Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
LIBERTE-SE DO PECADO\ANOMIA AGORA; NÃO ERRE MAIS O ALVO

“LIBERTE-SE DO PECADO\ANOMIA AGORA; NÃO ERRE MAIS O ALVO!”

Vamos ingressar agora no conceito de “pecado”, que está intimamente ligado à noção oposta de Torá.

Em muitos meios religiosos, fala-se muito sobre “pecado”. Mas, afinal, o que é o pecado?

Pecado significa transgressão aos mandamentos da Torá:

“Todo aquele que continua a pecar transgride a Torá [Lei] – de fato, o pecado é a transgressão da Torá [Lei]” (Yochanan Álef/1ª João 3:4).

O que se constitui rebeldia:

JFARA diz: Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia.

OU SEJA: A TRANSGRESSÃO DELIBERADA CONSCIENTE E VOLUNTÁRIA É VISTA COMO REBELDIA.

“Com todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos. Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.” (Tehilim/Salmos 119:10-11)

“E, se alguma pessoa pecar, e fizer, contra algum dos mandamentos de YHWH, aquilo que não se deve fazer, ainda que o não soubesse, contudo será ela culpada, e levará a sua iniquidade.” (Vayikrá/Levítico 5:17).

Vejam como o ensino cristão de que “a Lei acabou” é falso: se pecado significa violação aos mandamentos da Torá (“Lei”), e se a Torá foi abolida, então, não existe mais pecado! Esta é uma conclusão totalmente absurda.

A verdade é muito fácil de ser compreendida: o pecado significa transgressão aos mandamentos da Torá (“Lei”); o pecado ainda existe, logo, a Torá ainda está em vigor. Em outras palavras, se não existisse Torá, não existiria pecado.

O ETERNO fixou vários mandamentos na Torá. Quando um deles é violado, significa que a pessoa pecou. Para saber o que é e o que não é pecado, basta consultar a Torá.

Deve o homem buscar a libertação do pecado:

“Eis que a mão de YHWH não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades [= violação da Torá] fazem separação entre vós e o vosso Elohim; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.” (Yeshayahu/Isaías 59:1-2).

O Mashiach (Messias) veio para libertar o homem do pecado, isto é, para tirar o pecado do homem, fazendo com que este não mais deseje violar a Torá:

“E dará à luz um filho e chamarás o seu nome YESHUA [“salvação”, em hebraico]; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” (Matityahu/Mateus 1:21).

“No dia seguinte Yochanan (João) viu a Yeshua, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Elohim, que tira o pecado do mundo.” (Yochanan/João 1:29).

“Mais tarde, Yeshua o encontrou na área do Templo e lhe disse: ‘Olhe, você está bem! Entretanto, pare de pecar, ou algo pior pode lhe acontecer’” (Yochanan/João 5:14)

“Yeshua falou: ‘Nem eu a condeno. Agora vá e não peque mais’ ” (Yochanan/João 8:11).

“Yeshua lhes respondeu: ‘Sim, eu lhes digo que quem pratica o pecado é escravo do pecado’” (Yochanan/João 8:34).

Yeshua deseja que o homem pare de transgredir a Torá, tal como ressaltou Sha’ul (Paulo):

“Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?” (Ruhomayah/Romanos 6:1-2)

Aqueles que são discípulos de Yeshua devem imitá-lo. E o que fazia Yeshua? O Mashiach (Messias) guardava a Torá e quer que nós, seus discípulos, também a guardemos:

“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as boas obras de vocês, e glorifiquem ao Pai de vocês, que estás nos céus. Não pensem que vim abolir a Torá ou os Profetas. Não vim para abolir, mas para confirmar” (Mt 5:16-17).

“Assim também a fé, por si só, se não for acompanhada de obras, está morta.” (Ya’akov\Tiago 2: 17)

“Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie. Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos.” (Efessayah\Efésios 2: 8-10)

“A maneira de certificarmo-nos de que o conhecemos é a obediência a seus mandamentos. Qualquer um que diga: ‘Eu o conheço’, mas não obedece a seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. Mas, se alguém fizer o que ele diz, então o amor genuíno por Elohim terá alcançado seu objetivo. Desta forma sabemos que estamos unidos com ele. A pessoa que afirma permanecer em união com ele deve conduzir sua vida da mesma forma que ele.

“Queridos amigos, não lhes escrevo um mandamento novo. Ao contrário, trata-se de um mandamento antigo, que vocês têm desde o princípio: o mandamento antigo é a mensagem que já ouviram.” (Yochanan Álef/1ª João 2:3-7).

Qual é a mensagem antiga que os israelitas já tinham ouvido desde o princípio? A Torá. Daí, extrai-se que Yochanan (João) pregou a obediência aos mandamentos da Lei. Se alguém diz que conhece Elohim, mas transgride seus preceitos, é reputado mentiroso. Em contrapartida, os verdadeiros discípulos de Yeshua guardam a Torá.

Cuidado: Matitiahu\Mateus 24: 12 LTT2009 diz: “E, por se multiplicar o desprezo- às- leis (Gr. Anomia = a condição daquele que não cumpre a lei\torá. porque não conhece a lei\Torá. porque transgride a lei\Torá. desprezo e violação da lei\Torá), o amor de muitos esfriará.”

Matitiahu\Mateus 24: 12 LTT2009 diz: E então lhes direi abertamente: ‘Nunca vos conheci; apartai-vos para- longe- de Mim, (vós) os que estais praticando o desprezo [Gr. Anomia] – às- leis [intruções da torá]’.

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1040793519305742&id=908236062561489

Tags: