Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Jesus não ressuscitou num domingo

Jesus não ressuscitou num domingo

QUESTIONÁRIO
1. Que pediram a Jesus os escribas e fariseus, para provar Sua messianidade?
Mateus 12:38-40; 16:4; Jonas 2:1. Eles não se contentavam com tudo que Jesus ensinava e com os milagres que realizava. O único sinal seria o do profeta Jonas.

2. Quando Jesus foi colocado no túmulo cedido por José de Arimatéia?
Marcos 15:42,43; Lucas 23:52-54. Antes do pôr-do-sol.

3. Biblicamente, quando termina e começa um dia?
Ao pôr-do-sol. Deut. 21:22,23; Josué 8:29; Luc. 13:14; Marcos 1:32; João 19:31.

4. Segundo Lucas 23:56, quando as mulheres prepararam as especiarias e ungüentos para ungir o corpo do Senhor?
Antes do Sábado do Senhor, ou seja, na sexta-feira.

5. Na visão de Marcos, quando elas foram cuidar destes preparativos?
Marcos 16:1. Depois do sábado.

6.Como esclarecer esta aparente contradição entre Lucas e Marcos?
Na verdade não existe contradição alguma, muito pelo contrário, agora temos subsídios para entender que Jesus morreu numa quarta-feira. Analisando Lucas 23-49-56, notamos que Jesus foi retirado do madeiro e sepultado, antes do pôr-do-sol e, imediatamente, já «amanhecia», começava, o sábado. Que sábado era este? Não havia mais tempo das mulheres prepararem os aromas. No entanto, no verso 56, diz que tais preparativos se deram antes do sábado! Na verdade, naquela semana houve dois sábados. Jesus morreu quarta-feira, 14 de Nisã – preparação do dia 15 (João 18:28; 19:14), e foi sepultado antes do pôr-do-sol (João 19:31). Quinta, dia 15, era o grande sábado da páscoa, o primeiro dia dos pães asmos, um sábado cerimonial (ver pergunta nº 7). Sexta elas prepararam os ungüentos; Sábado (dia do Senhor), descansaram conforme o mandamento e no 1º dia da semana, foram de madrugada, ungir o corpo do Senhor.
Marcos, portanto, está certo e sábado que tinha passado era, não o do Senhor, mas o dia 15 de Nisã, quinta-feira.

7. Havia outros sábados, além dos Sábados do Senhor?
Lev. 23:24,39,38; Lucas 6:1. Estes eram dias fixos e parte das festas do A.T..

8. Quando as mulheres chegaram ao sepulcro com as especiarias, Jesus já não mais estava lá. Quando então ressuscitou?
Marcos 16:2-6; João 20:1,2; Lucas 24:1. Ao chegar no sepulcro de madrugada, no 1º dia da semana, não encontraram a Jesus. Mateus nos revela quando Ele ressuscitou (Mateus 28:1-6): no fim do Sábado do Senhor. Em uma visita antes de terminar o Sábado as mulheres já constataram a ausência do Senhor.

9. Assim sendo, como chegamos aos três dias e três noites ou 72 horas de Jesus no túmulo?
Consideremos desde quarta ao pôr-do-sol até no findar do Sábado: Exatamente o tempo que Jesus informou aos fariseus.

10. Como ficam os textos que falam em ressurreição no terceiro dia?
Mat. 16:21; 17:23; 20:19; Lucas 9:22. Se você contar quinta como o primeiro, Sábado será o terceiro dia. Se considerar passagens que fala em ressurreição depois de três dias, contando-se do dia da Sua morte, quarta, a ressurreição igualmente será no Sábado (Mat. 27:63; Marcos 8:31).
“Hoje já é o terceiro dia desde que estas coisas aconteceram…” (Lucas 24:21). Que coisas? A referência pode estar relacionada ao selamento da tumba, mencionado em Mateus 27:62-66.
A versão Peshito Siríaca, considerada a mais antiga do mundo diz: “e EIS AQUI, TRÊS DIAS TEM PASSADO DESDE QUE TODAS ESTAS COISAS OCORRE-RAM…”
Outra passagem a considerar é a de Marcos 16:9. Sabe-se que, originalmente os textos sagrados não vinham pontuados, de forma que, a pontuação bem como a divisão em capítulos e versículos, foram acrescidos posteriormente. Um remanejo na vírgula deste verso o deixa assim: “E Jesus tendo ressuscitado, na manhã do primeiro dia da semana apareceu primeiramente a Maria Madalena…”
Conclusão: Jesus disse que passaria os três dias e três noites no seio da terra. Este foi um sinal importante e vale muito mais que as tradições de Roma.

Tags: