Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
PARA ONDE FORAM ENVIADOS OS DOZE APÓSTOLOS ?

PARA ONDE FORAM ENVIADOS OS DOZE APÓSTOLOS ?   

 

     Onde se encontrava Pedro quando Paulo pregou o Evangelho em Roma ?

     Porquê o Livro de Actos omite de forma estranha tôda a referência aos doze Apóstolos depois que êstes saíram

    de Palestina? A seguir poderá ler a revelação de um dos segredos melhor guardados da História.

    Porquê se ocultou do conhecimento público a verdade acêrca das viagens dos doze Apóstolos?

    Todos podemos ler com todo o detalhe as viagens de Paulo através de Chipre,Ásia Menor,Grécia e Itália.

    Mas no que se refere aos doze Apóstolos originais,nada se sabe !

    As suas viagens estão veladas pelo mistério. PORQUÊ ? Agora já pode divulgar-se !

    Nunca lhe pareceu estranho que a maior parte do Novo Testamento,à excepção do Livro de Actos,não foi escrita

por Pedro,mas sim por Paulo ? Nunca lhe pareceu estranho que depois de haver iniciado a pregação do Evangelho aos Gentios na casa de Cornélio -Actos 10 e 11 – Pedro e os outros onze Apóstolos desapareceram da história de

repente ? E porquê só Pedro e João reapareceram,ainda que só de passagem,em Jerusalém,durante o inspirado

Concílio de Jerusalém,em Actos cap.15 ?  Depois disso,lemos apenas acêrca do ministério de Paulo aos Gentios.

Porquê ? Que aconteceu com os doze Apóstolos ?  Vamos estudar este assunto !

    Existe uma razão pela qual as viagens dos doze Apóstolos ficaram encobertos pelo mistério… Até hoje !

    Sem dúvida,tem sido dito que Yahoshua escolheu os seus doze Discípulos,ordenou-os como Apóstolos e enviou-os a pregar aos Judeus. Quando a nação Judaica rejeitou a mensagem do Evangelho,talvez se tenha imaginado que os Apóstolos partiram então para pregar aos Gentios. Nada poderia estar mais longe da verdade.

    Paulo,que sendo chamado mais tarde como Apóstolo especial,foi comissionado para  anunciar o Evangelho aos

Gentios. Ananias,que foi enviado a Baptizar Paulo,recebeu de Yahoshua a seguinte garantia:

   “Disse-lhe,porém,o Soberano:Vai,porque êste é para Mim um vaso escolhido,para levar o Meu Nome diante dos Gentios,e dos reis e dos filhos de Israel”.

   Actos 9:15.

   Foi Paulo e não algum dos Doze que disse:-

   “Mas  resistindo e blasfemando eles,sacudiu os vestidos,e disse-lhes:O vosso sangue seja  sôbre

a vossa cabeça;eu estou limpo, e desde agora parto para os Gentios”.

   Actos 18:6.

  Se Yahoshua não tivesse chamado a Paulo para um Apostolado especial para levar o Evangelho aos Gentios e de

haver já comissionado os Doze para pregar,mas…Aonde foram enviados os Apóstolos ?

   A comissão entregue por Yahoshua nos esclarece.

   Note a resposta surpreendente em Mateus 10:5,6:-

   “Yahoshua enviou êste Doze,e lhes ordenou,dizendo:Não ireis pelo caminho das gentes,nem

entrareis em cidade de Samaritanos;

  “Mas ide antes às OVELHAS PERDIDAS DA CASA DE ISRAEL”.

  Leia aí mesmo com os seus próprios olhos na sua Bíblia !

  “Não ireis pelo caminho dos Gentios,senão ide às ovelhas perdidas da Casa de Israel!

  Yahoshua não o disse por acaso ! Deu-lhes instruções como um Mandamento,os Doze foram impedidos com

rigor de espalhar o Evangelho entre os Gentios. Paulo é que foi encarregado para fazer esta obra.

  Os Doze Apóstolos deveriam ir às ovelhas perdidas de Israel – Às Dez Tribos Perdidas !

  É certo que Pedro foi enviado a casa de Cornélio (Actos 10:11),para abrir a porta do Evangelho aos Gentios,

mas a missão vitalícia de Pedro foi a de levar o Evangelho às Ovelhas Perdidas da Casa de Israel.

 Pedro,como um dos Doze,apenas abriu a porta dos Gentios.E foi Paulo quem entrou por essa porta levando o

Evangelho às nações Gentias.

  Também é certo que Pedro se dirigiu para os Gentios de Samaria,mas não foi para lhes levar o Evangelho.

  Filipe já o havia feito ! O que Pedro e João fizeram foi apenas orar para que os Samaritanos pudessem receber

o Espírito Santo. Confira Actos 8:5,14-17:-

 “E,descendo Filipe à cidade de Samaria lhes pregava o Messias Yahoshua.

“Os Apóstolos,pois,que estavam em Jerusalém,ouvindo que Samaria recebera a Palavra de Yahweh

enviaram para lá Pedro e João.

“Os quais,tendo descido,oraram por êles para que recebessem o Espírito Santo.

“(Porque sobre nenhum deles tinha ainda descido;mas somente eram Baptizados em Nome do

Soberano Yahoshua.)

“Então lhes impuseram as mãos,e receberam o Espírito Santo”.

 Agora já sabemos aonde foram enviados os Doze Apóstolos.

 Não foram enviados aos Gentios,mas sim às Ovelhas da Casa de Israel.

 Paulo é que foi enviado aos Gentios.

É a Assembleia de Yahweh Verdadeira que nestes tempos deve ir por todas as nações pregando o Evangelho até

ao fim da nossa era,através dos meios disponíveis ao seu dispor:

 “Portanto ide,ensinai todas as nações,Baptizando-as em Nome do Pai e do Filho,e do Espírito Santo

“Ensinando-as a guardar todas as coisas que Eu vos tenho mandado;e eis que Eu estou convosco

todos os dias,até à consumação dos Séculos.Amém”.

 Mateus 28:19,20.

 Passemos agora,a descrever para onde foram Pedro e o resto dos doze,depois da partida de Palestina.

 Este tem sido um dos maiores segredos da História melhor guardados !

 Se o Mundo tivesse conhecimento para que regiões da Terra se encaminharam os Apóstolos,a Casa de Israel

nunca se teria perdido de vista !

 Mas o Pai Celestial teve um propósito especial especial para que a Casa perdida de Israel não fosse revelada

senão no Século XX !

                                   A CASA DE ISRAEL FOI IDENTIFICADA

 Dos filhos de Jacob,cujo nome foi mudado para o de Israel,são descendentes Doze Tribos.

 Sob o reinado de David foram reunidas como uma nação: Israel !

 Depois da morte de Salomão,filho de David,as doze tribos dividiram-se em duas nações.A tribo de Judá separou-

se da nação de Israel,mantendo o rei que Israel rejeitou.

  Ao mesmo tempo,Benjamim,reuniu-se a Judá e a parte de Levi. A nova nação formada desta maneira,com a sua

capital em Jerusalém,veio a ser conhecida como a “Casa de Judá”. Os seus súbditos passaram a chamar-se Judeus.

  As restantes DEZ TRIBOS ao Norte de Judá,as quais rejeitaram o rei Roboão,filho de Salomão,passaram a

conhecer-se como “Casa de Israel”,com a sua capital em Samaria.

 Os Livros do Antigo Testamento ocuparam-se em descrever as contendas entre a Casa de Israel e a Casa de Judá.

 De facto,na primeira ocasião em que o nome de “Judeu” aparece na Bíblia,descobrimos o rei de Israel,aliado com

a Síria,expulsando os Judeus de suas posições no porto de Elate,situado no Mar Vermelho.

“Naquele mesmo tempo Resim,rei da Síria,restituiu Elate à Síria,e lançou fora de Elate os Judeus:e os sirios vieram a Elate,e habitaram ali até ao dia de hoje.

“E Acaz enviou mensageiros a Tiglate-Pileser,rei da Assíria,dizendo:Eu sou teu servo e teu filho;

sobe,e livra-me das mãos do rei da Síria,e das mãos do rei de Israel,que se levantam contra mim”.

  II Reis 16:6,7.

A Dez Tribos ao Norte de Judá – a Casa de Israel – foram derrotadas,depois de um cêrco de três anos-721-718 AC

pelo poderoso Império de Assíria. O povo de Israel foi levado cativo para além do Rio Tigre e estabelecido na

Assíria e nas cidades dos Medos,à volta do Lago Urmia,a Sudoeste do Mar Cáspio.

As cidades desoladas do Reino de Samaria (Israel) foram povoadas pelos Assírios com Gentios que deslocaram de

Babilónia. Estes Gentios (II Reis cap.17) são os Samaritanos do tempo de Yahoshua,o Messias.

 A Casa de Israel nunca mais regressou à Palestina.Foi assim que a nação de Israel adquiriu o nome histórico das

“Dez Tribos Perdidas”. Para estas enviou Yahoshua os Doze Apóstolos !

 A Casa de Judá – os Judeus – permaneceu na Palestina até à invasão Babilónica que se iniciou no ano 604 A.C.

 Passado pouco tempo,Judá foi deportado para a Mesopotâmia (Babilónia),tendo regressado à Palestina setenta

anos mais tarde. Estes são os que chegaram a conhecer-se geralmente como “Israel” por ser os únicos

descendentes de Jacob – ISRAEL – que viviam então na Palestina.

  As Dez Tribos – a Casa de Israel – foram absorvidas,perderam-se na terra do seu exílio.

  Yahoshua veio para os seus – para a Casa de Judá –  os Judeus – e os seus não O receberam (João 1:11).

  Yahoshua,era da linhagem de David,da Casa de Judá. Quando o seu próprio Povo – os Judeus – O rejeitaram,

não se virou para os Gentios. Paulo é que foi encarregado disso.

  Por outro lado,Yahsoshua,ao falar com a mulher gentia ,a Samaritana,disse claramente a quem tinha sido enviado

 “E Êle (Yahoshua),respondendo,disse:EU não fui enviado senão às ovelhas perdidas da Casa de Israel”. Mateus 15:24.

 Para cumprir mais tarde essa missão Celestial,visto que Yahoshua foi executado pouco depois no Gólgota para

pagar os pecados do Mundo,encarregou os seus Doze Discípulos.A êles deu ordem:”Ide às ovelhas perdidas

da Casa de Israel”. Mateus 10:6.

 E êles foram,mas a História perdeu-os de vista e não se sabe para onde foram. As suas viagens são um mistério.

ATÉ AGORA !

 E o Novo Testamento revela: A História da Assembleia Primitiva do Novo Testamento está preservada no Livro

de Actos. Mas podemos ver que o relato de Actos termina deixando a História incompleta. Lucas nem sequer

terminou o relato da vida de Paulo,depois de haver finalizado na sua prisão de dois anos !  PORQUÊ ?

 A resposta a encontrará na comissão que Yahoshua concedeu a Paulo. Ainda antes de que Paulo fosse Baptizado,

o Messias já tinha planeado a futura tarefa que Paulo levaria a cabo.

 Primeiro,Paulo teria que dar instruções aos Gentios e isto o fez em Chipre,Ásia Menor e Grécia.

Depois teria que apresentar-se perante reis,isto o levou a cabo durante a sua prisão de dois anos em Roma.

 No fim dos dois anos em cujo tempo não se apresentaram acusadores.

 Paulo,de harmonia com a Lei Romana,deveria ser libertado.

 É então que Lucas interrompe de repente o relato da vida de Paulo.

 “Pregando o Reino de Yahweh,e ensinando com toda a liberdade as coisas pertencentes ao Soberano Yahoshua,o Messias,sem impedimento algum”. Actos 28:31.

 Mas a terceira missão de Paulo ainda não se havia  realizado !

 O Messias,havia escolhido Paulo para um propósito triplo:

 “Disse-lhe,porém,o Soberano: Vai,porque este é para Mim um vaso escolhido,para levar o Meu Nome diante dos Gentios,e dos Reis e dos filhos de Israel”.

 Actos 9:15.

 Eis aqui a resposta. Paulo também iria terminar o seu trabalho entre as Dez Tribos Perdidas.

Yahoshua,o Messias,não permitiu que Lucas incluísse em Actos,as viagens finais na vida de Paulo.

Se o fizesse,teria revelado o paradeiro dos filhos de Israel !

Não era ainda o tempo para que o Pai o desse a conhecer.Mas o momento já chegou,no “tempo do fim”,para

abrir o véu da história e revelar para onde foram os Doze Apóstolos !

Há três palavras que FALTAM.Abra agora a sua Bíblia na Epístola de Tiago.A quem está dirigida ? Leia:-

“Tiago,servo de Yahweh,e do Soberano Yahoshua,o Messias,às Doze Tribos que andam dispersas,

´saúde”. Tiago 1:1.

 É provável que nunca se tenha dado conta disso antes. Esta Epístola não está dirigida aos Gentios.Não está dirigida exclusivamente a Judá – aos Judeus,mas a todas as Doze Tribos.

Já notou alguma vez que a Epístola de Tiago,tal como o Livro de Actos,termina de repente,sem as saudações

normais?  Leia você mesmo Tiago 5:20:-

“Saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador salvará da morte uma

alma,e cobrirá uma multidão de pecados”.

Compare com as Epístolas de Paulo.

No texto grego original do Novo Testamento,cada uma das Epístolas de Paulo termina com um “Amem”.

Esta pequena palavra “Amem”,derivada do Hebraico,significa haver terminado – FIM !

Na antiga Versão Reina Valera e na maior parte das Versões Modernas estão equivocadas e,em alguns casos,por

descuido,deixaram de fora o “FIM” apropriado que se encontra no Grego.Cada um dos Livros do Novo Testamento,

termina com um “Amem”,excepto três: Actos,Tiago e III João. Nestes três,e só nestes três,a palavra “Amem”,não

aparece no Grego original. Não aparece de propósito. POR QUÊ ?

A ausência do “Amem” é um sinal especial.Isto nos indica que Yahweh quer que entendamos que certo conhecimento não haveria que abrir-se para o Mundo senão agora,quando o Evangelho está sendo enviado por

todo o Mundo como testemunho final antes do “tempo do Fim desta Era”. O Pai Yahweh teve um propósito ao

excluir do Livro de Actos os capítulos finais da História da Primitiva e Verdadeira Assembleia.

Se tivessem sido incluídos,a identidade e paradeiro de Israel e da Verdadeira Assembleia teriam sido revelados !

Que a Casa  de Israel tivesse perdido a sua identidade e se considerasse Gentia,faz parte do Plano de Yahweh

Todo-Poderoso !

Se a Epístola de Tiago terminasse com a saudação comum,a nação de Israel teria sido descoberta.

O Apóstolo Paulo,concluía quase sempre as suas Epístolas com os nomes de lugares e de pessoas.Veja,por favor,

os últimos versículos de Romanos,Colossenses e Hebreus,como exemplo.

Esta é precisamente a parte que a propósito se excluiu de Tiago !

E,por que razão a Terceira Epístola de João,que tão curta ela é,não terminou com um “Amem”.

Deixe que João mesmo nos diga:-

 “Tinha muito que escrever,mas não quero escrever-te com tinta e pena”.

Versículo 13.

João revela na sua Epístola uma conspiração pagã. Era um atentado diabólico por intermédio de Simão,o mago e

os seus apóstolos falsos para se apropriar do Nome do Messias Yahoshua,para o conseguir da Assembleia

Verdadeira e dispor dele de maneira que aparecesse como “Cristã”.

O Pai Yahweh,não permitiu que João desse a conhecer,em linguagem clara,os nomes dos chefes dessa conspiração

e da cidade onde operavam. Esta é a razão por que João deixou a sua Epístola por terminar.O “Amem” ausente

está a dizer-nos que devemos procurar a resposta noutro lugar da Bíblia. Está descrito,se tem olhos para ver em

Apocalipse cap.17;Actos cap.8 e em muitos outros capítulos da Bíblia.

O tempo de desmascarar aquela conspiração é agora. II Tess.cap.2,precisamente,pouco antes do regresso de

Yahoshua,o Messias. Mas,regressemos por momentos à Epístola de Tiago.

As guerras nos revelam a sua origem. Em Tiago 4:1 aprendemos que se estavam travando entre as tribos perdidas

de Israel. De onde vêm as guerras e os pleitos entre vós? Pergunta Tiago.

Quais eram aquelas guerras ? Não existiram guerras entre os Judeus,senão nas sublevações,alguns anos mais tarde

contra os Romanos.

Estas guerras identificam absolutamente a  Casa Perdida de Israel – as regiões para as quais os Doze Apóstolos

foram enviados. Tiago escreveu a sua Epístola perto dos anos 60 E.C. Este Apóstolo foi martirizado uns dois anos

depois,de acordo com Josefo. O Mundo se encontrava em paz temporariamente,acobardado pelo poderio militar  Romano. Um pouco antes de 60 E.C.,só duas áreas do Mundo se encontravam sacudidas por guerras e contendas

civis. Quando se descobrir quais eram essas áreas,terá sido localizado onde estavam vivendo as “Doze Tribos Perdidas”,às quais Tiago se dirigiu ! A única coisa a fazer é indagar nos registos militares da História no período

imediatamente antes e depois do ano 60 E.C. Aquelas duas zonas eram as Ilhas Britânicas e o Império Parto.

Mas estas não eram as únicas áreas da Terra,para onde a exilada Casa de Israel se dirigiu.

Voltemos às páginas da sua Bíblia, à Epístola I de Pedro.

A quem escreveu Pedro ? A quem dirigiu Pedro a sua Epístola ? Eis aqui a resposta:-

“Pedro,Apóstolo de Yahoshua,o Messias,aos estrangeiros dispersos no Ponto,Galácia,Capadócia,

Ásia e Bitínia”. I Pedro 1:1.

 Estes não eram Gentios. Paulo é que foi o Apóstolo dos Gentios e não Pedro (Gálatas 2:8).

 Pedro foi o Apóstolo das Ovelhas Perdidas da Casa de Israel. Note a palavra “dispersos”. Não quer dizer Gentios.

No Grego original é Parapidemos,que quer dizer “um residente estrangeiro” e literalmente “um alheio ao lado”.

 Tem referencia,não aos Gentios,mas sim aos NÃO Gentios que residiam ao lado dos Gentios como  “estrangeiros

dispersos”. Abraão,por exemplo,viveu como estrangeiro em terra alheia,quando habitou entre os Cananitas

Gentios na Palestina.

 Pedro estava a dirigir-se à parte das Dez Tribos que habitavam entre os Gentios como  estrangeiros em terra

alheia.Não estava escrevendo primariamente,aos Judeus.Se fôsse assim,não se teria dirigido a eles como

“estrangeiros”,visto que êle mesmo era Judeu. Agora,note a região para a qual Pedro dirigia a sua Epístola.Terá

que a localizar no mapa Bíblico. Encontra-se situada na metade Norte da Ásia Menor,na região que pertence à

Turquia Moderna. Estas terras estão situadas,imediatamente,a Ocidente do Império Parto !

Paulo não pregou nestas regiões.Os anos que ocupou no seu ministério na Ásia Menor,foram na metade Sul,

correspondente aos Gregos:-

“E desta maneira me esforcei por anunciar o Evangelho,não onde o Messias houvera sido nomeado,

para não edificar sobre fundamento alheio”.

 Romanos 15:20.

Paulo não foi pregar nas áreas onde Pedro ou outro dos Apóstolos,já haviam levado o Evangelho.

Em parte nenhuma do Novo Testamento alguém poderá ler que Paulo foi pregar em Ponto ou Capadócia ou em

Bitínia. Estas regiões estavam sob a jurisdição de Pedro e de outros dos Doze.

Paulo anunciou o Evangelho,sim,na província de Ásia,mas só na metade Sul,nos distritos em redor de Éfeso.

Proibiu-se a Paulo,expressamente,pregar em Misia,o distrito Sul da província Romana de Ásia.

“E,quando chegaram a Mísia,intentaram ir para Bitínia,mas o Espírito de Yahoshua não lho permitiu.

“E,tendo passado por Mísia,desceram a Troas”.

 Actos 16:7,8.

Essas eram as regiões onde habitavam como estrangeiros entre os Gentios,as Ovelhas Perdidas da Casa de Israel!

É verdade que na sua primeira viagem à Galácia do Sul,Paulo pregou nas cidades de Icónio,Listra e Derbe.

Actos capítulo 14.Mas em nenhuma parte do Novo Testamento encontramos Paulo viajando para a Galácia do

Norte,que era a região onde habitavam as tribos de Israel,às quais Pedro dirigia as suas Epístolas.

 

        UM REMANESCENTE DAS DEZ TRIBOS NAS MARGENS DO MAR NEGRO

 Vejamos agora as provas históricas,confirmando as Epístolas de Pedro,de que um remanescente da Casa de

Israel se estabeleceu nas margens do Mar Negro,na parte Norte de Ásia Menor,a da era do Novo Testamento.

Os escritores Gregos do Tempo de Yahoshua,o Messias, não puderam fazer menos do que reconhecer que as

regiões ao Norte de Ásia Menor não eram Gregas,excepto por umas quantas colónias marítimas de Gregos nas

cidades portuárias.

Novos povos,dizem-nos os Gregos,estavam vivendo na área Norte de Ásia Menor,nos tempos do Novo Testamento. Eis aqui a declaração de Diodoro da Sicília:-

“…Muitos povos conquistados foram transferidos para outros lugares e dois dêstes locais chegaram a fazer parte

de grandes colónias: uma estava composta pelos Assírios e foi transferida para a terra situada entre Paltagonia e

Ponto e a outra foi separada da Média e estabelecida ao largo de Tanais -o Rio Don- na antiga Escitia – a moderna

Ucrânia,ao Norte do Mar Negro,ao Sul de Rússia”. Veja o Livro III,Secção  43,de Diodoro da Sicilia.

Agora vejamos de que zonas procederam estes colonizadores – Assíria e Média – !As mesmas áreas para onde

foram levados cativos os integrantes da Casa de Israel !

“Até que Yahweh tirou a Israel de diante da sua presença,como falara pelo ministério de todos os

seus servos,os Profetas:assim foi Israel transportado da sua terra à Assíria,até ao dia de hoje”.

II Reis 17:23

“No ano nono de Oseias,o rei da Assíria tomou a Samaria,e transportou a Israel para a Assíria;e fê-

los habitar em Hala, em Habor,junto ao rio de Gozã,e nas cidades dos Medos”.

II Reis 17:6.

 

        A CASA DE ISRAEL HABITOU COMO CATIVA E ESTRANGEIRA ENTRE OS ASSÍRIOS

   Quando os Assírios por sua vez,foram levados mais tarde  da sua própria terra,para a região Norte da Ásia Menor,uma parte dos da Casa de Israel emigraram com eles.

  Eis aqui o testemunho do geógrafo Grego Estrabom. Este deu-lhes o nome de “Sírios Brancos”,em vez de

Assírios,aos colonos do Norte da Ásia Menor.

   2-“E fêz o que parecia mal aos Olhos de Yahweh,contudo não como os reis de Israel que foram

   antes dele.”

 12- “E serviram os ídolos,dos quais Yahweh lhes dissera:Não fareis tais coisas”.

   9-“E os filhos de Israel fizeram secretamente coisas que não eram rectas,contra Yahweh,seu Todo

       -Poderoso;e edificaram altos em todas as suas cidades,desde a tôrre dos atalaias até à cidade

        forte”.

 18-“Pelo que Yahweh muito se indignou sôbre Israel,e os tirou de diante da sua Face:nada mais

        ficou,senão só a tribo de Judá”.´

23- “Até que Yahweh tirou a Israel de diante da sua Presença,como falara pelo ministério de todos

       os seus servos os Profetas:assim foi Israel transportado da sua terra à Assíria até ao dia de

       de hoje”.

      II Reis  17:2,12,9,18 e 23.

   Assim,eram dois povos – Assírios e Sírios Brancos. Quem eram estes Sírios Brancos ?

   Nem mais nem menos que a Casa de Israel que foi levada cativa para a Assíria.

   Como contraste,os Arameus de tez escura ficaram na Síria,onde estão vivendo ainda na actualidade.

   Quando os Assírios foram impelidos a emigrar para o Norte,na Ásia Menor,os que foram seus escravos – os

Sírios Brancos,isto é,as Dez Tribos da Casa de Israel,emigraram juntamente com êles. Nos tempos do Novo

Testamento vamos encontrá-los habitando ali. Estes povos – as Ovelhas Perdidas da Casa de Israel – são os

estrangeiros no meio dos Assírios:

   “Pedro,Apóstolo de Yahoshua,o Messias,aos estrangeiros dispersos no Ponto,Galácia,Capadócia,

Ásia e Bitinia”.  I Pedro 1:1.

   Foi a estes estrangeiros a quem o Apóstolo Pedro escreveu a sua Primeira Epístola.

   Poderia alguma coisa ser mais clara ?

   Temos o Apóstolo principal da Casa de Israel escrevendo a uma parte das Dez tribos Perdidas,que viviam por

aqueles tempos entre os Assírios,os quais,anteriormente,os tinham levado cativos.

   Mais adiante veremos quando e como estas “Ovelhas Perdidas” emigraram da Ásia Menor para o Noroeste de

Europa. Agora,vamos abrir a cortina da História. Vejamos agora onde foi que os Doze Apóstolos pregaram.

   Ficará assombrado perante o que está para lhe ser revelado.

 

        O QUE OS HISTORIADORES GREGOS NOS TRANSMITIRAM ?

  Porque é que ninguém o pensou até agora ?

  Se multidões de Gregos no Sul de Ásia Menor se estavam convertendo ao Messias Yahoshua,através do

ministério de Paulo e se ao mesmo tempo multidões de entre as Dez Tribos Perdidas da Casa de Israel se estavam

convertendo na região Norte,não teriam os Gregos deixado um registo daquilo que os Doze Apóstolos levaram o

Evangelho até àqueles lugares ?

  Considere isto também: Os Gregos não perderam o Novo Testamento,originalmente escrito no seu idioma.

  Eles o transmitiram fielmente de geração em geração até aos nossos dias. Não seria pois possível,que os eruditos Gregos tivessem preservado uma relação fiel do ministério dos Doze Apóstolos ?

  Eles fizeram isso,exactamente ! Não obstante,quase ninguém o tem acreditado !

  O que os Gregos nos informam não é exactamente o que se espera encontrar !

  Alguém que não estudou a diferença entre a Casa de Israel e os Judeus,imagina que os Apóstolos foram enviados

exactamente aos Judeus. E a outros daqueles que sabem onde se encontra a Casa de Israel actualmente,parece que

às vezes se lhes torna impossível acreditar que algumas das tribos de Israel não se encontravam nos tempos dos

Apóstolos,onde se encontram hoje.

  Os homens de letras têm estado intrigados durante muito tempo a respeito da informação extraordinária que os

Gregos nos legaram. Estas informações históricas acêrca dos Apóstolos são totalmente diferentes do que contém

a literatura apócrifa da Igreja Católica Romana Primitiva

  Os historiadores Gregos,dos princípios da Idade Média preservaram informações extraídas de documentos

originais que,aparentemente,deixaram de existir. Eles dispunham de fonte de informação que não têm à sua disposição na actualidade os nossos historiadores contemporâneos. E,então,o que é que os historiadores Gregos

nos legaram na sua informação ?

  Uma importante fonte de informação é a Ecllasiasticae Historiae Grega e Latina de Nicéforo Calixto.

  Outra em Inglês é  Antiquitates Apostolicae ,por William Cave:

  A tradição Universal Grega declara que os Apóstolos não partiram da região Siro-Palestina,senão depois de

terminados doze anos de ministério. O número 12 simboliza um novo princípio organizado.

  Antes de terminar esses doze anos,um dos Apóstolos,Tiago,irmão de João,tinha sido morto,porque Herodes o

mandou decapitar,perto do ano 62 E.C. Mas,para onde se dirigiu o resto dos Apóstolos ?

  Simão Pedro na Bretanha ! Comecemos com Simão Pedro.

  Yahoshua designou a Pedro a tarefa de coordenar o trabalho dos outros Apóstolos.

  Por essa razão,temos,necessariamente,que encontrar a Pedro viajando para muitas regiões,das que êle tinha

evangelizado pessoalmente. A pergunta é: Onde ocupou a maior parte do seu tempo ?

  Sabemos que Pedro esteve por pouco tempo em Babilónia,situada na Mesopotâmia.

  Daqui escreveu as suas Epístolas às Assembleias de Ásia Menor:

  “A vossa co-eleita em Babilónia vos saúde,e meu filho Marcos”.

   I Pedro 5:13.

 Babilónia foi a cidade principal de onde os Apóstolos organizaram o seu trabalho no Oriente.

  Por forma semelhante,Paulo e os outros Crentes sob a sua direcção levaram a cabo aos suas actividades do

Evangelho,com sede em Antioquia na Síria:

 “E dali navegaram para Antioquia,donde tinham sido encomendados à Graça de Yahweh para a

Obra que já haviam cumprido”.

  Actos 14:26.

  A ordem em que Pedro assinalou as províncias de Ásia Menor,no primeiro versículo da sua Epístola – de

Oriente a Ocidente e de Ocidente a Oriente – prova muito clara de que a sua Epístola foi enviada de Babilónia,

situada no Oriente e não em Roma,no Ocidente.

 A designação de Roma como a Moderna Babilónia não foi feita senão quando o próprio Yahoshua o revelou

muito mais tarde,depois da morte de Pedro,no capítulo 17 do Livro de Apocalipse,onde esteve Pedro na maior

parte do seu tempo,depois de estar na Palestina nos primeiros doze anos ?

  Metafrasto,o historiador Grego,informa que Pedro se encontrou muito tempo,nestas regiões ocidentais  – o

Mediterrâneo Ocidental – mas que,particularmente,ele esteve um longo tempo – temos aqui a obra vitalícia

principal de Pedro entre as Dez Tribos Perdidas – “… um longo tempo na Bretanha onde converteu muitas nações

 à Fé “.  Pedro pregou o Evangelho na Grã-Bretanha  e não em Roma,a capital do Mundo Gentio. Paulo e não

Pedro,foi quem pregou em Roma. O verdadeiro Evangelho não havia sido pregado publicamente em Roma,antes

de Paulo ter chegado no ano 59 E.C. Paulo,não menciona a Pedro,nem sequer uma só vez,na sua Epístola aos

irmãos de Roma. A maior parte deles foram convertidos no Dia de Pentecostes do ano 31 E.C.

 Nem sequer os Judeus que viviam em Roma tinham ouvido a pregação do Evangelho antes de Paulo lá chegar !

 Eis aqui um relato,sob inspiração,que Lucas escreveu,acêrca da chegada de Paulo a Roma:

 “E aconteceu que,três dias depois,Paulo convocou os principais dos Judeus,não havendo eu feito

nada contra o povo,ou contra os ritos paternos,vim contudo,preso desde Jerusalém,entregue nas

mãos dos Romanos”.

 Actos 28:17.

 Continuando nos versículos 21,22,23:-

“Então eles lhe disseram:Nós não recebemos acerca de ti cartas algumas da Judeia,nem veio aqui

algum dos irmãos,que nos anunciasse ou dissesse de ti mal algum.

22-No entanto,bem quiséramos ouvir de ti o que sentes;porque,quanto a esta seita,notório nos é

     que em toda a parte se fala contra ela.

23-“E,havendo-lhe eles assinalado um dia,muitos foram ter com ele à pousada,aos quais declarava

     com bom testemunho o Reino de Yahweh,e procurava persuadi-los a Fé de Yahoshua,tanto pela

     Lei de Moisés como pelos Profetas,desde pela manhã até à tarde !

    Aqui temos a prova absoluta de que os Judeus de Roma não haviam escutado nunca o Apóstolo Pedro a pregar

    Mas sim,que Pedro esteve  em Roma,desde os dias de Cláudio César.

    Aquele Pedro ocupava um lugar de destaque:aquele Pedro era o chefe dos Mistérios Babilónicos. O seu cargo

era o de um “Pedro” que quer dizer um intérprete ou “chave de segredos”. O vocábulo “Pedro”,nos idiomas de

Babilónia e no Hebraico significa que abre a matriz pela primeira vez.

   Aquele Pedro que se encontrava em Roma,também se chamava Simão . Simão,o Mago (Actos cap.8).

   Ele era o conspirador número um do estratagema tramado pelos sacerdotes dos mistérios pagãos Babilónio-

Samaritanos. Estes conspiradores estavam empenhados e se apropriar do Nome de Yahoshua,o Messias,para

esconder a sua religião diabólica. Estes conspiradores vieram a ser os fundadores da que actualmente se

conhece no Mundo como “Religião Cristã”. Veja III João.

  Mas Simão Pedro,o Apóstolo de Yahoshua,o Messias,encontrava-se na Bretanha pregando o Evangelho do Reino

de Yahweh. O próprio facto de Pedro ter pregado na Bretanha é prova em si de que uma parte da Casa Perdida de

Israel,povoava as suas terras. Pedro foi encarregado de ir pregar às Tribos Perdidas. E é significativo que à volta do ano 60 E.C. se desencadearam na Bretanha várias guerras relativamente importantes,tal como Tiago o advertiu

na sua Epístola – no vers.1 do cap.4,às Doze tribos de Israel !

 Poderia a História ainda ser mais clara ?

 

                  ONDE FORAM SEPULTADOS PEDRO E PAULO ?

  Durante vários séculos o Mundo Cristão tem dado como certo que Pedro e Paulo se encontram sepultados em

Roma.Ninguém,segundo parece,pensou em duvidar da tradição. O certo é que Paulo foi levado para Roma à volta

de 59 E.C.,tendo sido decapitado e depois sepultado na Via Óstia. Mas será que ainda se encontram ali os seus

ossos ?  Certo é também,que a tradição Universal assegura que o Apóstolo Pedro foi levado para Roma,durante o

reinado de Nero e que foi martirizado à volta desse tempo.

  Muitos fragmentos de literatura antiga – alguns espúrios e outros fidedignos – confirmam que tendo Simão, o Mago,o falso apóstolo que se fez passar pelo o próprio Simão Pedro,morreu em Roma.

  A pergunta que se põe é esta:Qual dos dois Pedros é o que está sepultado no Vaticano actualmente ?

  Acaso existirá provas de que os restos mortais dos Apóstolos Pedro e Paulo foram removidos de Roma e não se

encontram ali actualmente?  Sim !  Há !

  Existe uma razão pela qual o Vaticano tem hesitado em pretender haver sido encontrado o túmulo de Pedro.

  Eles sabem que é Simão,o Mago – o falso Pedro.que se encontra sepultado ali e não o Apóstolo Simão Pedro.

  Eis aqui o que sucedeu.

  No ano 656 E.C. o Papa Vitaliano decidiu que a Igreja Católica não tinha interesse algum nos restos mortais dos

Apóstolos Pedro e Paulo. O Papa ordenou que fôssem levados e entregues a Oswy,Rei de Bretanha!.

  A seguir poderá ler uma parte de sua carta dirigida ao Rei Britânico:-

   “Não obstante,ordenámos que os dons benditos dos santos mártires,isto é,as relíquias dos benditos Apóstolos Pedro e Paulo e dos santos mártires Lourenço,João,Paulo e Gregório e Pancrácio

para que sejam entregues aos portadores destas nossas cartas,para que,por sua vez eles os

entreguem a vós!. 

    (Histórias Eclesiásticas por Bede,Livro II,cap.29).

    Poderá alguma coisa ser mais assombrosa?  Os restos mortais de Pedro e Paulo,considerados “relíquias” na carta do Papa – enviados pelo Papa de Roma para Bretanha – para a terra de Israel !

   Ainda,à volta de século e meio antes,Constantino de Lyon,exumou as relíquias dos Apóstolos e mártires de

Gales e as enterrou num sepulcro especial em S.Albans,na Bretanha. (Vida de S.Germano).

 

                     E ANDRÉ SEU IRMÃO ?

  Depois do ano 449 E.C.,a Bretanha foi ocupada por centos de milhar de outras pessoas que não viviam ali nos

dias de Pedro. A História conhece-os por Anglo-Saxões. Originalmente chegaram à Bretanha desde as margens do Mar Negro,onde habitava a Casa de Israel !

 No ano 256 E.C.,estes começaram a emigrar do Norte de Ásia Menor ao longo das margens do Mar Negro,para a

Península Cimbria – Dinamarrca – no lado oposto de Bretanha. Os seus antepassados foram aqueles a quem Pedro

escreveu as suas Epístolas.

 Qual dos dois Apóstolos pregou aos seus antepassados – os chamados “Sírios Brancos” ,quando habitavam na

região do Bósforo e Mar Negro ?

 Leia a resposta que nos dão os historiadores Gregos:

 “Nesta divisão André recebeu como sua província primitiva,a Escitia e os países circunvizinhos.Primeiramente

viajou por Capadócia – Alta Galácia – e Bitinia,incluindo-os na Fé de Yahoshua,o Messias,passando depois por

todas as comarcas ao longo do Mar Auxino, nome antigo do Mar Negro ! “… e assim terminou na solitária

Escitia”.

Um autor Grego primitivo,descreveu estas viagens com tal variedade de detalhes,que parece como se o próprio

Lucas tivesse escrito a narração dos outros Apóstolos como o faz de Paulo.

André dirigiu-se em seguida a Trapezos,uma cidade marítima no Mar Auxino,de onde,depois de haver estado em

muitos outros lugares,veio a Nicéia,onde permaneceu durante dois anos pregando e fazendo milagres com grande

êxito. Dali a Nicomédia e depois a Calcedónia,ao navegar pelo Propontide chegou pelo Mar Auxino a Heraclea e

dali a Amastris. Em seguida  êle veio a Sinope,uma cidade localizada junto ao mesmo mar… aqui se encontrou com seu irmão Pedro com quem ficou por um  tempo considerável.

Partindo dali,foi outra vez para Aminsus e depois … pensou regressar a Jerusalém – a sede da Igreja

“De onde,depois de algum tempo,se dirigiu ao país de Abasgi,situada no Cáucaso…Daqui foi para a Escitia

Asiática ou Sarmacia,mas ao ter encontrado que os seus habitantes eram demasiado bárbaros e intratáveis,não

ficou muito tempo entre êles,somente em Quersonou Quersoneso,uma cidade grande e populosa no Bósforo que é a Nova Crimeia;continuou por algum tempo,instruindo-os e confirmando-os na Fé de Yahoshua. Daqui,tomando

um barco navegou para o outro lado do mar até Sinope,situada em Plaflagonia.”.

(Pág.137/138 – Antiquitates Apostolicae,por Cave).

Aqui encontrou André pregando precisamente nas áreas da Ásia Menor,que o Apóstolo Paulo não visitou.

Desde esta região e de  Escitia ao Norte do Mar Negro,emigraram os antepassados dos Escoceses e dos Anglo~

Saxões,como já nos apercebemos.

Estes fazem parte da Casa de Israel.Se não fosse assim,desobedeceria à sua comissão !

Além disso,a moderna tradição Escocesa diz que foi André quem pregou aos seus antepassados.

Será isto significativo? Sim ! Está claro que o é !

E os outros apóstolos ? E aonde foi que Simão Zelote levou o Evangelho ?

Eis aqui a nota de suas viagens relatadas nos escritos Gregos:-

Simão,encaminhou-se para o Egipto,depois para Cirene em África e,através da Mauritânia e toda a Líbia

pregando o Evangelho… Nem a frieza do clima arrefeceu o seu zêlo,nem lhe serviu de obstáculo para levar a

doutrina do Messias às Ilhas Ocidentais e ainda mesmo à Bretanha.Aqui pregou e realizou muitos milagres !

Nicéforo e Doroteu escreveram que Simão Zelote entrou por fim na Bretanha e foi executado no madeiro… e

sepultado aí. (Pág.313 de Ant.Apost. -Cave).

Está a ver? Outro dos Doze Apóstolos foi descoberto pregando às Tribos Perdidas de Israel na Bretanha,no

Ocidente. Mas,porquê se encontrou Simão Zelote no Norte de África?

Haveria também um remanescente da Casa de Israel naquela região ?

Terão escapado alguns deles para o Ocidente em 721 A.C.,durante a conquista de Samaria pelos Assírios ?

 Leiamos a resposta que nos dá  Sir Geoffrey de Monmouth:-

“Os Saxões … foram para Gormund,rei dos Africanos,na Irlanda,para onde,se aventuraram com uma grande

frota e conquistaram aquele país. Foi então,que devido à traição dos Saxões,fez-se à vela para a Bretanha com

cento e setenta mil africanos … e a arrasou deixando-a desolada,toda a ilha,como já se disse,ajudado pelos seus

incontáveis milhares de africanos”. (Livro XI,Sec.8,10).

  Aqueles incontáveis milhares não eram negros ou árabes. Eram brancos nórdicos,que procederam do Norte de

África e de Mauritânia,precisamente onde Simão Zelote pregou. Estes nórdicos,afirma a história Universal,

(1.748,pág.194) deram a entender que os seus antepassados foram expulsos de Ásia por alguns inimigos fortes e

perseguidos até à Grécia de onde se escaparam para o Norte de África.

“Mas isto … devia entender-se apenas com as nações brancas que habitavam em algumas zonas de Barbary e

Namídia Ocidental”.

Que nação branca foi expulsa da Costa Ocidental de Ásia ?  A de Israel !

Qual foi o seu inimigo forte e poderoso ?  Os Assírios !

Durante quase três séculos depois de Simão Zelote,permaneceram em Mauritânia.

Não obstante,não se encontram no Norte de África actualmente,visto que desembarcaram na Bretanha um pouco

depois do ano 449 E.C. precisamente durante a invasão dos Anglo-Saxões.

No ano de 598 E.C.,o Bispo de Roma enviou Agostinho a Inglaterra para instruir os seus habitantes no Catolicismo

Muito grande foi a sua surpresa,ao dar-se conta que já professavam o Cristianismo. Os seus antepassados já

haviam aceitado a mensagem do Evangelho da boca de um dos doze Apóstolos !

 

                                E TAMBÉM NA IRLANDA

Outro dos Apóstolos enviado às Tribos Perdidas da Casa de Israel,foi Tiago,o filho de Alfeu.

Alguns escritores primitivos ficaram um pouco confusos devido a que dois dos Apóstolos se chamavam Tiago.

Mas Tiago filho de Alfeu,foi quem depois dos primeiros doze anos se ausentou de Palestina. Os feitos deste

Apóstolo são,por vezes,atribuídos,erradamente,a Tiago,irmão de João.No entanto,o irmão de João,tinha sido

martirizado por Herodes. Actos 12:2.

 

                      ONDE PREGOU TIAGO FILHO DE ALFEU ?

 Os Escritores Espanhóis afirmam que,geralmente,depois da morte de Estêvão,Tiago partiu para estes lugares

Ocidentais e,em particular,para Espanha. Alguns acrescentam a Bretanha ou a Irlanda”,

 (Pág.148 da obra de Cave).

 Está a ver ?

 Outro Apóstolo enviado às “Ovelhas Perdidas da Casa de Israel”,aparece igualmente nas Ilhas Britânicas, na

Irlanda e os mesmo tempo que na Bretanha.

No seu terceiro Livro de”Demonstrações Evangélicas”capítulo 7,Eusébio admitiu que os Apóstolos partiram para

aqueles lugares que eram chamados Ilhas Britânicas. Eusébio escreveu também:-

“Alguns dos Apóstolos pregaram o Evangelho nas Ilhas Britânicas”.

Poderia isto ainda ser mais claro ?

Tiago permaneceu durante algum tempo em Espanha. Mas porquê em Espanha ?

Desde tempos mais antigos Espanha foi a via principal dos emigrantes do Mar Mediterrâneo Oriental para as

Ilhas Britânicas. A antiga Casa Real de Irlanda habitou algum tempo em Espanha.

O Profeta Jeremias passou por Espanha na sua viagem para a Irlanda acompanhado pelas filhas de Ezequias

último rei de Judá:

 “E Ismael levou cativo a todo o resto do povo que estava em Mizpá: as filhas do Rei,e todo o povo

que ficara em Mizpá …”.

Jeremias 41:10.

“Aos homens.e às mulheres,e aos meninos,e às filhas do Rei.e a toda a alma …”.

Jeremias 43:6.

Ainda no nosso tempo,uma zona vital da Península Ibérica – Gibraltar – pertence à  tribo primogénita de Efraim:

Os Britânicos !

                            E PAULO – FOI TAMBÉM PARA A  BRETANHA ?

Agora fixemos a nossa atenção noutra prova mais da missão dada aos Apóstolos para ir às “Ovelhas Perdidas da

Casa de Israel” que se encontravam nas Ilhas Britânicas.

Num antigo Livro de William Canden,publicado em 1.874,podemos ler:-

 “A verdadeira religião cristã foi estabelecida aqui em tempos muito remotos por José de Arimatéia,Simão Zelote,

Aristarco,Pedro e Paulo,segundo pode provar-se por Doroteu,Teodoreto, e Sofrónio (Remains of Britain,pág.5).

 

                O LEITOR APERCEBE-SE DO QUE ISTO SIGNIFICA ?

Agora inclui-se Paulo também!  Teve intenção Paulo algum vez ir de Itália a Espanha e depois à Bretanha?

Aqui tem a resposta:-“Passarei entre vós,rumo a Espanha”. Romanos 15:28.

Clemente de Roma,confirma a viagem de Paulo para o Ocidente,mencionada na Epístola aos Corintios.

Mas terá incluído a Bretanha?

Veja as palavras de Teodoreto,historiador e escritor eclesiástico Grego. Este informa que:-

 “Paulo trouxe a Salvação para as Ilhas que se estendem pelo Oceano”.(Livro I sobre o Sal.116,pág.870).

Estas Ilhas são as Britânicas!

Mas terá ido ali para pregar primeiro aos Gentios ? Desde logo que não.

Recorde que a terceira e última parte da comissão recomendada a Paulo,depois de haver revelado Yahoshua aos reis e governantes em Roma,foi a de levar o Nome de Yahoshua aos Filhos de Israel.

“Disse-lhe,porém,Yahoshua:Vai,porque êste é para mim um vaso escolhido,para levar o Meu Nome

diante dos Gentios,e dos reis e dos Filhos de Israel”.

 Actos 9:15.

 Eram as Dez Tribos Perdidas.

Esta não é uma Profecia relacionada com os Judeus,aos quais Paulo já havia pregado antes no Mundo Grego do

Mediterrâneo Oriental. Mas esta é uma Profecia acerca da missão de Paulo nas Ilhas Britânicas.

Poderia algo ser mais assombroso !

Nas margens do Mar Cáspio,Tiago refere-se a Israel como disperso,isto é,”As Doze Tribos da Dispersão”,

que são,sem dúvida,os Crentes de origem Israelita dispersos no Mundo Judaico e no Greco-Romano.

Pudemos encontrá-los no Noroeste de Europa e no Norte de África de onde emigraram para a Bretanha no século

V,tal como da Ásia Menor do Norte,acompanhados pelos Assírios.

No ano 256 E.C.,começaram a emigrar das regiões do Mar Negro para a Dinamarca e daí para as Ilhas Britânicas,

no ano 449 E.C. Mas alguns remanescentes das “Dez Tribos Perdidas” se encontravam noutra vasta região,mais

além dos confins do Império Romano. Essa região era conhecida como Reino da Pártia.

O conhecimento de quem eram os Partos,tem permanecido em mistério.

Estes aparecem repentinamente perto do Mar Cáspio à volta do ano 700 E.C.,como escravos dos Assírios.

De acordo com Diodoro quem,com toda a probabilidade seguiu a  Ctésias – historiador Grego – e médico de

Artarxerxes, “passaram do domínio dos Assírios para a dos Medos e da sua dependência dos Medos para uma

posição similar sob os Persas”. (Monarquias por Rawlison,Tomo IV,pág,26,citado de Diodoro.

Os Partos começaram a subir ao poder à volta do ano 250 A.C.,nas terras ao longo das margens ao Sul do Mar

Cáspio. Essa foi precisamente a região para a qual Israel foi exilado.

O que confunde os historiadores é que os Partos não eram nem Persas,nem  Medos,nem Assírios ou qualquer

outro dos povos conhecidos nesse tempo.. Até mesmo o seu nome está envolvido em mistério,mas entretanto a

Bíblia é compreendida.

O vocábulo “Parto” quer dizer “Exilado”. Veja a Sexta Monarquia de Rawlison,pag. 19.

Os únicos exilados naquelas terras eram as “Dez Tribos de Israel” !

Os Partos,eram nada mais nada menos,que as exiladas “Dez Tribos Perdidas” que permaneceram na terra do seu

cativeiro até ao ano 226 A.C. Precisamente quando foram expulsos das suas terras pelos Persas,os quais os

forçaram a emigrar para a Europa.

Agora considere o seguinte: Tiago enviou a sua Epistola “Às Doze Tribos que estão na Dispersão”.

Tiago adverte os Israelitas sôbre as guerras e pleitos que se estão travando entre êles.

Quando Tiago escreveu a sua Epístola à volta do ano 60 E.C.,o Mundo encontrava-se em paz,excepto em duas

regiões: Bretanha e Pártia. !    Não existe nenhum equívoco !

 

                      PÁRTIA E BRETANHA ERAM   ISRAELITAS

 Qual dos Doze  Apóstolos levou o Evangelho aos Israelitas Partos ?

 Os Historiadores Gregos revelam que Tomé levou o Evangelho a Pártia,segundo nos informa Sofórnio e outros,

depois de pregar o Evangelho aos Medos,Persas,Carmanios,Hircanos,Bactrianos e às nações vizinhas”.

(Aut,Apol.por Cave,pág. 189).

Estes nomes que nos soam tão estranhos aos nossos ouvidos são as nações que conhecemos actualmente como

o Irão ou Pérsia e Afeganistão, Nos tempos Apostólicos toda esta região estava sob o controle dos Partos.

Ainda quando muitos dos Israelitas já tinham ido para outras regiões,muitos deles habitavam ainda aí

espalhando-se para os territórios adjacentes.Eles perderam a sua identidade e passaram a ser considerados com

os nomes das regiões onde viviam.

O Historiador Josefo estava bem informado de que Pártia foi o lugar principal onde habitavam as Dez Tribos.

Josefo declarou:-  “Mas a maior parte do Povo de Israel – a Dez Tribos – ficou no País,não regressou à Palestina,

esta é a razão que somente duas tribos na Europa e na Ásia estejam submetidas ao Império Romano; as outras

Dez Tribos  ainda vivem actualmente mais além do Eufrates,milhares de homens cujo número não se pode

determinar”. (Antiguidades dos Judeus.Livro XI cap.5-Secção 2)

 Note com atenção ! A mesma região na qual Tomé pregou,informa Josefo,estava habitada por inúmeras

multidões pertencentes às Dez tribos ! Aparentemente,Josefo, não estava informado de que já haviam emigrado

muitos deles para o Ocidente. Não obstante,e com toda a certeza,Josefo diz que só a Casa de Judá regressou à

Palestina. A Casa de Israel:-“Actualmente ainda vive mais além do Eufrates”. Pártia foi derrotada pelos Persas

no ano 216 E.C. Ao ser expulsos de Pérsia os integrantes das Dez Tribos e os Medos,foram para o Norte do Mar

Negro,fixando-se na Escitia.  Veja-se “As Raças Naturais do Império Romano”.Por R.G.Latham,pág.216.

Dali,por volta de 256 E.C.,as Dez Tribos emigraram na totalidade,com os seus irmãos de Ásia Menor,para o

Noroeste de Europa. Esta emigração foi por causa de um ataque militar no Oriente.No entanto,este ataque teve

efeitos contrários. Nesse mesmo ano os exércitos Israelitas e Assírios destruíram de repente as defesas dos

Romanos no Ocidente.

Tomé também viajou para o Noroeste da Índia ao Oriente da Pérsia,onde habitavam os “Hindus Brancos”.

Estes “Hindus Brancos”,que habitavam na Índia,aparecem mais tarde em certos escritos Gregos com o nome de

“Hunos Neftalitas”. Haverá alguma ligação entre estes e a tribo de Neftali ? Estes foram derrotados no Século VI

emigrando depois para a Escandinávia.A Arqueologia Escandinava confirma este acontecimento.

Segundo Nicéforo,Bartolomeu passou algum tempo na vizinha Arménia e numa parte da Alta Frigia,na Ásia

Menor. Na sua História,Nicéforo chamou a esta zona como “partes Ocidentais e Orientais de Ásia”,a parte mais

alta de Ásia Menor,ou seja a Turquia.

Esta é a mesma região aonde André levou o Evangelho e para onde Pedro enviou as suas duas Epístolas.

Judas,chamado também Lebeu e Tadeu,pregou também na Assíria e Mesopotâmia,na zona de Pártia à qual

Josefo se referiu quando disse que ainda estava habitada pelas Dez Tribos.

O Reino de Pártia – as Dez Tribos de Israel – governou sobre os Gentios de Assíria e de Mesopotâmia durante o

maior período do Novo Testamento.

Pedro dirigia o trabalho de todos os Apóstolos no Oriente desde a famosa cidade de Babilónia em Mesopotâmia.

Excitia e a Alta Ásia,isto é,a Ásia Menor,foram as regiões designadas para Filipe. (Veja Ant.Apost.por Cave,168).

Escitia era o nome da vasta planície ao Norte dos Mares Negro e Cáspio. Para esta região emigrou uma grande

colónia de Israelitas depois da queda do Império Persa em 33 E.C. Da Escitia emigraram os Escoceses.

A palavra Escocês é derivada da palavra Escitia. Os Escoceses fazem também parte da Casa de Israel.

É interessante notar que a palavra Escita em Céltico tem o mesmo significado que a palavra Hebraica tem em

linguagem Semita: um Emigrante ou Peregrino. 

 

                        E PARA ONDE FOI MATEUS ?

 Mateus,diz-nos Metafrasto,”foi primeiro para a Pérsia e havendo estabelecido com todo o êxito o Cristianismo

naqueles lugares,dirigiu-se depois para a Etiópia.,isto é,para a Etiópia Asiática. situada perto da Índia”.

Durante alguns séculos esta região do “Hindu-Kuch”,com fronteira  na Escitia e Pártia,foi conhecida como “Índia

Branca”. Está situada um pouco a Oriente da região onde os Assírios fixaram os Israelitas cativos.

O processo natural de crescimento ocasionou que a Casa de Israel se alargasse para  aquelas regiões pouco povoadas. Dali eles emigraram para o Noroeste da Europa no Século VI E.C.,muito tempo depois dos Apóstolos.

Doroteu declara que Mateus foi sepultado em Hierápolis,Pártia. O Reino Parto foi na realidade uma fraca união das

Dez Tribos Perdidas da Casa de Israel,que habitaram na Ásia Central durante muito tempo.

Os Persas,finalmente,expulsaram-nos todos dali. Sempre que Pártia prosperava,as outras nações prosperavam

também.Sempre que Pártia sofria reveses,as outras nações também os sofriam.

Recordemos a Sagrada Escritura:-“E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem;e em ti serão benditas todas as famílias da Terra”. Génesis 12:3.

Fontes Etíopes e Gregas,designam a Dácia – Roménia Moderna – e a Macedónia,ao Norte da Grécia,como parte do

ministério de Mateus. Dácia era a parte Ocidental mais distante de Escitia. De Dácia saíram os Normandos,os quais

se estabeleceram finalmente em França e Bretanha.

A tradição Francesa assegura que Maria,mãe de Yahoshua,esteve na Gália,que é França actualmente,acrescenta

bastante para a firmação de que João Evangelista visitou a Gália no princípio da era Apostólica. Porque foi a João

que Yahoshua recomendou sua mãe Maria. Esta estava,então,onde quer que João estivesse ministrando.

O Apóstolo Paulo sabia muito bem que a Gália era uma região onde a Casa de Israel se tinha fixado.

Esta talvez seja a razão porque na sua viagem de Itália para Espanha,passasse algum tempo  pela Gália.

 “Quando partir para Espanha irei ter convosco;pois espero que de passagem vos verei,e que para lá

seja encaminhado por vós,depois de ter gozado um pouco da vossa companhia.

 “Assim que concluído isto,e havendo-lhes consignado este fruto,de lá,passando por vós,irei a

  Espanha”, Romanos  15:24,28.

 Sem dúvida que a responsabilidade de pregar na Gália havia sido atribuída a outro dos doze.

 Que claro está isto tudo ! Não pode haver confusão nisto !

 Aqui está pois,a prova histórica,que confirma absolutamente a identidade e localização da “Casa de Israel”.

 A identidade de Israel obtida de fontes seculares,é,em si mesma também uma prova independente e absoluta

de para onde foi que os Doze Apóstolos levaram a cabo a Obra de Abba Yahweh.

Quanto maravilhosos são os mistérios do Pai Celestial uma vez que os entendamos !

================================================================

Autor:  Herman L.Hoeth

Publicado pela Assembléia de Yahweh Internacional – AYIN – Porto Rico

Traduzido por: Boner Daleoni – Moita – Portugal

         

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: