Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Trindade

A palavra trindade, ou seja, o ensinamento perverso e nocivo da consubstancialidade, batismo no dogma da trindade, foi aprovado pelo imperador Domingo Constantino, contou com o apoio de uma casta de ministrantes altiva e facciosa da Igreja, também comprometida com o império romano, causaram a primeira ruptura no Corpo da Entidade, com o exilamento de Ário, destacado presbítero de Alexandria, se trata de um dogma nocivo aprovado no Concílio de Nicéia, em 325 d C. O clero romano passou também o sinal de heresia perverso citado para o império religioso romano que ministram, Lutero passou também a heresia perversa nociva citada para a suposta reforma religiosa, na mensagem que tentou reformar.

Temos conhecimentos nas Escrituras Sagradas o suficiente para orientar pessoas de todos os credos religiosos, o Mestre jamais é da mesma consubstancialidade do Pai, jamais é um Deus, se também fosse, jamais poderia exercer a Função de Mediador nos céus 1 Tm 2. 5. Na qualidade de Advogado 1 Jo 2. 1. Função que só um humano pode exercer Hb 5. 1.Nem mesmo a Função de Sumo Sacerdote em Jerusalém, nasceu da ordem de Melquisedeque Hb 5. 10; 6. 20; 7. 17. Da ordem, significa dizer: Que quando Ele voltar At 1. 11; Lc 19. 12. Tomará os domínios dos reinos Dn 7. 15; Ap 11. 15. Mandará filhos de estrangeiros que serviram o único Deus imortal 1Tm 6. 16. E morreram, filhos de estrangeiros que também servem o Altíssimo, edificarem os muros de Jerusalém Is 60. 10. Construírem também o Templo Z c 6. 12, 13. Em condições de fazer o que os Sumos Sacerdotes do ministério de Melquisedeque Hb 7. 1; Hb 5. 10; 6. 20; 7. 17. Também do ministério de Araão Nm 4. 1 a 4, 27. Fizeram no Templo construído em Jerusalém para este fim.

Memorize! Se existisse uma trindade, visto que foi o Espírito Santo que gerou Jesus Mt 1. 18. O Espírito Santo seria a segunda Pessoa, e o Mestre a terceira.

Temos conhecimentos nas Escrituras Sagradas o suficiente para orientar pessoas de todos os credos religiosos, o Espírito Santo se trata do Espírito de Deus Mt 10. 20; Is 44. 3; Jl 2. 28; Ez 39. 29; Gn1. 1; 41. 38; At 2. 4, 17. Jamais é uma Pessoa, jamais é um Deus.

Se o Mestre também fosse um Deus, se fosse um anjo celestial, para as rupturas adventistas, Ele é as duas coisas, para os mensageiros da torre de vigia Ele é um anjo celestial, ou seja, o arcanjo Miguel, também heresia tentadora, descendeu de Abraão Hb 2. 16. Também se trata de um homem, semelhante aquele homem que Deus criou Gn 1. 26. E colocou no Jardim do Éden Dn 2. 15.Perfeito, sem pecado, “coroado de Glória e de Honra: Sl 8. 5… Cristo não tem culpa de ele ter pecado Gn 3. 1 a 6. E nem de ele ter morrido Gn 5. 1… Semelhante também ao Homem que seremos 1 Jo 3. 2. após passarmos pelo processo do revestimento de imortalidade 1 Co 15. 51 a 53.1 Jo 3. 2. Objetivo de Ele também ser um Humano, poder exercer a Função de Mediador nos céus 1 Tm 2. 5. Na qualidade de Advogado 1 Jo 2. 1. que só um humano pode exercer Hb 5. 1. Também a Função de Sumo Sacerdote em Jerusalém, no Templo que também mandará construir também no Monte Santo Zc 6. 12, 13. Também para este fim, voltará At 1. 11; Lc 19. 12. Tomará os domínios dos reinos Dn 7. 14; Ap 11. 15. No trono de Davi seu pai Sl 132. 11; Lc 1. 31 a 33; Ao 2. 29, 30. Reinará o Rei, no Templo que também mandará construir também em Jerusalém Zc 6. 12, 13. Exercerá também a função de Sumo Sacerdote ao Mesmo tempo, como fez Melquisedeque também em Salém Hb 7. 1.Cuidado, a fornalha quente está prestes a ser aquecida para o semeador de heresias, para os anjos que caíram com ele, também para todos os agregadores de heresias Mt 13. 42.

Temos conhecimentos de causa o suficiente para orientar também as pessoas ministradas pelos mensageiros supostos reformistas, Existe um único Deus Verdadeiro, se trata da Pessoa do Pai, Jesus jamais é um Deus, jamais é um anjo celestial, e nem poderia ser, explicações dadas acima.

“Escuta ó Israel! O Senhor é nosso Deus é único” Dt 6. 4.

“Eu sou o Senhor e não há outro” Is 45. 18.

“Ao único Deus sábio, seja dada glória” Rm 16. 27; Jd 25; Jo 17. 3.

Doutrina inteiramente aceita por Jesus Cristo.
“O Senhor nosso Deus é o único Senhor” Mc 12. 29.

“Esta é a vida eterna: que te conheçam a ti, como único Deus verdadeiro, e em Jesus Cristo, a quem enviastes” Jo 17. 3.

“Eu e o Pai somos um” Jo 10. 30. Como explicar? Eles são um, na unidade de fé, no sentido citado, eu e a Igreja de Deus em Joinville também somos, jamais na qualidade de Deus, visto que existe um único Deus verdadeiro Jo 17. 3; Dt 6. 4; Is 45. 18;Rm 16. 27; Jd 25; Jo 17. 3. Aplica-se a Pessoa do Pai.

O Espírito Santo Jamais é uma Pessoa, jamais é um Deus, se trata do Espírito de Deus Consolador, Mt 10. 20; Is 44. 3; Jl 2. 28; Ez 39. 29; Gn1. 1; 41. 38; At 2. 4, 17. Enviado para conduzir o Povo de Deus em todas as verdades Escritas Jo 14. 14. 26; 16. 13…

A Instrução dos profetas, de que existe um único Deus, foi aceita também pelos apóstolos. 
“E que não há outro Deus, senão um” 1 Co 8. 4.
“Um Deus e Pai de todos” Ef 4. 6.

“Ao Rei eterno, ao único incorruptível e invisível Deus, honra e glória por toda a eternidade” 1 Tm 1. 17.

“Pois há um só Deus 1 Tm 2. 5.

Existe um único Deus transcendente, superior ao universo ou acima dele Is 40. 22.

“Porque o Senhor criou os céus e a terra, o mar e tudo o que há neles” Ex 20. 11.

“Porque assim diz o senhor, o Criador dos céus, ele é Deus que formou a terra, e a fez; ele a estabeleceu, não a criou vazia, mas formou para ser habitada: Eu sou o Senhor, e não há outro” Is 45. 18; Sl 24. 8; Jr 10. 16; Sl 95. 5; Is 45. 7; Is 66. 1, 2.

Jesus Cristo não vai além de Filho do “único Deus imortal, que habita em luz inacessível, a quem ninguém viu nem pode ver. A Ele sejam honra e poder para sempre. Amém” 1Tm 6. 16. 
Se Jesus fosse da mesma consubstancialidade do Pai, jamais diria que o Pai é maior do que Ele Jo 14. 28.

O Espírito Santo jamais é uma pessoa, também não é um Deus, se trata da força ativa de Deus em nossas vidas, como o Espírito Santo consolador, missão, consolar e guiar o homem em todas as verdades Escritas Jo 14. 25; Jo 16. 13; Jo 15. 26; Mt 10. 20.

“Mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar tudo o que tenho dito” Jo 14. 25.

“Mas quando o Espírito da verdade o vier vos guiará em toda a verdade, pois não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas futuras” Jo 16. 13.

“Quando vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que do Pai provém, ele dará testemunho de mim” Jo 15. 26.

“Mas o Espírito do vosso Pai é que falará em vós” Mt 10. 20.

“Derramarei o meu Espírito sobre tua posteridade” Is 44. 3.

“E depois daquele dia derramarei o meu Espírito sobre toda a carne” Jl 2. 28.

“Quando Eu derramar o meu Espírito sobre a casa de Israel” Ez 39. 29.

“Poderíamos achar um homem como ele, em quem esteja o Espírito de Deus”? Gn 41. 38.

“E todos ficaram cheios do Espírito Santo” At 2. 4.

“E acontecerá nos últimos dias, diz, o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne” At 2. 17.

Contextos abaixo que também esclarecem que o Mestre também tinha convicção de que os habitantes dos céus jamais vão além do Deus Altíssimo, Ele, e os anjos celestiais, tanto é que sempre que fala de Pessoas no sentido citado: Jamais menciona o Espírito Santo.

“Na vossa lei está Escrito que o testemunho de dois homens é verdadeiro” Jo8. 17. Se o Espírito Santo também fosse uma pessoa, Jesus o teria incluído, sabia que o testemunho de três Pessoas, tem mais valor.

“Eu chorava muito, porque não foi achado ninguém digno de abrir o livro, nem mesmo de olhar para Ele” Ap 5. 4. O Mestre se refere a ninguém além da sua Pessoa, sabia que o espírito Santo se trata do Espírito De Deus Mt 10. 20; Is 44. 3; Jl 2. 28; Ez 39. 29; Gn 41. 38; At 2. 4, 17.

Se o Espírito Santo também fosse uma Pessoa, o Mestre jamais teria dito que não teria ninguém além da sua Pessoa: Para abrir o Livro.

O Mestre tinha tanta certeza que os habitantes dos céus jamais vão além do Deus Altíssimo, Ele e os anjos celestiais, que sempre que fala de Pessoas: Jamais menciona o Espírito Santo.

“Ninguém sabe quem é o Filho, a não ser o Pai; e também ninguém sabe quem é o Pai, a não ser o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar.” Lc 10. 22.

“Por isso vos tenho dito que ninguém pode vir a mim se não lhe for concedido pelo Pai.” Jo 6. 65.

“Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai” Mc 13. 32. Sabe os por quês que em nenhum dos contextos citados o Mestre mencionou o Espírito Santo?

Sabia que se trata do Espírito De Deus Mt 10. 20; Is 44. 3; Jl 2. 28; Ez 39. 29; Gn 41. 38; At 2. 4, 17.

Memorizando: Também o ensinamento perverso de que o Mestre também é um Deus, também se trata de dogma aprovado por Domingo Constantino… também imperador de Roma, no concilio de Niceia em 325 d C. o clero romano passou também a heresia perversa citada para o império religioso romano que ministra, Lutero passou também a mesma para a suposta reforma religiosa, na mensagem que tentou reformar, também atitude perversa também da parte dos mensageiros supostos reformistas, que também ajudam o clero romano a se destacar como principal ministério vendedor de regulamentos e contextos Bíblicos alterados.

“Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim” Jo 14. 6. Na qualidade de Pessoa, também não mencionou o Espírito Santo.

O apóstolo Tiago também tinha convicção de que os habitantes dos céus jamais vão além do Deus Altíssimo, o Mestre e os anjos celestiais.

“Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo”Tg 1. 1.Não mencionou o Espírito Santo.

“E a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo” 1 Jo 1. 3; Ga 1. 1.Também jamais mencionou o Espírito Santo, porque também sabia que não se trata de uma Pessoa, sabia que se trata do Espírito de Deus Mt 10. 20; Is 44. 3; Jl 2. 28; Ez 39. 29; Gn 41. 38; At 2. 4, 17.

O apóstolo Paulo também tinha convicção de que os habitantes dos céus jamais vão além do Deus Altíssimo, o Mestre e os anjos celestiais.

“Paulo, servo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo” Ti 1. 1.

“Aquele que serve a Cristo dessa forma, é agradável a Deus” At 14. 18.

Jamais mencionou o Espírito Santo nos contextos citados, porque também sabia que não se trata de uma Pessoa, sabia que se trata do Espírito de Deus Mt 10. 20; Is 44. 3; Jl 2. 28; Ez 39. 29; Gn1. 1; 41. 38; At 2. 4, 17.

Finalizamos com os seguintes contextos para quem quiser memorizar. “E o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas” Gn1. 2.

Faraó também sabia disso. “Podería-mos achar um homem como ele, em quem está o Espírito santo”? Gn 41. 38.

Os profetas e os apóstolos também sabiam que o Espírito Santo é o Espírito de Deus. Is 44. 3; Ez 39. 29; Jl2. 28… Jamais é um Pessoa, jamais é um Deus.

Pr.luiz.idsd.jlle@gmail.com

Tags: