Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Pedro nunca esteve em Roma!

Pedro nunca esteve em Roma!

A lenda corrente de que o apóstolo Pedro residira em Roma por um período de 25 anos (de 42 a 67 d.C.), onde teria sido supostamente sepultado, faz parte do rico fabulário inventado pelo sistema católico romano, baseado na “tradição”!

Ralph Woodrow, em seu excelente livro “Babilônia, a religião dos mistérios”, afirma: “Não existe qualquer prova, biblicamente falando, de que Pedro até mesmo se aproximou de Roma! O Novo Testamento nos diz que ele foi para Antioquia, Samaria, Jope, Cesaréia e outros lugares”. E, acrescentaria: menos Roma!

Interessante que tal lenda, surgida lá pelos idos do século terceiro, determinava um período de 42 até 67 d.C., justamente quando o apóstolo desenvolvia seu ministério em inúmeras cidades. Vide a seguir:


Ano 42 – Herodes Agripa o prendera em Jerusalém com a intenção de matá-lo; solto milagrosamente (Atos 12.2-17).

Anos 49 e 50 – Ainda em Jerusalém.Tinha estado com Paulo,tendo dividido o campo de trabalho para evitar atritos. Pedro exerceria o apostolado entre os judeus e Paulo entre os gentios (Gálatas 2.7, 9, 10).


Ano 52 – Ainda em Jerusalém.Tomava parte no Concílio, sob a presidência de Tiago (Atos 15.7-13). Depois, apareceu em Antioquia, onde Paulo lhe resistiu frontalmente (Gálatas 2.11).

Ano 54 – O imperador Claudio (41-54) expulsou de Roma todos os judeus, porque causavam distúrbios (Atos 18.2). Até o ano 54, pois, Pedro não podia estar em Roma porque era judeu, não tendo ouvintes judeus.

Ano 55 – Mencionado como “evangelista itinerante” (1Coríntios 9.5).

Neste período, evangelizou o Ponto, a Galácia, a Capadócia, a Ásia, a Bitínia e Babilônia (1Pedro 1.1;5.13). 

Ano 57 – Paulo, na Epístola aos Romanos, saúda, nominalmente, 28 pessoas, mas não fala de Pedro (Romanos 18.1-15). Paulo, três dias depois de chegar a Roma, “convocou os judeus mais notáveis”, pregando-lhes a Salvação em CRISTO JESUS. Desconheciam a doutrina que lhes era anunciada (Atos 28.17-29).


Anos 61 a 63 – Paulo esteve preso em Roma por 2 anos, mas nunca Pedro o visitou. Na Segunda Epístola a Timóteo, escrita na prisão, no ano 63, Paulo queixou-se dos discípulos e amigos que se ausentaram: “Só Lucas está comigo” (2Timóteo 4.11). Pedro devia estar em Babilônia,de onde escreveu sua Primeira Epístola (1Pedro 5.13).

Ano 67 – Pedro escreveu suas epístolas. Não há nenhum sinal de sua presença em Roma!

Assim, entendemos, que a estada de Pedro em Roma, por 25 anos, e a qual o catolicismo romano dá foros de verdade, não passa, isto sim, de uma ” lenda escandalosa e pérfida, não havendo provas de seu “martírio em Roma”, conforme nos relata o ex-padre (ex-locutor do Vaticano), Antônio Gonçalves Pires, em seu livro “Pode um católico salvar-se?”

Moyses Magno Lima.

Tags: