Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
O nome de D’us é Yaohu Uluhim ? e do messias Yaohushua?

O nome de D’us é Yaohu Uluhim ? e do messias Yaohushua?

By : Marcos

Categoria : Estudos Sobre o Nome

tetragrama sagrado pronto e moderno

Sempre quando falo algo referente ao nome do messias ou ao tetragrama sagrado, é comum eu receber comentários e mais comentários de pessoas que defendem a pronuncia do nome como sendo Yaohu e do messias como sendo Yaohushua. O mais irônico disso é que a maioria são de pessoas que não falam hebraico e não estudam o idioma, mas a maioria defende isso devido á alguns videos do youtube e devido ao site antares que propaga este nome. O mais interessante é que dizem que o hebraico foi corrompido pelos juD’us e que a palavra Elohim na verdade se pronunciaria Uhulim. Bom vamos analisar alguns pontos racionalmente. Baseado nesse raciocínio, os adepetos defendem que a pronuncia do tetragrama é Yaohu devido a transliteração das letras em hebraico, lembrando que no idioma hebraico não existem vogais. O hebraico é uma língua consonantal e existem sinais massoréticos criados pelos juD’us que junto com as consoantes indicam os sinais vocálicos da vogal a ser pronunciada. Os sinais massoréticos foram criados justamente para não se perder a pronuncia do hebraico.

O tetragrama é formado por quatro letras hebraicas, Yud (י ) Hei (ה ) Vav (ו ) Hei (ה ) .Essas letras seriam correspondentes em português á YHWH, sendo o Yud correspondente a letra Y ou I, o Hei correspondente a letra H e o Vav correspondente a letra V ou W. O Vav também é usado como vogal e ao lado de uma determinada letra pode ser tanto O quanto U dependendo do sinal massorético que possui. Então segundo a transliteração deles Yud seria Yao, o Hei seria H simplesmente, mas junto com o Vav que nesse caso seria a vogal U formam Hu. E o ultimo Hei seria só uma aspiração da palavra na ponuncia. Formando então a palavra Yaohu. Tudo bem, não vou abordar a pronuncia do tetragrama, mas vou usar a analise deles mesmo para mostrar como existem contradições. Vamos tomar como certo a analise deles. Vejamos agora a palavra Elohim:

Elohim em hebraico

A palavra é formada pelas letras Alef (א ) Lamed (ל ) Hei (ה ) Yud (י ) e Mem (ם ). Como vemos nessa palavra não aparece nenhuma letra Vav que seria a letra que daria o som de U. Então se não tem essa letra, a pronuncia não pode ser ULuhim. Se eles usam o Vav como letra U no tetragrama, de onde tiraram o U nessa palavra se não tem essa letra? E ainda duas vezes? Como podem ler ULU him se não tem um vav sequer?

Dizem que EL é um D’us pagão cananeu pai de Baal. Baal em hebraico também significa senhor. O próprio Eterno era chamado de senhor. Até que os hebreus começaram a cultuar um D’us pagão e chamavam esse D’us de senhor (BAAL). E isso fazia com que o povo se esquecesse do seu nome (tetragrama) pois cultuavam a esse senhor (BAAL)

“Os quais cuidam fazer com que o meu povo se esqueça do meu nome pelos seus sonhos que cada um conta ao seu próximo, assim como seus pais se esqueceram do meu nome por causa de Baal.”  (Jeremias 23 : 27)

A palavra El em hebraico significa D’us ou uma força, um poder. Elohim é o plural majestatico dessa palavra. Por isso Elohim significa divindade. D’us foi chamado com esse Titulo, os juzes de Israel recebiam esse titulo e até mesmo Baal é chamado desse titulo na bíblia.Vejamos:

“E sucedeu que ao meio dia Elias zombava deles e dizia: Clamai em altas vozes, porque ele é um ELOHIM (D’us); pode ser que esteja falando, ou que tenha alguma coisa que fazer, ou que intente alguma viagem; talvez esteja dormindo, e despertará” 1Reis 18,27

A escrita em Gênesis acerca da criação é a mesma de Reis, é a mesma forma de linguagem e o mesmo alfabeto. Mesmo no arcaico a escrita seria a mesma nos dois livros. Então como pode Em gênesis le-se ULUHIM e em reis ler-se ELOHIM? Como se Elohim fosse uma divindade pagã pai de Baal. Mas se fosse assim então em gênesis, na narrativa da criação também seria porque a palavra é a mesma: אלהים

ELOHIM é um titulo e não o nome sagrado, e como vemos analisando sob a ótica deles mesmos, não tem como a pronuncia ser Uluhim porque não aparece nenhum sinal massorético que indique a letra U. No site antares eles dizem que os sinais massoréticos só surgiram no século VIII devido a dispersão dos juD’us e por isso os juD’us perderam a pronuncia do nome. Se isso fosse verdade, se os sinais só surgiram no século VIII, como eles podem alegar saber a pronuncia do tetragrama baseados apenas nas consoantes?

O sinal massorético “qâmatz gadol” ( ָ ) , representa uma vogal longa quando tem som de “a”, e tem a pronúncia mais correta como um “a” com formato de “o”, mas geralmente é utilizada apenas como “a” mesmo. O caso do “qamatz qatan”, que tem o mesmo formato do “qâmatz gadol” , sua pronúncia é de “o” fechado, por exemplo na palavra כָל – “kôl” – “todo”, e nesse caso, é uma vogal breve.

Portanto a pronúncia “ao” é inexistente no hebraico seja com qamatz gadol ou com qamatz qatan. Quanto a ter alguma vogal no Nome do Eterno, é uma das maiores mentiras que eles já contaram, pois como já foi dito por eles mesmos, não haviam vogais no hebraico até o século VIII e depois, quando o hebraico foi restaurado novamente, caíram novamente no desuso. Tanto que em Israel hoje não se usam mais os sinais massoréticos. Então como eles podem afirmar que o sinal massorético embaixo da primeira letra do Nome de D-us é um qamatz qatan ? Ou mesmo do nome de Yeshua ?

Então isso não tem nenhuma base lógica  e não é sustentado por nenhum linguista ou por quem entende o hebraico. O mais irônico disso tudo é a forma como isso se espalha e a imposição tamanha que eles fazem com relação ao nome. Dizem que o nome é importante e quem tenta esconde-lo é satanista, herege etc…. Se o nome é realmente tão importante, por que usar um nome errado? Porque defender tanto um nome que é tão refutado? Porque não pesquisar um pouco sobre o hebraico e a gramatica e ver se esta mesmo certo? Ou seja, é tão importante que qualquer um que me disser um nome qualquer eu me apego e pronto, mesmo sem entender nada de hebraico. O nome é importante sim, mas não mais que a fé. Milhões de pessoas no mundo e no Brasil não sabem hebraico e nem imaginam que o nome do messias seja Yeshua. Será que estão todas condenadas por isso? Será que não serão salvas porque não sabem hebraico? E as milhares de pessoas que usaram o nome jesus antes de surgir esta história de pronuncia certa, será que foram condenadas? Eu falo yeshua porque é o nome do messias, mas também falo jesus porque sei que milhares conhecem o messias por este nome e meus estudos não são para juD’us, são para qualquer pessoa que quiser estudar e pesquisar.

O judaísmo não pronuncia o tetragrama em obediência a própria Torá que não permite a pronuncia em vão do mesmo, sendo uma violação gravíssima. Os juD’us não revelam o nome sagrado porque ele não pode ser profanado. Imagine se esses pastores picaretas que surgem aos montes por ai soubessem a pronuncia do tetragrama! Ai além de pecarem e escarnecerem da palavra como muitos fazem eles ainda estariam blasfemando do nome sagrado que não pode ser usado em vão. Por isso que os tradutores juD’us quando traduziram as escrituras para o grego, na “suposta” septuaginta, não colocaram o tetragrama substituindo-o por palavra gregas como D’us ou senhor. O nome sagrado não é um amuleto mágico que vai te fazer ficar milionário e tudo vai dar certo na sua vida. Não. O nome é para se louvar a D’us nas preces e orações e mesmo assim o judaísmo é arredio em revelar a pronuncia porque segundo o judaísmo nós pecamos em pensamentos também. Não podemos por exemplo pensar no nome sagrado pensando em adquirir bens. Isso ja seria um erro. Como o próprio Yeshua falou em Mateus 5, se alguém ao menos cobiçar algo em pensamento ja cometeu pecado. Portanto, o recomendável é que cada um estude, aprenda um pouco e na hora certa acabará aprendendo o nome sagrado.

O nome Iahwéh não é a pronuncia do tetragrama, mas é defendido por teólogos como a pronuncia mais próxima do original. Não é a pronuncia original e algumas bíblias que usam essa pronuncia como a bíblia de Jerusalém comenta em seu rodapé que essa só é uma forma respeitosa do mais próximo da pronuncia original. A palavra foi formada usando as vogais de Adonay com o tetragrama. Alguns também usam a palavra Jeová da mesma forma, usando-se as vogais de Adonay no tetragrama.

Alguns defendem também que o nome do messias é Yaohushua devido a interpretação do tetragrama e que o nome do Pai tem que estar presente no nome do filho. O hebraico utiliza apenas uma abreviação do tetragrama nos nomes, não o mesmo. Os sufixos usados são Ye e Ya no começo e no fim. O sufixo El também é usado. Mas nunca o tetragrama todo e mesmo assim existem nomes na própria bíblia que não possuem nenhum sufixo. Dadid, Shlomom, Shimom etc… Ya ou Yaho geralmente é utilizado como sufixo no fim e não no começo, como IshaYaho, MatitYaho etc…. Ye é um sufixo geralmente usado no começo com Yehudá, Yerushalaim etc…. Mas isso não significa que Yaho seja o tetragrama, é só uma abreviação, como a palavra AleluYa.

Cada nome bíblico tem seu significado na própria bíblia. Jacó ou Ya’acov, por exemplo vem da palavra calcanhar (acov) e a explicação esta na própria bíblia:

“E depois saiu o seu irmão, agarrada sua mão ao calcanhar de Esaú; por isso se chamou o seu nome Ya’acóv. E era Isaque da idade de sessenta anos quando os gerou.” (Gênesis 25 : 26)

A bíblia diz claramente que a origem do nome de Ya’acov vem da palavra calcanhar mas para esses do site antares tem que ter o tetragrama em todo nome e por isso eles dizem que o nome de Jacó é Yaohutzak do site antares

Isso é passar por cima da própria bíblia e ainda acusam a gente de seguir a tradição de homens. Se a bíblia diz que o nome dele foi dado por que segurou o calcanhar do irmão, por que eles dizem que o nome é Yaohutzak??!!Onde entra a palavra calcanhar nesse nome??!!! Ou então a bíblia também foi corrompida e o pessoal do site antares é que esta certo??Isso não é hebraico! Como eu posso ensinar para alguém um idioma que eu não conheço? Inventando? E o pior que muitos estão acreditando nisso! É o mesmo que um chinês vim para o Brasil nos ensinar a como falar português!! Não tem lógica! Mas esses acham que sabem mais que os juD’us que são os donos da língua, dizem que os juD’us corromperam a pronuncia e criaram uma nova, que segundo eles, é a original do hebraico arcaico. Como eles saberiam qual é a pronuncia original do hebraico arcaico??!!! Se não sabem nem o hebraico moderno. Então Israel esta erradíssimo e deveria mudar seus nomes milenares. Israel deveria então se chamar IsraUL . Daniel deveria DaniUL como eles dizem e assim por diante!

Yaohu, defensores da ignorância:

Apesar de muitos me criticarem por isso, eu penso que o mais importante é o estudo da palavra. Existem pessoas por ai se deixando levar por nomes, palavras e preceitos e falam sempre com palavras em hebraico e usando os nomes em hebraico. Mas estão falando o que? Será que a verdade? Será que um estudo cheio de nomes em hebraico e com um monte de heresias e mentiras vale mais que um em português mesmo que tenha conteúdo? Infelizmente é isso que tenho visto muito ultimamente. Tem pessoas que não sabem nem quem foi Abiatar ou abmeleque por exemplo e andam com kipá, barba, tsiri etc…. Prefiro transmitir o estudo da palavra de uma forma coerente e útil que qualquer doutrina errada e repetida só mudando os nomes para o hebraico.

Esse texto meu não é um ataque aos que pronunciam Yaohu ou qualquer outro nome, só estou postando porque sempre sou criticado com relação a isso quando faço algum vídeo que menciono Yeshua por exemplo. E realmente me incomoda ouvir críticas de pessoas que defendem um hebraico grotesco e ainda criticam os outros. Por mim cada um siga o que achar correto. Mas também me incomoda diversas pessoas que devido aos meus vídeos ficarem perguntando qual é o real nome de D’us como se isso fosse um amuleto mágico. Espero que as pessoas estudem mais a Torá e os evangelhos e não se apeguem tanto a superstições pois D’us não faz acepção de pessoas, seja o judeu ou o gentio, o que vale são as nossas preces sinceras.

http://estudos.cidy.org/2015/11/09/o-nome-de-dus-e-yaohu-uluhim-e-do-messias-yaohushua/

Tags: