Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
O PERDÃO DIVINO

O PERDÃO DIVINO
TEXTO: Salmos 130:3,4

O ato de perdoar tem origem divina, o perdão é estendido para toda humanidade, esse ato deve ser praticado por todos independentemente de classes de pessoas e camadas sociais, é uma das principais doutrinas das leis divina. Jesus Cristo enfatizou o seu real valor nos dando exemplos. O perdão é o elo que leva as pessoas a viverem em harmonia, pois é impossível se relacionar bem com pessoas que não perdoam. A ação de perdoar não deve ser praticada somente de lábios ou palavras, mas, em ações que provém que ele saia do mais íntimo de um coração contrito e humilde, embora algumas pessoas sintam dificuldades de familiarizar-se com o ato de perdoar. Existem duas coisas fáceis de falar e difícil de executar, amar e perdoar.

1. Significado.
O perdão é remissão de uma culpa, dívida ou pena, indulgência, um pedido de desculpa. O perdão é uma atitude de amor ao próximo. (1) Ele procede do coração de Deus (Sl 130:4); (2) Pertence a Deus (Dn 9:9); (3) Deus fez prova disso (Dn 5:8); (4) Jesus o maior exemplo em perdoar (Lc 23:34).

1.1. Como receberemos o perdão divino?
Existem meios pelos quais podemos alcançar o perdão divino, há alguns textos nas escrituras que comprovam: (a) Através do arrependimento, exemplo de Davi após seu pecado (Sl 51); (b) Por meio da confissão (Sl 32:5); (c) Com o abandono do pecado (Hb 12:1,2). O arrependimento de coração é capaz de fazer Deus mudar sentenças (2 Cr 7:14), e quem recebe o perdão de uma dívida sabe perfeitamente o quanto ele é valioso, ele trás uma grande sensação de alivio. O perdão humano deve ter as mesmas características do divino, e é uma atitude de amor ao próximo; é uma ação de um coração quebrantado e humilde. Perdão é um ato da alma o qual a pessoa ofendida permite que o seu ofensor fique livre.

1.2. Falta de perdão
A falta de perdão pode levar o individuo sofrer algumas consequencias como: (a) Enfermidade no corpo e na alma; (b) Impedimentos as respostas das orações; (c) Perder a salvação; (d) Insatisfação espiritual.

1.3. Resultado do perdão
O perdão liberta a alma do pecador, e elimina o rancor e o ódio levando-o a participar das promessas de Deus. Quem o recebe sente-se aliviado da culpa e dos sofrimentos íntimos. Imaginemos o alivio que a mulher pecadora apanhada em ato de adultério quando foi perdoada, o alivio que ela sentiu em ter a oportunidade de poder continuar a viver. Não importam quão sejam as dívidas ou pecados “Vinde então, e argüi-me, diz o SENHOR: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã.” (Is 1:18)

2. Quantas vezes devemos perdoar o próximo?
Dentre os discípulos surge uma voz, a de Pedro perguntando ao Mestre: “Quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei?” Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas setenta vezes sete (Mt 18:22). Amados não importam quais sejam as dívidas (Lc 7:41-43); não somente perdoar, mas amar (Mt 5:44); “Assim encolarizado, o seu senhor o entregou aos verdugos, até que lhe pagasse tudo o que lhe devia. Assim vos fará também meu Pai celeste, se de coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas” (Mt 18:35). Amados não é isso que estamos vendo atualmente em muitos líderes de igrejas com atitudes de não perdoar, cheios de maldade, ambição, ira, espírito de vingança e ainda carrega no peito estufado pela fama e a vaidade um distintivo de pastor, sobre esses tais disse Paulo, eles não perdoarão o rebanho.

2.1. Qual o resultado de quem não perdoa?
Infelizmente, o orgulho e a falta de humildade impedem que as pessoas não se perdoem, com essa atitude de não perdoar o indivíduo contrai para si condenação, angústia, sofrimento íntimo permitindo que o ódio predomine no coração. Quem não tem paz é incapaz de perdoar enquanto o ódio permanece alojado dentro do coração, esses tais são escravos do seu próprio eu, e perdurando o ódio e o sentimento de vingança, e quem assim procede finalmente não será perdoado por Deus.

A pessoa que perdoa, tira um fardo de si, adquire saúde para alma, harmonia, paz, alegria, felicidade, Deus é a fonte de todo perdão, o seu desejo é que os homens se perdoem, pois só há uma maneira de recebermos o perdão divino é perdoando. A pessoa que libera perdão tem como ponto de partida o amor, os indivíduos que perdoam se sente aliviada e feliz por ter exercido um desejo divino. Se não liberarmos perdão não estaremos aptos para entrar no reino dos céus.

Pr. Elis Clementino

Tags: