Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
RESPEITO, FUNDAMENTAL PARA TODO BOM RELACIONAMENTO

RESPEITO, FUNDAMENTAL PARA TODO BOM RELACIONAMENTO

“Então disse Eliseu: Vive o Senhor dos Exércitos, em cuja presença estou, que, se eu não respeitasse a presença de Josafá, rei de Judá, não olharia para ti nem te veria” (2 Rs 3.14).

O bom relacionamento tem como ponto de partida o respeito, quando nos relacionamos bem com os nossos semelhantes esse substantivo masculino está em plena ação, pois apreço, consideração e afetos estão inseridos neste argumento. Deus formou o homem para que ele vivesse em harmonia e em amor com o próximo, mas infelizmente os valores que geram estão desaparecendo da conjuntura social. O amor, respeito e consideração mútua são fundamentais para a manutenção de uma amizade respeitosa. Ponderaremos sobre os efeitos desses valores na sociedade e principalmente no seio cristão. Tomamos como exemplo o texto expresso acima para mostrar dois tipos de relacionamentos (2 Rs 3.14).

Atitudes que causam maus relacionamentos

A falta de amor, incompreensão, orgulho, discórdias e alianças contraditórias, são como divisórias entre as pessoas que desejam se relacionar bem. Eliseu reprovou a aliança entre Jorão e Josafá (2 Rs 3. 10-14), pois o rei de Israel não levava em consideração os profetas do Senhor, da mesma forma era o relacionamento entre Micaias (reprovou a aliança), de Acabe e Josafá (I Rs 22.1-4, 7-9). Às vezes somos odiados porque não aceitamos aquilo que é reprovado pelo Senhor, Micaias foi barbaramente castigado por causa da verdade (1 Rs 22.27). Com ideias colidentes são impossíveis de se manter relacionamentos “perfeitos”. “Andarão dois juntos se não estiverem de acordo?” (Am 3.3).

Excepcionalmente o ser humano está cada vez mais perdendo o sentimento religioso e conseqüentemente o respeito ao próximo, de tal maneira que alcançou a todos os seguimentos da sociedade, seja social, política e religiosa. As pessoas pensam somente em si, a maledicência está arraigada no coração, isso se agrava a cada dia que passa, pois o próprio Jesus testificou dessa situação quando pregava sobre o fim dos tempos “Por se multiplicar a iniqüidade o amor de muitos esfriará” (Mt 24.).

No terreno espiritual não pode haver comunhão entre duas pessoas a não ser que ambas compartilhem as mesmas verdades espirituais (2 Co 6.14), da mesma maneira não podemos ter qualquer relacionamento e comunhão com Deus sem aceitarmos a sua palavra, Deus é luz, se temos comunhão com ele, podemos ter uns com os outros. (I Jo 1.5,7).

As divergências sejam religiosas ou quaisquer outras sempre irão existir, o que não deve acontecer é o fanatismo que leve o indivíduo a desconsiderar os seus semelhantes, mas devemos respeitar as diferenças e as escolhas feitas por cada um (Rm 14.12), entretanto amar uns aos outros não significa compartilhar das mesmas atitudes que comprometam muitas vezes a moralidade do indivíduo e da sociedade, não aceitar ou concordar com algumas práticas não significa ser preconceituoso, mas é expressar a sua própria concepção mediante os fatos (Rm 12.2; I Pe 1.14; I Jo 2.15).

Atitudes que promovem bons relacionamentos

Amor ao próximo, compreensão, compatibilidade nas ideias, humildade e perdão são valores que agenciam bons relacionamentos, mas é fundamental saber administrar as diferenças para se ter amizades afetuosas e duradouras, embora exista pessoas que não saiba fazer amizades, muito menos cultivar. O amor é fator primordial para perdoar, quem pouco ama, pouco perdoa (Lc 7.47). A humildade faz compreender o quanto é importante a amizade, ela faz com que as pessoas sintam que as outras sejam tão importantes quanto elas (Fp 2.3).

O respeito é fundamental para um bom relacionamento, quando não respeitamos estamos simplesmente detratando o nosso semelhante, e certamente as conseqüências surgirão. O respeito é questão de educação e reconhecimento dos valores morais. É necessário entender o quanto o ser humano é valioso para nós. A relação entre Elizeu e Jorão não eram nada boa, pois Jorão não tinha nenhum respeito pelos homens de Deus, da mesma forma acontecia de Acabe para com Micaias (2 Rs 3.14; I Rs 22.27).

Pr. Elis Clementino – Itapissuma/PE – Brasil

Tags: