Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
A RESTAURAÇÃO DE ISRAEL E O DESTINO DE UMA NAÇÃO.

A RESTAURAÇÃO DE ISRAEL E O DESTINO DE UMA NAÇÃO.

ROMANOS – CAPITULOS 9 – 10 – 11.

_Os privilégios especiais de ISRAEL como povo de DEUS.
_O relacionamento entre o Evangelho e as promessas de DEUS feitas a ISRAEL
_ E o relacionamento entre IGREJA e ISRAEL

1-A REJEIÇÃO DE ISRAEL. CAP. ROMANOS 10.
Objeção dos judeus: como foi possível que DEUS tenha nos permitido cometer a tragédia dos séculos, ao matarmos seu CRISTO, e rejeitarmos seu plano para nós? Paulo responde: é a culpa exclusiva de ISRAEL. Os israelitas queriam a salvação mediante a Lei, ao invés de confiar no SENHOR, e no seu CRISTO. Não havia nenhuma desculpa para tal comportamento, pois o evangelho fora pregado abertamente e pregado com clareza, singeleza, e ISRAEL, rejeitou deliberadamente.
2-A RESTAURAÇÃO DE ISRAEL . CAP. ROMANOS 11.
Objeção dos judeus: DEUS quebrou suas promessas solenes e incondicionais a nação?
Paulo responde: NÃO. A rejeição de ISRAEL é apenas temporária, após completar seu plano para a presente era, DEUS, mais uma vez se voltará para o seu povo e cumprirá sua promessa de restauração nacional.
3-UMA RAZÃZO APRESENTADA: “Porque lhes dou testemunho de que tem zelo de DEUS, mas não com entendimento”. Os judeus tinham zelo, conheciam a lei, citavam-na e lutavam em prol da conversão dos Gentios a obediência da Lei. No entanto, este zelo, era inaceitável a DEUS e incapaz de promover seus propósitos por seu zelo e entendimento.
4-UM ERRO DESMASCARADO. “Portanto não conhecendo a justiça de DEUS, e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram a justiça de DEUS. Interpretaram mal o propósito da lei, chegaram a confiar nela como meio de salvação espiritual, não tomando conhecimento da pecaminosidade do intimo dos seus corações, imaginavam que pudessem galgar a salvação ao observar a letra da lei. Dessa forma, quando CRISTO; veio a eles oferecendo a salvação dos seus pecados, imaginavam não precisar de um MESSIAS assim JOAO 8:32-34, imaginavam que ele deveria anunciar algumas exigências mediante as quais pudessem ganhar a vida eterna, não quiseram, porém, seguir o caminho indicado por JESUS: em JO. 6:29 – “ A obra de DEUS , é esta , que creais naquele que ele enviou.”
Estavam tão ocupados em procurar estabelecer e calcular seu próprio sistema, para obter a justiça própria, que não aceitaram o plano de DEUS para justificação dos pecadores. Uma nota: existe a idéia, profundamente arraigada na mente humana, de que o homem precisa fazer algo para operar e merecer a sua própria salvação.
5-UMA VERDADE DECLARADA. “porque o fim da lei É CRISTO, para justiça de todo aquele que crê”. A lei fora dada para ISRAEL para levar o povo ao “ponto final”, certo que é a Fé na graça salvadora de DEUS. “Quando, porém, veio o redentor, o judeu satisfeito com suas próprias virtudes legalistas, não quis receber a informação de que chegara ao seu destino, que chegara ao “fim da linha” e permaneceu “ em trânsito .
6-A RESTAURAÇÃO DE ISRAEL- Rm. 11:11 – Rm. 11; 25 – Rm. 11:29.
“Rejeitou, pois DEUS o seu povo”?”de modo nenhum.” A queda de ISRAEL, não é total, nem permanente. Não é total porque um REMANESCENTE de judeus, como Paulo, recebeu a CRISTO, e não é permanente porque DEUS ainda cumprirá as promessas nacionais feitas a seu povo.
7-A QUEDA DE ISRAEL.
A-NÃO É PERMANENTE: “digo, pois porventura tropeçaram para que caíssem? de modo nenhum. A nação judaica não está rejeitada e perdida sem possibilidades de recuperação. DEUS, ainda tem um futuro para ISRAEL.
B-FOI TRANSFORMADA EM BENÇÃO: “mas pela sua queda veio s salvação aos Gentios.” Os filhos de Jacó perseguiram o irmão deles, José, mas DEUS transformou a maldade deles em benção para os GENTIOS, e finalmente em benção para os próprios irmãos de JOSÉ. Parecia uma tragédia quando os judeus rejeitaram seu MESSIAS, mas DEUS transformou aquela rejeição em benção, fazendo com que a Palavra da salvação fosse levada as nações gentílicas, e, os judeus vendo os gentios recebendo as bênçãos que eles poderiam ter recebido, passariam a ter ciúmes.
NOTA- já na época de Paulo, os judeus estavam cheios de inveja ao verem os gentios recebendo as bênçãos das quais ( segundo pensavam) somente os judeus eram dignos. Quando os judeus rejeitaram a CRISTO, o também povo escolhido ( a igreja ) passou a desempenhar o papel central de testemunhas de DEUS MT. 21; 43 – I PE. 2;9-10.
C-TRARÁ BENÇÃOS ABUNDANTES: “e se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição ( mediante a rejeição) a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude( restauração a todos os privilégios). No principio, DEUS, fez de ISRAEL uma nação escolhida e povo particular seu, a fim de que,finalmente chegasse a ser uma benção para todas as nações.Assim sendo, a benção das nações tem sido vinculada ao destino e a vocação de ISRAEL. Quando ISRAEL fracassou, rejeitando a CRISTO,parecia que esta queda causaria perda para as demais nações. DEUS porém, na sua SABEDORIA E PODER, transformou a queda em benção para os GENTIOS. Ora, se a sua rejeição trouxe tantas bênçãos para o mundo, quem poderá medir o tamanho Das bênçãos que sua restauração traria. Segundo os profetas , a restauração de ISRAEL, será o ponto inicial para a vinda do REINO DE DEUS NA TERRA.
D-PORQUE NÃO QUERO IRMÃOS QUE IGNOREIS ESTE SEGREDO: o mistério, ou o segredo revelado é que ISRAEL ficará cego e rejeitado, até que “haja entrado a plenitude dos gentios.”
E-PARA QUE NÃO PRESUMAIS DE VÓS MESMOS: Paulo adverte seus leitores gentios de que (vós mesmos) não devem ficar tão orgulhosos na sua posição de privilégio ao ponto de desprezar os judeus.
F-ASSIM TODO O ISRAEL SERÁ SALVO: isto não significa que cada individuo entre os israelitas chegará finalmente a ser salvo. Paulo fala aqui do destino nacional, e não da salvação individual,.ISRAEL,como nação será libertada dos seus inimigos espirituais e físicos, sendo restaurada a sua antiga situação de TESTEMUNHA DE DEUS.
G-QUANTO AO EVANGELHO, SÃO INIMIGOS POR CAUSA DE VÓS: desde o princípio a nação israelita como um todo, tomou posição contra DEUS, e até hoje a mesma atitude foi conservada. Nenhuma nação já resistiu ao evangelho como os judeus. ‘ “por causa de vós” significa que; os gentios receberam benefícios do fato de os judeus terem rejeitado o evangelho. DEUS, porém, não os rejeitou completamente, apesar desta atitude deles contrária a CRISTO. Quanto a eleição, ( a escolha deles como povo especial de DEUS) ,amados por causa dos pais , ou seja, com base nas promessas feitas a ABRAÃO, ISAQUE E JACÓ.
H-PORQUE OS DONS E A VOCAÇÃO DE DEUS SÃO SEM ARREPENDIMENTO: mais uma vez Paulo continua debatendo o destino terreno da nação, e não o destino celestial do individuo. Quais são os dons e a vocação aqui aludidos? Rm. 9:4-5. Em que sentido são? “SEM ARREPENDIMENTO” – no sentido da nação de ISRAEL não ser eternamente rejeitada como povo de DEUS.
NOTA: as promessas divinas com respeito ao seu destino nacional são incondicionais, ou seja, garantem que esta nação será finalmente uma benção para o mundo, apesar da necessidade de fazê-la passar por longos séculos de castigos – TEXTOS; Jr.31:31-34 – Jr.33:24-36 – Rm. 11:27 .
Ensinamentos práticos: do ponto de vistra humano, os judeus são um povo surgido na Judéia, agora espalhado por muitas nações, com talentos e peculiaridades marcantes. Destaca-se como o povo de MOISÉS e dos PROFETAS, sendo a nação que mais rejeita a CRISTO. Há porém, um ponto de vista Divino, o propósito de DEUS em conexão com a sua história, e Paulo não queria que os gentios no decurso dos anos, chegassem a tratar os judeus somente do ponto de vista humano: “ porque que não quero irmãos, que ignoreis este segredo( para que não presumais de vós mesmos.
A restauração de ISRAEL é certa e iminente. DEUS, de fato, não é homem para que minta Nm. 23:19, e fará cumprir suas promessas, ainda que na vigência da nova Aliança. Porventura rejeitou DEUS o seu povo? De modo algum. A queda de ISRAEL foi transformada em benção: quando os judeus rejeitaram a CRISTO,nós, a igreja, passamos a desempenhar o papel de testemunhas de CRISTO.
Segue algumas promessas de DEUS a ISRAEL:
1-DEUS tem estabelecido uma relação exclusiva com a nação israelita DT. 7:6 – DT. 14:2.
2-Este relacionamento é eterno “estabeleceste teu povo ISRAEL, por teu povo para sempre 2 sm.7:24.
3-Apesar da incredulidade há uma eleição ou vocação da parte de DEUS para tal relacionamento Rm. 11:26-29.
4-DEUS os estabeleceu porque os ama DT. 7:7-8, têm um propósito firmado, soberano e exclusivo para este povo.
5-ISRAEL como povo teve e terá um papel estratégico no cumprimento do propósito de DEUS, para a humanidade, pois: a salvação veio dos judeus Gn. 22:18 e Jo 4:22, será riqueza para os gentios(os goim)onde virá grande benção para o mundo.
6-DEUS confirmou sua promessa a Isaque e a JACÓ Gn. 26:4 e Gn. 28; 14.
7-Aos judeus foram confiados os oráculos de DEUS Rm. 3:1-2.
😯 Messias veio ao mundo através do povo judeu, o povo do qual descende o CRISTO, segundo a carne Rm. 9:5.
9-ISRAEL se tornará o líder espiritual do mundo ZC. 14:9, l6, 21 e AP. 20:4-6.
10-Os judeus serão chamados sacerdotes do SENHOR, e os gentios os chamarão de ministros de nosso DEUS, IS. 61:6.
11-Dez homens de todas as tribos das nações pegarão sim na orla DAS VESTES DE UM JUDEU, e lhes dirão: iremos convosco, porque temos ouvido que DEUS está convosco ZC. 8:23.
DEUS NÃO REJEITOU SEU POVO ESCOLHIDO, A CEGUEIRA É PARCIAL, ATÉ QUE SE COMPLETEM OS TEMPOS DOS GENTIOS.
Shalom aleckem e mazel tov

Tags: