Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Quem era Jesus segundo Paulo

Quem era Jesus segundo Paulo

A despeito de algumas afirmações taxativas de Paulo sobre quem é o Pai e quem é o Filho, como, por exemplo, I Co. 8.6 “Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele”, os reconhecendo em distinção naquilo que eles são, alguns trinitarianos evidenciam uns poucos versos onde entendem que Paulo está chamando Jesus de Deus para considerá-lo como sendo o mesmo Deus que o Pai.
Notadamente temos três ou quatro versos que Paulo, supostamente, chamaria Jesus de Deus. Digo três ou quatro porque um deles é uma reconhecida alteração no texto original e, também, digo “supostamente” porque nenhum deles são textos de traduções uniformes, ou seja, o original permite outras compreensões além daquela que fazem os trinitários ao acharem que Jesus é o próprio Deus.
Esses versos são:
Rm 9:5 “Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente. Amém.”
I Tm. 3.16 “E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória.”
Fp 2:6 “Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,”
Tt 2:13 “Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo;”
– O primeiro deles (Rm. 9.5) se debate a pontuação que afeta a tradução, já que no grego antigo não tinha pontuação, nem capitulação.
Por causa dessa particularidade Robert H. Mounce diz:
“esse fato criou algumas dificuldades para os estudiosos contemporâneos, visto que o modo de um versículo ser pontuado pode ter efeito importante sobre a sua interpretação. Um dos exemplos notáveis disso é Romanos 9.5. Se uma pausa maior for feita depois da κατὰ σάρκα (lit. “segundo a carne”), a parte final do versículo seria uma declaração a respeito de Deus Pai (A NEB traz: “Que Deus, supremo sobre todos, seja abençoado para sempre! Amem”). No entanto, em se fazendo uma pausa menor naquela posição, as palavras finais da frase falariam de Cristo. A NVI diz: “[…] de Cristo, que é Deus acima de tudo, bendito para sempre! Amém” e conclui “O modo de a tradução lidar com um versículo ambíguo tal como esse revela as tendências teológicas do tradutor”
(Mounce, William D. in Fundamentos do Grego Bíblico [Livro de Gramática] 1º Edição – 2009, pág. 17).
– O segundo deles (Fp. 2.6), é considerado um dos versículos mais discutidos da Bíblia, justamente por causa das possibilidades, tanto de tradução como de entendimento. Ou seja, é um verso que permite mais de uma tradução, ainda que, certamente, só um entendimento sobre ele deve ser o correto. Mas, as questões principais sobre sua compreensão e tradução envolve a palavra “forma” já que Paulo simplesmente poderia dizer “sendo Deus”. Alguns têm pretendido ver na palavra “forma” um indicativo de “natureza” ou “essência” da Deidade, há até léxicos que trazem esse significado para a palavra, ainda que vários outros apresentem apenas “forma” ou “aparência exterior” como seu significado. Vale destacar que o significado de “natureza” ou “essência” não parte de nenhum verso das Escrituras e nem dos usos adotados no tempo do Novo Testamento. A palavra tal qual aparece no original grego em Fp. 2.6 (Mορφή=forma) ocorre também em Mc. 16.12 “E depois manifestou-se noutra forma a dois deles”. É indubitável que Marcos não está fazendo qualquer referência a substância ou essência de alguém, mas a aparência exterior, a forma visível.
Note que Paulo faz questão de dizer “forma de Deus” ao invés de dizer “sendo o próprio Deus”.
A outra questão, nesse versículo, está relacionada à frase seguinte onde até mesmo entre gramáticos trinitários há discussão e que afeta a interpretação podendo levar a dois entendimentos diferentes: Ele não quis roubar a igualdade, o que permite uma tradução tal qual encontramos na Bíblia da CNBB “não considerou como presa a agarrar o ser igual a Deus” ou não quis se valer da igualdade, tal qual aparece na ARA “ não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar”? Ambas suavizam o significado da palavra “ἁρπαγμὸν”, cujo verbo que lhe dá origem é usado recorrentemente no Novo Testamento com sentido de roubar, saquear, arrebatar, etc: “Ou, como pode alguém entrar na casa do homem valente, e furtar os seus bens, se primeiro não maniatar o valente, saqueando então a sua casa?” (Mt 12:29), ou ainda, Mt 13:19: “Ouvindo alguém a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata o que foi semeado no seu coração;”
– O terceiro deles, I Tm. 3.16 tem a tradução na ARA: “Aquele que se manifestou em carne”, ao passo que a ACF traz “Deus se manifestou em carne”, no entando essa segunda versão surge a partir de uma adulteração de “OΣ” (em grego significa “Quem”, “Aquele”) para “ΘΣ” (Deus). Tal alteração foi tornada pública por um cristão reformado da Basileia chamado Johan J. Wettstein, em 1715. Logo, por causa disso, perderia o diaconato e o emprego. Ele percebeu que a letra considerada “Θ” (theta) na contração do nomina sacra “ΘΣ” (Deus) era na verdade um “O” (ômicron) componente do pronome demonstrativo “OΣ” (aquele), já que o “traço” central que transformou o ômicron em um theta decorreu de um borrão (vazamento) do texto constante do outro lado do pergaminho. Geralmente nos abreviações das palavras Deus (ΘΣ), Senhor (KY), Jesus (IΣ), no texto greto, se colocava um traço sobre as letras para indicar a contração. Wettstein percebeu que a tinta era nitidamente diferente da do restante do texto e concluiu tratar-se, de fato, de uma corrupção do texto. Muitos manuscritos trazem “Deus se manifestou”, mas são reproduções surgidas a partir de um manuscrito corrompido e são relativamente recentes em suas datações. De qualquer forma, dizer que “Deus” precisou ser justificado no Espírito é algo que não podemos, sequer, cogitar e está dito na sequência do verso. Logo, a leitura constante da Almeida Atualizada deve ser considerada a correta por mais de uma razão.
O quarto deles é Tt. 2.13. O debate sobre este verso envolve as possíveis traduções: “Grande Deus e do Salvador Jesus Cristo” ou “Grande Deus e Salvador Jesus Cristo”, esta última condicionada por uma “adição” recente (uns 200 anos), feita por um inglês, Granville Sharp, religioso não acadêmico, à milenar gramática grega, que foi recepcionada como regra, mas é de tal modo precária que até mesmo trinitários questionam a sua eficácia e/ou abrangência.
O fato curioso da leitura “Grande Deus e [ ] salvador Jesus Cristo” de Tt. 2.13 se dá quando comparada a I Ts. 1.12 “a graça de nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo”. Os dois versículos seriam, se considerarmos a “regra” utilizável, abrangidos por ela; mas, em um verso se admitiu possível e correta a tradução “Deus e do Senhor Jesus Cristo”, mas não se fez da mesma forma em Tt. 2.13, onde preferiram a tradução “Deus e Salvador Jesus Cristo”. Embora a palavra “Salvador” e “Senhor” sejam da mesma classe gramatical, a razão da colocação da preposição em apenas uma, quando é legitimamente possível nas duas se dá, hoje, pela evocação da Regra de Sharp que, subjetivamente trata essas palavras com classificação gramatical diferente; considerando “Senhor” em Tt. 2.13 como um nome, tratando-a diferente da palavra “Salvador” em I Ts. 1.12. Ou seja, aplicaram a suposta regra a partir de um critério subjetivo. Esse é só um dos problemas com essa regra. Para um maior detalhamento veja AQUI.
Bem, se na comparação Tt. 2.13 e I Ts. 1.12 é possível as duas traduções, um trinitario poderia perguntar: por não deveríamos seguir a que é usualmente feita para Tt. 2.13 também em I Ts. 1.12 e vertermos o verso como “a graça de nosso Deus e Senhor Jesus Cristo”? A resposta a essa pergunta é simples. Em um texto onde um verso pode ser traduzido de duas formas devemos buscar saber como o autor entende a questão. Como Paulo é o autor das duas frases. Devemos saber se ele costuma tratar Deus e Jesus, ou o Pai e o Filho, como sendo ambos o mesmo Deus.
Lembrando sempre, como se pode ver acima, que embora haja quatro versos usados para dizerem que Paulo chamou Jesus de Deus, apenas três permanecem, mas, ainda assim sob dependências de circunstâncias gramaticais e interpretações passíveis de questionamento.
Nesse ponto é oportuno fazermos essa averiguação de identificação nos escritos de paulinos:
At. 13:23 “Da descendência deste, conforme a promessa, levantou Deus a Jesus para Salvador de Israel”
At. 20.24 “Mas de nada faço questão, nem tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.”
Rm 1:4 “Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor,”
Rm 1:7 “A todos os que estais em Roma, amados de Deus, chamados santos: Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.”
Rm 2:16 “No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho.”
Rm 3:22 “Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença.”
Rm 5:1 “Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo;”
Rm 5:8 “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.”
Rm 5:10 “Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.”
Rm 5:11 “E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação.”
Rm 5:15 “Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é de um só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos.”
Rm 6:10 “Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus.”
Rm 6:23 “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.”
Rm 7:25 “Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado.”
Rm 8:17 “E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.”
Rm 8:34 “Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.”
Rm 8:39 “Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”
Rm 10:9 “A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.”
Rm 15:30 “E rogo-vos, irmãos, por nosso Senhor Jesus Cristo e pelo amor do Espírito, que combatais comigo nas vossas orações por mim a Deus;”
Rm 15:5 “Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus,”
Rm 15:6 “Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.”
Rm 15:7 “Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para glória de Deus.”
Rm 15:8 “Digo, pois, que Jesus Cristo foi ministro da circuncisão, por causa da verdade de Deus, para que confirmasse as promessas feitas aos pais;”
Rm 15:16 “Que seja ministro de Jesus Cristo para os gentios, ministrando o evangelho de Deus, para que seja agradável a oferta dos gentios, santificada pelo Espírito Santo.”
Rm 15:17 “De sorte que tenho glória em Jesus Cristo nas coisas que pertencem a Deus.”
Rm 15:30 “E rogo-vos, irmãos, por nosso Senhor Jesus Cristo e pelo amor do Espírito, que combatais comigo nas vossas orações por mim a Deus;”
Rm 16:27 “Ao único Deus, sábio, seja dada glória por Jesus Cristo para todo o sempre. Amém.”
1Co 1:1 “Paulo (chamado apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus), e o irmão Sóstenes,”
1Co 1:2 “À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo o lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso”
1Co 1:3 “Graça e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.”
1Co 1:4 “Sempre dou graças ao meu Deus por vós pela graça de Deus que vos foi dada em Jesus Cristo.”
1Co 1:9 “Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor.”
1Co 1:24 “Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus.”
1Co 1:30 “Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção;”
1Co 3:23 “E vós de Cristo, e Cristo de Deus.”
1Co 4:1 “Que os homens nos considerem como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus.”
1Co 6:14 “Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder.”
1Co 6:11 “E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.”
1Co 8:6 “Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele.”
1Co 11:3 “Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo.”
1Co 12:3 “Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.”
1Co 15:15 “E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam.”
1Co 15:28 “E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.”
1Co 15:57 “Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.”
2Co 1:1 “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo, à igreja de Deus, que está em Corinto, com todos os santos que estão em toda a Acaia.”
2Co 1:2 “Graça a vós e paz da parte de Deus nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo.”
2Co 1:3 “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação;”
2Co 1:19 “Porque o Filho de Deus, Jesus Cristo, que entre vós foi pregado por nós, isto é, por mim, Silvano e Timóteo, não foi sim e não; mas nele houve sim.”
2Co 1:21 “Mas o que nos confirma convosco em Cristo, e o que nos ungiu, é Deus,”
2Co 2:14 “E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento.”
2Co 2:15 “Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem.”
2Co 3:4 “E é por Cristo que temos tal confiança em Deus;”
2Co 4:4 “Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.”
2Co 5:18 “E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;”
2Co 5:19 “Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.”
2Co 5:20 “De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.”
2Co 9:13 “Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com eles, e para com todos;”
2Co 10:5 “Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo;”
2Co 11:2 “Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo.”
2Co 11:31 “O Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que é eternamente bendito, sabe que não minto.”
2Co 12:19 “Cuidais que ainda nos desculpamos convosco? Falamos em Cristo perante Deus, e tudo isto, ó amados, para vossa edificação.”
2Co 13:14 “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém.”
Gl 1:1 “Paulo, apóstolo (não da parte dos homens, nem por homem algum, mas por Jesus Cristo, e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos),”
Gl 1:3 “Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo,”
Gl 2:20 “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.”
Gl 2:21 “Não aniquilo a graça de Deus; porque, se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu debalde.”
Gl 3:17 “Mas digo isto: Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a abolir a promessa.”
Gl 3:26 “Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.”
Gl 4:6 “E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.”
Gl 4:7 “Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo.”
Gl 4:14 “E não rejeitastes, nem desprezastes isso que era uma tentação na minha carne, antes me recebestes como um anjo de Deus, como Jesus Cristo mesmo.”
Ef 1:1 “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus”
Ef 1:2 “A vós graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo!”
Ef 1:3 “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;”
Ef 1:17 “Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação;”
Ef 2:10 “Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.”
Ef 2:12 “Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo.”
Ef 3:9 “E demonstrar a todos qual seja a comunhão do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo;”
Ef 3:14 “Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo,”
Ef 3:19 “E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.”
Ef 4:6 “Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.”
Ef 4:13 “Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,”
Ef 4:32 “Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.”
Ef 5:2 “E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.”
Ef 5:5 “Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus.”
Ef 5:20 “Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo;”
Ef 6:6 “Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus;”
Ef 6:23 “Paz seja com os irmãos, e amor com fé da parte de Deus Pai e da do Senhor Jesus Cristo.”
Fp 1:2 “Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo.”
Fp 1:8 “Porque Deus me é testemunha das saudades que de todos vós tenho, em entranhável afeição de Jesus Cristo.”
Fp 1:11 “Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.”
Fp 2:11 “E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.”
Fp 3:3 “Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne.”
Fp 3:14 “Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”
Fp 4:7 “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.”
Fp 4:19 “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.”
Cl 1:1 “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo,”
Cl 1:2 “Aos santos e irmãos fiéis em Cristo, que estão em Colossos: Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.”
Cl 1:3 “Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós,”
Cl 1:27 “Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória;”
Cl 2:2 “Para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em amor, e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus e Pai, e de Cristo,”
Cl 2:12 “Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos.”
Cl 3:1 “Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.”
Cl 3:3 “Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.”
Cl 3:17 “E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.”
Cl 4:3 “Orando também juntamente por nós, para que Deus nos abra a porta da palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual estou também preso;”
1Ts 1:1 “Paulo, e Silvano, e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses em Deus, o Pai, e no Senhor Jesus Cristo: Graça e paz tenhais de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.”
1Ts 1:3 “Lembrando-nos sem cessar da obra da vossa fé, do trabalho do amor, e da paciência da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus e Pai,”
1Ts 2:14 “Porque vós, irmãos, haveis sido feitos imitadores das igrejas de Deus que na Judéia estão em Jesus Cristo; porquanto também padecestes de vossos próprios concidadãos o mesmo que os judeus lhes fizeram a eles,”
1Ts 2:15 “Os quais também mataram o Senhor Jesus e os seus próprios profetas, e nos têm perseguido; e não agradam a Deus, e são contrários a todos os homens,”
1Ts 3:2 “E enviamos Timóteo, nosso irmão, e ministro de Deus, e nosso cooperador no evangelho de Cristo, para vos confortar e vos exortar acerca da vossa fé;”
1Ts 3:11 “Ora, o mesmo nosso Deus e Pai, e nosso Senhor Jesus Cristo, encaminhe a nossa viagem para vós.”
1Ts 3:13 “Para confirmar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo com todos os seus santos.”
1Ts 4:1 “Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus, que assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que possais progredir cada vez mais.”
1Ts 4:14 “Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.”
1Ts 4:16 “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.”
1Ts 5:9 “Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo,”
1Ts 5:18 “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.”
1Ts 5:23 “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.”
2Ts 1:1 “Paulo, e Silvano, e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses, em Deus nosso Pai, e no Senhor Jesus Cristo”
2Ts 1:2 “Graça e paz a vós da parte de Deus nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo.”
2Ts 1:8 “Com labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo;”
2Ts 1:12 “Para que o nome de nosso Senhor Jesus Cristo seja em vós glorificado, e vós nele, segundo a graça de nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo. ”
2Ts 2:16 “E o próprio nosso Senhor Jesus Cristo e nosso Deus e Pai, que nos amou, e em graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança,”
2Ts 3:5 “Ora o Senhor encaminhe os vossos corações no amor de Deus, e na paciência de Cristo.”
1Tm 1:1 “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo, esperança nossa,”
1Tm 1:2 “A Timóteo meu verdadeiro filho na fé: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus nosso Pai, e da de Cristo Jesus, nosso Senhor.”
1Tm 2:5 “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.”
1Tm 5:21 “Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo por parcialidade.”
1Tm 6:13 “Mando-te diante de Deus, que todas as coisas vivifica, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos deu o testemunho de boa confissão,”
2Tm 1:1 “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está em Cristo Jesus,”
2Tm 1:2 “A Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia, e paz da parte de Deus Pai, e da de Cristo Jesus, Senhor nosso.”
2Tm 2:19 “Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade.”
2Tm 4:1 “Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino,”
Tt 1:1 “Paulo, servo de Deus, e apóstolo de Jesus Cristo, segundo a fé dos eleitos de Deus, e o conhecimento da verdade, que é segundo a piedade,”
Tt 1:4 “A Tito, meu verdadeiro filho, segundo a fé comum: Graça, misericórdia, e paz da parte de Deus Pai, e da do Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador.”
Fm 1:3 “Graça a vós e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.”
Acredito ser muito difícil, mas difícil mesmo, que alguém imparcial entenda, naturalmente, diante de uma quantidade tão grande de informação que aponta justamente para o caminho contrário, e, sabendo das questões gramaticais e interpretativas de Rm. 9.5, Fp. 2.6 e Tt. 2.13, que o apóstolo Paulo, nesses três versos, esteja identificando Jesus como sendo o mesmo Deus com o Pai, quando provas não faltam que ele nunca falou de Deus e Jesus, ou o Pai e o Filho, acreditando que fossem o mesmo Deus.
Devemos lembrar, ainda, que Paulo ao apresentar seu Deus aos atenienses, no Aerópago, diante do altar dedicado “Ao Deus Desconhecido”, indica apenas um como sendo esse Deus, e ainda, ao invés de apresentar uma trindade de pessoas da qual Jesus é um de seus integrantes, além de não dizer isso, o Apóstolo acrescenta que Deus “há de julgar o mundo por meio do homem que destinou” (At. 17.31). O mesmo apóstolo diz também em seus escritos “Mas Deus é um” (Gl. 3.20).
As evidências contrárias as pretensões cristoteístas são tão fortes que terminam por denunciar o tamanho da deturpação que muitos, buscando tornar palpável a causa trinitária, fazem das palavras de Paulo em (e a partir de) três versos.

Postado por Valdomiro
jun 26

Tags: