Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Quem deu as “leis orais ” ?

Quem deu as “leis orais ” ?

 Teria o Criador dado Leis suplementares orais ?

“Não houve uma única palavra, de tudo o que Moisés ordenara, que Josué não tivesse lido perante toda a congregação de Israel, …” Josué 8:15.
             Ao aceitar que o Deus de Israel tenha dado uma “Lei  oral”, você nega este verso.

“Porque fostes plantados como nobres sementes, mas produzistes estranhos frutos.” Isaías 17:10.   (Um estranho fruto, o Talmud).

“…Porque rejeitaram a Torá do Eterno, e não guardaram os seus estatutos, antes se deixaram enganar por suas próprias mentiras, após os quais andaram seus pais.”  Amós 2:4  

“Pois são um povo rebelde que mente como crianças, que se recusa a atender os ensinamentos do Eterno.”  Isaías 30:9  (Crianças que aceitam como verdade as anedotas do Talmud, quando deveriam seguir e obedecer só o escrito na Torá e nos profetas).

” Ouvi, pois, a palavra de YHWH, homens escarnecedores, que dominais este povo que está em Jerusalém.

Porquanto dizeis …porque pusemos a mentira por nosso refúgio, e debaixo da falsidade nos escondemos.” Isaías 28:14,15.

  As Escrituras proibem leis suplementares:
“Nada acrescentareis a Palavra que vos mando, nem diminuireis dela, …” Deuterônomio 4:2
“…pois o engano deles é falsidade.”  Salmos 119:118  
 “Se tiveres cuidado de guardar todas as palavras desta Torá, que estão escritas neste Livro, para temeres este Nome glorioso e terrível, O YHWH Teu Deus.” Devarim (Deut.) 28:58.     (Observe que fala: “escritas neste Livro”, singular.  Fala: “Desta Torá” E não: Torot, תורות  no plural. Está claríssimo, que se refere única e exclusivamente as Leis escritas, sem margem para “leis orais”, e conforme o contexto de todo o capítulo 28 de Devarim, sob pena de maldição a  uma alteração destas, abrindo precedentes à leis que não são legítimamente da Torá.) Mas afinal, como surgiu este conceito oral ?
     
Quem estuda as Escrituras Hebraicas em busca

 da verdade deve saber que o que Deus não

escreveu não tem valor de Lei, é um ensinamento 

infundado, e pode no máximo ser aceito como

tradição, se não contrariar as Escrituras. Existem

tradições que não ferem o mandamento, e que 

podem ser aceitas, mas não tem valor de lei, um

exemplo está em ll Crônicas 35:25, um estatuto

estabelecido pela vontade da maioria, mas não

por mandado do Adonai.  Nós seres humanos

temos hábitos e costumes que as vezes viram

tradição, se não ferir o ensinamento bíblico e

você quer, tudo bem.   Porém em toda a Bíblia

não há nenhuma referência a pacto de Noach com

conotação para pacto espiritual. Note o abaixo, e perceba como surgiu o talmud. Assim que nos propomas a provar que as leis orais não foram dadas pelo Eterno, mas inventadas pelos rabinos.

O Talmud tem pouco mais de 2000 anos.

 

A religião judaica tem mais de 3000 anos. Portanto mais de 1000 anos separam o Talmud de Moshé. (Moisés).  O Talmud á aceito somente pelos judeus da doutrima farisaica.

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. /wiki/Ficheiro:Wikisource-logo.svg

 

O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com este artigo: Mishná

 

A Mishná, também conhecida como Mixná ou Mixna[1] (em 
hebraico משנה, “repetição”, do verbo שנה, ”shanah, “estudar e revisar”) é uma das principais obras do judaísmo rabínico, e a primeira grande redação na forma escrita da tradição oral judaica, chamada a Torá Oral. Provém de um debate entre os anos 70 e 200 da Era Comum por um grupo de sábios rabínicos conhecidos como ‘Tanaim’ e redigida por volta do ano 200 pelo Rabino Judá HaNasi.

 

A razão da sua transcrição deveu-se, de acordo com o Talmude, à perseguição dos judeus às mãos dos romanos e à passagem do tempo trouxeram a possibilidade que os detalhes das tradições orais fossem esquecidos. As tradições orais que são objecto da Mishná datam do tempo do judaísmo farisaico.[2] A Mishná não reclama ser o desenvolvimento de novas leis, mas meramente a recolecção de tradições existentes.

 

A Mishná é considerada a primeira obra importante do judaísmo rabínico e é uma fonte central do pensamento judaico posterior. A lista dos dias de festa conhecida como Meguilat Taanit é mais antiga, mas de acordo com o Talmude já não está em vigor. Comentários rabínicos à Mishná nos três séculos seguintes à sua redação (guardados sobretudo em aramaico) foram redigidos como:  Guemará.
_______________________________________________________

 

Observação de Benyamin: (2) “A Mishná não reclama ser o desenvolvimento de novas leis, …”
– Na linguagem popular , quando vemos uma contradição entre a teoria e a prática qual é a expressão que usamos ? R: ‘Conversa !’  Na prática vemos milhares de leis rabínias (talmúdicas) se sobrepondo, alteranto e até anulando as Leis Escritas.

 Teria realmente o Criador dado sete (7) preceitos à humanidade ?  

  Qual a origem deste ensinamento ?
Antes da entrega da Torá, YHWH fez um pacto com Avraham. Nesse pacto, Avraham  e seus
descendentes deveriam ser circuncidados .( Gên. 17)  Naturalmente este contrato  seria exclusivo. (Passam a ser : Povo da promessa).
 Esse pacto seria um sinal entre Avraham e sua semente depois dele.
“E disse Deus a Avraham, e você vai manter a minha aliança, tu e a tua descendência depois de ti: todo varão
dentre vós será circuncidado. Este será o sinal da aliança
entre Mim e ti.   “ E em oito dias, todo varão dentre vós será circuncidado em todos as
vossas gerações, os nascidos em casa e o que foi comprado com teu dinheiro .
(Gênesis 17:9-14)  Aqui abre-se uma possibilidade de aceitação para não descendentes, com o aval do Criador deste pacto, ou seja : Deus.  Note  que Avraham (Abraão) aceita o pacto ao se circuncidar e circincidar os seus. Deus oferece, faz a parte Dele, Avraham aceita, cumpre e faz a sua parte no pacto, que incluirá obedecer os mandamentos do Autor do pacto. Note caro leito, que para que haja um pacto tem que ter  dois lados, um acordo mútuo, um que o propõe (Deus) e outra que o aceita.  (Este conceito de religião Noahide é recente, foi uma “religião” criada pelos judeus ortodoxos, sou possuidor de uma cópia de sua ata com a data de sua fundação, contendo os nomes dos membros que constituiram sua diretoria, subordinada aos rabinos chassídicos, contendo o endereço eletrônico para que possas verificar por ti mesmo, datada de 2006).  Continuemos no raciocínio anterior :
 
Depois Deus deu o Pacto Internacional sobre o monte Sinai, com os filhos de Israel, um pacto em que ambos os lados concordaram com as cláusulas nele estipuladas.
Essa aliança não foi feita entre as nações dos gentios e YHWH, mas uma
aliança entre YHWH e os filhos de Israel. “Agora, se vocês  obedecerem  a minha voz e guardarem a minha aliança, então sereis tesouro
especial para mim acima de todas as nações, porque a terra é minha.  “  E vocês serão um reino de
sacerdotes e nação santa.”   Estas palavras  YHWH (abreviação para o Nome de Deus), falou  para os filhos de Israel.
(Êxodo :19:5-6).    A  promessa feita por YHWH é aquela no começo com toda a humanidade, ao falar com Noé e seus filhos , incluindo também todos os animais  Gênesis 8:20-22 ; / 9:8,9 e 10  de que Ele não destruiria a terra com água, (Promessa de salvação física, )  mas isso não tem haver com salvação espiritual.   Disso todos tiveram direito, pois  Sem, (ancestral dos judeus) também estava ali, e os animais estão incluidos nesta promessa salvadora.     Em Shemot  (Êxodo) 34:10  O Criador, Bendito seja, até o momento da alinça com Israel , garante que não havia feito um pacto espiritual nem parecido com este  com ninguém.    LEIA :  “…que não havia sido feito em toda a terra  nem em todas as nações.”          (Ninguém recebeu propósta de pacto espiritual como este até ali !)   Deus falou com Israel no Sinai e aguardou resposta de Israel. Está escrito:  “Então todo o povo respondeu a uma voz, e disserem: ” Tudo o que o Senhor tem falado, faremos.”   O povo, a outra parte, aceitou o acordo.  Veja, há 2 lados quando existe um pacto !  Me mostra nas Escrituras onde tem noahide dizendo : Nós aceitamos os sete preceitos ? !

  Mas a promessa feita com a humanidade dependia só de Deus, (apenas um lado)  pois Ele só estava obrigado à cumpri-lo, e independia de aceitação,  porque era uma promessa (só isso), uma garantia de que não destruiria a terra com água. Aqui não houve pacto.  Um pacto é feito entre duas partes, o que não ocorreu em Gênesis 8 e 9.       O que nos leva a dedução lógica de que o “pacto de b,nei Noach” como é ensinado hoje pelos rabinitas (judeus que seguem rabinos e o talmud) é uma fantasia, simplesmente não existe, tentam transformar isto numa verdade pela repetição e filosofia, sem fundamento bíblico algum. (Igual fazem com o ensino de acender velas no início do Shabat, o que é proibido pela Tora).  A Tanah diz: ” Mas os que buscam  יהוה entendem todas as coisas”. (Provérbios 28:5).   A humanidade não fez um pacto com Deus, foi Deus que fez uma promessa à humanidade.  NÃO DEIXE QUE TE CONFUNDAM,  leia com atenção e você perceberá o engodo !   Este ensino talmudico surgiu  pouco antes da época do segundo Templo, pois na história da humanidade não há registro deste ensinamento antes desta epoca. O proféta no original hebraico diz: “… e seu temor para Comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruido.” Isaías 29:13    
  Este costume de inventar leis que não foram dadas por Deus já vinda de longa data, (leia: ll Reis 17:19) mas intencificou-se, como sabemos só próximo da época do segundo Templo.  (GÊNESIS CAP. 8 E 9  NÃO FALA  NADA DE:  ” SETE  PRECEITOS DE NOACH “). Assim com também o milagre do candelabro que ficou aceso por 8 dias, cujo relato milagroso não se encontra nos livros de Macabeus, que conta toda a saga do Israel da época, mas é aplamento divulgado pelo judaísmo rabanita como fato verdadeiro.  Você acreditaria num ensino totalmente sem nenhum fundamento bíblico ?   Reflita. O judaísmo caraita quer mostrar a você que é possível servir o Deus de Israel de maneira simples e original, sem fardos de mandamentos humanos.    Deuteronômio 30:14; Josué 1:8. 
_____________________________________________________

Texto retirado do artigo: A verdade sobre o Talmud.

 

A supremacia do Talmud sobre a Bíblia no Estado de Israel pela maioria dos judeus de doutrina farisaica (Talmudistas) pode ser constatada também através do exemplo dos judeus etíopes negros. Os etíopes conhecem muito o Antigo Testamento, (Tanah = Bíblia até Malaquias) foram e são profundos estudiosos dela e sua religião é mais antiga que o Talmud dos fariseus, e os etíopes afirmaram quando ainda estavam na Etiópia não ter qualquer conhecimento sobre a existência de Um “Talmud”.

 

De acordo com o New York Times de 29 de setembro de 1992, pág. 4:”O problema é que a tradição etíope judaica não vai além do que ensina a Bíblia ou Torá; o Talmud, e outros comentários mais recentes, que são à base das modernas tradições israelitas, nunca estiveram nas bases das tradições etíopes.”

(Obs: Pergunta sem resposta. Um problema para os rabinitas ou talmudistas, pois como explicar isso ?  Deus não faz discriminação, os judeus etíopes deverião saber da “Torá Oral” se ela existisse!)  Situação parecida a dos cristãos quando pedimos para nos mostrarem qual profeta disse que o Messias pode vir em duas etapas ( 2 vindas).
_____________________________________________________

                        
  DEVE O PROSÉLITO GUARDAR O SÁBADO ?   

Para um aluno de judaísmo guardar o sábado, é um sinal de humildade e obediência ao Criador, e este ato por si só denuncia a idolatria.  (Êxodo 20:8)  Quem ama a Deus obedece a sua vontade, e sua vontade é que todos devem guardar seus mandamentos.  ” Teme a Deus e guarda os seus mandamentos, porque este é o dever de TODO HOMEM” (Eclesiastes. 12:13)    Também está escrito: “Havendo os Teus juizos na terra, os moradores do mundo aprenderão a justica” (Isaías26:9 ).    Veja, aqui especifica que os mandamentos são capazes de tornarem os homens justos, e que isso seria feito em toda a terra:  “os moradores do mundo,” fazendo alusão a que todos estarão seguindo os ensinamentos Divinos, (sem divisão nohahide) e portanto guardar os mandamentos é sim dever de todo homem, de todo homem justo .  E sendo justo, ele não pode fazer uso de alimentos impuros, seria contraditório !  Então isto incluirá também as leis dietéticas, ou seja, só fazer uso de  alimentos permitidos.   Está Escrito: “Os que se santificam e se purificam nos jardins uns após outros, os que comem carne de porco e rato, abominações, serão destruidos diz YHWH.” ISAÍAS 66:17 / E ainda: “…da Sua terra serão desarraigados os gentios”. Salmos 10:16.  Para ser justo e não ser desarraigado (destruido) ele terá que ser convertido, deixando de ser gentio. (Salmos 59:8 / Isaías 56)      Lembre-se, estes são requisitos primários
para o ato de conversão e aproximação do verdadeiro povo de Deus.    Ao escolher guardar o sábado mesmo antes de se converter, o prosélito (aluno de judaísmo karaita universal) está mostrando que escolheu fazer aquilo que agrada o Etérno, (Isaías 56:4) e ao se alimentar corretamente pela instrução da Torá está santificando  seu corpo.     –  Mas o que é ser convertido ao Deus de Israel ?            A conversão é fazer a
circuncisão objetivando cumprir o mandamento (brit milá)  e jurar e aceitar o Deus de Israel como seu Deus, e Israel como seu povo, identificando-se no seu interior com a vontade  do Criador, engajando-se nela pelo cumprimento das Sagradas Escrituras.

  Qualquer pessoa que faz isso, já fez a conversão interior no sentido bíblico . (ler Gên.17)      Por que uma pessoa sincera e com conhecimento verdadeiro do Tanah  não faria parte de um povo que mantenha a sua aliança?     Será que a
Mikrá (Bíblia hebraica) é cheio de referências para pessoas  se tornarem  parte de Seu povo SEM NENHUM OBJETIVO ?  para que  ser luz das nações então ?  (Isaías 42:6)  As formalidades de conversão exigidas são apenas formalidades, igual papel de casamento, tem  a sua utilidade, o seu valor, mas espiritualmente falando, conversão é seguir a Torá e se identificar com o povo de Israel, recebendo a benção sacerdotal com a imposiçao das mãos dos sábios de Israe, que estão ligados a corrente sagrada que veio desde Moshé.  Assim você será judeu para o YHWH sincera e verdadeiramente, estará firmado no conhecimento das Sagradas Escrituras, com uma prática religiosa judaica que o louve por si só.  Isto é ser judeu verdadeiramente !   Não aceite lavagem celebral, quando dizem pra você: ” o que você  pensa não vale nada… (expressão de seus profesores),  Deus te deu inteligência para raciocinar, mas nós raciocinamos e estudamos pra você…” Saiba que isto contraria as Escrituras,  leia> ( Josué 1:8 )    E também está escrito:  ”Não fale o estrangeiro que ao Eterno se uniu, dizendo: ” Certamento o Eterno me excluirá da recompensa que der ao seu povo; (ELE ESTAVA CIENTE QUE NÃO TINHA SALVAÇÃO SENDO GENTIO , arvore seca)
nem diga o eunuco: ‘Olha, eu sou uma arvore seca. ”   (Isaías 56:3)                 Pois  assim diz
YHWH  aos eunucos que guardam os meus sábados, e escolhem as coisas que eu gosto (Me agrado),
agarrando a minha aliança.  Eu darei a eles na minha casa e dentro dos meus muros um memorial e um nome melhor
que, dos filhos e filhas, vou dar-lhes um nome eterno que não  será esquecido”.  (Obs: Eunucos ainda não eram judeus, no entanto guardavam o sábado antes e durante o processo de conversão, o que contraria o ensinamento rabinita  que afirma ser proibido a um não judeu guardar o sábado.) “Eles chamarão os povos ao monte, ali oferecerão ofertas de justica, …” Deuteronômio 33:19.
Obs: Rabinitas são os outros judeus, os que seguem a doutrina farisaica, que são maioria hoje.  Os outros são os judeus não talmudistas, ou seja : Os Caraitas de Israel e os Beta Israel  (judeus vindos das tribos perdidas que estavam na Etiópia), etc. Estes últimos por sinal, quando foram encontrados 1860 e interrogados acerca do Talmud, nem sequer sabiam o que era isso, nunca tinham ouvido falar de tal livro. Por isso que este assunto é evitado por eles, pois não apresentam resposta convincente, pois os que inventaram o talmud não contavam com este achado precioso, várias testemunhas para comprovarem o que os Caraítas sempre afirmaram desde os remotos tempos: YWHH só nos deu a Bíblia Escrita.  Sobre a conversão de outros povos o profeta diz: 
“… e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios
serão aceitos no meu altar, porque minha casa será chamada casa de oração para todos
povos. “(Isaías 56:3-7) (Veja, todos vão usar o mesmo Altar.  B,nei Noach (0s filhos de Noé) estão incircuncisos, não podem usar o mesmo altar, então como fica  ?  Deus vai aceitar o sacrifício de um incircunciso no Altar de Israel ?  Passa isso pela sua cabeça ?  Logicamente que não.     Leia: Salmos 10:16 ” O Adonai é Rei Eterno; da Sua terra serão dasarraigados os gentios.” (Aqueles que se recusarem seguir o Deus de Israel), Só este verso elimina qualquer possibilidade de fusão de adoração judaico-gentílica , como querem os bnei Noach.
Portanto, para manter o Pacto da Torá, na verdade, a pessoa tem de desenvolver e alcançar conhecimentos das Escrituras e assim poderá  vir
a ser um dos filhos de Israel. (Deut.33:29)   “ O convertido a Ele se unirá e se sentirá ligado a casa de Jacob.”  Isaías 14:1
Acima de tudo deve o justo observar se sua crença está fundamentada no Sagrado, dentro
da realidade dos ensinamentos do Criador.   Para não incorrer no erro : “Não acrescentes sobre a coisa que eu vos ordeno, e não subtraireis dela…”.  Deut. 4:2  (Anulando um Escrito Sagrado e comprovado, por um “imaginário” ou apócrifo, cuja existência bem lá no fundo, nem os judeus rabinitas fariseus acreditam ! ).  Tudo que Deus queria que o povo de Israel soubesse, estava escrito no Livro, nada foi esquecido, nem um única Palavra. LEIA: Josué 8:35 / Deut. 31:11,12 /         Então pra que “Torá oral”, pra que Talmud ?  Este ensino talmudico surgiu na época do segundo Templo, e não foi dado por Deus a Moisés.   Todo o conteúdo dos ensinamentos  que Deus havia dado a Moisés e posteriormente seria dado a Israel viria destas categorias de ensinamentos dentro deste têxto,  veja: 

 Este versículo : Êxodo 24:12, é usado pelos talmudistas para fundamentar a “Lei oral”, veja se você consegue ver tal fundamento nele.
“…Sobe a Mim ao monte, e fica ali; e darte-ei as Tábuas de Pedra,(10 mandamentos) a Lei e os preceitos que ESCREVI  para os ensinar (Torá)”  Êxodo.24:12.  
Como pode ser que alguém consegue aceitar que este verso é fundamento para  “Lei oral”, se ele enfatisa categóricamente que escreveu, ou seja: TEM QUE ESTAR ESCRITO?!  E para que ? Para poder ver, ler, estudar … Leia: Salmos 119:6 “olharei para teus mandamentos…” (Uma Lei oral não dá pra olhar). Também está escrito:  “Nada acrescentes ás Suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso”.   Provérbios 30:6 . 
“E sobre o monte Sinai desceste, e falastes com eles desde os céus, deste-lhes juízos retos, e leis verdadeiras, estatutos e mandamentos bons. (14) … e preceitos e estatutos e mandamentos e lei lhes mandaste pelo ministério de Moshé, Teu servo”. Neemias 9:13,13.      Mas como eles foram dados ?  
 A resposta vem no próximo texto do Tanah :  ” E guarda a observância do Eterno Teu Deus, para andares nos seus caminhos, e para guardares os seus estatutos, e os seus mandamentos,e os seus juízos, e os seus testemunhos, como está escrito na Lei de Moisés…”  l Reis 2:3       Mais claro impossível !  Só vale se estiver escrito.
 
_______________________________________________________

 TODO SER HUMANO TEM :
MORALIDADE BÁSICA INTRINSICA         
Uma bússula no interior de cada ser humano.
   Escrito com exclusividade pelo autor do  tema: Benyamin Ben Avraham.
“A justiça exalta as nações, mas o pecado é a vergonha dos povos”  Provérbios 14:34. 
Quem disse para os gentios o que é pecado ?               No livro do Gênesis e em outras partes do Mikrá (Bíblia), encontramos evidências da
existência de um código “natural”  impresso na humanidade,  e que foi gravado por YHWH
no inconsciente de cada indivíduo.   Por exemplo, a humanidade foi destruída no grande dilúvio
por causa da maldade certo ?     Qual  foi a lei que definiu o que é o mal e o que é o bem no comportamento moral das pessoas antes do dilúvio ou até mesmo depois dele ?  Sabemos que o dilúvio ocorreu antes da entrega da Torá, então chegamos a conclusão obvia de que as pessoas sabiam o que era errado e o que era certo  naturalmente .   Havia um “código
moral natural” para definir  a direção comportamental dos que prestavam atenção em suas consciências, e sabiam que respeitar era preciso para ser respeitado.    Naturalmente que haviam os maus que não faziam isso. O exemplo em Gênesis 13:13 “E os homens de sodoma eram maus e pecadores contra o Eterno” E como as pessoas sabiam que eles eram maus ?  Porque não faziam o que era certo.   E o que era certo ? o que lei natural determinava, seu código natural de comportamento , assim como o encontramos na natureza. O leão não ataca suas  fêmeas, pois elas são as mães de seus filhotes, isso “ não se faz. “  Mesmo o predador não matará a menos que esteja com fome, ele sabe que é errado disperdiçar, matar e não comer, pois se fizer isto, vai faltar presa quando precisar. Quem foi que ensinou os indios à se respeitarem ?  Foi o código de moralidade natural.  É a ordem natural das coisas. Ou se respeita, ou não se é respeitado !  Uma questão de sobrevivência, mas que não dever ser feita por obrigação, mas com amor.  Já observastes um casal de aves se acariciando, se cuidando, vigiando e presando pelo bem estar mútuo ?  Se os animais sabem destas leis, qunto mais os humanos. . !   Veja, se olharmos para Gênesis 26:9-11, vemos a mudança de comportamento de
Abimeleque, rei dos filisteus;   ele sabia que o adultério era errado e teria conseguências contra ele.
Pode se ver a base indicativa do código moral “natural” em toda a história humana.   Este código de moralidade
“natural” é, provavelmente, estampado em nossas mentes desde a concepção; cortesia , afabilidade, respeito, compreensão, são gravados na nossa memória genética, chamamos isso de sabedoria  instintiva, que a maioria dos  animais também tem  .

Este código moral “natural” pode ser encontrado espalhado por toda a Torá. (E Tanach).
  Reflita nos 10 mandamentos, e você verá que eles não foram  feitos só para os judeus, foram feitos para toda a humanidade.      Leia: “pois quando na terra estão Teus julgamentos, integridade é aprendida pelos moradores da terra” Isaias. 26:9    Naturalmente que Deus quer que Israel seja o modelo, e fez uma entrega especial, e um judeu não segue apenas o código natural, ele tem uma responsabilidade muito acima disso.  Todo conteúdo escrito, explicado, organizado das Leis da Torah, e  posteriormente exemplificado com a  vivência dos profétas , a beleza dos salmos, a sabedoria dos provérbios, as histórias tocantes de todos os Sagrados livros de nosso Tanah. Deus espera que a nação de “reis e sacerdotes” ensine este conhecimento a humanidade (Zacarias 8:23).   Vemos através da história que este Código Moral elevado escrito na Bíblia dado  ao povo judeu e que a humanidade tomou conhecimento, influenciou todos os códigos entre todas as nações do mundo .
   “Os príncipes dos povos se congregam para serem o povo do Deus de Abraão;…” (Salmos 47:9 )    Este verso mostra que já no passado muitos estudavam os ensinos das Escrituras com o povo de Israel, para poderem entrar no seu Sagrado Pacto, e desfrutarem deste imenso privilégio que é pertencer ao Povo do Deus de Abraão, o Deus de Israel, Bendito seja !   Relembramos o mandamento do Deus Verdadeiro:  “Não acrescentareis à palavra  que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis o mandamento do Eterno vosso Deus, que vos mando.” Deut. 4:2  Portanto tudo que as pessoas corretas precisam saber está no Tanah (Biblia Judaica), sendo elas judias ou gentias, tem a obrigação de examina-las .  Naturalmente, isto trará grandes transformações, afinal, você  estará optando por uma vida bíblica, cujo ensino não possui contradições, quando confiamos no YHWH seguindo só as Escrituras a profecia garante: “Não sereis enganados nem confundidos por toda a eternidade”. Isaías 45:17  A Tanah sozinha tem a resposta para todas as perguntas que queremos fazer.  Deus não precisa fazer um “Novo Testamento”, e nem “Leis suplementares”, pois sendo Perfeito não erra, e se não erra, o que Ele fez não precisa de mudanças, pois é perfeito e eterno ! A verdade imutável das Escrituras impedem que sejamos enganados ! (Salmos 119:160).         Alguém já te falou (escreveu), tão aberta, fundamentada e francamente como eu estou fazendo com você ?         Que o Deus a quem eu sirvo, o Deus de Israel abençõe o seu entendimento.   Amén.  עם הברכות של התורה של אלוהים  
DIREITOS RESERVADOS DO AUTOR: BENYAMIN BEN AVRAHAM —  BRASIL  

 

Tags: