Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
O MESSIAS VERDADEIRO

O MESSIAS VERDADEIRO
Uma imensa quantidade de informação falsa,tem sido escrita sôbre personalidades notáveis ao longo da
História,mas nada se pode comparar ao delírio e confusão nas mentes de milhões de pessoas em relação ao Messias Verdadeiro e à sua Missão na Terra.
Ensinamentos falsos durante séculos,juntamente com a ignorancia generalizada das Sagradas Escrituras,tem
resultado numa visão completamente distorcida da Personalidade do nosso Salvador e o que Êle representava.
Se Satanás,o pai da mentira,pudesse convencer milhões de pessoas a acreditar num Messias diferente,que perde
a sua identidade,então êle poderia fazer uma revolução de proporções assustadoras.
Isso é exactamente o que aconteceu como muitas pessoas foram induzidas em êrro quanto aos ensinamentos e
propósitos do seu Salvador,Yahshua,o Messias,
Todos os falsos conceitos em relação ao Filho de Yahweh são cristalizados em crenças convencionais.Elas se
estendem para além de detalhes,tais como a sua aparência física,etc.
Imagine por um momento que Êle revelava a sua Identidade no tempo de falar ao programa de Televisão “Verdade”.
Milhões de espectadores chocados olhavam com descrença atordoada quando o apresentador perguntou: Será que
o Messias Verdadeiro se levantará? E se se levantar da cadeira será robusto,musculoso,Hebraico ou Judeu,oliveira
enfraquecida,com o cabelo mais curto,escuro e barba,que se chama Yahshua e que,sem dúvida,vai estabelecer o
Seu Reino em Jerusalém. Ainda sentado,estão ao lado d’Êle,um de cada lado,dois impostores falsos e frágeis olhando com ar de troça. O aspecto deles era de ombros de atletas,cabelo aloirado,olhos de cão mal morto,
sobrancelhas finas,narizes afilados e pele cor de lírio branco,não muito diferentes das pinturas populares, como
um “Messias” frágil do Norte de Europa para decorar as paredes de milhares de igrejas e casas particulares.
Em vez de um Judeu do Médio Oriente,habituado a trabalho árduo,assaz bastante cansativo,apresentava uma
imagem que é tão distante da realidade em relação aparente de crenças populares sôbre o que Êle ensinou.
Muitos dos primeiros cristãos que eram politeístas por natureza,seria fundir os seus antigos deuses pagãos e
idealizar para este novo culto dos primeiros cristãos Messiânicos.
Os de Alexandria eram sincréticos na sua adoração do Messias e de Serapis,uma divindade Grego-Egípcia e se
prostravam sem distinção entre os dois.
Uma carta inserida na História de Augusto,atribuída ao Imperador Adriano,refere-se à adoração de Serápis por
habitantes de Egipto que se descreveram como “cristãos”: “A terra de Egipto,os louvores que me foram contados
para mim,meus queridos servianos,que eu encontrei para ser completamente propenso para a luz,instável e
elevado por cada sôpro de rumor. Há os que adoram Serápis e são de facto os “cristãos” e aqueles que se chamam
bispos de Cristo,são de facto os devotos de Serápis ! …
Será apenas uma coincidência a imagem que vemos do Messias tem uma semelhança inquietante de Serápis com
as suas longas tranças esvoaçando ? Será que êste quadro imaginário se pode comparar com a Bíblia,quando o
Apóstolo Paulo nos diz que é uma vergonha para um homem usar cabelo comprido?
“Ou não vos ensina a mesma natureza que é desonra para o varão ter cabelo crescido? “
( I Cort. 11:14).
Para dizer a verdade,o Salvador,Yahshua,das Sagradas Escrituras,não é o mesmo que o leitor,pessoalmente,foi
ensinado desde a sua juventude. O Verdadeiro Messias é muito diferente do indivíduo descrito nos sermões no
nosso tempo e nas lições da Escola Dominical.
Incrivelmente,milhões de pessoas que dependem de Yahshua,o Messias,para a sua própria Salvação,conhecem
menos acêrca d’Êle,do que com as suas estrêlas desportivas favoritas ou com as celebridades do cinema.
Será possível que o leitor não queira saber a Verdade d’Aquêle que está no centro das suas crenças ?
Sendo que Êle, em breve,virá julgar a sua vida,não será importante saber o que Êle disse a respeito da Salvação,
assim como são as bases para o seu julgamento ?

LIMPANDO A CONFUSÃO DO ÊRRO
O leitor não precisa de uma revelação especial na história para saber a Verdade sôbre o Messias.
Apenas necessita de um olhar honesto para as Sagradas Escrituras e uma vontade de limpar alguns conceitos
populares falsos.O conhecimento mais básico e fundamental para conhecer tudo acêrca do Messias Yahshua,por
surpreendente que nos pareça,está ausente nos ensinamentos tradicionais. Crentes muito professos receberam
instruções,baseadas em informações falsas. Aceitam UM falso Messias como seu Salvador. Devido a êsse facto eles não sabem:

a)-Quando Yahshua nasceu realmente
b)-Quais são efectivamente os Nomes Sagrados do Pai e de Seu Filho.
c)-O que Êle realmente parecia aqui na Terra.
d)-Se Êle tinha ou não,irmãos e irmãs.
e)-Porquê,Êle veio ao Mundo.
f)-O que Êle ensina sôbre a Salvação e o Reino do Pai.
g)-Quando morreu.
h)-Como Êle morreu.
i)-Porquê Êle morreu
j)-Se Êle realmente morreu mesmo.

Com tanta falta de informação e ignorância em volta do Messias,como é que milhões de pessoas dizem com
absoluta confiança que “conhecem” o seu Salvador – o Messias verdadeiro?
Uma das mais esclarecedoras Escrituras sôbre o Messias é João 1:1:-
“No princípio era o Verbo,e o Verbo estava com Yahweh e o Verbo era Todo-Poderoso”.
Este termo “Verbo” em Grego significa “Palavra”. Mas o que é esta “Palavra”, era no começo?
Vejamos o vers. 14:
“E o Verbo (a Palavra) se fêz carne,e habitou entre nós,e vimos a sua glória,como a glória do
Unigénito do Pai,cheio de Graça e de Verdade”.
O Verbo (ou a Palavra),não é outro senão o Filho de Yahweh Todo-Poderoso.
A Palavra ou o Verbo,estava com o Pai,quando da Criação do Universo.
Provérbios 8:22-35 confirma a sua existência desde o início da Criação. E no capítulo 38 de Job,Yahweh faz uma
série de perguntas,que nem todos sabem responder.
Falando a um grupo de Judeus,o próprio Messias testificou a sua Pré-Existência Celestial.
Êle veio como um bébé, nascido numa manjedoira.
“Disse-lhes Yahshua:Em verdade,em verdade vos digo que antes que Abraão existisse EU SOU”.
(João 8:58).
Por favor veja também João 6:62:
“Que seria,pois se vísseis subir o Filho do Homem para onde primeiro estava?”
E ainda João 6:38:
“Porque Eu desci do Céu,não para fazer a minha vontade,mas a vontade d’Aquêle que me enviou”.
O Messias disse que desceu do Céu e veio fazer a vontade do Pai que o enviou.
O Plano de seu Pai,aliás,tem sido sempre o mesmo desde o início.
“Porque Eu,Yahweh,não mudo…”.
(Malaquias 3:6).
“Tôda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto,descendo do Pai das luzes,em quem não há
mudança nem sombra de variação”
(Tiago 1:17)
Tudo no Universo foi feito pela Palavra ou o Verbo de acordo com João 1:3:
“Tôdas as coisas foram feitas por Êle,e sem Êle nada do que foi feito se fez”.
O Messias Yahshua é a imagem de Yahweh invisível e n’Êle foram criadas tôdas as coisas por Êle e para Êle.
“Porque n’Êle foram criadas tôdas as coisas que há nos Céus e na Terra,visíveis e invisíveis,sejam
tronos,sejam dominações,sejam principados,sejam potestades:tudo foi criado por Êle e para Êle”.
(Coloss.1:16).
Os factos que rodeiam o seu nascimento humano têm sido distorcidos: estamos a lembrar-nos de no fim de cada
ano secular. A tradição diz que o Messias nasceu em Belém em 25 de Dezembro,mas as Escrituras nunca mencionam o dia,nem sequer o mês do seu nascimento.É provável que o Messias tenha nascido no Outono,quando
os pastores ainda estavam nos campos guardando os seus rebanhos durante a noite.
“Ora havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo,e guardavam durante as vigílias da noite o seu rebanho”.
(Lucas 2:8).
Isso não podia acontecer no meio do inverno frio do Médio Oriente.
A data observada a 25 de Dezembro,deriva da Saturnália Romana,uma celebração do retorno do deus sol-Mitras-
no solstício de inverno.Em nenhum lugar na Bíblia nos diz para celebrar o aniversário do Messias,nosso Salvador,
por isso,nenhuma data pode ser dada para a sua observância.Se o seu aniversário fôsse importante para Êle e
necessário para observar,o leitor pode ter a certeza de que o Messias nos teria dito quando isso aconteceu
efectivamente. É um ponto claro:a partir das observâncias que são essenciais para Yahweh e seu Filho.
Por exemplo:lembrando a morte de seu Filho na Páscoa,é precisamente,planeada para nós.
“E o guardareis,até ao décimo quarto dia dêste mês,e todo o ajuntamento da Congregação de
Israel o sacrificará à tarde”.
“E êste dia vos será por memória,e celebrá-lo-eis por Festa a Yahweh: nas vossas gerações o
celebrareis por estatuto perpétuo”.
(Êxodo 6:12,14).
“No mês primeiro,aos catorze do mês pela tarde, é a Páscoa de Yahweh”.
(Levítico 23:5).
Acontece o mesmo para as outras seis Festas observadas anualmente mencionadas na Bíblia Sagrada.
Isto é, as Sete Festas Sagradas de Yahweh.

NASCEU COMO HEBREU E TINHA UM NOME HEBRAICO
O Messias nasceu de pais Hebreus (Lucas 1:27),por isso Êle tem um Nome Hebraico Yahshua.
“Jesus Cristo” é um nome Grego e nós sabemos que Êle não era Grego.Podemos transcrever Lucas 1:31,32 e
Hebreus 7:14:-
“E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um Filho,e pôr-lhe-ás o Nome de Yahshua.´
“Êste será grande e será chamado Filho do Altíssimo;e Yahweh Todo-Poderoso lhe dará o trono de
David,seu pai”.
(Lucas 1:31,32).
“Visto ser manifesto que nosso Soberano procedeu de Judá,e concernente a essa tribo nunca Moisés
falou de sacerdócio”.
(Hebreus 7:14).
Sendo um Hebreu,que veio em Nome do Pai Yahweh (João 5:43),o Filho teria um Nome ligado ao de Seu Pai.
Yahshua não foi diferente; tal como actualmente um filho tem o sobrenome do pai.
É isso exactamente o que encontramos em Mateus 1:21,quando o Anjo diz a José que o Nome de seu Filho seria
baseado no facto chave de que Êle salvará o seu Povo de seus pecados.Assim,temos Yahshua,um Nome Hebraico
que significa Yahweh é Salvação – Yah-shua – . Não existe tal significado no nome Helenizado “Jesus”.
“Cristo” é uma forma abreviada do Grego “Christos”,que significa “Ungido”. Sendo um “Híbrido”,o nome “Jesus,
não tem nenhum significado de raiz etimológica que o distinga.
Na verdade a letra “J” não existia em qualquer idioma até à época de Cristóvão Colombo.Êste é um facto que
se pode confirmar em qualquer Dicionário Enciclopédico sôbre a Letra “Jota”. Por isso,ninguém se refere a Êle
como Jesus até ao Século XV,ou seja 1.500 anos depois do nascimento de Yahshua.
A Bíblia “Ancora”,explica o seu Nome Yahshua numa nota de Mateus 1:1:
“O primeiro elemento YAH,significa Yahweh,enquanto o segundo: SHUA= Para Ajudar ou Salvar Vol.26,pág.2).”
Êrros de tradução em Actos 7:45 e Hebreus 4:8,na Versão Rei Jaime,atestam o facto de que “Jesus” foi inserido
erradamente no Novo Testamento parao aproximar de Josué (Yahshua),filho de Num.As versões modernas têm corrigido êsse êrro. Porquê devemos ser tão escrupulosos e cuidadosos com os nomes que usamos? Os nomes
serão importantes realmente ? Será que o seu nome é importante para si?
No entanto o Nome certamente é importante para Yahweh,que nos instrue no início dos Dez Mandamentos,
quanto o Seu Nome é importante. E no segundo Mandamento,Yahweh espera de nós,para não adorar nenhum
ídolo ou imagem (Êxodo 20:2,3). Também nos adverte contra a falsificação do seu Nome (20:7),o que acontece
com o uso de substitutos errados.
Quando usamos outro nome para adoração,estamos desonrando a Yahweh e ao seu Filho,por ignorar os seus
dons específicos para invocar o seu Nome e,portanto,colocando a nossa vontade contra Êle.
Para insistir em usar um outro nome,uma vez que se conhece o Nome Verdadeiro,é desafiar Aquêle que nos dá
a respiração para viver.
As quatro letras YHWH,o Tetragrama que foi vocalizado YAHWEH, são encontradas 6.823 vezes no texto antigo.
O Nome Yahweh é referido centenas de vezes,ao longo das Sagradas Escrituras.
Por exemplo,Yahweh diz-nos para honrar o Seu Nome (Salmos 66:2,4).
Chamar pelo Seu Nome (Salmo 99:6. Confessá-lo (I Reis 8:33). Os que amam o Seu Nome (Salmo 5:11).
Louvado seja o Seu Nome (II Sam.22:50). Pensar sôbre isso (Malaquias 3:6). E confiar em Yahweh (Isa.50:10).
Argumentos comuns contra o Seu Nome são completamente infundados.
Em nenhum lugar na Bíblia encontramos qualquer declaração,dizendo:”Não importa o que você me chame.eu
sei o que você quer dizer”. Nem encontramos um único versículo,dizendo:”EU TENHO MUITOS NOMES”. Ou um
versículo que diga: “Todos os nomes são aceitáveis para mim,se você fôr sincero na sua adoração”
Pelo contrário,nós aprendemos que o adorador sincero vai homenagear o Seu Pai Celestial em tôdas as coisas,
especialmente,quando se trata do Seu Nome. Yahweh afirma decididamente de que tem apenas UM NOME.
O Salmista escreveu:
“Para que saibam que TU a Quem só pertence o Nome de Yahweh,és o Altíssimo sôbre tôda a
Terra”. (Salmos 83:18).
O Seu Povo irá saber e chamá-lo pelo Seu Nome.
“E todos os povos da Terra verão que és chamado pelo Nome de Yahweh,e terão temor de Ti”.
(Deut.28:10).
Yahweh também nos manda não mencionar os nomes de ídolos estranhos:
“E em tudo o que vos tenho dito,guardai-vos:e do nome de ídolos estranhos,nem vos lembreis,
nem se oiça da vossa bôca”. (Êxodo 23:13).
Yahweh diz que os falsos profetas tentaram fazer esquecer o Seu Nome,assim como seus pais “esqueceram
o Seu Nome por causa de Baal:
“Os quais cuidam que farão que o Meu Povo se esqueça do Meu Nome pelos seus sonhos que cada
um conta ao seu companheiro,assim como seus pais se esqueceram do meu nome por causa de Baal”
(Jeremias 23:27)
Baal,o deus mais importante dos Babilónios,está associado com o título de Senhor.Quando se dirigiam a Êle pelo
título Senhor,não só estavam a violar a sua ordem para não fazer isso,mas também estavam a invocar as tradições
do culto pagão e a colocar Yahweh num plano inferior da Majestade Celestial que Êle É.
Por exemplo,um Senhor na língua Inglesa é um lavrador e proprietário de terras e não o Soberano do Universo.

O MESSIAS PARECE UM JUDEU COMUM
Além do seu Nome Hebraico: Yahshua, o Messias parece um Judeu típico simples do seu tempo,com as suas
características comuns,facto que foi profetizado em Isaías 53:2:
“Porque foi subindo como Renôvo perante Êle,e como raiz duma terra sêca;não tinha parecer
nem formosura;e,olhando nós para Êle,nenhuma beleza víamos,para que O desejássemos”.
Usava o seu cabelo no estilo normal,cortado para um homem do seu tempo e,certamente não até aos ombros.
Isto é claro,porque Êle era um Sacerdote da ordem de Melquisedeqiue (Salmo 110:4) e um sacerdote tinha que
ter o cabelo cortado,de acordo com Ezequiel 44:20:-
E a sua cabeça não raparão,nem deixarão crescer o seu cabelo;antes,como convém,tosquiarão as
suas cabeças”.
O Apóstolo Paulo que viu o Messias ressuscitado,nunca teria dito que era uma vergonha para um homem ter o
cabelo comprido,se o próprio Messias Yahshua usasse o cabelo comprido ( I Cort.11:14).
Yahshua era o Primogénito da família de José. O Messias tinha quatro irmãos:Tiago,José.Simão e Judas; e pelo
menos duas irmãs. (Mateus 13:55,56; João 2:12).
Por isso,sua mãe Maria – Myriam – quando nasceu Yahshua,deixou de ser virgem e nasceram mais filhos e filhas.
Antes de morer,Yahshua fez arranjos para o cuidado de sua mãe. (João 19:26,27).
A sua morte,aliás,não foi numa cruz,como popularmente se acredita nos meios cristãos;mas sim um poste vertical
com os pulsos pregados por cima da cabeça. Isto se torna claro a partir das palavras traduzidas por “cruz”. Elas
são os termos Gregos Staurus e Xulom e significam uma estaca ou poste vertical sem qualquer travessa.
João 3:14 nos diz que Êle foi levantado na sua estaca da mesma forma que Moisés levantou a serpente num
poste em Números 21:9.
As origens da cruz pagã podem ser investigadas no Egipto onde era conhecida como o “Ankh” (chave do Nilo).
Foi um Egípcio,antigo personagem hieroglifico que diz literalmente “a Vida Eterna”. O “Ankh” era um símbolo
de vida e fertilidade.Com as crenças sincréticas da Igreja Romana,no início,não é para surpreender que agarre êste
símbolo como seu. Apenas se necessita olhar para o Vaticano,em Roma,para ver os restos dos antigos símbolos
Egípcios,nomeadamente o obelisco pagão Egípcio – Símbolo Fálico – no centro da Praça de S.Pedro.
É significativo que êles colocaram uma cruz no topo do obelisco.
Êste obelisco foi levado para a Roma pagã pelo Imperador Calígula no ano 37 E.C. e recolocado ali naquela praça
no ano de 1.586 pelo Papa Sisto V.

SE NÃO MORREU,NÃO TEMOS RESGATE PELOS NOSSOS PECADOS
Alguns acreditam que Yahshua não chegou a morrer,mas desceu ao “inferno” para pregar às almas perdidas,
durante três dias.
Se o Messias não morreu e não foi ressuscitado dentre os mortos,então não temos resgate pelos nossos pecados.
“E,se não há ressurreição de mortos também o Messias não ressuscitou.
“E,se o Messias não ressuscitou logo é vã a nossa pregação,e também é vã a vossa Fé”.
“E,se o Messias não ressuscitou,é vã a vossa Fé,e ainda permaneceis nos vossos pecados”.
(I Cort. 15:13,14,17)
As consequências do pecado não necessitam de mais do que um sacrifício pela pena de morte,assim como para
Israel quando sacrificava os animas no altar.
Yahshua humilhou-se com o sacrifício para pagar a pena pelos nossos pecados.
“E,achado na forma de homem,humilhou-se a si mesmo,sendo obediente até à morte,e morte no
madeiro”.
(Filip.2:8).
“E,como aos homens está ordenado morrerem uma vez,vindo depois disso o juízo.
“Assim também o Messias,oferecendo-se uma vez,para tirar os pecados de muitos,aparecerá segunda vez,sem pecado,aos que O esperam para Salvação”.
(Hebreus 9:27,28).
Em Hebreus 9:15,lemos que como Mediador do Novo Testanmento,Yahshua,o Messias,redimiu os transgressores
sob a Primeira Aliança,por meio da sua própria morte.Os Evangelhos nos dizem claramente que o Messias morreu. Mateus 27:50: Marcos 15:37; Lucas 23:46; João 19:30.
A expressão “entregou o Espírito”,na versão do Rei Jaime, é um eufemismo Inglês Antigo para o momento da
morte,quando o espírito ou sopro de vida – o Grego Pneuma – deixa a pessoa que se torna em cadáver.
Sabemos também,através do testemunho de Pedro em Actos 10:39-41,que o Messias morreu literalmente e apenas não deixou o corpo por algum tempo,enquanto permaneceu consciente na forma de espírito.

O MESSIAS DEU-NOS O EXEMPLO:OBEDECEU E ENSINOU A OBEDECER

Das muitas mentiras sôbre o Messias,no entanto a mais perniciosa em relação à Salvação,é ignorar completamente
que o Filho de Yahweh veio a esta Terra !
Muitos pensam na imagem de um iconoclasta que veio trazer a Graça e a Fé,mas não para substituir a Lei de seu
Pai. Êste mito divulgado está expresso abertamente nos ensinamentos tradicionais,apesar do testemunho pessoal
claro e inequívoco de Yahshua em contrário. Êle disse:
“Não cuideis que vim destruir a Lei ou os Profetas:não vim ab-rogar,mas cumprir.
18-Porque em verdade vos digo que,até que o Céu e a Terra passem,,nem um jota ou um til se
omitirá da Lei,sem que tudo seja cumprido”.
(Mateus 5:17,18).
Portanto,enquanto êste Universo existir,estão em vigor todos os aspectos da Lei,Êle mesmo o disse !
Muitos leem “cumprir” e ainda acham que é “fazer a diferença”. Isto é o resultado de um coro interminável de
clérigos que consuideram a Lei de Yahweh desprezível e ensinam contra ela a todo o momento.E não é para
admirar. São as Leis de Yahweh que separam a Fé verdadeira daqueles muitos clérigos falsos:
“Aqui está a paciência dos santos:Aqui estão os que guardam os Mandamentos de Yahweh e a Fé
de Yahshua”.
(Apoc.14:12).
A sua forma da Verdade é guiada pelas suas Leis e Mandamentos e aprender a sua Verdade é começar a
obedecer-lhes. O que significará exactamente por cumprir ?
Se eu cumprir as minhas obrigações estou a confirmá-las. Faço tudo o que eu era obrigado a fazer.
Se Yahshua cumpriu a Lei,é porque fêz o que a Lei exige e o fêz perfeitamente sem pecado.Nós sabemos que
isso é verdade,porque Êle nunca cometeu pecado (I Pedro 2:21,22). E o pecado é definido como a transgressão
da Lei (I João 3:4). Sendo sem pecado e não transgredir a Lei,significa estar em sujeição e obediência perfeita
para Êle. Porque Yahshua foi o nosso exemplo.O Messias mostrou-nos a necessidade de obedecer às Leis do Pai
Yahweh,assim como Êle fêz (Vers.21). Confira também Filipenses 2:5 e I João 2:6.
“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também no Messias Yahshua”.
(Filipenses 2:5).
“Aquêle que diz que está n’Êle,também deve andar como Êle andou”.
(I João 2:6).
Muita gente usa a expressão “Lei de Moisés” de forma depreciativa,dizendo que a obediência às antigas Leis
Mosaicas por Israel,não é necessária actualmente. No entanto em Actos 7:38,no Novo Testamento,lemos que
Moisés recebeu no Monte Sinai as Palavras de Vida originais para no-las dar. Oráculos que se referem directamente
a Yahweh-Palavras que foram ditas a Moisés no Monte Sinai.
Em Romanos 9:4,Paulo explica aos Israelitas espirituais que hoje são aqueles que recebem a adopção,a glória,as
alianças,a promulgação da Lei,o serviço de Yahweh e as promessas.
Pedro diz que os ministros devem falar a Lei de Yahweh;
“Se alguém falar,fale,segundo as Palavras de Yahweh; se alguém administrar,administre segundo o
poder que Yahweh dá,para que em tudo Yahweh seja glorificado por Yahshua,o Messias,a quem
pertence a glória e poder para todo o sempre.Amém”.
(I Pedro 4:11).
No entanto,poucos desejam ou têm a coragem de fazer o que Pedro disse.
As Leis de Yahweh são perfeitas e convertem a alma.
O Salmo 19:7 diz-nos: Longe de ser um fardo,a obediência às suas Leis transforma-nos,mostra o nosso amor por
Êle e também traz Bênçãos incontáveis.Vejamos i João 5:3:
“Porque êste é o amor de Yahweh:que guardemos os seus Mandamentos;e os seus Mandamentos
não sáo pesados”.
YAHSHUA NÃO ABOLIU A LEI, MAS AMPLIOU-A
Êste é o equívoco mais grave quanto à finalidade porque Yahshua veio, Êle não veio abolir a Lei dada a Israel.
Pelo contrário. Yahshua veio para a ampliar acima d’Êle, para a magnificar ainda mais.
Compete ao Povo de Yahweh ensinar-nos a obedecer,como Êle obedeceu,pelos motivos certos.
Yahshua explicou que não é só o acto pecaminoso em si,mas o pensamento do acto já é um mal pecaminoso.
E Êle expandiu as disposições da Lei para cobrir as aplicações mais amplas.(Mateus 5:20-47).
Agora é só manter o pensamento do mal o que nos pode condenar.
Yahshua disse que nem o mais pequeno dos Mandamentos pode ser quebrado e quem ensinar contra a obediência
a êles será chamado o menor no Reino,enquanto que quem ensinar a cumprir as suas Leis será chamado o maior
no Reino de Yahweh. (Mateus 5:19).
Porquê Yahshua diria isso e depois,logo em seguida,ensinar contra a obediência?
Afinal a Lei é exactamente o que Êle representa e o seu Pai também representa.
“E aquêle que guarda os seus Mandamentos n’Êle está,e Êle n’Êle.E nisto conhecemos que Êle está
em nós:pelo Espírito que nos tem dado”.
(I João 3:24).
As suas Leis testam o nosso desejo de O honrar e ser fiel a Êle.
A maioria não vai aceitar esta Verdade,que é a chave essencial. Os seres humanos,no seu estado de incredulidade
são,por natureza,rebeldes contra Yahweh e os seus padrões.
Paulo advertiu-nos em Romanos 8:7:
“Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Yahweh,pois não é sujeita à Lei de Yahweh,
nem em verdade o pode ser”.
Não será para admirar,portanto,que a vinda de Yahshua,para obedecer e respeitar as Leis de seu Pai seria recebido
com resistência humana e hostilidade generalizada. Tanta resistência,de facto,que o seu propósito foi negado
completamente pelo ensinamento que Êle pregou a Lei Moral,juntamente com os Dez Mandamentos,a estaca de
tortura,conhecida popularmente como “Cruz”. Êste ensinamento deriva em parte de uma incompreensão generalizada de Colossenses 2:14,onde o manuscrito de ordenanças que era contra nós,corresponde,de facto,às
leis adicionais do homem,que é o que a palavra Grega “Dogma” significa: homem completo.
As Leis de Yahweh nunca se caracterizam como “contra nós” em qualquer lugar da Sagrada Escritura.
Pelo contrário,Paulo diz-nos que o Mandamento é Santo,Justo e Bom (Rom.7:12).
No entanto,foi a injustiça religiosas dos dias de Paulo que deu as estes Dogmas ou adicionando,estatutos
manuscritos,a fôrça da Lei Bíblica:
“Se,pois,estais mortos com o Messias quanto aos rudimentos do Mundo,por que vos carregam
ainda com ordenanças,como se vivêsseis no Mundo,
21-“Tais como:não toques,não proves,não manuseies?
22-“As quais coisas tôdas perecem pelo uso segundo os preceitos e doutrinas dos homens”.
(( Colossenses 2:20-22).
Tanto Paulo,quanto Yahshua,mostraram a diferença entre as Leis de Yahweh genuínas e estes “mandamentos
e doutrinas de homens”,com os Judeus,efectivamente,separados dos Gentios e os Gentios do Reino,aos seus olhos.
Acima de tudo,Yahshua ensinou somente o que lhe foi dado por seu Pai.”Aquêle que me rejeita e não recebe as
minhas Palavras,,tem Um que o julga:a Palavra que tenho pregado,essa o há de julgar no Último Dia”.
Porque Eu não tenho falado de Mim mesmo… Mas o Pai que me enviou,Êle me deu um Mandamento:o que Eu
deveria dizer e o que Eu deveria falar:A Lei de Yahweh dada por Mim ao homem do Antigo Testamento ainda é
a sua Lei hoje e Yahshua veio para a expandir e perpetuá-la.
A única alteração foi na Lei Ritual,com os sacrifícios de animais e adições dos homens.
A Lei da Bíblia não existe para seu próprio bem.A sua finalidade está enraizada na vontade de Yahweh para o
Seu Povo. Yahshua seguiu a Lei da Bíblia porque Êle fêz a vontade de seu Pai e fêz exactamente o que Seu Pai
o encarregou para fazer:
“Porque Eu desci do Céu,não para fazer a minha vontade,mas a vontade d’Aquêle que me enviou”.
(João 6:38).
A SUA VERDADE UNIFICA OS CRENTES,MAS SEPARA OS INCRÉDULOS
Porque Yahshua está do lado da Justiça e da Obediência.
Êle gera automaticamente a divisão entre o sincero seguidor de Yahshus e aqueles que desejam viver como
entenderem.Isto é verdade,mesmo no seio das famílias.
Note como Êle demoliu um outro mito popular. Suponha você que veio trazer paz à Terra. Mas eu lhe digo:NÃO.
Veio trazer sim,divisão. Para daqui em diante estarem cinco divididos numa casa: três contra dois ou dois contra três.O pai estará dividido contra o filho e o filho contra o pai;e a mãe contra a filha e a filha contra a mãe;a sogra
contra a nora e a nora contra a sogra. (Lucas 12:51-53).
As Sagradas Escrituras são caracterizadas como uma espada que corta até às profundezas da alma e do espírito,
discernindo os pensamentos e intenções do coração. (Hebreus 4:12).
Yahshua também vai voltar com a espada de dois gumes – a Palavra – e separar os obedientes dos rebeldes.
(Apoc.1:16). Êle será o Juiz (João 5:22).Enquanto a sua Palavra – A Lei – vai ser o padrão pelo qual julgará.
“Ante a face de Yahweh,porque vem,porque vem julgar a Terra:julgará o Mundo com Justiça e os
povos com a sua Verdade”.
(Salmos 96:13).
Êste facto importante é profetizado em Apocalipse 20:12:-
“E vi os mortos,grandes e pequenos,que estavam diante do Trono,e abriram-se os Livros;e abriu-se
outro Livro,que é o da Vida:e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos Livros
segundo as suas obras”.
Como isto está claro!
Se um dia fôr julgado pela sua Palavra,então é fundamental que esteja em linha com a Palavra.
A sua Palavra é o guia para viver uma vida aceitável para Êle.
O proprio Yahshua seguiu a Palavra de Yahweh – o Antigo Testamento – e o seu viver uma Vida obediente,sem
pecado,que foi o nosso exemplo:
“Porque para isto sois chamados;pois também o Messias padeceu por nós,deixando-nos o exemplo,
para que sigais as suas pisadas.
“O qual não cometeu pecado,nem na sua boca se achou engano”.
(I Pedro 2:21,22).
Quantas vezes você já ouviu dizer a alguém algo como:”É bom que o Salvador o vai julgar e não a mim,porque
Êle vai perdoar,mas eu não”. Muitos têm uma ideia equivocada de que vai perdoar a todos; isto é tudo o que
Yahshua veio fazer.O seu trabalho será perdoar automaticamente,até mesmo o comportamento mais vil,mesmo que isso seja seguido de arrependimento ou não. Isto é uma heresia das maiores proporções e só poderia fazer
sentido se Yahshua acabasse com a Lei,para que não houvesse mais nenhum padrão para viver.
Mas como vimos Êle fêz exactamente o oposto.Yahshua ampliou a Lei,levantando a deficuldade,estudando-a
para além dos nossos próprios pensamentos.
“Não sabeis vós,irmãos,(pois que falo aos que sabem a Lei),que a Lei tem domínio sôbre o homem
por todo o tempo que vive?”.
(Romanos 7:1).
A violação da Lei tem consequências graves e exige arrependimento para alcançar o perdão para aqueles de
coração contrito.Ao mesmo tempo que aplica uma pena de morte para os que se recusam a dobrar o joelho para
Yahshua. Nós aprendemos com a Palavra que Yahshua tem indignação justa contra aqueles que recusam submeter-se a Êle,uma vez que conhecem a Verdade.
Yahshua,não poupou palavras,quando se dirigiu aos hipócritas,que eram os líderes religiosos – os Escribas e os
Fariseus do seu tempo – chamando-os hipócritas,raça de serpentes,sepulcros e guias de cegos. Êle foi paciente e
tolerante quando se dirigiu ao que não conhecia;mas continuou com fôrça contra o rebelde consciente e termos
claros e devastadores.

O MAU E REBELDE VAI ENFRENTAR A SUA IRA
Yahshua está prestes a regressar à Terra para assumir o contrôle do homem rebelde e desobediente.
O Apóstolo Paulo nos diz em I Cort.15:25,26:
“Porque convém que reine até que haja pôsto a todos os inimigos debaixo de seus pés.
“Ora o último inimigo que há-de ser aniquilado é a morte”.
Quando o Messias regressar,as suas acções serão fortes e decisivas,com vara de ferro para vencer as nações
atacantes.
“E o Soberano sairá e pelejará contra estas nações,como no dia em que pelejou no dia da batalha”.
(Zacarias 14:3).
Leia a descrição Apocalíptica em Revelação 6:14-17:
“E o Céu retirou-se como um livro que se enrola;e todos os montes e ilhas foram removidos dos
seus lugares.
15-“E os reis da Terra,e os grandes,e os ricos,e os tribunos,e os poderoso,e todo o servo,e todo o
livre,se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas;
16-E diziam aos montes e aos rochedos:Caí sôbre nós e escondei-nos do Rosto d’Aquêle que está
assentado sôbre o Trono,e da ira do Cordeiro;
17-“Porque é vindo o grande Dia da sua ira;e quem poderá subsistir?”
Quando chegar aquêle dia, a rebelião contra as Leis da Bíblia,os rebeldes serão tratados de forma decisiva e
rápida.Aqueles que dizem que as Leis foram feitas para outro tempo,mas em seus corações sentem de forma
diferente,por isso terão que enfrentar um Juiz que com intransigência,é o mesmo que deu essas Leis no Monte
Sinai para nosso próprio bem. Tôda a gente vai obedecer ou então sofrerá a ira do Soberano do Mundo.
O Apóstolo Paulo escreveu estas palavras sensatas:
“Se de facto é justo diante de Yahweh que dê em paga tribulação aos que vos atribulam.
7-“E a vós,que sois atribulados,descanso connosco,quando se manifestar o Soberano Yahshua
desde o Céu com os Anjos do seu Poder.
8-“Como labareda de fogo,tomando vingança dos que não conhecem a Yahweh e dos que não
obedecem ao Evangelho de nosso Soberano Yahshua,o Messias”,
( II Tess.1:6-8).
Daniel diz-nos que um dia,dentro de pouco tempo,tôda a gente se vai curvar à Autoridade de Yahshua:-
“E o Reino,e o domínio,e a majestade dos reinos debaixo do Céu serão dados ao povo dos santos
do Altíssimo:o seu Reino será um Reino Eterno,e todos os domínios O serviráo e Lhe obedecerão”.
(Daniel 7:27).
O Reino de Yahweh será instaurado na Terra,será colocado sob a regência de Seu Filho e regido pelas suas Leis:
“E irão muitas nações,e dirão:Vinde,e subamos ao Monte da Yahweh,e à Casa do Todo-Poderoso
de Jacob,para que nos ensine os seus caminhos,e nós andemos pelas suas veredas;porque de Sião
sairá a Lei,e a Palavra de Yahweh de Jerusalém”
(Miqueias 4:2; comapre Isaías 2:3).
Assim como Êle fêz enquanto esteve na Terra,na primeira vez,as nações manterão os Sábados Bíblicos e os Dias
Santos de Festa de Yahweh.
Podemos ler sôbre isso nos capítulos proféticos de Isáis 66:23; Ezequiel cap.45; Zacarias 14:16-19.
Tôda a rebelião será dominada e todo os povos vão aprender,finalmente,a praticar os seus Caminhos e não deixar de O adorar e louvar nos dias indicados na Bíblia,conhecidos como Moedim.
O tradutor está a pensar como vai ser diferente a ÚNICA RELIGIÃO VERDADEIRA comparada com tantos milhares de grupos que através dos séculos têm inventado religiões em que pretendem protagonizar a mais correcta.Nem se poderá imaginar como vai ser perfeita ensinada por Yahshua,o Messias,desde o seu Trono em Jerusalém.
Mas voltando a texto original,lemos que os feriados tradicionais mundanos,serão uma memória distante e ténue.
Isaías escreveu:
“E acontecerá nos últimos dias que se firmará o Monte da Casa de Yahweh no cume dos montes e
se exalçará por cima dos outeiros;e concorrerão a Êle tôdas as nações.
3-“E virão muitos povos,e dirão:Vinde e subamos ao Monte de Yahweh,à Casa do Todo-Poderoso
de Jacob,para que nos ensine o que concerne aos seus Caminhos,e andemos nas suas veredas;
porque de Sião sairá a Lei,e de Jerusalém a Palavra de Yahweh.
4-“E Êle exercerá o seu Juízo sôbre as gentes,e repreenderá a muitos povos; e êstes converterão
as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices:não levantará espada nação contra
nação,nem aprenderão mais a guerrear”.
(Isaías 2:2-4).
Uma vez que a obediência seja Universal a Terra voltará ao seu estado de antes de Adão pecar,como era no
Jardim do Éden, como o restabelecimento de uma época em que não havia pecado e,por consequência,a Terra
era um verdadeiro Paraíso. Missão que o Messias Yahshua,como Salvação de Yahweh irá concluir.
De Yahshua como Salvação de Yahweh – Êle torna-se em “Yahweh Justiça Mossa”.
Como a vontade de Seu Pai será será implantada na Terra tôda:
“Eis que vêm dias,diz Yahweh,em que levantarei a David um Renôvo Justo;e,sendo rei,reinará e
prosperará,e praticará o Juízo e a Justiça na Terra.
6-“Nos seus dias Judá será salvo,e Israel habitará seguro:e êste será o Seu Nome,com que O
nomearão:YAHWEH JUSTIÇA NOSSA”.
(Jeremias 23:5,6).
Paz e Felicidade,impossível de descrever agora,vai encher a vida de todos.
No Fim dos tempos,a Humanidade vai entender a Verdade e perceber as Bênçãos resultantes da Obediência que
Yahshua ensinou enquanto esteve na Terra a primeira vez. Todos os povos vão ficar em linha com os Caminhos
de Yahweh e de Seu Filho.Não haverá ateus nem agnósticos na vinda do Reino de Yahweh para a Terra.Todos
vão conhecê-lo,desde o menor ao maior.Satanás estará ausente,para não perverter a Verdade através de ensinos
falsos e heresias prejudiciais,entre elas,como”tôdas as Leis foram pregadas na cruz”.
Os Profetas inspirados,proclamaram corajosamente que as suas Leis sairão de Sião para todos os cantos do
Planeta e em seguida todas as pessoas vão descobrir finalmente as Bênçãos maravilhosas que resultam por seguir
os Caminhos de Yahweh.
Dá vontade de recordar que,finalmente,teremos na Terra a ÚNICA RELIGIÃO VERDADEIRA que jamais se
poderia imaginar,neste Mundo cheio de tanta heresia.
Que cada um de nós mantenha a esperança e a certeza do regresso breve de Yahshua,o Messias,o Salvador
Verdadeiro,cujo sangue pagou o castigo do pecado que é morte e abriu o Caminho para a Salvação..
Que possamos buscar e aprender de Yahshua,o Messias,tudo o que podemos recordar,obedecendo a Yahweh como está ordenado na Sua Palavra Sagrada e como o Messias ensinou,na preparação para o Reino de Yahweh.
A maior Bênção para um seguidor de Yahweh é ser achado digno de alcançar o seu Reino.
“Prova clara do Justo Juízo de Yahweh,para que sejais havidos por dignos do Reino de Yahweh,
pelo qual também padeceis.”.
( II Tess.1:5).
E para mostrar aos outros o ÚNICO CAMINHO que conduz à VIDA ETERNA através da FÉ em Yahshua,o Messias, e uma vida de OBEDIÊNCIA À SUA PALAVRA.
===================================================================
Estudo publicada na Internet,no portal de “Yahweh’s Restoration Ministry”-Restauração do Ministério de Yahweh.
Tradução elaborada por Boner Daleoni – Moita – Portugal
As passagens citadas neste trabalho,estão baseadas na Versão Portuguesa “A Escritura de Yahweh para Salvação”,publicada pela Congregação Filadélfia de Yahweh,com sede em Myerstown,P.O.Box 241. PA 17067. U.S.A. E-mail: yahwehswatchmen@gmail.com

Tags: