Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
COMO SE PRONUNCIA O NOME DE YHWH?

COMO SE PRONUNCIA O NOME DE YHWH?

A maioria dos especialistas afirma que o nome de YHWH é transliterado da seguinte maneira: Yahweh. A este respeito, existem incontestáveis provas arqueológicas, históricas e linguísticas que ratificam a transliteração como Yahweh, o que será visto mais adiante. Agora, será focada a pronúncia do nome de YHWH.

O vocábulo YAHWEH pode ser divido em três elementos: 1) YA; 2) HW e 3) EH. Vamos analisar cada um:

1) YA – produz o seguinte som em língua portuguesa: IÁ;

2) HW – o hê (H) possui o som de R, enquanto o waw (W), no radical paleo-hebraico da palavra, dá o som de U. Assim, temos o som de HU, que no português é RU (tal como o “ru” da palavra “rua” ou “ruivo”);

3) EH – possui o som de É (dependendo do sotaque, o som pode ser de Ê).

Ora, unindo-se os três passos acima, chegamos à seguinte pronúncia: IÁ-RU-É (ou IÁ-RU-Ê, dependendo do sotaque), frisando-se que a sílaba “RU” produz o som que se encontra no vocábulo “rua”. Então, o nome de YHWH tem o seguinte som em língua portuguesa: IARUÉ (ou IARUÊ). Esta é a conclusão dos maiores especialistas, todos fundados em elementos linguísticos, históricos e arqueológicos.

Existe outra pronúncia possível em razão da diversidade de sotaques existentes entre os antigos hebreus. Observando o passo 2 acima, foi dito que o som produzido é de RU. Não obstante, a letra hê (H) pode não ser pronunciada, tal como ocorre nos dias atuais, em que muitos judeus não emitem seu som. Então, o RU se transforma em U. Daí, a fonética ficaria assim: IÁ-U-É (ou IÁ-U-Ê, com sotaque diferente).

Alguém pode ficar surpreso com a diversidade de sons, porém, isto é muito comum. Pense que muitas palavras do inglês britânico recebem pronúncia diferente no inglês norte-americano. No Brasil, o sotaque do nordestino é diferente do paulista, e este, por sua vez, é diferente do sotaque carioca. Ou seja, a diversidade fonética é um fenômeno comum das línguas.

Em conclusão, destacamos as possíveis maneiras de se falar o nome de YHWH, consoante as lições dos mais renomados especialistas:

1) IÁRUÉ[7] (a letra “e” também admite uma pronúncia fechada, ficando assim: IÁRUÊ)[8];

2) IÁUÉ (a letra “e” também admite uma pronúncia fechada, ficando assim: IÁUÊ).

Destarte, com fulcro em todos os textos bíblicos expendidos, os netsarim (nazarenos) costumam orar e cantar ao ETERNO se valendo da fonética apresentada acerca do nome de YHWH.

No próximo tópico, apresentaremos provas contundentes acerca da pronúncia acima exposta do nome de YHWH, pautadas nas Escrituras e em dados arqueológicos, linguísticos e históricos.

VI- A PRONÚNCIA DO NOME DE YHWH: EVIDÊNCIAS BÍBLICAS, ARQUEOLÓGICAS, LINGUÍSTICAS E HISTÓRICAS

O tetragrama YHWH é composto das seguintes letras hebraicas: יהוה. Vejamos a pronúncia das duas primeiras letras (YH): יה.

As duas letras iniciais aparecem em vários salmos e há um consenso entre todos os estudiosos que sua pronúncia é YAH (em Português: IÁ). Verbi gratia, a Concordância Strong em Língua Inglesa afirma que “Yah é o nome do Deus de Israel” (Strong 3050), pronunciando-se como יָה (em inglês: Yah; em português: Iá).

Eis alguns exemplos extraídos diretamente dos textos em Hebraico em que consta o nome YAH (som em português: Iá):

“Cantem a Elohim, cantem louvores a seu nome;

exaltem aquele que cavalga sobre as nuvens por seu nome, יָה [YAH];

e alegrem-se em sua presença.” (Tehilim/Salmos 68:5; versões cristãs: Sl 68:4).

“Recordarei os feitos de יָה [YAH];

sim, recordarei teus antigos milagres.” (Tehilim/Salmos 77:12; versões cristãs: Sl 77:11).

“Quem é poderoso como tu, יָה [YAH]?” (Tehilim/Salmos 89:9; versões cristãs: Sl 89:8).

“Feliz é o homem a quem tu corriges, יָה [YAH],

a quem ensinas a tua Torá.” (Tehilim/Salmos 94:12).

Aliás, o nome em português “Aleluia” advém da expressão hebraica “Haleluyah”, que significa “Louvem a Yah”, e que é mencionada em diversos Salmos (ex: Sl 104:35; Sl 105:45; Sl 106:1; Sl 106:48; Sl 11:1; Sl 112:1 etc).

Além das Escrituras Sagradas, há prova arqueológica de que o bigrama YH seja pronunciado como Yah (“Iá”). Em hieróglifos egípcios escritos com sinais vocálicos, o An Egyptian Hieroglyphic Dictionary, de autoria de E. A. Wallis Budge, assevera que o nome do ETERNO resumido é pronunciado como “YA” ou “IA”.

Logo, tem-se absoluta certeza de que o nome do Altíssimo começa com YAH (som de “Iá”).

Por tal razão, está incorreto o nome YEHOVÁ, pois se inicia com YE, e não com YAH. Também é errôneo o nome JEOVÁ, visto que: a) este se inicia com JE e não com YAH; b) não existe a letra “j” (jota) em hebraico, razão pela qual é impossível que o ETERNO fosse chamado pelos israelitas por meio de um som inexistente em tal idioma[9].

Após o estudo das duas iniciais letras do nome do ETERNO, acrescentaremos a terceira letra, W (ו), formando-se o trigrama YHW (יהו). Sabemos que as duas primeiras letras dão o som de YAH (“Iá”, em português). Ao acrescentarmos a terceira letra, qual a sonoridade obtida?

Existem vários nomes teofóricos na Bíblia em que consta o trigrama, o que nos dá a evidência de sua pronúncia.

Nome teofórico é o nome de uma pessoa formado pelo nome do ETERNO. Exemplos: 1) Yeshayahu (Isaías), é composto pelo prefixo “yesha” (salvação) e “Yahu” (nome do trigrama do ETERNO), daí, Yeshayahu (Isaías) significa que YAHU (o ETERNO) é a salvação; b) Yirmeyahu (Jeremias) provém do prefixo “Yirme” (ser exaltado) e “Yahu” (o nome do trigrama do ETERNO), denotando Yirmeyahu (Jeremias) que YAHU (o ETERNO) é exaltado.

Estes dois exemplos apontam que a pronúncia do trigrama (YHW) é YAHU[10]. Já que o “h” (letra hebraica hê) tem o som de “r”, YAHU se pronuncia em língua portuguesa como “Iáru”[11].

Há aproximadamente 60 personagens bíblicos que são designados pelo nome YAHU. Eis apenas alguns exemplos: Eliyahu (Elias); Abiyahu (Abias); Tobiyahu (Tobias); Uriyahu (Urias); Adoniyahu (Adonias); Malkiyahu (Malquias); Matityahu (Matitias/Mateus); Ataliyahu (Atalia); Ygdaliyahu (Jigdalias); Remalyahu (Remalias) etc. Todos estes nomes constam das Sagradas Escrituras e não existe dúvida entre os linguistas de que, nestes casos, o ETERNO é chamado de YAHU.

Destarte, à luz das Escrituras, percebe-se que o trigrama é pronunciado como YAHU (Iáru[12], em português). Não obstante, para ocultar o nome do ETERNO, consoante os motivos já expostos, os massoretas[13] passaram a transcrever as Escrituras hebraicas mediante o seguinte critério:

a) em toda a palavra iniciada pelo trigrama, foi substituído o nome correto YAHU pelo falso nome YEHO. Daí, o nome de Yahushua (“Josué”) foi transformado em Yehoshua;

b) quando o trigrama aparecia no final da palavra, foi mantida a forma correta (YAHU), tal como em Yeshayahu (Isaías), Yirmeyahu (Jeremias) etc.

Em síntese, os massoretas preservaram a correta pronúncia do nome YAHU quando este servia de sufixo, porém, quando tal nome vinha como prefixo, YAHU foi adulterado e substituído por YEHO. E por que esta alteração?

Porque os massoretas queriam manter o nome do ETERNO impronunciável, e o prefixo do trigrama, se recebesse os sinais vocálicos corretos, revelaria o correto modo de dizer. Para atingir tal escopo, criaram um nome falso com o intuito de tornar secreto o nome verdadeiro. Assim, pegaram as vogais do nome “ELOAH” (“Deus”) e a transplantaram para o tetragrama YHWH, gerando o incorreto nome YEHOVÁ. Acompanhe o processo:

a) ELOAH possui três vogais: E, O, A.

b) foram aplicadas as três vogais (E, O ,A) no tetragrama YHWH;

c) somando-se as consoantes YHWH com as vogais citadas (E, O, A), foi criada a palavra YEHOVA (YEHOVÁ é assim pronunciado em português: Ierová[14]);

d) daí, começou-se a divulgar e mentira de que o nome do ETERNO é YEHOVÁ.

Ao se criar o falso vocábulo YEHOVÁ, que consta até hoje dos textos em hebraico vocalizados, os massoretas conseguiram ludibriar as pessoas, ocultando o verdadeiro nome, em razão do falso mito de que o nome de YHWH não pode ser falado. Esta é a razão pela qual o nome de “Josué” está grafado erroneamente como YEHOSHUA, já que o YE de YEHOSHUA provém do YE de YEHOVÁ. Em verdade, o nome de Josué é YAHUSHUA.

Sobre as adulterações promovidas pelos massoretas, vale consultar o magistério do rabino James Trimm:

“O Texto Massorético transliterou todos os nomes que começam com o ‘trigrama’ (as três primeiras letras do Sagrado nome) como ‘Yeho’, porém, todos os nomes que terminam com o trigrama [foram transliterados] como ‘yahu’. Isto ocorreu porque os massoretas transplantaram as vogais do nome hebraico de ELOAH (“Deus”) para dentro do nome YHWH, formando a palavra YeHoWaH” (Hebraic Roots Version Scriptures, 2009, página 37).

Existe uma prova adicional de que o trigrama seja YAHU e não YEHO. A Bíblia Peshitta foi escrita em aramaico, língua que, além do hebraico, era de domínio de Yeshua e de seus discípulos. Esta versão das Escrituras foi usada pelos falantes de aramaico, ou seja, assírios, sírios e caldeus. No quarto século D.C, isto é, bem antes dos massoretas, foram criados sinais vocálicos para os textos em aramaico, e os nomes teofóricos não foram escritos como YEHO, o que comprova a incorreta substituição de YAHU por YEHO.

Se não bastasse, descobertas arqueológicas localizaram em Nippur antigos textos de Murashu, escritos em aramaico cuneiforme, datados de 464 a 404 A.C. Em tais manuscritos as palavras estão vocalizadas, e há inúmeros nomes teofóricos redigidos como YAHU, e em nenhum caso se encontra o nome YEHO (Patterns in Jewish Personal Names in the Babylonian Diasporia, M.D. Coogan; Journal for the Study of Judaism, Vol. IV, No. 2, p. 183f ).

Pois bem. Vimos que o bigrama (YH) se pronuncia como Yah (Iá) e o trigrama (YHW) como Yahu (Iáru[15]). Mas e o tetragrama? Qual é o som da letra faltante? Existem provas de que a pronúncia correta seja YAHUEH[16]?

Clemente de Alexandria (150 a 215 D.C) e um antigo papiro grego apontam que a quarta letra do nome sagrado é “E”. Daí, YAHU + E = YAHUE (em português: Iarué ou Iaruê; em inglês: Yahueh).

Ao analisar inúmeros manuscritos contendo o nome de YHWH, concluiu o rabino James Trimm que a pronúncia correta é YAHUEH[17], em concordância com os maiores especialistas sobre o tema:

“Está claro quando se examinam as muitas fontes que a pronúncia de YHWH pode ser recuperada como YAHUEH, por vezes abreviada como o YAHWEH[18], YAHU ou YAH. Isto é atestado pelos nomes Yahwíticos [teofóricos] do texto Massorético, da Peshitta aramaica e dos textos Murashu. A verdadeira pronúncia de YHWH também é preservada em antigas transliterações do nome escrito em hieróglifos egípcios, cuneiforme e grego, os quais foram escritos com vogais.” (Nazarenes and the Name of YHWH).

VII – CONCLUSÃO

À luz das Escrituras, extrai-se que o ETERNO revelou o seu nome a Moshé (Moisés) e ordenou que seu nome próprio fosse lembrado por todas as gerações e para sempre, sendo líquido e certo que os israelitas pronunciavam o nome de YHWH em situações do cotidiano, inexistindo qualquer proibição bíblica de dizer com reverência o nome sagrado.

O receio de se falar o nome de YHWH começou durante o cativeiro babilônico, e se tornou indizível e impronunciável por meio da equivocada decisão do judaísmo farisaico. Com o passar do tempo, o nome de YHWH caiu no esquecimento do povo. Contudo, o nome santo nunca deveria ter sido esquecido, porquanto o Tanach (Primeiras Escrituras) determina que seja lembrado, louvado e invocado o nome de YHWH.

Yeshua e os nazarenos conheciam a correta pronúncia do nome sagrado, e a restauração do verdadeiro nome deve ser buscada pelos nazarenos do século XXI, pois faz parte de previsões proféticas para o povo do ETERNO:

“Portanto, eu os farei conhecer,

de uma vez por todas, eu os farei conhecer minha força e meu poder.

Então eles saberão que meu nome é YHWH [Iarué/Iaruê].” (Yirmeyahu/Jeremias 16:21).

“Pois transformarei os povos, para que eles recebam lábios puros

para invocar o nome de YHWH [Iarué/Iaruê].” (Tz’fanyá/Sofonias 3:9).

“Por isso, meu povo conhecerá meu nome.” (Yeshayahu/Isaías 52:6).

“Pois eu lhes digo que vocês não me verão mais, até que digam: ‘Bendito o que vem em nome de YHWH [Iarué/Iaruê]’.” (Matityahu/Mateus 23:39).

“E YHWH [Iarué/Iaruê] reinará sobre toda a terra.

Naquele dia, YHWH [Iarué/Iaruê] será o único,

e seu nome será o único nome.” (Zecharyah/Zacarias 14:9).

[1] Nas traduções para a Língua Portuguesa, os tradutores substituíram o tetragrama YHWH pelo nome “SENHOR”, em letras maiúsculas.

[2] O Judaísmo chama YHWH de ADONAI, que significa “Meu Senhor”.

[3] HaShem é um eufemismo para o nome sagrado, denotando literalmente “o Nome”.

[4] Exemplo: quando um feiticeiro invoca seu “Deus”, este nome possui significado pagão. Quando um judeu temente ao ETERNO ora a “Deus”, tal prece não denota qualquer tipo de idolatria.

[5] Em hebraico, significa “O Nome”.

[6] Significa, na Língua Hebraica, “Meu Senhor”.

[7] Lembre-se que o “ru” tem o mesmo som da palavra “rua”.

[8] O “ru” tem o mesmo som da palavra “rua”.

[9] Aliás, a letra “j” (jota) também não existe em aramaico, siríaco antigo, grego e em latim. Tal letra foi criada recentemente, nos últimos cinco séculos.

[10] O som de “u” da palavra YAHU advém da letra waw (W), que pode receber tal som em hebraico.

[11] O “r” de “IÁRU” possui um som duro, como em “rua”, “rude”, “ruivo”; e não um som suave como “barato”, “camarada”.

[12] O “ru” tem o mesmo som da palavra “rua”.

[13] Os massoretas foram escribas responsáveis por transcrever e gerar cópias das escrituras sagradas durante os séculos VI a XI d.C. Já que a língua hebraica não possui vogais, apenas consoantes, os massoretas criaram vários sinais vocálicos para tentar preservar a pronúncia correta das palavras.

[14] O “r” de “Ierová” é duro, tal como em “carro”, e não flexível, como em “barato”, “caro”.

[15] O “ru” tem o mesmo som da palavra “rua”.

[16] Como já lecionado, em português as pronúncias possíveis do nome de YHWH, dependendo do sotaque, são: Iarué/Iaruê ou Iaué/Iauê.

[17] Em português: Iarué ou Iaruê.

[18] Aqui, a letra vav (W) tem som de “u”. Logo, YAHWEH produz o som de Iaué/Iauê.

Leia mais: http://www.judaismonazareno.org/…/yhwh%3a-o-nome-que-n%c3%…/

Tags: