Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Os perigos da persistência na desobediência

Os perigos da persistência na desobediência

Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Cristiano Mascarenhas

 

 

 

 

Título: Os perigos da persistência na desobediência
Tema: Restauração e Santidade
Textos: I Samuel 10:1; 6; 9/ 16:14-23/28: 5-6

Quebra-Gelo: O que é persistência? Você é ou conhecem alguém persistente, perseverante; as pessoas perseverantes lutam e nunca desistem de seus objetivos enquanto não alcançam. O inimigo de nossas almas e persistente em nos tentar para nos destruir, mas nós filhos de Deus somos mais perseverantes em obedecer e ser fieis a Deus. Vamos falar hoje de uma persistência que não podemos querer nem de longe, “a persistência na desobediência ao Senhor”.

Introdução: Saul foi o primeiro rei de Israel, O Senhor deveria ser sempre o rei soberano do seu povo, mas como Israel querendo se igualar as nações vizinhas, pediu um rei, um homem para governar sobre eles, O senhor concordou e enviou o profeta Samuel, ungir Saul.

Então Samuel apanhou um jarro de óleo, derramou-o sobre a cabeça de Saul e o beijou, dizendo: “O Senhor o tem ungido como líder da herança dele. (1Sm 10: 1)

No inicio de seu chamado, Saul foi obediente, o Espirito Santo veio sobre ele, e profetizou, venceu lutas, em nome do Senhor. Mas ao acompanharmos a vida de Saul, percebemos que ele parou se perseverar, e começou a obedecer a Deus parcialmente, e assim foi, desobedecendo cada vez mais, ele se preocupava com o que os outros pensavam dele, e não o que Deus achava de sua vida. Chegando ao ponto do Senhor, ter se arrependido de ter ungido Saul, como rei.

O que interessa não é a forma que começamos a andar no Senhor, mas como vamos terminar é que vai ditar nosso sucesso. A bíblia diz que aqueles que perseverarem até o fim serão salvos (Mat 10:23). Para receber a coroa da vida devemos ser fieis até a morte, ou seja, enquanto estivermos nesta terra temos que ser Obedientes e Fieis ao Senhor. (AP: 2:10).

Através da vida de Saul vamos ver o que acarreta a persistência na desobediência:
A PERSISTENCIA NA DESOBEDIENCIA CAUSA:

1. PERCA DA PRESENÇA DO SENHOR. V.14.a

E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR.

Saul foi ungido rei, e experimentou uma conversão instantânea em sua vida, devido à falta de temor, respeito e amor a Deus (Jo 14:15), Saul, perdeu a unção, sua posição passou agora para Davi, o coração de Saul não era perfeito diante de Deus, por isso o Senhor, encontrou um homem segundo o seu coração e o constituiu Davi rei de Israel, não era por que Davi era sem pecado, mas ele tinha um coração quebrantado, Saul não quis se aquebrantar para o Senhor o restaurar, ficando sem a presença de Deus, sem o Seu Espirito Santo.

O rei Davi cometeu vários erros, mas experimentou um arrependimento e restauração profundas de Deus, o que Davi, não queria era perder a Presença de Deus, que era seu Espirito.

Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável.
Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu Santo Espírito.
Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer. (Sl 51: 10-12).

O apostolo Paulo escrevendo aos Efésios, também fala da importância de não entristecer o Espirito Santo, que é o penhor da nossa redenção.

Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção.( (Efes 4:30).

Quando desobedecemos e pecamos estamos ofendendo nosso consolador amado, apagando sua operação em nossas vidas.

Não apaguem o Espírito. (1ts 5:19).

2. PERTUBAÇÃO ESPIRITAL V.14.b

14 E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR.

Saul se aterrorizava de si mesmo. O Espírito do Senhor foi-se dele. Se Deus e sua graça não nos governam, o pecado e Satanás tomarão possessão de nós. O diabo, por permissão divina, perturbou e aterrorizou a Saul pelos humores corruptos de seus corpos e as paixões de sua mente. Ficou temeroso, beligerante, descontente e, às vezes, maluco.

Saul ficou e ficou fraco e tolo; perdeu toda a coragem e grandeza de mente era tímido e medroso, e alarmado por tudo, e estava cheio de inveja, suspeita, raiva, e desespero. Esses são alguns sintomas de quem que estar em perturbação espiritual.
A constante loucura em desobedecer ao Senhor, fez com que O Espirito santo se retirasse, uma vez saindo Saul ficou com a vida vazia de Deus, daí uma porta fácil para satanás entrar na vida dele.

CONTRASTE DA VIDA DE SAUL ANTES E DEPOIS :

NA OBEDIENCIA;
Então Samuel apanhou um jarro de óleo, derramou-o sobre a cabeça de Saul e o beijou, dizendo: “O Senhor o tem ungido como líder da herança dele. (1Sm 10: 1)

E o Espírito do SENHOR poderosamente se apossará de ti, e profetizarás com eles, e serás tornado em um outro homem.

Sucedeu, pois, que, virando ele (Saul) as costas para partir de Samuel, Deus lhe mudou o coração em outro; e todos aqueles sinais aconteceram naquele mesmo dia. (1Sm 10:9 )

NA DESOBEDIENCIA;
E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR. (1Sm 16:14)

Quando alguém que um dia foi escolhido por Deus, provou da unção dos céus, para de obedecer, e começar a andar no erro, ele passa a ter suas atitudes erradas piores do que antes de aceitar o convite de servir a Deus pela fé.

“Quando um espírito imundo sai de um homem, passa por lugares áridos procurando descanso e não encontra, e diz: ‘Voltarei para a casa de onde saí’. Chegando, encontra a casa desocupada, varrida e em ordem. Então vai e traz consigo outros sete espíritos piores do que ele, e entrando passam a viver ali. E o estado final daquele homem torna-se pior do que o primeiro. Assim acontecerá a esta geração perversa”. (Mat 12:42-45)

3. ORAÇÃO INEFICAZ, INÚTIL. 1Sm 28:5-6/ Isaías 59:1-2.
Quando Saul viu o acampamento filisteu, teve medo; ficou apavorado.
Ele consultou o Senhor, mas este não lhe respondeu nem por sonhos nem por Urim nem por profetas. (1Sm 28:5-6)

A falta de intimidade e obediência a Deus traz medo, existem duas grandes forças que operam Uma É A Fé e a outra É O Medo, só que elas são opostas, a fé opera maravilhas e o medo opera a destruição daqueles que são envolvidos por ele, Saul ao ver os inimigos acampados, ficou até apavorado, assustado, mostrando uma falta de confiança no Senhor, ele consultou o senhor, mas foi em vão, pois o pecado encobre a face de Deus para as orações do homem, o Senhor é santo e exige que os seus filhos sejam santos (Levíticos 11), O Senhor poderia ajudar facilmente a Saul, bastava o Senhor estender sua mão e todo os inimigos de Saul estariam vencidos, mas o motivo de não responder era a rebeldia contra a santidade do todo poderoso. (Isaías 59:1-2).

O CAMINHO DE VOLTA
Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor.
Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do seu lugar. (Apo 2:4-5)

I. Lembre-se de onde você caiu!
É preciso reconhecer onde em que área falhamos, qual negligencia e pecado cometemos, onde, o que nos fez perder a unção, é preciso deixar o espirito santo fazer uma analise em nossos corações e mentes, onde você perdeu a alegria de servir, de orar, ler a bíblia, evangelizar, reconheça primeiro para depois poder restaurar.
O homem de Deus perguntou: “Onde caiu? ” Quando ele lhe mostrou o lugar, Eliseu cortou um galho e o jogou ali, fazendo o ferro flutuar, (2Rs 6:6)

II. Arrependa-se
III. pratique as obras que praticava no princípio( 1º amor).

O primeiro passo é um ato de recordação, de lembrança do tempo anterior à perda do primeiro amor. Não há melhor maneira de retomá-lo do que esta… relembrar os primeiros momentos de fé, de experiência com Deus. O profeta Jeremias declarou:

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança”. (Lamentações de Jeremias 3.21)

Algumas lembranças tem o poder de produzir em nós um caminho de restauração. Muitas vezes não nos damos conta daquilo que temos perdido. E uma boa forma de dimensionar nossas perdas é contrastar aquilo que estamos vivendo hoje com aquilo que já experimentamos antes em Deus.

Arrependa-se
E esta é a segunda atitude que Jesus pediu aos irmãos de Éfeso: “arrepende-te”. Não basta ter saudade de como as coisas eram antes, é preciso sentir dor por ter perdido o primeiro amor; lamentar, chorar e clamar o perdão de Deus e reconhecer que isto é mais do que desânimo, ou qualquer outra crise emocional. É um pecado de desamor, de desinteresse para com Deus.

“Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração. Afligi-vos, lamentai e chorai. Converta-se o vosso riso em pranto, e a vossa alegria, em tristeza. Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará.” (Tiago 4.8-10).
“volta à prática das primeiras obras”.
Portanto, não basta apenas reviver lembranças e chorar, temos que voltar a fazer aquilo que abandonamos.

Conclusão:
É tempo de resgatar nosso amor ao Senhor e dar-lhe nada menos que amor total. Que o Senhor nos dê graça para viver intensamente a obediência ao maior mandamento!

 

 

 

 

Escrito por: Cristiano Mascarenhas

Tags: