Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Nenhuma distinção entre Judeus e gentios convertidos!

Nenhuma distinção entre Judeus e gentios convertidos!
Se alguem estiver fora deste contexto certamente estara metido em eudolatrias.
Verso Temático: “E Deus, que conhece os corações, lhes deu testemunho, dando-lhes o Espírito Santo, assim como também a nós; e não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando o seu coração pela fé.” (Atos 15:9, 10)
Introdução
No símbolo de nossa Congregação temos dois anéis que formam uma interseção. Os dois círculos significam as duas alianças e também dois povos: judeus e gentios. No espaço intersecional, a Congregação Israelita da Nova Aliança formando ambos um só povo. É formada de judeus crentes em Yeshua HaMashiach e de gentios convertidos ao D-us de Israel, unidos sob esta Nova Aliança num só povo, numa só família.
O plano do Eterno de salvar os gentios se cumpria, unindo-os ao Seu povo, para dar-lhes o direito nas mesmas promessas assumidas em nosso pai Avharam.
Questionário
Que importante promessa fez o Eterno aos estrangeiros que optassem por servi-Lo e abraçar a Sua Aliança? Como deveria ser esta conversão de goim (gentios)?
Os gentios deveriam e devem “desejar”, ansiar por unir-se ao Eterno, demonstrando amar a Nova Aliança e a observância do Shabat (Is 56:2, 4). D-us promete-lhes um nome e um lugar dentro de Seus muros e de Sua casa. “Não fale o estrangeiro que se houver chegado ao SENHOR, dizendo: O SENHOR, com efeito, me separará do seu povo…” Não era plano do Eterno, no tempo da manifestação de Sua salvação (Yeshua), manter os estrangeiros “separados” de Seu povo (Is 56:1). “Darei na minha casa e dentro dos meus muros, um memorial e um nome melhor do que filhos e filhas; um nome eterno darei a cada um deles, que nunca se apagará. Aos estrangeiros que se chegam ao SENHOR, para o servirem e para amarem o nome do SENHOR, sendo deste modo servos seus, sim, todos os que guardam o sábado, não o profanando, e abraçam a minha aliança, também os levarei ao meu santo monte e os alegrarei na minha Casa de Oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar, porque a minha casa será chamada Casa de Oração para todos os povos.” (Is 56:5-7). Ver ainda Is 56:8 Os 2:23; 1 Pe 2:10; Rm 9:25. Obs.: Nunca esquecer que os gentios só alcançariam estas bênção, dentro da Comunidade de Israel.
;
Que posição definitiva devem assumir os gentios convertidos (prosélitos) nesta nova configuração? Podem seguir se considerando gentios? O que isto significaria?
Uma vez enxertados na Oliveira – Israel – são israelitas. Deixam de ser gentios. Não existe e nunca existiu “ïgreja gentílica”. Todos, dentre os gentios que D-us salvou, os integrou em Seu povo único. Também não existe esse negocio de “Israel espiritual”. Existe Israel. Esta é a principal razão de nossa teshuva: já que somos israelitas, devemos viver como tais, dentro dos critérios aprovados na Nova Aliança (Rm 11: .
“Sabeis que, outrora, quando éreis gentios…” (1Co12:2). “Portanto, lembrai-vos de que vós, noutro tempo, éreis gentios…” (Ef 2:11). Querer ontinuar gentio é considerar-se perdido, separado de Israel.
Faz-se necessária a circuncisão dos gentios enxertados em Israel e atuantes na Kehilah? Há alguma exceção, quando se pode aplicar a circuncisão? Em que erro incorrem os gentios convertidos que se circuncidam?
De modo algum. A única exceção é para os bnei-anussim (filhos de cristãos novos) que a desejem e que possam realmente comprovar sua ancestralidade judaica, e apenas para cumprimento da mitsvah. De maneira alguma para a salvação! Vejamos que Shaul HaShaliach levou Timóteo à circuncisão (ele era filho de mãe judia – comprova-se sua origem natural judaica), mas apenas para evitar problemas com os judeus naturais (At 16:1-3). Portanto, gentios convertidos que buscam a circuncisão ou unir-se ao Israel natural para fins de salvação negam o sacrifício de Yeshua e conseqüentemente, caminham para a perdição.
Obs.: A operação de circuncisão não é reconhecida pelo judaísmo natural, se não for feita por um Mohel reconhecido.
Como devem ser tratados ambos judeus e gentios na Kehilat?
Sem nenhuma diferença ou discriminação. Lembramos que algumas congregações da linha judaico-messiânica, fazem esta distinção, dizendo que aos gentios crentes, membros de suas comunidades, basta-lhes observar as leis dos filhos de Noach, das quais falaremos posteriormente. Isto significa, que estes só têm compromisso com sete mandamentos, ficando livres da Shabat, das leis de cashurut (alimentares), etc.
Como no Israel antigo, gentios admitidos passam a ter os mesmos direitos e deveres e são iguais aos naturais da Terra. Isto não mudou na Nova Aliança (At 15:15:9; Rm 3:22-31; 4:11, 12; 10:12; Gl 3:29; Ef 2:19).

Tags: