Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
A Guerra Invisível

A Guerra Invisível

“Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele”. (Col. 1:16).

Só há de brigar quando dois querem, certo? Errado.

A Bíblia diz que, o diabo, o nosso adversário, anda ao nosso derredor, a ponto de nos devorar. Isso implica dizer que não é necessário você estar interessado nessa luta, mas ela existe. Há quem queira guerrear contra você, sem ao menos avisar onde será o campo e quando será o desafio.

Do outro lado, ele não desiste da guerra. Sua perseverança é constante e suas estratégias muito maliciosas. Mesmo que você não queira guerrear contra ele, não adianta, ele vai guerrear contra você! Portanto, cuidado! Vigiemos. Estamos numa guerra invisível!

Às vezes estamos até mesmo diante de uma guerra visível, para aqueles a quem foi dado o dom de visões espirituais, onde podemos até enxergar anjos e demônios brigando pelo povo de Deus. Quantas vezes você já teve uns sonhos em que você lutava diretamente com uma força espiritual do mal? Talvez você enxergue o que há de errado com alguém ao apertar-lhe a mão, cumprimentando-o. Quem sabe você já acordou se sentindo enforcado por uma mão que não era física? Já percebeu que anjos vestidos de homens já o salvaram fisicamente da morte??… Pois é, experiências não faltam. É guerra declarada amigos. Não é brincadeira mesmo! Satanás leva muito a sério as suas más intenções. Ele quer destruir, roubar e até matar os filhos de Deus!

Dá para imaginar, todos os dias, o exército do mal se organizando em seu quartel para nos atingir? Rigorosas reuniões, investimento em massa nas dores, aflições, angústias, medos, ódio, ira, confusão, porfia, ira, soberba, orgulho, egoísmo, invejas, ciúmes, contendas, prostituição, bebedeira, adultério, etc. São muitas as estratégias do mal contra nós.

Nenhum cristão está imunizado contra essas investidas de nosso algoz inimigo. No entanto, como em todas as guerras, se o líder for abatido, todo o seu exército logo perde a confiança na vitória, e pode até abrir mão dessa guerra, quando vir seu capitão ir à derroca. É assim também a estratégia de satanás contra a família, a igreja ou um ministério do reino de Cristo. O exército inimigo vai procurar derrotar, primeiramente, o líder, e, consequentemente, enfraquecer os guerreiros daquele comandante até tentar levar todos à destruição. Se estivermos em alerta, ele não conseguirá nos atingir!

Assim vivemos, no meio de uma guerra espiritual cheia voos rápidos, sons de espadas e ruídos de lâminas no ar, é invisível aos olhos humanos. Mas, essa guerra existe. Poderes do mal e poderes do bem não se cansam de lutar nesse mundo invisível. Sabe, o qual é objeto dessa guerra? NÓS, OS FILHOS DE DEUS!!
Você é importante na terra! Você é importante no céu! Nesse mundo fisico ou no mundo espiritual, VOCÊ EXISTE. ISSO MESMO!! NÓS EXISTIMOS, PORTANTO, JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. (I João 4:4)

As coisas acontecem de acordo com as nossas orações. Daí, os demônios partem para impedir as bênçãos, enquanto que os anjos do Exército de Deus são ativados para derrotar as estratégias de satanás. É claro que devemos vigiar com as armas espirituais que temos ao nosso dispor. Todavia, o medo já não deve mais existir, pois o verdadeiro amor lança fora todo o medo (I Pe. 3:14).

Para isto se manifestou em carne,
o Filho de Deus para DESTRUIR as obras do diabo, agora e para SEMPRE!!

MAS, CONTRA ‘QUEM’ ESTAMOS MESMO LUTANDO?

Eu posso me lembrar de uma vez em que estava começando uma pregação em uma igreja no interior de Goiás, Brasil, ano 2010, quando adentrou ali, um homem que parecia estar oprimido e possesso por espíritos malígnos. Certamente que aquela alma fora “conduzida” até ali para tentar atrapalhar o mover de Deus naquele lugar, pois tratava-se de um congresso de adoração. Aquele homem foi dirigido diretamente ao púlpito e, diretamente a mim, sem olhar em meus olhos, rosnou e resmungou algo ininteligível, provavelmente alguma blasfêmia ou mentira. Houve silêncio de todos naquele lugar… Alguns presbíteros se levantaram, é claro, precisavam fazer algo que detivesse o homem, como usar a força ou convencimento para retirá-lo dali… Contudo, a primeira coisa que pensei foi: essa guerra é invisível e a Bíblia já nos garantiu que Cristo já venceu por nós.

Ele ficou parado, mas praguejando contra Deus, depois parou, e o Espírito Santo me deu a direção de sair do púltpito e ir até ele para (pasmem) ‘abraçá-lo”. (o homem estava bêbado). Com muita calma, pedi à igreja que continuássemos adorando com músicas… enquanto eu iria até aquela vida para libertá-la por uma ação de compaixão: um abraço de AMOR!
Antes de abraçá-lo, ordenei com voz baixa aos espíritos no ouvido daquele pobre homem – “saiam em nome de Jesus, pois eu vou abraçar essa alma com o AMOR de JESUS e vocês não estão convidados para este abraço – aquele homem caiu, se ajoelhou e declarou com a sua própria voz agora, que queria Jesus! Então, eu o pedi para erguer-se e, logo o abracei com compaixão e amor. Afinal, essas experiências eu havia tido desde meus doze anos de idade. Meus avós foram espíritas do candoblé. Eles eram visitados por esses espíritos enganadores quando eu ainda não conhecia o poder de Jesus. Mas, eu amava minha vozinha como ninguém.

Se Jesus tinha COMPAIXÃO pelos perdidos eu também o faria assim.

Ainda quando garoto, logo nos meus primeiros dias de conversão, tive uma experiência sobrenatural de vitória. Minha vozinha já havia partido desta terra. Então, era chegado o dia da libertação de minha mãezinha. Aquelas entidades a visitava quase todos os dias, fazendo-a zangar-se em demasia, a ponto de ocupar as suas emoções, ora fazendo-a chorar, ora fazendo-a gargalhar… Posso revelar isso com muito amor e transparência, pois meus pais aprovaram e abençoaram meus testemunhos, pregações e ministério.
Sem que nenhum raio caísse do céu e sem que nenhuma bola de fogo ou cavaleiro reluzente, etc., aparecesse para me ajudar… Cristo me ajudou! Foi algo muito simples assim: “Saiam em nome de Jesus! Encerrou aqui as ações de vocês nessa família. ( antes havia uma prece para ler). Mas, como um menino de Deus, eu simplesmente RASGUEI aquela escrita e toquei fogo naquele papel. NUNCA mais minha mãe foi visitada por aqueles espíritos que outrora já haviam atormentado e enganado meus avós.

Imediatamente, minha mãe foi liberta daquela escravidão. Ela NUNCA mais voltou a beber bebida alcólica, nem a fumar. Naquele dia e naquela mesma hora ela aceitou a Jesus para sempre em seu coração. Meu pai não recebia nada de entidades, mas uma coisa foi estabelecida no reino espiritual, ele também NUNCA mais voltou a fumar, nem a beber bebida alcólica para a GLÓRIA A DEUS! Hoje, desfrutando da velhice, servem fielmente ao Deus invisível, mas REAL!!!

Precisei contar um pouco dessas experiências espirituais, tanto quando menino, quanto como adulto, não para me gloriar porque a Bíblia ensina que deve estar longe de mim o gloriar-me a não ser na CRUZ DE CRISTO (Gál. 6:14). Ah, mas é um TESTEMUNHO de VITÓRIA!! Como disse o apóstolo Paulo: “É verdade que não convém gloriar-me; mas passarei às visões e revelações do Senhor”. É algo que ajuda às outras pessoas. É algo que nos fortalece uns aos outros.

LIBERTE-SE DOS SENTIMENTOS DE INJUSTIÇA E DESEJOS DE VINGANÇA

Às vezes aquele sentimento de injustiça nos leva a lutar (na carne) uns contra os outros. Eu mesmo tive que ser tratado nisto. Contudo, desse jeito, o nosso inimigo está ganhando a guerra. Em primeiro lugar, precisamos saber contra QUEM e contra O QUÊ estamos lutando. Depois disso, buscar a aliança correta para vencer o inimigo.
Já pensou? Se o Exército de Deus lutar contra si mesmo, o diabo vai ficar só assistindo de cadeira cativa a nossa derrota!! Essse sentimento de conseguir alçar a vitória à força ou esse desejo intenso de bucar uma vingança na carne, não está nas estratégias de Deus! Tudo bem, eu entendo, pode até ser humano ou comum, mas não é normal.

Vamos dar uma olhada na Bíblia em Lamentações 3 em diante:

“Dê a sua face ao que o fere; farte-se de afronta.
Pois o Senhor não rejeitará para sempre.
Pois, ainda que entristeça a alguém, usará de compaixão, segundo a grandeza das suas misericórdias.
Porque não aflige nem entristece de bom grado aos filhos dos homens.
Pisar debaixo dos seus pés a todos os presos da terra,
Perverter o direito do homem perante a face do Altíssimo;
Subverter ao homem no seu pleito, não o veria o Senhor?
Quem é aquele que diz, e assim acontece, quando o Senhor o não mande?”

Viu? Deus está assistindo TUDO! Ele vê todas as injustiças, sim! Mas, Ele está no comando. O nosso GENERAL jamais perdeu ou perderá uma guerra!!! A VINGANÇA PERTENCE A Yahweh

Jubilai, ó nações, o seu povo, porque ele vingará o sangue dos seus servos, e sobre os seus adversários retribuirá a vingança, e terá misericórdia da sua terra e do seu povo”
(Deut. 32:43)

É verdade que às vezes nos irritamos com as pessoas físicas ou pessoas jurídicas, mas a Bíblia diz que nossa guerra não é nessa esfera. Quando lutamos uns com os outros num reino físico, só estamos alimentando um desgaste físico e emocional sem valores. Ainda que “ganhemos”, satisfazendo o nosso ego, nada disso vale para Deus. A guerra que o SENHOR atua juntamente com a gente é num panorama espiritual, materializando-se de forma exaustiva quando não combatida corretamente! Guerreamos através de nossas orações, louvores e adoração ao SENHOR. Isso me faz lembrar a música do Irmão Lázaro, cantor gospel e baiano: PODEMOS PASSAR PELA PROVA DANDO GLÓRIA A DEUS!!

Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. (Ef. 6:12)

Nós fazemos a nossa parte, os anjos fazem a parte deles e Yahweh é conosco. Vejamos o que diz o Salmo 124:
“Se não fora o Senhor, que estivera ao nosso lado,
Israel que o diga”

Lembre-se: “Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz Yahweh dos Exércitos” (Zac. 4:6).

Bom, eu aprendi muito com esse pequeno artigo. Espero haver ajudado um pouco mais a você que o leu também.

Até uma próxima em nome de Jesus

Claudio Santos
Convites: claudinho.adore@hotmail.com
Seguir Twitter: @MinistoerioAdore

Escrito por: Pr. Claudio Santos

Tags: