Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
A providência de Deus levando o pecador à salvação

A providência de Deus levando o pecador à salvação

Filemon – Vs.: 10,11,12,16,17,18

10/02/2004 – Nesta pequena porção da Bíblia, a carta do Apóstolo Paulo a Filemon, quero compartilhar e falar sobre o amor e a providência de Deus para a salvação de um perdido, os caminhos sábios e amorosos de Deus para salvação de um pecador.

Três personagens encontramos nesta carta: Filemon, Onésimo e Paulo.

Filemon era um crente da cidade Colossos. A ocupação de Filemon era ser Senhor de escravos e um de seus escravos era um homem chamado Onésimo.

Geralmente o escravo daquela época na cultura judaica, não era exatamente como a idéia de escravos que temos aqui no Brasil. A pessoa se tornava escrava quando não podia pagar suas contas por necessidade ou por gastar mais do que podia. Ficava um determinado tempo servindo seu credor até pagar sua conta. Porém esta servidão não era por se dizer desumana como o conceito de escravidão que conhecemos.

Mas Onésimo não se contentava com a vida de servo, se rebelou contra seu Senhor Filemon e fugiu da casa de seu Senhor. Ele buscou a liberdade fácil. E para onde que ele foge? Para a cidade de Roma. Roma representa o mundo. A cidade de Roma tinha tudo para fascinar e atrair qualquer ser humano da época, assim como o mundo de hoje.

Evidente que quem foge dos domínios de seu senhor quer provar “do bom e do melhor” do mundo. Mas Onésimo estava tão cego que era exatamente em Roma que Filemon o procuraria. Afinal o que um escravo desejava mais na época era conhecer esta magnífica cidade, a capital do mundo na época.

Mas Deus estava por trás ou melhor na frente de tudo. O que Deus é capaz de fazer para salvar um perdido? Alguém pode calcular? O Apóstolo Paulo fala em Rm 11:33: “Ó profundidade das riquezas tanto da sabedoria como da ciência de Deus, quão insondáveis são os seus juízos e quão inescrutáveis os teus caminhos…” Os caminhos de Deus na vida de Onésimo o amor de Deus para com ele era maior do que a sua rebeldia, orgulho e presunção. Assim também Deus agiu nas nossas vidas, os caminhos dele foram muito maiores do que os nossos tortuosos caminhos escolhidos por nós mesmos. O profundidade das riquezas… Deus é profundo e rico em sabedoria e conhecimento, alguém por ventura consegue enxergar a profundidade da sabedoria, riqueza, conhecimento e força do Deus Eterno? Não, mas tudo isto ele usa para salvar um perdido.

Veja, Onésimo se fosse encontrado por Filemon, sofreria grave castigo, talvez sua escravidão seria aumentada por toda vida. Por outro lado, se a guarda de Roma o encontrasse também o poderia matar pois estava em condição ilegal, como fugitivo. A nossa condição quando estamos no mundo fugidos de Deus é muito perigosa. O nosso Senhor que é fogo consumidor pode nos requerer a qualquer momento, e o diabo então que está mais perto do que nunca quando estamos no mundo, também quer nossa alma e nosso corpo para nos fritar.

Mas a providência de Deus conduzia Onésimo em seus caminhos. A palavra providência entre outras definições significa: 1º “A suprema sabedoria de Deus em conduzir todas as coisas” 2º “Acontecimento Feliz”. Onésimo teve a maravilhosa providência de Deus em sua vida e por isto foi muito feliz.

Onésimo, um escravo fugitivo estava diante de uma situação muito perigosa, Se Filemon o encontrasse sofreria grave castigo, talvez sua escravidão seria aumentada por toda vida. Se fosse pego pela guarda de Roma poderia morrer por estar ilegal na cidade, assim quando estamos longe de Deus, do aprisco as circunstâncias da vida nos cercam de tal maneira, que nos deixam sem saída, apavorados, sem paz com medo.

Mas a providência de Deus estava na vida de Onésimo, e na sua infinita sabedoria de conduzir todas as coisas, não permite que Filemon, no momento da sua ira localize Onésimo em Roma, e também o protege da morte em Roma. O Espírito Santo então conduz Onésimo a uma homem velho numa prisão de Roma chamado Paulo. “Quão insondáveis…”

Isto chama-se providência de Deus, a atuação do Espírito Santo no mundo a favor de seus escolhidos!

Assim como o Espírito Santo livrou Onésimo da ira do seu Senhor, e do fúria do mundo levando Onésimo até o apóstolo Paulo, assim, o mesmo Espírito Santo te salva da ira fatal de Deus e da morte por Satanás, te levando a Cristo.

Todo homem tem que se reconciliar com Deus por que todo homem pecou. Onésimo apesar de fugitivo, “livre do seu Senhor”, viu que as coisas começaram a apertar. A moinha de Deus mói devagar, mas mói muito bem. Ele chegou num ponto que tinha que se reconciliar com Filemon para ter paz na vida, senão até quando ele continuaria fugindo? A qualquer momento, ele iria ser pego por Filemon ou pela guarda de Roma. Qual a única maneira de resolver esta situação? Se reconciliar com Filemon,. Ele tinha que se reconciliar com seu Senhor.

Porém se ele fosse diretamente a Filemon, ele poderia se dar mal, porque Filemon poderia estar irado. Então, era necessário alguém interceder por ele antes de ele ver a Filemon, e este intercessor não poderia ser qualquer um. E não vejo outra pessoa com mais influência sobre Filemon do que o Apóstolo Paulo. Paulo tinha muita consideração da parte dos irmãos da cidade de Colossos que era a cidade de Filemon por causa das grandes obras que Paulo em suas viagens missionárias fez naquela região, apesar de não ter fundado a Igreja de Colossos.

E nos versículos que lemos, vemos Paulo apesar de preso falar de igual para igual com Filemon intercedendo por Onésimo. Paulo pregou para Onésimo, este se converteu e agora Paulo buscando dar a Paz a Onésimo intercede em favor dele junto a Filemon.

Fazendo uma comparação, nesta palavra, o Onésimo é vc, fugitivo, rebelde, pecador, Filemon, é Deus, Paulo é Cristo. Assim como a providência de Deus pelo Espírito Santo conduziu Onésimo a Paulo para que Paulo intercedesse por Onésimo a Filemon, salvando sua vida, assim você como fugitivo, é conduzido pelo Espírito Santo a Cristo e Cristo intercede por vc junto ao Pai todos os dias, por que Ele está assentado a destra de Deus como nosso Sumo Sacerdote!. Sua conversão (hoje ou ontem) parece loucura, não é isso, quem diria, não é? O Espírito te trouxe a Igreja, vc ouviu Jesus, se converteu e Jesus passou a interceder por ti junto ao Pai. . A ira santa e justa de Deus, pela intercessão de Jesus foi abrandada, teu jugo foi quebrado e vc tem paz na vida.

Veja, que como Onésimo vc é conduzido nesta noite para a pessoa certa. Se outra pessoa intercedesse por Onésimo, Filemon não aceitaria, assim o Pai não aceita nenhuma interseção por tua vida a não ser a de Jesus. (At. 4.12; I Tm 2.5; Jo.14.6; I Jo 5.12) Assim como Paulo preso, encarcerado salvou Onésimo, assim Jesus crucificado salva a tua vida. Ninguém pode rogar por vc nem agora nem na hora da morte. O seu Senhor o Deus Todo-Poderoso não vai aceitar. Só Cristo salva, só Cristo tem este poder, porque também é Deus.

Assim como Onésimo, vc que era fugitivo agora pode se tornar num irmão amado na congregação. A palavra Filemon significa amável, e o Pai te ama e por Cristo ele te aceita. Onésimo significa útil. Deus te fez útil, em alguma circunstância da vida vc se afastou e passou a ser inútil, não porque Deus quis, mas você mesmo. Lm 3.39, Ec 7.29. Mas Jesus, te olhou na condição de inútil, fugitivo, rebelde, algemado por um peso e mesmo assim conseguiu enxergar em vc utilidade, utilidade que o mundo ou até mesmo sua família não acreditavam mais. Paulo intercedendo por Onésimo disse a Filemon: se ele te deve alguma coisa, põe na minha conta, Jesus diz de você ao Pai, Ele nunca vai poder te pagar Pai, a dívida deste homem, a dívida desta mulher é muito alta! Mas ele, ela me aceitou, então toda dívida põe na minha conta, e a conta é a Cruz!

Assim, Deus salva um homem,. Rm 11:33.

Se vc não aceitou a Cristo, aceite e vc que já o tem valorize, retenha a palavra no coração, guarda o que tem para que ninguém roube tua coroa.

Amém.

Escrito por: Fernando de Oliveira

Tags: