Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
PERSEVERANDO NA COMUNHÃO.

PERSEVERANDO NA COMUNHÃO.

Publicado em 11/07/2011 | 4 Comentários

At 2:42 – E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.

A palavra perseverar, quer dizer, conservar-se firme e constante; ir até o fim; sem se deixar demover ou abalar. A igreja muitas vezes fala em perseverar na doutrina, na prática da ceia e nas orações. Entretanto, o versículo também coloca a necessidade de se perseverar na comunhão (koinonia), que é um grande desafio! Viver em comunidade e relacionar-se interpessoalmente traz muitos desafios. Vejamos alguns exemplos bíblicos de perseverança na comunhão e no amor.

O exemplo de Jesus – Jo 13:1 – ORA, antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim.

O exemplo de Deus nosso Pai – Hb 13:5 – Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.

. Onesíforo – II Tm 1:16 – O SENHOR conceda misericórdia à casa de Onesíforo, porque muitas vezes me recreou, e não se envergonhou das minhas cadeias. (Paulo foi abandonado por muitos enquanto esteve preso, mas Onesíforo esteve ao lado dele).

Fica claro até aqui que devemos seguir esses exemplos e perseverar na comunhão. Entretanto, surge naturalmente a pergunta: como perseverar na comunhão?

Primeiro, tendo disposição para perdoar.

Mt 18: 21 e 22 – 21 Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.

Ef 4:31 e 32 – Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós, Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.

Segundo, tendo o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus – a humildade.

Fp 2: 4 e 5 – 4 Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.

Rm 12:16 – Sede unânimes entre vós; não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios em vós mesmos;

Terceiro, sendo promotores da paz.

Efésios 4:3 – Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.

Rm 12:18 – Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens.

Hb 12:14 – Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.

Quarto, falando palavras edificantes.

Ef 4:29 – Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.

Ef 5: 3 e 4 – Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças.

Ef 5:19 – Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração;

Você sabe a necessidade de perseverar na doutrina, na celebração na ceia do Senhor e nas orações. Entretanto, persevere também na comunhão com o irmão: perdoando, sendo humilde, sendo um pacificador e falando palavras edificantes. Vamos perseverar?

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil

Tags: