Outras nações, no entanto, não as têm. Aprecie essas coisas!

Deus entende que, como seres humanos físicos, precisamos de substâncias físicas para sobreviver.Observe: “E para o vestido, por que você se preocupa? Considere os lírios do campo, como eles crescem: eles não trabalham nem giram; mas digo-vos, nem Salomão, com toda a sua glória, se vestia como um deles. E se a grama do campo que hoje é e amanhã é jogada no forno, Deus a veste assim, não fará muito mais para você, homens de pouca fé? Não se preocupe, então, dizendo: O que devemos comer, ou o que devemos beber, ou o que vestiremos? … mas seu Pai celestial sabe que você precisa de todas essas coisas ”(Mateus 6: 28-32).

Se Deus se importa e até veste as flores, quanto mais ele dará aos que lhe obedecem? É isso que Sua palavra declara.

Você é grato por essa promessa? Ou você aceita isso como garantido?

A verdade de Deus : Quanto você aprecia a Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada? Deus providenciou uma maneira de conhecermos e entendermos Suas leis através deste grande livro de instruções. Observe a declaração do Presidente Lincoln sobre isso:

“Eu acho que a Bíblia é o melhor presente que Deus deu ao homem. Tudo de bom sobre o Salvador do mundo é comunicado através deste livro. Muitas vezes fiquei de joelhos por causa da convicção esmagadora de que não teria para onde ir. ”

O apóstolo Pedro disse a Cristo: “Senhor, a quem iremos? Você tem palavras de vida eterna ”(João 6:68).

Você se sente da mesma maneira?

O sábado e os dias santos de Deus : Quanto você aprecia e agradece a Deus pelo sábado e pelos dias santos? Ao observar isso, ele é separado – é diferente – do mundo. Isso ajuda você a entender o grande plano de Deus e como Ele o tornou disponível para nós.

Tendo em mente o propósito de Deus para os feriados, ele permitirá que você veja melhor a “grande figura” e agradeça a Deus por permitir que você faça parte dela.

O sacrifício de Cristo : suponha que você acabou de receber notícias de que só tem trinta minutos para viver. Quanto mais você apreciaria sua vida – e tudo nela? Eu apreciaria essas coisas, como diz o ditado, “como se não houvesse amanhã”.

Mas você pode não ter percebido que está atualmente no CORREDOR DA MORTE !

A menos que seja batizado e tenha sido resgatado da pena de morte – pelo pecado – ele é condenado àmorte (Rom. 6:23).

Cristo – que é perfeito e sem pecado – derramou Seu sangue em nosso lugar, morrendo por nossospecados. Ele se tornou o Salvador deste mundo e de toda a humanidade.

Você entende completamente esse conhecimento? Você aprecia este grande sacrifício? Como um preso perdoado segundos antes de o interruptor da cadeira elétrica ser ativado, ele deve estar agradecido – muito agradecido – por essa redenção.

Sem essas coisas, sua vida seria vazia, superficial, miserável – e completamente inexistente !

Lidar com a ingratidão

Uma das situações mais desconfortáveis ​​e difíceis para uma pessoa é lidar com uma pessoa ingrata.Alguém disse uma vez: “A maneira mais rápida de conquistar o desprezo de alguém é fazer muito por ele”.

Um exemplo disso foi quando alguns dos que receberam cupons de alimentos por anos o governo revogaram seus benefícios. Isso causou uma grande comoção – muitos alegaram serem vítimas de injustiça. Quando, na realidade, eles receberam há muito tempo algo que não haviam ganho.

Muitas vezes, as pessoas se vêem em posição de fazer coisas pelos outros por tanto tempo, que a outra parte começa a sentir que merece. Embora existam muitos princípios que podem ser aplicados em tais situações, existem duas regras básicas que podem ser aplicadas para lidar melhor com esse problema.

“A Regra de Ouro” : Muitos milhões de cristãos professos afirmam seguir a Bíblia. Mas por que não seguir as leis e os princípios? E por que, se tantos gostam de ser apreciados ou tratados com gratidão, existem tantas pessoas ingratas?

Mateus registra: “Assim, todas as coisas que você deseja que os homens façam com você, também o faz com elas” (7:12). A maioria sabe disso como “a Regra de Ouro” – trate os outros como você deseja ser tratado. Muitos citam esse versículo, mas raramente o praticam. No entanto, esse princípio é vital na luta contra os impulsos e desejos da “carne” (Rom. 8). Isso inclui ingratidão.

Quando alguém faz algo por você, pense consigo mesmo: “Se eu fiz isso por alguém, não gostaria de receber alguns ‘agradecimentos’?” Você deve combater sua natureza humana e mostrar gratidão.

Paulo registra: “Porque eu não faço o que quero, mas o que odeio , faço” (Rom. 7:15). Paulo, que era apóstolo e teve encontros pessoais com o Cristo glorificado, escreveu que até ele tinha dificuldade em lutar contra o eu interior. Isso mostra que é DIFÍCIL travar uma guerra contra o mal, o perverso e o pecador! Mas com humildade para com Deus e pedindo Sua ajuda, é possível !

O princípio de causa e efeito : O princípio de causa e efeito está ao nosso redor. Se o chão estiver molhado, alguém pode escorregar e cair. Se um carro passa por um prego, o pneu esvazia. Isso é senso comum.

Este princípio pode ser descrito de outra maneira: cada ação tem uma reação . Ao examinar a sociedade atual, muitos não reconhecem que esse princípio se aplica a suas vidas – de mais maneiras que as físicas.

Após a rebelião de Lucero, ele se tornou o “príncipe do poder do ar” e o “deus deste mundo”. Desde então, o modo de vida de Satanás – o modo de OBTER – atingiu a humanidade com suas atitudes egoístas, orgulhosas, rebeldes e ingratas. Essa é a CAUSA !

O EFEITO é a atitude presente na sociedade em geral. Ajustada ao “príncipe do poder do ar”, a humanidade teve uma existência materialista, egoísta e do “primeiro eu”. Eles estão seguindo seu deus.

Isso é CAUSA e EFEITO !

As pessoas sempre percebem quando os outros são rudes com elas – uma ação puramente egoísta. Eles costumam pensar: “Veja como as pessoas são rudes comigo … elas não me apreciam … eu não recebium ‘obrigado’ pela gentileza que fiz “.

Essa é a ação inicial que leva as pessoas a reagir com as mesmas atitudes grosseiras e ingratas que foram mostradas. Embora eles não tenham apreciado quando estavam no ponto de recebimento, agora “compartilham”, porque sentem que foram tratados injustamente.

Este ciclo sempre esteve em vigor ao longo da história da humanidade. Após 6.000 anos de injustiça, má governança e destruição, a ingratidão é simplesmente um dos muitos “efeitos” que a humanidade trouxe sobre si mesma.

A decisão é sua

Lembre-se sempre de que ingratidão é um pecado mortal l. Deus a chama diretamente de mal ! Uma atitude ingrata é algo que a maioria das pessoas não sabe que tem, mas todo mundo a vê! É um defeito profundo de caráter. Embora poucos o digam, a ingratidão se destaca como um dedão dolorido.

Muitas vezes, não é modificado ou tratado, porque as pessoas o ignoram. É algo que, após muitos anos de “aprimoramento”, deve ser completamente eliminado !

Lembre-se do exemplo de Israel. Eles murmuraram, reclamaram e mostraram ingratidão porque temiam ser incapazes de derrotar os “gigantes” que poderiam afastá-los da Terra Prometida. Mas, na realidade, o único “gigante” que os impediu de desfrutar dessa grande bênção de Deus foi suaingratidão ! Uma geração inteira – exceto dois homens – morreu sem ver esta terra!

Aprenda com este exemplo. Uma atitude ingrata existe em nossa natureza humana. Mas medidas simples podem ser tomadas para superá-lo. Analisando a si mesmo honestamente e aplicando regras e princípios bíblicos de etiqueta, você pode GARANTIR que não está cometendo esse pecado muito comum – e MORTAL .

Lembre-se dos três mandamentos de Paulo para os verdadeiros cristãos:

(1) “Seja sempre alegre.”

(2) “Orem sem cessar”.

(3) ” Agradeça em tudo”.

Não deixe que esse pecado o guarde das muitas promessas de Deus! Não deixe a felicidade te roubar.A decisão é sua!

Fonte:  La Iglesia de Dios Restaurada

https://rcg.org/es/articulos/tsoi-es.html

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *