Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Deus habitará novamente no meio de Israel

Deus habitará novamente no meio de Israel

DEUS VOLTARÁ E HABITARÁ NO MEIO DO POVO DE ISRAEL NOVAMENTE (Durante mil anos)

Deus é Espirito (Núm.11-29, S. João 4-24, Dan.2-11). Deus sendo Espirito, Ele não precisa de uma casa ou templo para a sua habitação, assim como os homens, porque a morada de Deus não é com a carne (Dan.2-11). Deus habita em uma luz Divina inacessível aos olhos humanos (1Timoteo 6-16). Vejam então, que Deus não precisa de uma casa ou templo feito pelas mãos dos homens para a sua habitação. Em 1Reis 8-27, vemos que Deus não habita na terra, Ele só tem um lugar que chamamos de Templo, onde Deus recebe a gloria, o louvor e a honra dos seus filhos. Um local de referência para os homens aqui na terra e um local para que os irmãos possam se ajuntarem para louvarem e adorarem a Deus. Deus não habita na terra, Ele só tem um local para a habitação do seu nome entre os homens, conforme vemos em 2Crônicas 6-18 e o local escolhido por Deus aqui na terra, para que o seu nome venha a habitar entre os homens é a cidade de Jerusalém, na terra de Israel (Neemias 1-11, 2Crônicas 6-6, 1Reis 9-3, 1Reis 8-29, Sal.26-8).
Sabemos que o povo de Israel é um povo formado por Deus e está ligado a Deus para lhe servir de nome, louvor e gloria, conforme vemos em Jeremias 13-11. Vejam que Deus escolheu o povo de Israel para lhe servir de nome, louvor e gloria entre todas as nações do mundo, isto é, através do povo de Israel, a força e o poder de Deus podem ser manifestados para todas as nações do mundo. Israel tinha que glorificar e Santificar o seu Deus e a forma de Israel glorificar e Santificar o seu Deus, era seguindo toda a sua Lei e Mandamentos na terra de Canaã. Como está escrito em Romanos 1-21, que o povo de Israel conheceu a Deus e não o glorificou e Santificou como Deus, na terra de Canaã. Veja então, que Deus tirou o povo de Israel do Egito onde estava como escravo e deu uma boa terra para Israel, para que o povo de Israel lhe servisse de nome, louvor e gloria, perante os olhos de todo o mundo. Israel tinha que seguir a Lei e Mandamentos de Deus na terra de Canaã para que Israel se tornasse um povo santo, para que Israel pudesse glorificar e Santificar o nome de Deus perante os olhos de todas as nações do mundo. Israel entrou na terra de Canaã, com o passar das gerações, logo o povo de Israel virou as costas para o seu Deus e para a sua Lei (1Reis 14-9, Nee.9-26, 2Crô.29-6, Sal.50-17, Jer.2-27, Jer.32-33, Ez.8-16, Ez.23-35), e com isso, Israel conheceu o seu Deus e não o glorificou e Santificou como Deus (Romanos 1-21), mas Deus zela pelo seu nome e pelas suas palavras para que tudo o que saiu da sua boca seja cumprido aqui na terra. Deus zela pelas suas palavras e pelo seu nome, conforme vemos em: Isaías 34-16, Jer.1-12, Ez.12-28, Ez.17-24, Is.37-32, Is.37-35, Is.46-10, Jer.14-21, entre muitas outras mais. Se Deus zela pelas suas palavras e nome conforme vemos em várias passagens e se o povo de Israel conheceu o seu Deus e não glorificou e Santificou como Deus (Romanos 1-21), então, Deus ainda virá para ser glorificado e Santificado no resto do povo de Israel, conforme vemos em 2TESSALONICENSES 1-10, onde Paulo fala: QUANDO VIER PARA SER GLORIFICADO NOS SEUS SANTOS, isso quer dizer que, Deus ainda virá para ser glorificado e Santificado no resto do povo de Israel. Quando Paulo fala que Deus vai voltar para ser glorificado nos seus santos, esses santos aqui falado pelo Paulo (2Tess.1-10), esta se referindo ao povo de Israel, mas para que Deus seja glorificado e Santificado no resto do povo de Israel, Deus tem que restaurar o povo de Israel e Deus não vai restaurar o povo de Israel por merecimento do povo e nem pela justiça praticada pelo povo de Israel, porque Israel não praticava justiça (Is.5-7, Is.59-14, Jer.5-1, etc.), mas sim, Deus restaurará o povo de Israel por amor e zelo do seu nome e pelas suas palavras, conforme vemos em Ezequiel 36-22 e Ezequiel 36-32, assim como o povo de Israel recebeu a terra de Canaã não por merecimento e justiça, mas sim, pela promessa de Deus feita a Abraão (Deut.9-6).
Quando o povo de Israel saiu do Egito e andava pelo deserto, Deus habitava em um Tabernáculo no meio do povo de Israel (Êxodo 25-8, Êxodo 40-38, Levítico 26-11 etc.), cujo Tabernáculo tinha uma nuvem de dia e uma coluna de fogo a noite (Êxodo 40-38). Após Israel entrar na terra de Canaã, Salomão constrói o Templo (Casa) de Deus (1Reis 6-7, 1Reis 7-51, 1Reis 8-6 etc.) e a gloria de Deus passa a habitar dentro do seu Templo, feito pelo rei Salomão, e com isso, Deus habitava no meio do povo de Israel, conforme as passagens: Êxodo 29-45, Êxo.49-26, Levítico 9-23, Lev.26-11, Lev.26-12, Números 5-3, Núm.11-20, Núm.14-14, Núm.16-3, Núm.35-34, Deut.5-4, Deut.6-15, Deut.7-21, Deut.23-14, Josué 22-19, Jos.22-31, 1Sam.4-3, 1Reis 6-13, 2Crô.6-6, 2Crô.33-4, Esdras 6-12, Nee.1-10, Sal.22-3, Sal.26-8, Sal.46-5, Sal.68-7, Sal.74-7, Sal.78-60, Sal.99-7, entre outras mais. Mas para que Deus continuasse habitando no meio do povo de Israel, livrando o povo dos seus inimigos, o povo de Israel deveria guardar e seguir a Lei e Mandamentos de Deus na terra de Canaã, coisa que não aconteceu, porque o povo de Israel virou as costas para o seu Deus e para a sua Lei, conforme vemos as passagens: 1Reis 14-9, Neemias 9-26, 2Crônicas 29-6, Sal.50-17, Jer.2-27, Jer.32-33, Ez.8-16, Ez.23-35. Vejam então, que não foi Deus que abandonou o povo de Israel, mas sim, o povo de Israel que abandonou o seu Deus que os tirou da terra do Egito. Hoje esta se cumprindo a profecia de Oséias 3-4, onde fala que o povo de Israel ficará por muitos dias sem Rei e sem oferecerem sacrifícios de animais a Deus, já que hoje Israel não tem um Rei descendente de Davi sentado sobre o seu trono e reinando na terra de Israel, e hoje também Israel não esta oferecendo sacrifícios de animais a Deus, porque o Templo do Senhor em Jerusalém esta destruído, e os sacrifícios só podem serem oferecidos no Altar de Deus, que ficava dentro do seu Templo, em Jerusalém, e com isso, hoje se cumpre a profecia de Oséias 3-4, mas logo em seguida, em Oséias 3-5, fala: DEPOIS TORNARÃO OS FILHOS DE ISRAEL (Jacó) e buscarão o seu Deus, NO FIM DOS DIAS, isto é, no milênio da restauração do povo de Israel, já que Deus vai restaurar o povo de Israel, não por justiça e merecimento de Israel, mas sim, por amor e zelo pelo seu nome e pelas suas palavras (Ezequiel 36-22, Ez.36-32).
Sabemos que Deus está em todas as partes e habita no espaço infinito, mas acabamos de vermos em varias passagens que Deus habitava no meio do povo de Israel. Vejam que Deus habitava no meio do povo de Israel, a Bíblia não fala que Deus habitava no meio do Egito, não fala que Ele habitava na Síria ou em quaisquer outros países que existiam naquela época, mas sim, DEUS HABITAVA NO MEIO DO POVO DE ISRAEL, eu quero dizer com isso, que Deus AINDA VOLTARÁ PARA HABITAR NO MEIO DO POVO DE ISRAEL, COMO ANTIGAMENTE, durante o milênio da restauração, os mil anos em que o Senhor Jesus estiver reinando aqui na terra (Apoc.20-6), após as tribulações e assolações do apocalipse. Quer as provas que Deus habitará novamente no meio do povo de Israel? Vejam então: Isaías 2-2, Is.4-5, Is.12-6, Is.45-14, Is.46-13, Is.52-8, Is.60-1, Is.60-2, Is.60-14, Is.60-19, Is.66-22, Jer.3-17, Jer.14-9, Jer.30-20, Ez.37-27, Ez.37-28, Ez.39-7, Ez.43-7, Ez.43-9, Joel 2-27, Joel 3-17, Joel 3-21, Sofonia 3-15, Zac.1-16, etc. Em muitas passagens, Deus fala que habitará no meio de Jerusalém, tais como: Zacarias 8-3, Zac. 2-10, Zac.2-11, Joel 3-17, se Deus estará habitando no meio de Jerusalém, automaticamente Ele estará habitando no meio de Israel, na terra de Israel. A Bíblia fala muito de Jerusalém, porque ela é a capital, ela representa todo o povo de Israel, dou um exemplo: Em Isaías 1-25, Deus fala que vai purificar Jerusalém de todas as suas maldades e injustiças, aqui Deus esta falando de Jerusalém, mas se refere a todo o povo de Israel, porque ela é a capital e representa todo opovo de Israel, então, quando Deus fala que vai voltar e habitar no meio de Jerusalém (Zac.2-10, Zac.2-11, Zac. 8-3 etc.), Ele esta falando que habitará no meio do povo de Israel como Ele habitava antigamente.
Em Zacarias 8-22, vemos uma profecia que ainda acontecerá em cima desta terra, onde fala que todos os povos e nações irão para Jerusalém buscarem o Senhor, que é a mesma profecia de Zacarias 14-16 a 18, onde fala que de todas as nações que restarem de todo o mundo, subirão de ano em ano para adorarem ao Senhor, levarem presentes e celebrarem a festa das cabanas ou tendas (Zac.14-18). O povo de Israel, desde a saída do Egito, por mais de quarenta anos, habitavam em cabanas, chamadas de tendas também, e quando Israel habitava em tendas (2Samuel 7-6), Deus habitava em um Tabernáculo feito por Moisés (Êxo.25-8), e por esse motivo que, uma vez por ano, todo o povo de Israel, segundo a Lei dada através de Moisés, tinha que ir uma vez por ano até Jerusalém, para celebrar a festa das cabanas ou tendas, chamada de festa do Tabernáculo também, isso porque o povo de Israel habitava em tendas e Deus habitava no Tabernáculo feito por Moisés (Êxo.25-8), sendo que na celebração desta festa, o povo de Israel tinha que habitar por sete dias em tendas (Levítico 23-42, Neemias 8-14). As festas das tendas eram para recordar a saída do povo de Israel da terra do Egito (Levitico 23-43). Em Deuteronômio 16-13, vemos Moisés mandando o povo de Israel guardar as festas dos Tabernáculo ou das tendas. Em Neemias 8-16, vemos que o povo de Israel fazia cabanas ou tendas para celebrar a festa ordenada por Deus, segundo a Lei dada através de Moisés.
Conforme acabamos de Vermos, quem tinha que celebrar as festas das cabanas ou do Tabernáculo era o povo de Israel, porque foi o povo de Israel que saiu da terra do Egito e habitou por mais de quarenta anos, desde a saída do Egito em tendas (2Sam.7-6, 1Crôn.17-5), as nações e povos estrangeiros, os não descendentes de Israel, chamados de gentil também, não tinham e nunca teve a obrigação de celebrarem as festas das cabanas, mas sim o povo de Israel, já que toda a Lei dada através de Moisés foi dada ao povo de Israel seguir na terra de Canaã. Eu estou pegando as festas das cabanas ou Tabernáculo como exemplo, para conferir com o que o Senhor Jesus falou em Mateus 5-18, onde Ele fala que o céu e a terra não passarão até que toda a Lei dada através de Moisés seja toda cumprida, sem cair um jota ou um til da Lei (Mat. 5-18), e em Zacarias 14-16 a 18, vemos a profecia do Senhor Jesus (Mat.5-18) se cumprindo, isso porque, de Zacarias 14-16 a 18, vemos que, dos que restarem de todas as nações (Zac.14-16), após as tribulações e assolações do apocalipse, subirão de ano em ano para adorarem ao Senhor em Jerusalém (Zac.14-16), que será a nova Jerusalém, para celebrarem as festas das cabanas (Zac.14-18). Vejam que, de Zacarias 14-16 a 18, vemos que todas as nações do mundo irão de ano em ano para Jerusalém, assim como todo o povo de Israel fazia no passado, o sacrifício anual (1Sam.1-7 e 20), para adorarem ao Senhor e celebrarem as festas das cabanas. As nações de todo o mundo nunca celebraram as festas das cabanas, no céu não terão festas das cabanas para serem celebradas, mas se esta escrito, porque isso é uma profecia que ainda acontecerá em cima desta terra, após as tribulações e assolações do apocalipse, durante o milênio da restauração, os mil anos em que o Senhor Jesus estiver reinando aqui na terra (Apoc.20-6), os mil anos em que o satanás estará preso (Apoc.20-2 e 3). Se todas as nações subirão de ano em ano para a Jerusalém, que será a nova Jerusalém, para adorarem ao Senhor e levarem presentes, a honra e a gloria, conforme vemos em Apocalipse 21-26, Zacarias 14-14, Ageu 2-7, Is. 60-13, Is.60-16, entre outras mais, é por isso que em Isaías 60-11 e Apocalipse 21-25, fala que as portas da nova Jerusalém não se fecharão de dia e nem de noite, para receber as riquezas de todas as nações. Se dos que restarem de todas as nações subirão de anos em ano para adorarem ao Senhor (Zacarias 14-16 a 18), e as nações levarão a honra, a gloria e riquezas para a nova Jerusalém (Apoc.21-26, Apoc.21-24, Zac.14-14, Ageu 2-7, Is.60-5, Is.60-11, Is.60-13, Is.60-16, etc.), isso é mais uma grande prova, que DEUS ESTARÁ HABITANDO NO MEIO DO POVO DE ISRAEL, durante o milênio da restauração, os mil anos em que o Senhor Jesus estiver reinando aqui na terra (Apoc.20-6), os mil anos em que o satanás estará preso (Apoc.20-2 e 3).
Em Zacarias 8-23, vemos que dez homens de todos os povos e nações, e de todas as línguas, pegarão na roupa de um judeu (tribo de Judá), para irem junto para Jerusalém, porque eles ouviram falarem que Deus estará no meio do povo de Israel, durante o milênio da restauração, estará se cumprindo a profecia de Isaías 2-2, onde fala que nos últimos dias, que são os dias do milênio da restauração, os últimos mil anos restantes aqui na terra, que será a nova terra (Apoc.21-1, Is.65-17), a Casa do Senhor, o seu Templo, será estabelecido no monte Sião (Is.2-2), e todas as nações concorrerão ao Templo do Senhor. Em Isaías 2-2, fala que a Casa do Senhor será estabelecida no monte Sião. O monte Sião fica em Jerusalém, na terra de Israel, e em Miqueias 4-1, também fala que nos últimos dias (milênio da restauração), a Casa do Senhor será estabelecida no monte (Sião).
A nova Jerusalém que descerá do céu (Apoc.21-2 e 3), será habitada no seu lugar, isto é, será habitada no lugar da velha e atual Jerusalém, conforme vemos em Zacarias 14-10, onde fala que Jerusalém (a nova) será habitada no seu lugar, no monte Sião, na terra de Israel, durante mil anos.
Em Apocalipse 21-2 e 3, vemos a nova Jerusalém vinda do céu para a terra, para junto com os homens, vejam que, não esta indo nada da terra para o céu, mas sim, vem do céu para a terra, para junto com os homens (Apoc.21-2 e 3). A nova Jerusalém que vem do céu para a terra é chamada de Tabernáculo de Deus com os homens (Apoc.21-3), e em Ezequiel 37-27, vemos o Tabernáculo de Deus, que é o mesmo Tabernáculo de Apoc.21-3, que é a nova Jerusalém, no meio do povo de Israel. E as nações saberão que Eu Santifico Israel (Israel ainda será Santificado e purificado) e o meu Santuário estará no meio de Israel (Ezequiel 37-38), e OLHO A OLHO VERÃO QUANDO O SENHOR VOLTAR A SIÃO para reinar, e com isso, Deus habitará no meio do povo de Israel, durante o milênio da restauração, conforme as passagens: Sal,68-29, Is.2-2, Miq.4-1, Is.4-5, Is.12-6, Is.45-14, Is.46-13, Is.52-8, Is.60-1, Is.60-2, Is.60-14, Is.60-19, Is.66-22, Jer.3-17, Jer.14-9, Jer.30-20, Ez.37-27, Ez.37-28, Ez.39-7, Ez.43-7, Ez.43-9, Ez.48-35, Joel 2-27, Joel 3-17, Joel 3-21, Sof.3-15, Joel 3-17, Za.1-16, Zac.2-5, ZXac.2-10, Zac.2-11, Zac.8-3, Zac.8-8, Zac.8-22, Zac.8-23. Quando Deus fala que habitará no meio de Jerusalém, que será a nova Jerusalém, aqui Deus estará habitando no meio do povo de Israel. Quando vemos que dez homens de todas as nações e línguas pegarão na roupa de um judeu (tribo de Judá) para irem em Jerusalém, na terra de Israel, conforme vemos em Zacarias 8-23, isso é porque Deus estará habitando no meio do povo de Israel. Quando vemos de Zacarias 14-16 a 18, que todos os povos e nações que restarem, após as tribulações e assolações do apocalipse, terão que irem de ano em ano para a Jerusalém, que será a nova Jerusalém, para adorarem ao Senhor. Todas essas passagens, entre outras muitos mais, são grandes provas, que Deus estará habitando novamente no meio do povo de Israel, durante o milênio da restauração. Se Deus estará habitando novamente no meio do povo de Israel, então, o povo de Israel habitará diante da face do Senhor, durante o milênio da restauração, conforme vemos as passagens: Sal. 102-28, Is.2-5, Is.66-22, Jer.30-20, Jer.31-36, Ez.39-29, Ez.46-9. Como fala em Jeremias 31-36, se você mudar as ordenanças do céu, para que o sol não brilhe, a noite não venha, o povo de Israel deixará de ser um nação DIANTE DA FACE DO SENHOR, durante o milênio da restauração, isto é, Deus deixará de restaurar o povo de Israel.
Acabamos de vermos que, nada está indo da terra para o céu, mas sim, Deus esta vindo do Céu para a terra, para junto com os homens, através do seu Tabernáculo, que é a nova Jerusalém, que vem do céu para a terra, conforme vemos em Apocalipse 21-2 e 3. Vai existir o arrebatamento para o céu sim, vamos morar no céu, na vida eterna e Espiritual sim, conforme o Senhor Jesus falou em Marcos 12-25, Mateus 22-30 e S.joão 14-2, mas antes de acontecerem tais coisas, Deus fará grandes maravilhas em cima desta terra, tal como, acabamos de vermos, que Deus voltará e habitará novamente no meio do povo de Israel, assim como Ele habitava antigamente, durante o milênio da restauração, os mil anos em que o Senhor Jesus reinará aqui na terra (Apoc.20-6), os mil anos em que o satanás estará preso (Apoc.20-2 e 3), para que todas as nações do mundo, fiquem livre o satanás e dos seus anjos, durante mil anos, mil anos de paz e sem guerra no mundo, conforme as passagens: Salmos10-18, Salmos 68-30, Provérbios 1-33, Isaías 2-4, Isaías 14-7, Isaías 16-4, Isaías 60-18, Ezequiel 39-9, Miqueias 4-3, Oséias 2-18, Zacarias 9-10. somente os inimigos de Deus e inimigos da verdade para quererem esconderem tais maravilhas que Deus fará em cima desta terra, conforme vemos na Sagrada Escritura.
E-mail: bentomaringa@bol.com.br – Bento Bevilacqua

Tags: