Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Os judeus brasileiros

Os judeus brasileiros

Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Daniel Ferreira da Silva

Os judeus brasileiros

Muitos brasileiros, quando estavam na escola, inclusive eu, aprenderam que o povo brasileiro foi formado por três raças básicas a saber: o branco português, o negro africano e o índio.

Entretanto, novas pesquisas históricas têm revelado que um povo em especial esteve presente na formação do povo brasileiro desde o período colonial: os judeus. A Prof.ª Dr.ª Anita Novinsky, renomada historiadora da USP, diz que um em cada três portugueses que vieram para o Brasil durante o Brasil Colônia, eram na verdade judeus portugueses.

Como assim, judeus portugueses? Há muitos anos os judeus habitavam em Espanha, vivendo em liberdade religiosa, porém com a ascensão de Fernando e Isabel, os Reis Católicos, ao trono espanhol, começa uma perseguição implacável aos judeus espanhóis através da Inquisição, o temido tribunal da Igreja Católica.

Muitos judeus espanhóis são perseguidos, têm seus bens confiscados e queimados nas fogueiras da Inquisição. Em 1492, os reis da Espanha expulsam os judeus espanhóis da Espanha e estes fogem para Portugal.

Nessa época também já viviam em Portugal muitos judeus, aos quais iriam se somar os judeus da Espanha.

Em 1497, o rei português D. Manuel também publica um edito de expulsão, obrigando os judeus que estavam em Portugal a se converterem ao Catolicismo ou a saírem de Portugal.

Os judeus espanhóis e portugueses foram obrigados a se converterem à força ao Catolicismo, abandonando seus nomes judaicos e adotando nomes e sobrenomes espanhóis e portugueses, como Silva, Cardoso, Lopes, Costa, Nunes, David, Oliveira, Mesquita, Borges, Ferreira, Rezende, dentre vários outros, como nos mostra a história e o Dicionário Sefaradi de sobrenomes de origem judaica.

Esses judeus espanhóis e portugueses ficaram conhecidos como judeus sefarditas, isto é, que habitaram em Sefarad, nome judaico da Península Ibérica.

Também ficaram conhecidos como cristãos-novos, para se diferenciarem dos cristãos-velhos (portugueses e espanhóis que eram católicos há muito tempo ), como b`nei anussim ( os filhos dos forçados, isto é, forçados a se converterem ao Catolicismo), e como os marranos, os descendentes de judeus que abraçaram a fé católica de maneira forçada.

Mas o que tem a ver os judeus portugueses e espanhóis como Brasil?

No século XVI, a população de Portugal era de um milhão de habitantes.

Desses um milhão de habitantes, duzentos mil eram judeus, isto é, 20% da população de Portugal. Em 1497, os judeus que moravam em Portugal começam a ser perseguidos, torturados, tendo seus bens confiscados e queimados na fogueira.

Muitos judeus desejam fugir dessa cruel perseguição imposta pelo governo português e pela Inquisição, mas fugir para onde? Então algo acontece: Em 1500, O Brasil é “descoberto”, e junto com frota de Cabral vêm para o Brasil judeus como Gaspar da Gama, Fernando de Noronha e após o descobrimento, milhares de judeus, fugindo da Inquisição, vêm para o Brasil, habitando principalmente no Nordeste, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Minas Gerais, no século XVIII, de acordo com a historiadora Neuza Fernandes era um dos estados que mais tinham ainda judeus e descendentes de judeus.

Esses judeus praticavam o catolicismo por fora, exteriormente, mas continuaram professando o judaísmo por dentro, interiormente, sendo conhecidos por causa disso como criptojudeus.

Por isso, milhares de brasileiros são descendentes de judeus e devem por isso resgatar as suas origens judaicas, através de pesquisas genealógicas, estudo dos costumes praticados pelas suas famílias e reinvindicar a sua ascendência judaica, pois o Eterno, D-us de Israel, fez uma aliança com Avraham ( Abraão ) e seus descendentes, o povo judeu.

Os judeus brasileiros, isto é, os descendentes dos judeus portugueses e espanhóis que para aqui vieram, devem resgatar a memória e as tradições dos seus antepassados judeus, embasados no Judaísmo Messiânico, que reconhece Yeshua HaMashiach ( Jesus, o Messias ), como o Mashiach profetizado no Tanakh ( Velho Testamento ).

Escrito por: Daniel Ferreira da Silva

Tags: