Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Alguma passagem da Bíblia ensina que temos uma alma imortal?

Alguma passagem da Bíblia ensina que temos uma alma imortal?

Algumas pessoas acreditam que muitas escrituras apoiam a crença em uma alma imortal.

Vamos analisar algumas dessas passagens e entender o que realmente dizem.

Mateus 10:28: Destruir a alma e o corpo no inferno?

“E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo” (Mateus 10:28).

Jesus está ensinando neste versículo que a alma sobrevive à morte e que é imortal?

De modo algum.

Se você observar bem esta escritura, verá que Jesus está realmente dizendo que a alma pode ser destruída.

Aqui Jesus está advertindo sobre o juízo de Deus.

Ele diz para não temer aqueles que podem destruir apenas o corpo humano (soma, em grego) físico, mas temê-Lo (Deus), que é capaz de destruir também a alma (psuche)—denotando aqui a pessoa de um ser físico com a sua consciência.

Em resumo, Cristo estava dizendo que, quando um homem mata outro, a morte resultante é apenas temporária; Deus pode ressuscitar alguém para a vida consciente novamente logo após a morte (ver Mateus 9:23-25; 27:52; João 11:43-44; Atos 9:40-41; 20:9-11) ou na época após Cristo voltar à terra.

A pessoa que morre não está morta para sempre.

Nós temos que temer apropriadamente a Deus, o único que pode tirar uma vida física e toda a possibilidade de qualquer ressurreição posterior para a vida.

Quando Deus destrói alguém no “inferno”, a destruição dessa pessoa é permanente.

Que “inferno” é este mencionado neste versículo?

A palavra grega usada aqui é gehena, que vem da combinação de duas palavras hebraicas, gai e hinnom, que significa “vale de Hinom”.

O termo originalmente se referia a um vale no lado sul de Jerusalém, onde as divindades pagãs eram adoradas.

Por causa de sua reputação como um lugar abominável, que mais tarde se tornou um depósito de lixo, onde os dejetos eram queimados.

Gehena tornou-se sinônimo de “um lugar de queima” —um local utilizado para o descarte de coisas inúteis.

Apenas Deus pode destruir totalmente a existência humana e eliminar qualquer esperança de uma ressurreição.

As Escrituras ensinam que no futuro Deus queimará os perversos incorrigíveis em um incêndio que a tudo consumirá, transformando-os em cinzas (Malaquias 4:3)—aniquilando-os para sempre.

1 Tessalonicenses 5:23: Espírito, alma e corpo?

Muitas pessoas ficam confusas por causa de certa expressão que o apóstolo Paulo usa em uma de suas cartas aos Tessalonicenses:

“E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Tessalonicenses 5:23).

O que Paulo queria dizer com a frase “espírito, e alma, e corpo”?

Para Paulo:

“espírito” (pneuma) significa o componente imaterial, que é unido ao cérebro humano físico para formar a mente humana.

Este espírito não tem consciência por si mesmo.

Em vez disso, ele dá ao cérebro a capacidade de raciocinar, criar e analisar nossa existência (ver também Jó 32:8, 1 Coríntios 2:11).

Por “alma” (psuche) Paulo entende um ser físico pessoal com a sua consciência.

E “corpo” (soma) para Paulo significa um corpo físico de carne.

Em suma, Paulo desejou que toda a pessoa, incluindo a mente, a vitalidade da vida consciente e corpo físico, fosse santificada e inculpável.

Apocalipse 6:9-10: O clamor de almas de mortos?

“E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?” (Apocalipse 6:9-10).

Para entender esta passagem desta Escritura, é preciso considerar o contexto.

João estava testemunhando uma visão, enquanto estava “em espírito” (Apocalipse 4:2).

Sob a inspiração, ele estava vendo os eventos futuros representados em simbolismo.

O quinto selo é figurativo da Grande Tribulação, uma época de turbulência mundial que antecede a volta de Cristo.

Nesta visão, João vê debaixo do altar os crentes mártires que sacrificaram suas vidas pela fé em Deus.

Estas almas figurativamente clamavam: “Vingai o nosso sangue!”

Isso pode ser comparado ao sangue de Abel clamando, metaforicamente, a Deus da terra (Gênesis 4:10).

Embora nem almas mortas nem sangue podem realmente falar, estas frases figurativas demonstram que um Deus de justiça não vai Se esquecer das maldades que a humanidade tem perpetrado contra Seus seguidores justos.

Este versículo não está descrevendo almas vivendo no céu.

A Bíblia confirma que “ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu, isto é, o Filho do Homem [Jesus Cristo] que está no céu “ (João 3:13).

Até mesmo o justo rei Davi, um homem segundo o coração de Deus (Atos 13:22), foi descrito por Pedro como quem está “morto e enterrado” (Atos 2:29) e não vivo no céu ou em alguma situação ou lugar (versículo 34) .

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1017064101678684&id=908236062561489

Tags: