Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Jesus FOI SUBMISSO

Jesus FOI SUBMISSO

ELE SE FEZ CARNE. POR ISSO QUE FOI SUBMISSO?
Durante toda a vida de Jesus ele demonstrou plena submissão e obediência ao Pai. A dependência e a necessidade de ajuda divina para vencer prova o quanto que o Filho era inferior a Deus enquanto estava andando nas ruas empoeiradas da Galileia. Isso não é ponto de vista, mas fato observado em todos os Evangelhos. Até aqui não há problema, pois como a maioria das pessoas creem, ele estava como homem na terra. Alguns cristãos creem que a aparente humildade e submissão do homem de Nazaré vem do fato de ele ter deixado sua divindade e tornado homem comum como qualquer outro. Mas que, após a vitória sobre a morte, ele teria subido ao céu e ocupado sua posição de Deus novamente, sentando no trono do Pai e Governando o mundo. Dentro dessa teologia, Pai e Filho se equiparam em Glória e Poder merecendo inclusive a mesma adoração. Além do mais, aceitar que Jesus é submisso é aceitar que ele não é Deus, pois todos sabem que um Deus jamais se submete a ninguém. Qualquer marca de inferioridade do Filho, fora do contexto em que ele viveu aqui, em relação ao Pai, deitaria por terra a doutrina da trindade.

Porém, será que na Bíblia há marcas que indicam alguma inferioridade ou alguma submissão de Jesus mesmo depois que ele subiu ao céu? E se houver?

O grande entrave que impede a maioria das pessoas de não perceberem a verdade é falta de conhecimento sobre Deus e sobre Jesus Cristo. Não é de se admirar que o próprio Jesus falou que a vida eterna era conhecer o Pai como único e Verdadeiro Deus e conhecer ele mesmo como o enviado de Deus João 17:3, ou seja, se eu não sei o que significa Deus, qual é sua posição no Universo, qual é sua natureza, sua grandeza, se eu também não sei o que Deus jamais poderia ser ou que posição um Deus jamais poderia estar, ficará muito difícil de eu captar os sentidos que a Bíblia me apresenta, pois conhecer o Deus de Israel, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e Jacó é essencial, caso contrário vamos continuar confusos no meio a tantos versos e textos que fora do contexto realmente confundem.

Por isso, a Bíblia apresenta quatro fundamentos teológicos que não nos deixa errar quanto a posição de Jesus em relação ao seu Pai. Primeiro, Jesus é o homem exaltado de Deus no céu. Ele, Cristo, sentou à direita de Deus, tornou-se mediador e Sacerdote da Majestade Hebreus 1:3,4. I Timóteo 2:5 Hebreus 9:11. Se isso não é demonstrar inferioridade de posição, o que seria então? Você viu por que é importante conhecer o Altíssimo? Amigo e irmão, dentro da teologia israelita, um Deus jamais pode ter um cargo de mediador ou de Sacerdote e ser Deus ao mesmo tempo! Ou é Deus ou mediador de Deus!

Segundo, Jesus Cristo tem “um cabeça”. Veja o que Paulo diz: “Cristo é o cabeça de todo homem” você entendeu o que ele quis dizer aqui não? Que quem Governa o homem é Cristo, certo? Pois bem, vamos para o outro verso ” o homem é o cabeça da mulher” embora muitas mulheres não aceitam esse verso, mas está claro o sentido, o homem governa a mulher. Percebeu a hierarquia? Pois bem, vamos lá, continuando com o verso ” DEUS é o cabeça de Cristo” 1 Coríntios 11:2. Será que mesmo com um verso tão claro desse ainda haverá alguém que ainda continuará dizendo que Jesus é tão Deus quanto ao Pai? O que está subtendido nesse verso? Que o Filho depende da vontade do Pai! Não é inferioridade de posição? Um Deus tem algum “cabeça” que o comanda? Claro que não né…

Terceiro, Jesus tem um Deus! “Ao vencedor, fá-lo-ei coluna no santuário do MEU DEUS, e daí jamais sairá, e gravarei também sobre ele o nome do MEU DEUS, o nome da Cidade do MEU DEUS, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte do MEU DEUS” Apocalipse 3:12. Meu querido, se formos considerar a teologia moderna e trinitariana como verdadeira, iremos cair em uma contradição teológica feia. Primeiro, Jesus seria Deus igual que o Pai, mas considera o Pai como seu Deus. Nós sabemos que o que está implícito quando uma pessoa diz que tem um Deus é que ela adora e presta culto a esse Deus, ou seja, Jesus como um Deus prestaria culto ao seu Pai, e na verdade ele presta culto, uma vez que ele é Sacerdote e é isso que um Sacerdote faz em um Santuário, oferece o incenso na forma de adoração por ele e pelo povo, o que não dá para aceitar é um Deus prestar culto a outro Deus. Já pensou que confusão teológica seria isso? Veja que absurdo teológico a doutrina diabólica da trindade trouxe, que o deus-Jesus presta culto a Deus, que Babilônia!!! Entendeu porque jamais um judeu ortodoxo se converteria ao cristianismo moderno? Enquanto nos dias de Paulo centenas de milhares de judeus viam na fé cristã uma doutrina que expandia e esclarecia o próprio judaísmo, hoje a fé, além de se distanciar do antigo israel, abraça elementos do paganismo. Atos 21:20 Imagine um judeu que crer no Deus único de Israel aceitando a fé cristã e aceitando que, na nova teologia, deus tem um Deus, esse judeu se suicidaria! E pior, que Deus agora é homem!! É homem e é Deus? É o Hércules?

E por último, depois que Cristo reinar mil anos, ele se sujeitará ao Pai. “Quando porém todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então o próprio Filho também se SUJEITARÁ AQUELE que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.” I Coríntios 15:24-28 Você viu? O verso 27 diz que quando se fala que todas as coisas serão sujeitas ao Filho não deve incluir o Pai, o Pai não pode se sujeitar ao Filho, só que no seguinte verso diz que o Filho de Deus se sujeitará ao Pai para que Deus seja tudo em todos. Tem certeza que Jesus só foi submisso ao Pai quando estava aqui na terra? Esse texto está apontando para quando?

Assim, meu amado, por que você acha que as revelações de Apocalipse seguem a seguinte ordem: Deus, Jesus e o anjo? Apocalipse 1:1-3. Por que não foi Jesus que entregou a revelação a Deus e depois ao anjo? Imagine essa ordem, o anjo entrega a revelação a Jesus e Jesus a Deus e Deus aos seus servos, o que você acha dessa ordem? E por que a adoração, feita pelos seres viventes e pelos vinte e quatro anciãos, não começa por Jesus que estava em pé na frente do trono, mas começa por Aquele que estava sentado no Trono? Apocalipse 4 e 5 Sabe por que? Por que há hierarquia no céu, querido, e nessa hierarquia o Pai é infinitamente superior ao Filho e a qualquer outra criatura no céu ou na terra! “Pois quem nos céus é comparável ao Eterno? Entre os seres celestiais, quem é semelhante ao Altíssimo?” Salmo 89:6. Qualquer teologia que aponta qualquer outro ser como digno da mesma Glória, lança os fundamentos da idolatria. Talvez se muitos conhecessem o Pai e soubessem o que significa ser “Deus” não ficariam tentando pegar textos desconexos para provar uma trindade ou uma duidade que não existe nas escrituras. Não teríamos que escutar coisas absurdas do tipo ” Ele é Deus e homem ao mesmo tempo” “Ele é Deus e Deus morreu” Ele é Deus e Deus teve mãe e Pai”. Deus é UM, o Pai, e temos um só caminho, um só meio para se chegar a esse Deus que é o seu ungido, aquele que o Próprio Pai exaltou entregando todas as coisas em suas mãos, o que passar disso é maligno.

Tags: