Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Conceitos sobre a Ressurreição

Conceitos sobre a Ressurreição
Texto Básico: I Coríntios 15:12-26 // Verso Áureo: II Cor. 4:14

INTRODUÇÃO DA LIÇÃO
Muitos acreditam que são imortais e que após a morte passam para outro estágio onde seguem vivos noutra dimensão em um suposto paraíso intermediário. Outros entendem que serão trasladados imediatamente ao Céu ou a Nova Jerusalém Celestial onde viverão eternamente ou por um período, voltando para habitar a Terra. Tudo isto é resultado duma triste herança oriunda da moderna Babilônia com a qual estão comprometidos desde os seus primeiros dias de vida. Hoje, como cristão e seguidores da Palavra que somos, não conseguimos entender o que representa a ressurreição para os denominados evangélicos. Embriagados com a doutrina romana, igualmente defendem a imortalidade do homem, apregoando a existência de um ser paralelo, que entendem ser a alma ou espírito. Que este é liberado após a morte quando entra numa situação de gozo ou de sofrimento. Nesta condição, a ressurreição se torna perfeitamente dispensável e sem sentido para santos e perdidos. Num estado ou noutro, de certa forma já desfrutam seu galardão.

QUESTIONÁRIO
1. Ensinam as Escrituras haver um estado de consciência após a morte?
Não, muito pelo contrário, a Bíblia prova, com irrefutáveis provas que, após a morte, o homem dorme; fica totalmente inconsciente até a ressurreição da vida ou da condenação (Salmo 104:29; 146:4; 6:5; 115:17; Ecles. 9:5,10; João 11:11-14; Atos 13:36; I Cor. 15:18; I Tess. 4:13,14).

2. Qual é a diferença entre alma e espírito? Na morte, há diferença entre homens e animais?
Espírito do homem ou animal não é uma personalidade, mas tão somente um fôlego de vida; uma força vital dada por Deus. Esta força é impessoal e volta para Deus quando morremos. Se tratando dos homens, justos ou não, só é possível voltar a viver e a ter consciência, pela ressurreição. Alma é o resultado da união entre o corpo e o fôlego de vida. A Bíblia chama o homem ou animal vivo de alma vivente (Atos 15:45; Gên. 2:7; 1:20-24; 2:19; 23:8). Nós somos almas! Isto mesmo, não temos e sim somos almas viventes. Os animais também são almas viventes e têm espírito (Gên. 7:15,22; 9:10,16; Lev. 11:46; Núm. 31:28). Como sucede com os homens, o espírito ou fôlego dos animais, na morte, também voltam para Deus (Ecles. 3:19-21; 12:7). O que nos difere dos animais é que somos racionais; somos imagem de Deus e temos a promessa da ressurreição. Sendo almas, todos são mortais: Ezeq. 18:4; Lev. 23:30; 24:18; Salmo 22:29; Juízes 16:30; Atos 2:27; 3:23; Tiago 5:20; Apoc. 16:3.

3. Qual é a importância da ressurreição para o povo de Deus?
Se não houver ressurreição estaremos definitivamente perdidos (I Cor. 15:13-19; Atos 17:31; 24:15) . No pó se acabará totalmente nossa esperança de vida eterna.

4. Que religiões e doutrinas tendem a anular a ressurreição?
A doutrina imortalista torna desnecessária a ressurreição. Se o crente já entra no gozo da vida eterna e está consciente após a morte, para que lhe servirá a ressurreição? Que necessidade tem de um corpo? O catolicismo prega uma redenção após a morte, por esforços humanos, capazes de redimir um pecador perdido. Muitas religiões pregam a reencarnação onde, por sucessivos nascimentos, o homem chega a um estado de pureza. Outras, de procedência oriental, ensinam que obras e uma vida monástica, levam a pessoa à perfeição. Ora, se o homem por seus próprios esforços pode chegar a um estado de pureza, o sangue de Cristo foi derramado em vão e não precisamos de ressurreição. Note que todas ou a maioria destas religiões crê na imortalidade da alma e num estado de consciência após a morte. Interessante, não?

5. Haverá mesmo uma ressurreição física, corporal? Como as chamadas testemunhas de Jeová entendem a ressurreição?
Em se tratando da recompensa futura de todos os homens, a ressurreição é realmente física. Tanto justos quanto ímpios sairão dos sepulcros (João 5:28,29; Dan. 12:2). Os justos, para a vida eterna, na vinda de Jesus e os injustos, mil anos depois, para juízo e morte eterna (Apoc. 20:5,6). O corpo dos salvos será transformado. Será de natureza semelhante aos anjos; imortal, perfeito, incorruptível e espiritual; mas será um corpo (I Cor. 15:42-54). Os russelitas não acreditam numa ressurreição física. Dizem que Jesus tomou um outro corpo e que o corpo que tinha anteriormente, desapareceu. Pregam ainda que os 144 mil que estão morrendo, passam por uma ressurreição espiritual e vão imediatamente para o Céu, de onde reinam com Jesus desde 1914. Quem não crê em ressurreição física, não crê em ressurreição!

6. Quem foi o primeiro a ressuscitar dentre os mortos, para a vida eterna? Existe algum justo dentre os servos de Deus, já no gozo da salvação?
Jesus foi o único e o primeiro a ressuscitar para a vida eterna: “Isto é, que o Cristo devia padecer, e, sendo o primeiro da ressurreição dos mortos…” (Atos, 26:23). Os santos mortos só ressuscitarão na Sua vinda e todos aguardam este momento no pó da terra (I Cor. 15:22,23; João 5:28). Antes e depois dEle, houve ressurreição, mas todos voltaram a morrer depois de algum tempo: O menino ressuscitado por Elias (I Reis 17:22), o filho da sunamita (II Reis 4:32-36), o homem sobre os ossos de Eliseu (II Reis 13:20,21), o filho da viúva de Naim (Luc. 7:11-15), a filha de Jairo (Marcos 5:39-42), Lázaro (João 11:38-45), os santos, na morte de Jesus (Mat. 27:52), Tabita (Atos 9:36-41)e o jovem Êutico (Atos 20:7-12).. Ninguém, além de Cristo, está vivo e consciente desfrutando a vida eterna. Nem Moisés, Enoque Elias ou Davi (Heb. 11:5,13,39,40). Todos esperam dormindo nos sepulcros, o grande momento de se juntar ao santos na vinda do Messias.

IDSD

Tags: