Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
O Retorno de Jesus Cristo e o Vindouro Reinado

O Retorno de

Jesus Cristo e o

Vindouro Reinado

Acreditamos no retorno pessoal, visível, pré-milenial, do Senhor

Jesus Cristo para governar sobre todas as nações na terra como Rei

dos Reis e para continuar o Seu cargo de sacerdote como Senhor dos

Senhores. Naquele tempo, Ele sentar-se-á no trono de David. Durante

o Seu reinado de 1.000 anos na terra, Ele restaurará todas as coisas

e estabelecerá o Reino de Deus para sempre (Mateus 24:30, 44;

Apocalipse 1:7; 11:15; 19:16; 20:4-6; 1 Tessalonissenses 4:13-16; João

14:3; Isaías 9:7; 40:10-12; Hebreus 7:24; Jeremias 23:5; Lucas 1:32-33;

Actos 1:11; 3:21; 15:16; Daniel 7:14, 18, 27).

Jesus Cristo veio à terra cerca de 2.000 anos atrás, “para tirar os

pecados de muitas pessoas. Depois ele aparecerá pela segunda vez,

não para tirar pecados, mas para salvar os que estão esperando por ele”

(Hebreus 9:28 BLH ). Naquele tempo Seu reinado sobre todas as nações

terá início com o anúncio impressionante, “Os reinos do mundo vieram

a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”

(Apocalipse 11:15).

A futura vinda do Messias, o Cristo, como Rei dos reis e Senhor dos

senhores é uma verdade frequentemente confirmada na Bíblia. É prometida

no Antigo Testamento (Isaías 40:10, Daniel 2:44, Miquéias 1:3)

e reafirmada no Novo Testamento (Mateus 24:30, João 14:3, Atos 1:11;

Apocalipse 1:7; 19:16).

Confiando na Escritura como Palavra de Deus, então, nós acreditamos

completamente no retorno pessoal, visível e pré-milenar do Senhor Jesus

Cristo (isto é, imediatamente anterior ou no início do Seu profetizado

reino de 1.000 anos).

Seu retorno não acontecerá em segredo, pois todas as pessoas que

estiverem vivas O verão (Mateus 24:30, Apocalipse 1:7). Grandes sons

sobrenaturais acompanharão o evento: “Porque o mesmo Senhor descerá

do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus”

(1 Tessalonicenses 4:16). Os reis da terra tentarão fazer guerra contra Ele,

mas Ele vai superá-los rapidamente (Apocalipse 17:14) para finalmente

trazer paz à terra.

O período que procederá o Seu retorno será o pior período de sempre

de calamidades. Jesus disse que “haverá, então, grande aflição, como

nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco haverá

jamais” (Mateus 24:21). Jeremias 30:7 diz que vai cair duro sobre os descendentes

de Jacó ou Israel: “Ah! Porque aquele dia é tão grande, que não

houve outro semelhante! E é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será

salvo dela”—isto é, depois de sofrerem.

A própria terra será abalada com agitações cataclísmicas durante o

período do juízo de Deus sobre toda a humanidade referido em muitas

passagens das Escrituras como “o dia do Senhor.” Ele vai culminar com

o retorno e reino de Cristo.

O profeta Zacarias proclamou a mensagem de Deus quanto a este juízo:

“Eis que vem o dia do Senhor . . . Porque eu ajuntarei todas as nações

para a peleja contra Jerusalém . . . E o Senhor sairá e pelejará contra

estas nações, como pelejou no dia da batalha. E, naquele dia, estarão os

seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para

o oriente. . .então, virá o Senhor, meu Deus, e todos os santos contigo

. . . E o Senhor será rei sobre toda a terra” (Zacarias 14:1-5, 9).

Jesus Cristo, Aquele que os israelitas conheciam como Deus no Antigo

Testamento (ver João 8:58, 1 Coríntios 10:4), cumprirá esta profecia.

(Veja o capítulo intitulado “Deus Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo”,

começando na página 4.)

Em submissão à vontade de Deus Pai, Jesus vai sentar-se no trono do

rei Davi, Seu ancestral humano, governando de Jerusalém sobre Israel

e sobre as nações gentias (Isaías 9:7; Jeremias 3:17, 23:5; Lucas 1:32;

Romanos 15:12), estabelecendo, literalmente, o Reino de Deus como um

governo mundial—“um reino que não será jamais destruído . . . e será

estabelecido para sempre” (Daniel 2:44).

Durante os primeiros 1.000 anos deste reinado, Cristo inaugurará “os

tempos do refrigério . . . tempos da restauração de tudo” (Atos 3:19, 21).

Esta era vindoura, o maravilhoso mundo de amanhã, será um tempo de

paz, retidão, justiça, e abundância (Amós 9:13-14, Isaías 2:2-4; 11:1-9;

Miquéias 4:1-5). O inimigo de Deus e da humanidade, Satanás, o diabo,

será banido durante esse período (Apocalipse 20:1-3). (Veja o capítulo

intitulado “Satanás, o Diabo”, começando na página 11.)

Jesus vai ser assistido no Seu reino pelos santos—Seus seguidores fiéis

de todos os períodos da história humana, que serão ressuscitados quando

Ele retornar. Eles se tornarão filhos imortais de Deus (1 Coríntios 15:50-

53), ascenderão para se encontrar com Cristo nos ares (1 Tessalonicenses

4:17) e juntar-se-ão a Ele na conquista das nações rebeldes da terra e

no estabelecimento do Reino de Deus (Salmo 149:5-9; Apocalipse 5:10,

20:6). É-nos dada a garantia de que em Cristo “os santos do Altíssimo

receberão o reino e possuirão o reino para todo o sempre e de eternidade

em eternidade” (Daniel 7:18).

O Milênio será seguido por uma breve libertação de Satanás, como uma

lição importante para a humanidade, e depois a sua remoção permanente

(Apocalipse 20:7-10). Logo a seguir à remoção permanente de satanás,

virá outra ressurreição por meio da qual todos os que já viveram, serão

dados a oportunidade de ser salvos e receber a vida eterna (versículos

5, 11-12). E, após esse período, virá a destruição permanente no lago

do fogo dos ímpios incorrigíveis, aqueles que finalmente se recusarem

a arrepender-se (versículos 13-15; 21:8). (Veja o capítulo intitulado “As

Ressurreições e o Juízo Eterno”, começando na página 65.)

Finalmente, o ambiente terrestre será transformado em “um novo céu e

uma nova terra” (Apocalipse 21:1) e a gloriosa cidade de Nova Jerusalém

descerá do céu para a terra, juntamente com Deus Pai, que na última habitará

com Seus filhos, agora imortais (versículos 2-3). “E Deus limpará de

seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor,

nem dor, porque as primeiras coisas são passadas” (versículo 4).

Esta é a culminação do plano de salvação de Deus, quando Cristo “tiver

entregado o Reino a Deus, ao Pai . . . Porque convém que reine até que

haja posto a todos os inimigos debaixo de Seus pés. Ora, o último inimigo

que há de ser aniquilado é a morte” (1 Coríntios 15:24-26). Os filhos

imortais de Deus, submissos a Cristo e ao Pai, então herdarão “todas as

coisas” (Apocalipse 21:7)—o universo inteiro. (Veja o capítulo intitulado

“O Propósito de Deus para a Humanidade”, começando na página 53.)

E “do incremento deste principado e da paz, não haverá fim” (Isaías 9:7).

Esta é a salvação impressionante pela qual esperamos—que começará

no retorno glorioso do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. “Porque

ainda um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará”

(Hebreus 10:37). Como Ele declara no último capítulo da Bíblia:

“E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada

um segundo a sua obra” (Apocalipse 22:12). Sim, Jesus Cristo está voltando.

O Rei está vindo—em breve! Então, nas palavras de Hebreus

10:23, “retenhamos firmes a confissão da nossa esperança, porque fiel é o

que prometeu.”

IGREJA DE DEUS UNIDA

Tags: O Retorno de Jesus Cristo e o Vindouro Reinado

O Retorno de

Jesus Cristo e o

Vindouro Reinado

Acreditamos no retorno pessoal, visível, pré-milenial, do Senhor

Jesus Cristo para governar sobre todas as nações na terra como Rei

dos Reis e para continuar o Seu cargo de sacerdote como Senhor dos

Senhores. Naquele tempo, Ele sentar-se-á no trono de David. Durante

o Seu reinado de 1.000 anos na terra, Ele restaurará todas as coisas

e estabelecerá o Reino de Deus para sempre (Mateus 24:30, 44;

Apocalipse 1:7; 11:15; 19:16; 20:4-6; 1 Tessalonissenses 4:13-16; João

14:3; Isaías 9:7; 40:10-12; Hebreus 7:24; Jeremias 23:5; Lucas 1:32-33;

Actos 1:11; 3:21; 15:16; Daniel 7:14, 18, 27).

Jesus Cristo veio à terra cerca de 2.000 anos atrás, “para tirar os

pecados de muitas pessoas. Depois ele aparecerá pela segunda vez,

não para tirar pecados, mas para salvar os que estão esperando por ele”

(Hebreus 9:28 BLH ). Naquele tempo Seu reinado sobre todas as nações

terá início com o anúncio impressionante, “Os reinos do mundo vieram

a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”

(Apocalipse 11:15).

A futura vinda do Messias, o Cristo, como Rei dos reis e Senhor dos

senhores é uma verdade frequentemente confirmada na Bíblia. É prometida

no Antigo Testamento (Isaías 40:10, Daniel 2:44, Miquéias 1:3)

e reafirmada no Novo Testamento (Mateus 24:30, João 14:3, Atos 1:11;

Apocalipse 1:7; 19:16).

Confiando na Escritura como Palavra de Deus, então, nós acreditamos

completamente no retorno pessoal, visível e pré-milenar do Senhor Jesus

Cristo (isto é, imediatamente anterior ou no início do Seu profetizado

reino de 1.000 anos).

Seu retorno não acontecerá em segredo, pois todas as pessoas que

estiverem vivas O verão (Mateus 24:30, Apocalipse 1:7). Grandes sons

sobrenaturais acompanharão o evento: “Porque o mesmo Senhor descerá

do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus”

(1 Tessalonicenses 4:16). Os reis da terra tentarão fazer guerra contra Ele,

mas Ele vai superá-los rapidamente (Apocalipse 17:14) para finalmente

trazer paz à terra.

O período que procederá o Seu retorno será o pior período de sempre

de calamidades. Jesus disse que “haverá, então, grande aflição, como

nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco haverá

jamais” (Mateus 24:21). Jeremias 30:7 diz que vai cair duro sobre os descendentes

de Jacó ou Israel: “Ah! Porque aquele dia é tão grande, que não

houve outro semelhante! E é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será

salvo dela”—isto é, depois de sofrerem.

A própria terra será abalada com agitações cataclísmicas durante o

período do juízo de Deus sobre toda a humanidade referido em muitas

passagens das Escrituras como “o dia do Senhor.” Ele vai culminar com

o retorno e reino de Cristo.

O profeta Zacarias proclamou a mensagem de Deus quanto a este juízo:

“Eis que vem o dia do Senhor . . . Porque eu ajuntarei todas as nações

para a peleja contra Jerusalém . . . E o Senhor sairá e pelejará contra

estas nações, como pelejou no dia da batalha. E, naquele dia, estarão os

seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para

o oriente. . .então, virá o Senhor, meu Deus, e todos os santos contigo

. . . E o Senhor será rei sobre toda a terra” (Zacarias 14:1-5, 9).

Jesus Cristo, Aquele que os israelitas conheciam como Deus no Antigo

Testamento (ver João 8:58, 1 Coríntios 10:4), cumprirá esta profecia.

(Veja o capítulo intitulado “Deus Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo”,

começando na página 4.)

Em submissão à vontade de Deus Pai, Jesus vai sentar-se no trono do

rei Davi, Seu ancestral humano, governando de Jerusalém sobre Israel

e sobre as nações gentias (Isaías 9:7; Jeremias 3:17, 23:5; Lucas 1:32;

Romanos 15:12), estabelecendo, literalmente, o Reino de Deus como um

governo mundial—“um reino que não será jamais destruído . . . e será

estabelecido para sempre” (Daniel 2:44).

Durante os primeiros 1.000 anos deste reinado, Cristo inaugurará “os

tempos do refrigério . . . tempos da restauração de tudo” (Atos 3:19, 21).

Esta era vindoura, o maravilhoso mundo de amanhã, será um tempo de

paz, retidão, justiça, e abundância (Amós 9:13-14, Isaías 2:2-4; 11:1-9;

Miquéias 4:1-5). O inimigo de Deus e da humanidade, Satanás, o diabo,

será banido durante esse período (Apocalipse 20:1-3). (Veja o capítulo

intitulado “Satanás, o Diabo”, começando na página 11.)

Jesus vai ser assistido no Seu reino pelos santos—Seus seguidores fiéis

de todos os períodos da história humana, que serão ressuscitados quando

Ele retornar. Eles se tornarão filhos imortais de Deus (1 Coríntios 15:50-

53), ascenderão para se encontrar com Cristo nos ares (1 Tessalonicenses

4:17) e juntar-se-ão a Ele na conquista das nações rebeldes da terra e

no estabelecimento do Reino de Deus (Salmo 149:5-9; Apocalipse 5:10,

20:6). É-nos dada a garantia de que em Cristo “os santos do Altíssimo

receberão o reino e possuirão o reino para todo o sempre e de eternidade

em eternidade” (Daniel 7:18).

O Milênio será seguido por uma breve libertação de Satanás, como uma

lição importante para a humanidade, e depois a sua remoção permanente

(Apocalipse 20:7-10). Logo a seguir à remoção permanente de satanás,

virá outra ressurreição por meio da qual todos os que já viveram, serão

dados a oportunidade de ser salvos e receber a vida eterna (versículos

5, 11-12). E, após esse período, virá a destruição permanente no lago

do fogo dos ímpios incorrigíveis, aqueles que finalmente se recusarem

a arrepender-se (versículos 13-15; 21:8). (Veja o capítulo intitulado “As

Ressurreições e o Juízo Eterno”, começando na página 65.)

Finalmente, o ambiente terrestre será transformado em “um novo céu e

uma nova terra” (Apocalipse 21:1) e a gloriosa cidade de Nova Jerusalém

descerá do céu para a terra, juntamente com Deus Pai, que na última habitará

com Seus filhos, agora imortais (versículos 2-3). “E Deus limpará de

seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor,

nem dor, porque as primeiras coisas são passadas” (versículo 4).

Esta é a culminação do plano de salvação de Deus, quando Cristo “tiver

entregado o Reino a Deus, ao Pai . . . Porque convém que reine até que

haja posto a todos os inimigos debaixo de Seus pés. Ora, o último inimigo

que há de ser aniquilado é a morte” (1 Coríntios 15:24-26). Os filhos

imortais de Deus, submissos a Cristo e ao Pai, então herdarão “todas as

coisas” (Apocalipse 21:7)—o universo inteiro. (Veja o capítulo intitulado

“O Propósito de Deus para a Humanidade”, começando na página 53.)

E “do incremento deste principado e da paz, não haverá fim” (Isaías 9:7).

Esta é a salvação impressionante pela qual esperamos—que começará

no retorno glorioso do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. “Porque

ainda um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará”

(Hebreus 10:37). Como Ele declara no último capítulo da Bíblia:

“E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada

um segundo a sua obra” (Apocalipse 22:12). Sim, Jesus Cristo está voltando.

O Rei está vindo—em breve! Então, nas palavras de Hebreus

10:23, “retenhamos firmes a confissão da nossa esperança, porque fiel é o

que prometeu.”

http://portugues.ucg.org/estudos/crencas-fundamentais-da-igreja-de-deus-unida-uma-associacao-internacional/o-retorno-de%C2%A0jesus

Tags: