Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
SELÁ
  1. SELÁ

 

A expressão Selá

Selá (em hebraico: סֶלָה, também transliterada como selāh) é uma palavra usada frequentemente na Bíblia hebraica, predominantemente em Livro de Salmos mas também no Habacuque. Trata-se de uma instrução sobre a leitura do texto, mas seu significado exato ainda é debatido.

Os Salmos foram cantados acompanhados por instrumentos musicais e há referências a isto em muitos capítulos. 31 dos 39 com o subtítulo “para o músico mor” incluem a palavra “Selá”. Selá provavelmente registraria uma pausa na música, com um propósito similar ao Amém na medida em que ressalta a importância da passagem anterior. Alternativamente, Selá pode significar “para sempre”, como se faz em alguns lugares na liturgia judaica (notavelmente da segunda à última benção de Amidá). Outra interpretação afirma que Selá vem da primeira palavra raiz hebraica (calah), que significa “suspender” e por implicação medir (peso).

O termo não pode ser confundido com sela‘ (em hebraico: סֶלַע), que significa “rocha” e era o nome de uma cidade dos tempos bíblicos.

Etimologia

Sua etimologia e significado precisos são desconhecidos. Esta palavra ocorre 71 vezes em 39 dos 150 salmos da Bíblia Hebraica e três vezes no terceiro capítulo Habacuque. É achada ao fim dos salmos 3, 24 e 46, e na maioria dos casos no final de um verso, com exceções nos Salmos 47:4, 55:19, 57:3 e em Habacuque 3:3, 9 e 13.

Até hoje sua etimologia e real significado são incertos para os estudiosos. Entre as sugestões apresentadas, encontram-se as seguintes:

Um sinal litúrgico de elevação (salal, elevar), para que fossem elevadas as mãos em atitude de oração.
Similarmente, uma orientação musical dada aos cantores ou à orquestra para elevar, isto é, cantar ou tocar mais forte, ou um acompanhamento mais alto.
Uma pausa para reflexão, ou etimologicamente derivada da elevação para Deus, ou de origem em uma interjeição. Na Septuaginta, tradução do Antigo Testamento para o grego, selah foi traduzida por diapsalma (em grego: διάψαλμα), que significa intervalo, interlúdio, mudança de tom.
Um sinal indicativo para que nesse ponto o adorador se prostrasse, derivado de uma raiz aramaica s-l, significando “prostrar-se”.
Ter-se-ia originado do hebraico salah (em hebraico: סָלָה), significando “suspender”, e, por implicação, medir, indicando comedimento nas palavras.
Em outras traduções gregas, como a de Áquila de Sinope, selah foi traduzida por aei (em grego: ἀεί), significando “sempre”, enquanto Teodócio traduz por eis telos (em grego: εἰς τέλος, “no fim”) parecendo indicar uma bênção litúrgica semelhante a Amém e Aleluia.

Charles Spurgeon, em seu comentário ao Salmo 143, observou que no contexto do sexto versículo, o salmista desejava elevar não apenas a voz, mas a alma, com sede de Deus.

Habacuque, o profeta hebreu, avaliando as calamidades que vieram sobre seu país e os subsequentes castigos que adviriam aos caldeus, argumentou com Deus com todo o entusiasmo e impetuosidade de seu espírito, culminando com sua sublime e poética prece, na qual aparece três vezes a palavra “Selá”, provavelmente indicando sua posição meditativa sobre o que viera.

Referências
Ir para cima ↑ Got Questions? “What does ‘selah’ mean in the Bible?”
Ir para cima ↑ Bible Hub: Strong’s Hebrew: 5542
Ir para cima ↑ WARREN, T. What does Selah Mean?
Ir para cima ↑ “Estendo para ti as minhas mãos; a minha alma tem sede de ti, como terra sedenta. (Selá.)”, Salmo 143:6, ACF
Ir para cima ↑ SPURGEON, C.H. O Tesouro de Davi

A expressão Amém

Amém (português brasileiro) ou Ámen (português europeu) (Hebraico: אָמֵן, Árabe: آمين, ’Āmīn) é a palavra hebraica que indica uma afirmação ou adesão com que se concluem muitas orações no Cristianismo, no Islamismo e no Judaísmo. Pode traduzir-se em português, pela expressão “assim seja”. Tendo também adquirido com o passar do tempo o significado na vulgata popular de concordância de pensamento ou sinônimo de expressão em relação à esperança futura, como por ex.: “que assim seja”.

Amém, além dos significados já descritos, também pode ser descrita como uma sigla. A palavra é composta por três letras em hebraico: אָמֵן. Esta sigla sintetiza a frase “Deus, Rei, Fiel”, que em hebraico se lê El Melech Neeman. Ou seja EMN, que pode ser escrita em hebraico com as mesmas letras de Amém. Para os judeus considera-se que esta palavra possui uma força incalculável durante as suas orações, e é cobrada como parte essencial na resposta da comunidade durante o rito diário.

Em uma versão buscada da história das religiões, a maioria das pessoas, desde tempos remotos, em suas orações diárias ou não, em casa, nas igrejas nas ruas, enfim em qualquer lugar, não somente no Brasil, mas também no exterior, quando termina o seu ritual da oração pronuncia automaticamente a palavra “Amém”, que é ensinada como “assim seja” e que é quase como um mantra.

https://www.facebook.com/sinagogabrazpalatnik/posts/574406449350677:0

 

Tags: