Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Judeus espirituais?

Judeus espirituais?
1) Esse mal entendimento da Palavra pela qual alguns “discípulos” se imaginam sendo judeus espirituais provem de não conseguirem interpretar corretamente as palavras de Paulo em Romanos 2:28,29 – “Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão a que é do coração, no espírito, não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Elohim”. Estas palavras as disse Paulo referindo-se aos judeus transgressores da Lei, que haviam deixado de dar a enorme importância de circuncida-se o coração que lhes foi ordenada por Moisés, sem a qual não alcançarão a vida eterna porque sua transgressão contra a Lei os tinha condenado. Devido a sua circuncisão material imaginavam ter abertas as portas do favor de Elohim mas a realidade os marcava para clara condenação. Em contraposição a essa pretendida justificação, Paulo toma as palavras de Deuteronômio 10:16 – “Circuncidai, pois, o prepúcio do vosso coração, e não mais endureçais a vossa cerviz”. Sim essa circuncisão, que transforma em sensíveis os corações de pedra, a circuncisão material lhes era eternamente inútil, e o era porque de Elohim provém as palavras ditas por Paulo “e circuncisão a que é do coração, no espírito, não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Elohim”.
Perguntas: a) O que leva a alguns imaginarem-se judeus espirituais? b) Qual a interpretação correta de Romanos 2:28,29? c) O que faz Paulo em contraposição a essa pretendida justificação?
2) A nova aliança veio a colocar a descoberto a existência de duas classes de judeus, uns nascidos segundo a carne, e outros nascidos segundo a promessa, em cuja situação os homens não estão capacitados para notar tão grande diferença, sobre isso Paulo diz em Romanos 9:6-8 – leia! Isto significa que a jactância dos judeus que criam que por serem descendentes de Abraão, segundo a carne, lhes estava assegurada a vida eterna, era um completo vazio, uma simples ilusão, uma ideia sem fundamento, porque “não são os filhos da carne que são filhos de Elohim, mas os filhos da promessa são contados como descendência”. Essa condição era completamente invisível para os judeus na primeira aliança, mas vindo a nova, essa invisibilidade veio a ser destruída para dar lugar ao conhecimento da verdade, essa verdade, mesmo que intolerante para eles, é a verdade de Elohim: Nem todos os israelitas são nascidos segundo a promessa, nem todos os israelitas são filhos de Abraão, mesmo que levem na carne a marca da circuncisão. Aos nascidos dentro da promessa Paulo os identifica como o Israel de YHWH em Gálatas 6:16 – leia!
Perguntas: a) O que a nova aliança veio colocar a descoberto? b) O que Paulo demonstra em Romanos 9:6-8? c) O que era totalmente invisível na primeira aliança? d) Qual nome é dado aos nascidos dentro da promessa?
3) Estes versos são prova o suficiente para mostrar que quando Paulo faz menção de duas classes de israelitas ele está categorizando exclusivamente ao povo do qual ele mesmo fazia parte. Paulo não está dizendo que Elohim tenha transformado em “israelitas espirituais” aos discípulos de Yehoshua como algumas vozes populares imaginam. Nenhum crente tem sido chamado a ser israelita espiritual. Assim, mesmo que a imaginação pinte coisas bonitas a atrativas, não passam de simples imaginação desconhecida pela Palavra de YHWH. Todos os chamados e escolhidos estão ligados à Israel verdadeira de YHWH e estão enxertados na boa oliveira, portanto todos são todos Israelitas.
Perguntas: a) O que esses versos provam? b) O que Elohim não fez? c) Os que fazem parte da Israel de YHWH ao serem enxertados na boa oliveira passam a ser o que?
4) Um mito moderno
Alguns comentários surgidos em nossos tempos dizem que a congregação do Mashiach (seu corpo, os membros de seu corpo) não tem suas raízes dentro do Israelismo, essa classe de comentários é completamente falsa, é somente uma ideia nascida do pouco conhecimento das razões pelas quais Elohim quis salvar judeus e gentios por meio do sacrifício do Mashiach. A congregação de YHWH possui suas raízes no Mashiach que é a sua pedra da esquina e sustentador. Inclusive para que os israelitas pudessem ser salvos lhes foi necessário abandonar seu sistema cerimonial no qual se encontravam para entrar num totalmente diferente, porque se Elohim lhes houvera contado por justiça viver no velho sistema agregando a ele o crer no Mashiach, então a morte redentora não haveria tido razão pois o povo já possuía um meio de justificação. Isso demonstra que os novos convertidos tem e tiveram no primeiro século as Leis/Torá de YHWH (excetuando-se as Leis sacerdotais e cerimoniais) acrescido dos ensinos do Messias. Ao que parece os únicos convertidos a nova aliança e que tentaram manter suas antigas tradições, foram alguns fariseus da religião judaica, conforme leremos em Atos 15:5, 6 – “Alguns, porém, da seita dos fariseus, que tinham crido, se levantaram, dizendo que era mister circuncidá-los e mandar-lhes que guardassem toda a lei de Moisés. Congregaram-se, pois, os apóstolos e os anciãos para considerar este assunto”.
Perguntas: a) Em que mito moderno muitos creem? b) Qual a raiz da congregação de YHWH? c) O que foi necessário fazerem, os israelitas, para poderem ser salvos? d) O que isso demonstra? e) Quais foram os únicos “convertidos” a nova aliança que tentaram e tentam até os dias de hoje manterem suas tradições?
5) O judaísmo é uma religião que é sinônimo de justificação pela Lei e pela tradição humana, ao contrário a Israel de YHWH (as congregações da nova aliança) são sinônimos de justificação pela fé no Mashiach. Se a Lei, no conceito de justificação e a fé no Mashiach fossem a mesma coisa porque o Mashiach haveria morrido? Os ensinos do Mashiach embora sejam todos baseados na Lei/Torá, são mais que a Torá, pois são o complemento do plano de YHWH, pois são os ensinos da segunda aliança provindos diretamente de Elohim por intermédio de Yehoshua, assim como declara João 6:38; 17:26, etc.
Perguntas: a) Qual a diferença entre a religião judaica e o caminho da nova aliança? b) Que pergunta surge? c) O que foi necessário fazerem, os israelitas, para poderem ser salvos? d) O que isso demonstra? e) O que são os ensinos de Yehoshua?
6) Bom depois dessas colocações voltemos ao comentário das festas. O Pessach, que era a primeira, não contém mais elementos do que o cordeiro, não foram prescritos sacrifícios nem holocaustos, e não foram prescritos porque a celebração devia ser feita rapidamente, como quando uma pessoa tem que sair de casa, sem mais tempo para pegar a não ser alguns pertences. Como no caso da fuga do Egito.

Tags: