Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
QUEM MUDOU O SÁBADO ? PORQUÊ MILHÕES DE PESSOAS GUARDAM O DOMINGO ?

QUEM MUDOU O SÁBADO ?
PORQUÊ MILHÕES DE PESSOAS GUARDAM O DOMINGO ?

NOTA DE ABERTURA:-
Vivemos num tempo de preocupação mundial,quanto ao destino da nossa civilização.
Pendem perigos que ameaçam a extinção da raça humana sobre a Terra,
São guerras por todo o lado,doenças epidémicas,desavenças familiares,morte,factos que
deixam a Humanidade em suspenso.
Uma grande maioria refugia-se na religião como abrigo para de proteger das calamidades que os assustam.Por isso muitos aderem à religião sem conhecer a Bíblia Sagrada e sem saber os Dez Mandamentos. Prendem-se à verbosidade aliciante dos pregadores,que nem sempre se baseiam na Sagrada Escritura,expõem as suas doutrinas que isolaram da Bíblia Sagrada.
Por isso,a intenção nesta Nota de Abertura,é prevenir para que,quem aderir à religião o faça
com muito cuidado,examinando tudo retendo o bem,como ensinou o Apóstolo Paulo.
Procure um grupo religioso que ensine o Nome Verdadeiro do Nosso Criador.Ele tem Nome
Sagrado que o vulgo chama “Deus” ou “Senhor”,mas chama-se Yahweh.
Não se deixe cair em algum “buraco” donde poderá ter dificuldade em sair.
Não esqueça que a base fundamental para entrar no Reino de Yahweh que está prometido
nos Evangelhos é a obediência aos Dez Mandamentos.
Assim o disse o Nosso Salvador,chamado Yahoshua,ao jovem rico que O procurou um dia:-
“Se queres,porém,entrar na Vida Eterna,guarda os Mandamentos”.
( Mateus 19:17).
Se o leitor tiver curiosidade em conhecer os Dez Mandamentos,poderá ler Êxodo 20:2-17.
Seja qual for a tradução da Bíblia Sagrada,todas dizem o mesmo.
Até a versão Portuguesa de Matos Soares,que que tem o Imprimatur do Vaticano,os menciona como estão no original da Vulgata Latina,donde foi traduzida esta versão.
Mas mesmo assim a Igreja Católica Romana alterou os Dez Mandamentos,criando um novo
Catecismo no Concílio de Trento,no Século XVI,o qual demorou mais de sete anos.
Foi uma informação do tradutor deste trabalho,muito bem elaborado e documentado para que o Mundo da Religião se acautele e defenda dos pregadores de doutrinas humanas em lugar da Verdade simples e firme da Sagrada Escritura,inspirada pelo Criador Todo-Poderoso Yahweh.
Boner Daleoni

(1) – Desde o Princípio do Mundo tem havido Um só Dia de Repouso Verdadeiro – o Sábado -No
Sétimo Dia da Semana, desde o pôr do sol de Sexta-Feira,até ao pôr do sol de Sábado.
É o dia que Yahweh Todo-Poderoso Santificou e no qual descansou de Sua Obra Criadora.
Veja,por favor, Êxodo 20:8-11.
Não existe a mais pequena referência em lugar algum da Bíblia de que o Sábado haja sido
jamais ou que alguma vez será transferido do Sétimo Dia para qualquer outro dia da semana.

( 2 ) -No entanto,encontramos actualmente milhões de pessoas Crentes na Bíblia Sagrada que
não observam o Sábado como Dia Santo,mas,em seu lugar observam o Domingo.

( 3 ) – No Livro de Daniel se profetiza o surgimento de um poder religioso apóstata e se assinala
a natureza de sua obra nefasta – a de abrir uma brecha na Lei Sagrada de Yahweh Todo-
Poderoso.
( 4 ) – No capítulo sete do seu Livro,Daniel descreve uma visão que Yahweh Todo-Poderoso lhe
deu,concernente aos Impérios Mundiais sucessivos entre aquela geração e o Tempo do
Fim.No segundo capítulo de Daniel encontramos quatro Impérios Mundiais,simbolizados por
quatro partes metálicas diferentes de uma imagem profética,enquanto que no capítulo sete, se
simbolizam por quatro animais ferozes – um leão,um urso,um leopardo e uma fera muito estranha
difícil de descrever,que não foi identificada.

( 5 ) – Que esses animais ferozes são símbolos de reinos se diz abertamente:-
“Estes grandes animais,que são quatro,são quatro reis,que se levantam da Terra.
“Disse assim:O quarto animal será o quarto reino na Terra,o qual será diferente de todos
os reinos;e devorará toda a Terra,e a pisará aos pés,e a fará em pedaços”.
( Daniel 7:17,23).

( 6 ) – Todo o estudante de História bem informado sabe que houve precisamente quatro reinos
ou Impérios Mundiais desde o tempo de Daniel,nem mais nem menos.São os seguintes:
Babilónia, Medo-Pérsia, Grécia e Roma.
Ninguém,senão o Rei do Céu haveria podido dar a Daniel uma Profecia singular e muito
exacta,que abrange milhares de anos de história no futuro.

( 7 ) – Foi o quarto reino ou Império – ROMA -no qual o Profeta se interessou de maneira
particular:-
“Então tive desejo de conhecer a Verdade a respeito do quarto animal,que era diferente de todos os outros,muito terrível,cujos dentes eram de ferro,e as suas unhas de metal; que devorava,fazia em pedaços e pisava a pés o que sobrava”.
(Daniel 7:19).
O Anjo deu a resposta: O quarto animal será o quarto reino sobre a Terra,que será
diferente de todos os reinos ou Impérios e devorará toda a Terra e a pisará e a fará em pedaços
e os dez chifres que saírem deste reino,são dez reis que se levantarão.
“Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na Terra,o qual será diferente de todos os reinos;e devorará toda a Terra,e a pisará aos pés,e a fará em pedaços.
24-“E,quanto às dez pontas,daquele mesmo reino se levantarão dez reis;e depois deles se
levantará outro,o qual será diferente dos primeiros,e abaterá a três reis”
( Daniel 7:23,24).

( 8 ) – Segundo esta Profecia,Roma haveria de “devorar” ou “conquistar” toda a Terra,que
depois se dividiria em dez reinos.
A História serva da Profecia,confirma esta predição.Na realidade,Roma conquistou a maior
parte do Mundo então conhecido durante séculos,mas entre os anos 351 e 476 E.C. as tribos
bárbaras invadiram a Roma Ocidental partir do Norte e a dividiram em dez reinos que continuaram,a maioria dos quais permanecem actualmente:os Burgundios:a Suíça; os Anglo-Saxões:a Inglaterra; os Francos:a França; os Suevos:Portugal;os Visigodos:a Espanha; os Lombardos: a Itália;E os os Alemanos: a Alemanha. E os Hérulos,os Vândalos e os Ostrogodos,os quais foram destruídos mais tarde.

( 9 ) – A Profecia predisse certos desenvolvimentos que continuariam com a divisão do Império
Romano em dez reinos:-
“E,quanto às dez pontas,daquele mesmo reino se levantarão dez reis;e depois deles se
levantará outro,o qual será diferente dos primeiros,e abaterá a três reis”.
( Daniel 7:24).
Por outras palavras,depois da queda do Império Romano,surgiu outro poder que seria diferente dos outros três.
Em que sentido haveria de ser esse reino diferente do resto dos reinos ?
A própria Profecia nos informa.
O versículo 25 nos diz que seria um poder religioso que procuraria instituir as Leis Religioss
contrárias à Lei do Todo-Poderoso.Este quarto reino,portanto, é uma hierarquia religiosa que
exerce tanto o poder político como a dominação religiosa. Um poder exactamente assim surgiu
depois da divisão da Roma Ocidental e conhece-se na História como o Papado ou Igreja Católica
Romana. A Profecia anterior nos informa que este poder haveria de subjugar três reis.
Antes de que o Papado pudesse ganhar o domínio indispensável na esfera religiosa e na
política,teve que conquistar três reinos arianos opositores: os Hérulos em 492 E.C.; os Vândalos,
em 534 E.C.; e os Ostrogodos em 538 E.C.;e marca o início do longo período da supremacia Papal,
sobre a qual teremos mais que dizer.
No versículo seguinte a pena Profética delineia o verdadeiro carácter e história da Igreja Católica Romana.

( 10 ) – “E proferirá palavras contra o Altíssimo,e destruirá os Santos do Altíssimo,e cuidará em
mudar os tempos,e a Lei,e eles serão entregues na sua mão por um tempo,e tempos,e
metade de um tempo”.
( Daniel 7:25).
( 11 ) – Estas palavras tiveram pleno cumprimento no Papa e na Igreja Católica Romana.
O Papado falou,certamente,grandes palavras contra o Altíssimo Yahweh Todo-Poderoso-
Uma das obras literárias Católicas autorizadas diz:-
“O Papa é tão grande em dignidade e tão exaltado que não é um simples homem,senão como se fosse Deus e o vigário de Deus… O Papa é como se fosse Deus na Terra,um Soberano dos fiéis; principal rei de reis,tendo plenitude de poder de Deus omnipotente que tem confiado a direcção não só do reino terreno,mas também do celestial.
“O Papa é de tão grande poder e autoridade que pode modificar,explicar ou interpretar até
as leis divinas…”. (Petrus de Ancharano d’1.416,afirma muito claramente que esse consil 373 nº3
versa:-“O Papa pode modificar a Lei Divina,com pleno poder de atar e desatar as suas ovelhas”.
(Extracto de Lucius Ferraris.Prompta Biblioteca,vol.6,pág.29.Art.Papa.Veneza,Itália 1.772)

( 12 ) – Um Pontífice Papal pronunciou estas palavras blasfemas:
“Nós (os Papas) ocupamos neste Terra o lugar do Deus Todo-Poderoso”.
(Papa Leão XIII,na sua Encíclica “A Reunião da Cristandade”,datada de 20 de Junho de 1.894
nas Grandes Cartas Encíclicas de Leão XIII,pág,304,1903).

( 13 ) – O Profeta Daniel nos dá chaves adicionais pelas quais podemos identificar a este “homem
pecador”. Ele destruiu os Santos do Altíssimo…”.
Como se predisse na Palavra Profética,a Igreja Católica Romana,perseguiu e destruiu os
Filhos do Altíssimo,porque eles recusaram aceitar as falsas doutrinas e enganos dela.
Passamos a citar as seguintes autoridades sobre estas perseguições.

( 14 ) – “As ferozes crueldades do Duque de Alba,na Holanda, O sangrento martírio no reinado da
Rainha Maria. A extinção da Reforma em Espanha,por fogo e espada,Itália,Portugal e Polónia. O massacre de S.Bartolomeu. As longas e cruéis perseguições dos Huguenotes. Todas as
infamias e barbaridades da revogação do Édito de Nantes,que atirou os seus refugiados para todas as praias de Europa,foram perpetrados pela Roma Papal.As suas vítimas foram aos milhões
Em Espanha,somente em Llorente,se registam 31.912 pessoas como vítimas da Inquisição
queimadas vivas nos famigerados Autos de Fé. E ainda 291.450 dos assim chamados penitentes
forçados à submissão por barbaridade difícil de conceber,perpetrada por pessoas que se diziam
“cristãs”.” Havia muitos aparelhos,os quais na conjuntura podiam ser esticados sem que se partissem e o ossos apertados sem se quebrarem e o corpo destroçado barbaramente sem que
exalassem o último suspiro”.(H.Gratan Guinness -Chave do Apocalipse -pág.91-94-Londres,1899)

A crueldade da Inquisição também esteve em Portugal durante 300 anos e diz a História que
foram queimadas vivas mais de 1.500 pessoas,nos medonhos Autos de Fé.E foram metidas em
paredes (emparedadas) não se sabe quantos milhares de pessoas,que ficaram no sigilo religioso
destes actos selvagens e cruéis neste País.Alem disso,este Tribunal da Inquisição julgou mais de
25.000 pessoas a penas diversas.Também não se sabe quantas pessoas morreram na prisão.
A História nos relata que foi o rei D.João III,o Piedoso,quem introduziu a Inquisição neste
País em 1.536 e foi extinta em 1.821.Tinha o sinistro nome de Santo Ofício.E a jurisdição deste
Tribunal estendia-se ainda para além do túmulo:os mortos podiam ser acusados e condenados
e os seu cadáveres exumados e queimados nos Autos de Fé.Simplesmente vergonhoso!
( Dicionário Novo Larousse Universal,publicado no Porto pela editora Lello,em 1.960,sob o
título “Lello Universal Ilustrado em dois volumes,que todos poderão consultar para confirmar
o tipo de religião que os Católicos professam,uma grande maioria sinceros,que não conhecem a história da Igreja que aceitaram na sua dedicação religiosa).

( 15 ) – “Calcula-se que o Papa de Roma matou directa ou indirectamente,cerca de 50 milhões de
mártires – cinquenta milhões de homens e mulheres,que recusaram participar nas idolatrias
Romanas,por causa de sua Fé,os quais se aferraram à Bíblia como Palavra do Todo-Poderoso”.
(Grattam Guinesses – O Próximo Fim do Mundo” – Londres – 1.880).

( 16 ) – A hierarquia Papal perseguiu os dissidentes religiosos e às mãos sangrentas dos
Inquisidores chegaram os Judeus. Quando a Rainha Isabel,a Católica,de Espanha,nomeou o
Padre Tomás Torquemada como chefe Inquisidor em 17 de Outubro de 1.483,este marcou o
início da trágica experiência dos Judeus Espanhóis que culminou com a sua expulsão de Espanha
em 1.492.(Veja a Enciclopédia Judaica,Vol.6,págs. 590-603-Art.Inquisição.Vol.2,pág.338-442-
Art. Autos de Fé).

( 17 ) – O Profeta Daniel previu também que este poder na pretensão de anular a Lei imutável de
Yahweh,os Dez Mandamentos.
“O Papado,pensa em mudar os tempos e a Lei”.
Citando:-“… e cuidará em mudar os tempos e a Lei…”.
( Daniel 7:25).

( 18 ) – Nenhuma outra potência se encaixa nesse quadro Profético,senão a Igreja Romana.
O Papado é o único sistema religioso que tem pensado mudar a Lei Celestial,com o fim de
abrir espaço para a adoração de imagens,a Igreja Romana pretende eliminar o Segundo
Mandamento,porque este proíbe a adoração de ídolos.

( 19 ) – Mas o seu mais atrevido desafio à Autoridade Celestial foi a sua descarada intenção de
mudar o Sábado Santo de Yahweh. O Papado instituiu a observância do Domingo – a religião
do culto ao sol – em lugar do que foi ordenado pelo Poder Celestial:o Sábado no Sétimo Dia,como
Memorial Eterno da Criação de nosso Planeta Terra.
A liderança papal,afinal,admite livremente,que é responsável por esta substituição,podemos
citar do “Catecismo da Doutrina Católica para o Convertido”,por Peter Geiermann,edição de 1.957,pág.50,o qual tinha recebido a bênção apostólica do Papa Pio X,em 25 de Janeiro de 1.910
Pergunta:-Qual é o Dia de Repouso Bíblico?
Resposta:- O Sábado.
Pergunta:-Porquê observamos o Domingo em lugar do Sábado
Resposta:-Observamos o Domingo em lugar do Sábado,porque a Igreja Católica transferiu a
solenidade do Sábado para o Domingo.

( 20 ) – Citamos de outra fonte papal:-
Pergunta:-Vocês têm alguma maneira de provar que a Igreja Católica tem poder para instituir festividades ou preceitos ?
Resposta:-Se ela não tivesse tal poder,não haveria podido fazer aquilo que todos os religiosos
modernos estão de acordo com ela. Não haveria podido instituir a observância do Domingo,
primeiro dia da semana,em lugar do Sábado,sétimo dia -uma mudança para a qual não existe
Autoridade Celestial”-Stephen Keenan,no Catecismo Doutrinal,3ª.edição Americana,pág.174,em
1.876. Esta obra foi aprovada pelo Reverendíssimo John Hughes,Arcebispo de Nova York.

( 21 ) – As seguintes duas decisões por parte de autoridades Católicas Romanas são excelentes
para esclarecer as pessoas.
“Uma pessoa pode ler a Bíblia desde Génesis até Revelação e não encontrará uma só linha
que autorize a santificação do Domingo. As Sagradas Escrituras ordenam a observância religiosa
do Sábado,um dia que nós nunca santificámos”. (Cardeal James Guibbons -A Fé de nossos pais-
Edição do Santo Nome,pág.89. Em 1.929.)
O jornal “The Cathólic Mirror” de 9 de Setembro de 1.893,teve isto para dizer:-
“É impossível encontrar no Novo Testamento a mais leve interferência negativa por parte do Salvador ou dos Apóstolos,com o Sábado original.Portanto,a conclusão é inevitável,isto é,que daqueles que seguem a Bíblia Sagrada,como seu guia,os Israelitas e os Adventistas do Sétimo Dia,têm do seu lado o peso da evidência,etc.” ( O Dia de Repouso Cristão”,Pág.8 – The Cathólic Mirror co. em Baltimore,MD – 1.905.
Luis Veuillot,a quem o Papa Leão XIII,honrou com o título de “Pai Laico do ano” entre os
Católicos Romanos,declarou que quando chegar o tempo em que os homens se apercebam de que o edifício social deve ser reedificado de acordo com as normas eternas,seja amanhã ou seja
daqui a muito tempo,os Católicos, a observância religiosa do Domingo em favor de toda a
sociedade e para o seu próprio bem,revogando a autorização aos pensadores livres e aos Judeus
para celebrar o incógnito: a segunda-feira ou o Sábado,por sua própria conta.
Aqueles a que isto não agrada,terão que deixar de lado o seu desgosto.
O respeito não se negará ao Criador,nem o repouso se negará à criatura,simplesmente por
motivo de agradar a certos maníacos,cuja condição frenética os leva estúpida e insolentemente a
bloquear a vontade de todo o povo… Numa palavra,a sociedade Católica,será católica e os
dissidentes,aos quais se tolere,conhecerão o seu amor,mas não se lhes permitirá perturbar a sua
unidade”. (A Ilusão Liberal-traduzida pelo Dr.George d’Toole,2ª,edição,págs.63,64, 1939).

( 22 ) – Na sua Carta Encíclica Mater et Magistra – Cristianismo e Progresso Social – publicada em
Roma no dia 15 de Maio de 1.961,o Papa João XXIII,chamou a atenção da Humanidade para
o preceito do Decálogo sobre o Sábado (Êxodo 20:8-11) e disse:”A Igreja Católica decretou há
muitos séculos que os Cristãos observem este dia de repouso em Domingo… E assim,tomando em
conta as necessidades da alma e do corpo,exortamos,como se fosse com as palavras de Deus a
todos os homens,quer sejam funcionários públicos ou representantes da administração e o trabalho,que observem este Mandamento do próprio Deus e da Igreja Católica e julguem em suas
almas que têm uma responsabilidade para com Deus e a Sociedade neste momento”.
(Secção 249-253,pág.76,Nova Yorque-1.961).
Assim,a grande dificuldade para os Judeus e outros que fielmente observam o Repouso no Sétimo
Dia em obediência à Lei de Yahweh,está ainda em vigor e aumentará muitos mais antes do regresso de Yahoshua,o Messias na Sua Glória e Poder para livrar o seu Povo.

( 23 ) -Para resumir nesta investigação:o Profeta inspirado disse com muitos séculos de antecipação que um poder religioso procuraria mudar o Decálogo.Encontramos que tal mudança foi efectuada pelo poder do Papa. Aprendemos também que a Igreja Católica Romana confessa
que instituiu essa mudança e que esta instituição é contrária às Escrituras,tanto dos Judeus,como
dos Cristãos.Por isso,pelo testemunho combinado das Sagradas Escrituras,da História e dos
porta-vozes Católicos Romanos,confirmámos que foi o poder do Papa quem conseguiu fazer uma
brecha na imutável Lei Celestial.
Como pôde o Profeta Daniel descrever com tanta precisão este poder séculos antes de haver
surgido realmente no palco deste Mundo,a menos que o haja recebido por iluminação Celestial ?

( 24 ) -Depois de descrever a obra do poder do Papa,o Profeta passou a dizer isto sobre o Povo
do Altíssimo e a Sua Lei:-“… e cuidará em mudar os tempos,e a Lei;e eles serão entregues
na sua mão por um tempo,e tempos,e metade dum tempo”.
(Daniel 7:25,segunda parte).
Esta parte do Livro de Daniel foi escrito no idioma Aramaico. A palavra Aramaica para “tempo” nesta passagem é IDÁN,que significa um ano; o termo “tempos” é IDANIM,que significa
dois anos;enquanto que a expressão “e meio tempo” é UFLAG’IDAN – meio ano,sendo o total
três anos e meio,ou quarenta e dois meses.
Na Bíblia Sagrada,um dia simbólico,equivale a um ano literal.Eis aqui um bom exemplo desta
regra:-“Porque Eu coloquei sobre ti os anos da iniquidade deles,trezentos e noventa dias… te
assinalei cada dia por um ano”. ( Ezequiel 4:1-6).
Porquanto Israel se revoltou contra Yahweh em Cades,quando os doze espias regressaram depois de quarenta dias de espiar a terra de Canaã,Yahweh disse:-
“Segundo o número dos dias em que espiastes esta terra,quarenta dias,por cada dia um ano,
levareis sobre vós as vossas iniquidades quarenta anos e conhecereis o meu apartamento”.
( Números 14:34).
Em Daniel cap.7,estamos considerando estes símbolos:um leão,um urso,um leopardo,uma fera não identificada e onze pontas ou chifres que representam certos poderes terrenos que
exerceram autoridade no Mundo. Isto é;eles simbolizam os Impérios de Babilónia,Medo-Persia,
Grécia e Roma e os reinos Europeus nos quais se dividem o Império Romano,incluindo o Vaticano.

( 25 ) – A duração da supremacia do Papa,seria por um tempo,tempos e meio tempo (vers.25).
A palavra Aramaica que se traduz aqui como “tempo” nessa expressão é IDAN,que se emprega em Daniel 4:13,20,22,29,para significar um período de um ano.
Por favor veja:Antiguidade dos Judeus,por Flávio Josefo,livro 10,cap.10,secção 6.
Comentando Daniel 7:27,portanto, o Dr.Judah J.Slotki,anotou apropriadamente:-
“Por conseguinte,os comentadores modernos traduzem “um ano”,”dois anos” e “meio ano”.
(Daniel,Esdras,Nehemias,pág.63,Londes,1,966).
Assumindo que um ano simboliza na Profecia,consiste de 12 meses de 30 dias cada ano;três
períodos e meio,desses períodos equivalem a 1.260 dias.
Segundo a regra Profética de um dia por um ano,hão de entender-se como 1.260 anos literais.Isso significa então que o período de supremacia do poder do Papa,de que se fala em Daniel 7:25,duraria 1.260 anos.

( 26 ) – No parágrafo anterior afirmámos que em 538 E.C. marcou o começo da supremacia do
Papa,portanto esta data deve ser o princípio deste deste período de 1.260 anos.
No seu livro erudito e fascinante sobre Daniel e Revelação.Urial Smith,faz um comentário
deveras interessante:-
“O Édito do Imperador Romano Justiniano datado de 533 E.C.,constituiu o Bispo de Roma,como
cabeça de todas as Igrejas.Mas esse Édito não se tornou efectivo até que os Ostrogodos Arianos-
o último das três pontas que foram arrancadas para dar lugar ao poder do Vaticano – foram expulsos de Roma e isto não se realizou,como já se mostrou,senão em 538 E.C.”(Veja a pág.127)
O Édito havia ficado sem efeito se não se tivesse realizado este último acontecimento;portanto,
desde este último ano,devemos começar a contar,já que este foi o tempo mais cedo,quando os
santos estiveram realmente,nas mãos deste poder;a partir deste ponto.
Será que o poder do Papa se manteve numa supremacia durante 1.260 anos? Exactamente !
Porque 538 mais 1.260 é igual a 1.798.
E no ano de 1.798 o General Bertier,com um exército Francês entrou em Roma e proclamou a
República. Aprisionou o Papa e infringiu uma ferida mortal no poder do Papa…”.
O derrube do poder do Papa em 1.798 marcou o período Profético de 1.260 anos e constitui a
“ferida de morte”… que seria dada a este poder”,etc. (Pág.145,146,Nashville,Tenn.1.944).
“Em 1.870 os exércitos de Victor Emanuel retiraram o poder temporal do Papa,no mesmo ano
em que o Concílio Ecuménico (Vaticano) número doze decretou a infalibilidade do Papa quando…
ele define uma doutrina concernente à Fé ou à Moral … Desde então os Papas se encerraram
como prisioneiros no Vaticano em Roma até à assinatura da Concordata com a Itália em 1.929,o
que restaurou o seu domínio sobre a cidade do Vaticano,uma pequena área da cidade de Roma
(Idem pág.146).

( 27 ) – As Sagradas Escrituras,no entanto,anunciam antecipadamente que esse golpe muito
sério sofrido pelo poder do Papa se curaria. Esta cura esteve em progresso nas últimas
décadas.Todo o Mundo se admirou quando em 11 de Fevereiro de 1.929 foi assinada a Concordata entre o Primeiro Ministro Italiano Benito Mussolini e o Cardeal Paccelli,que mais tarde
passou a ser o Papa Pio XII. Esta Concordata restaurou o Papa de Roma como o Soberano temporal sobre a cidade do Vaticano.
Esta Concordata passou em seguida para primeiro plano por todo o Mundo.
Na sua edição de 12 de Fevereiro de 1.929,The S. Francisco Chronicle,publicou na primeira
página uma fotografia do Cardeal Pacceli e de Mussolini ,como uma caixa editorial significativa:
“SARADA A FERIDA DE MUITOS ANOS”.
Foi assim como a primeira página de um jornal popular,sem dar por isso,fez eco das próprias
palavras usadas pelo Profeta Bíblico ao anunciar de antemão este evento histórico.

( 28 )-A brecha aberta na Lei de Yahweh quando a Igreja Católica Romana mudou o Repouso do
Sábado para o Domingo,se vai reparar.Isto se predisse muito claramente:-
“E os que de ti procederem edificarão os lugares antigamente assolados;e levantarão os
fundamentos de geração em geração:e chamar-se-ão reparador das roturas,e restaurador
de veredas para morar.
13-“Se desviares o teu pé do Sábado,de fazer a tua vontade no Meu Santo Dia,e se chamares
ao Sábado deleitoso,e Santo Dia de Yahweh digno de honra,e o honrares não seguindo os
teus caminhos,nem pretendendo fazer a tua própria vontade,nem falar as tuas próprias
palavras.
14-“Então te deleitarás em Yahweh,e te farei cavalgar sobre as alturas da Terra,e te
sustentarei com a herança de teu pai Jacob,porque a Boca de Yahweh o disse”,´
(Isaías 58:12-14).

( 29) – O Profeta descreve aqui um povo que,em tempos foi de um afastamento geral da norma
Celestial da Verdade – os Dez Mandamentos – estão procurando Restaurar os princípios que
são o fundamento do Reino Celestial.
Eles são os reparadores da brecha que se fez na Lei de Yahweh.Eles permanecerão perante
o mundo religioso como reformadores que mostram que a Lei Celestial é o fundamento de toda a
Reforma para durar e que o Sábado,no Quarto Mandamento,há de permanecer como o Memorial
da Criação,instituído Celestialmente,como selo de adoração verdadeira.

( 30) – As Sagradas Escrituras afirmam que antes do regresso de Yahoshua,o Messias,há de sair
por todo o Mundo uma Mensagem para advertir a Humanidade – homens e mulheres – em
toda a parte contra o avanço desse sistema religioso apóstata e o seu dia de repouso falsificado.
Com o tempo todos terão que escolher entre honrar a Yahweh,como Criador e o seu Memorial ou então honrar o poder do Papa e a sua instituição do Domingo.

( 31 ) – Há muitos anos um comboio de passageiros que seguia para a cidade de Nova York,
enquanto outro comboio vinha em sentido contrário na mesma linha e aconteceu um choque
frontal.Perderam-se cinquenta vidas.O maquinista ficou entalado debaixo das peças destruídas;
perdia sangue pelo nariz e as lágrimas escorriam-lhe pela sua face.Levantou um pedaço de papel
e murmurou: “Tomem isto,que lhes mostrará que alguém me deu as ordens erradas”.

( 32 ) – Yahweh Todo-Poderoso de Israel,Criador do Céu e da Terra,deu-nos as ordens correctas
quando nos mandou:-“Lembra-te do Dia do Sábado para o Santificar”.
Todos os que O honram com Obediência implícita ao seu Mandamento de Santificar o Dia
Sétimo,Yahweh também o honrará. quando:-

“E O REINO,E O DOMÍNIO,E A MAJESTADE DOS REINOS DEBAIXO DE TODO O CÉU SERÃO
DADOS AO POVO DOS SANTOS DO ALTÍSSIMO:E O SEU REINO SERÁ UM REINO ETERNO,E TODOS OS DOMÍNIOS O SERVIRÃO,E LHE OBEDECERÃO”-
(Daniel 7;27).
=========================================================
Preparado em Inglês por: The Israelite Heritage Institute.
Versão Espanhola de: Publicaciones Menorah
Publicado pela Assambleia de Yahweh Internacional – AYIN – Porto Rico
Tradução Portuguesa por: Boner Daleoni – Moita – Portugal

Tags: QUEM MUDOU O SÁBADO ? PORQUÊ MILHÕES DE PESSOAS GUARDAM O DOMINGO ?

QUEM MUDOU O SÁBADO ?
PORQUÊ MILHÕES DE PESSOAS GUARDAM O DOMINGO ?

NOTA DE ABERTURA:-
Vivemos num tempo de preocupação mundial,quanto ao destino da nossa civilização.
Pendem perigos que ameaçam a extinção da raça humana sobre a Terra,
São guerras por todo o lado,doenças epidémicas,desavenças familiares,morte,factos que
deixam a Humanidade em suspenso.
Uma grande maioria refugia-se na religião como abrigo para de proteger das calamidades que os assustam.Por isso muitos aderem à religião sem conhecer a Bíblia Sagrada e sem saber os Dez Mandamentos. Prendem-se à verbosidade aliciante dos pregadores,que nem sempre se baseiam na Sagrada Escritura,expõem as suas doutrinas que isolaram da Bíblia Sagrada.
Por isso,a intenção nesta Nota de Abertura,é prevenir para que,quem aderir à religião o faça
com muito cuidado,examinando tudo retendo o bem,como ensinou o Apóstolo Paulo.
Procure um grupo religioso que ensine o Nome Verdadeiro do Nosso Criador.Ele tem Nome
Sagrado que o vulgo chama “Deus” ou “Senhor”,mas chama-se Yahweh.
Não se deixe cair em algum “buraco” donde poderá ter dificuldade em sair.
Não esqueça que a base fundamental para entrar no Reino de Yahweh que está prometido
nos Evangelhos é a obediência aos Dez Mandamentos.
Assim o disse o Nosso Salvador,chamado Yahoshua,ao jovem rico que O procurou um dia:-
“Se queres,porém,entrar na Vida Eterna,guarda os Mandamentos”.
( Mateus 19:17).
Se o leitor tiver curiosidade em conhecer os Dez Mandamentos,poderá ler Êxodo 20:2-17.
Seja qual for a tradução da Bíblia Sagrada,todas dizem o mesmo.
Até a versão Portuguesa de Matos Soares,que que tem o Imprimatur do Vaticano,os menciona como estão no original da Vulgata Latina,donde foi traduzida esta versão.
Mas mesmo assim a Igreja Católica Romana alterou os Dez Mandamentos,criando um novo
Catecismo no Concílio de Trento,no Século XVI,o qual demorou mais de sete anos.
Foi uma informação do tradutor deste trabalho,muito bem elaborado e documentado para que o Mundo da Religião se acautele e defenda dos pregadores de doutrinas humanas em lugar da Verdade simples e firme da Sagrada Escritura,inspirada pelo Criador Todo-Poderoso Yahweh.
Boner Daleoni

(1) – Desde o Princípio do Mundo tem havido Um só Dia de Repouso Verdadeiro – o Sábado -No
Sétimo Dia da Semana, desde o pôr do sol de Sexta-Feira,até ao pôr do sol de Sábado.
É o dia que Yahweh Todo-Poderoso Santificou e no qual descansou de Sua Obra Criadora.
Veja,por favor, Êxodo 20:8-11.
Não existe a mais pequena referência em lugar algum da Bíblia de que o Sábado haja sido
jamais ou que alguma vez será transferido do Sétimo Dia para qualquer outro dia da semana.

( 2 ) -No entanto,encontramos actualmente milhões de pessoas Crentes na Bíblia Sagrada que
não observam o Sábado como Dia Santo,mas,em seu lugar observam o Domingo.

( 3 ) – No Livro de Daniel se profetiza o surgimento de um poder religioso apóstata e se assinala
a natureza de sua obra nefasta – a de abrir uma brecha na Lei Sagrada de Yahweh Todo-
Poderoso.
( 4 ) – No capítulo sete do seu Livro,Daniel descreve uma visão que Yahweh Todo-Poderoso lhe
deu,concernente aos Impérios Mundiais sucessivos entre aquela geração e o Tempo do
Fim.No segundo capítulo de Daniel encontramos quatro Impérios Mundiais,simbolizados por
quatro partes metálicas diferentes de uma imagem profética,enquanto que no capítulo sete, se
simbolizam por quatro animais ferozes – um leão,um urso,um leopardo e uma fera muito estranha
difícil de descrever,que não foi identificada.

( 5 ) – Que esses animais ferozes são símbolos de reinos se diz abertamente:-
“Estes grandes animais,que são quatro,são quatro reis,que se levantam da Terra.
“Disse assim:O quarto animal será o quarto reino na Terra,o qual será diferente de todos
os reinos;e devorará toda a Terra,e a pisará aos pés,e a fará em pedaços”.
( Daniel 7:17,23).

( 6 ) – Todo o estudante de História bem informado sabe que houve precisamente quatro reinos
ou Impérios Mundiais desde o tempo de Daniel,nem mais nem menos.São os seguintes:
Babilónia, Medo-Pérsia, Grécia e Roma.
Ninguém,senão o Rei do Céu haveria podido dar a Daniel uma Profecia singular e muito
exacta,que abrange milhares de anos de história no futuro.

( 7 ) – Foi o quarto reino ou Império – ROMA -no qual o Profeta se interessou de maneira
particular:-
“Então tive desejo de conhecer a Verdade a respeito do quarto animal,que era diferente de todos os outros,muito terrível,cujos dentes eram de ferro,e as suas unhas de metal; que devorava,fazia em pedaços e pisava a pés o que sobrava”.
(Daniel 7:19).
O Anjo deu a resposta: O quarto animal será o quarto reino sobre a Terra,que será
diferente de todos os reinos ou Impérios e devorará toda a Terra e a pisará e a fará em pedaços
e os dez chifres que saírem deste reino,são dez reis que se levantarão.
“Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na Terra,o qual será diferente de todos os reinos;e devorará toda a Terra,e a pisará aos pés,e a fará em pedaços.
24-“E,quanto às dez pontas,daquele mesmo reino se levantarão dez reis;e depois deles se
levantará outro,o qual será diferente dos primeiros,e abaterá a três reis”
( Daniel 7:23,24).

( 8 ) – Segundo esta Profecia,Roma haveria de “devorar” ou “conquistar” toda a Terra,que
depois se dividiria em dez reinos.
A História serva da Profecia,confirma esta predição.Na realidade,Roma conquistou a maior
parte do Mundo então conhecido durante séculos,mas entre os anos 351 e 476 E.C. as tribos
bárbaras invadiram a Roma Ocidental partir do Norte e a dividiram em dez reinos que continuaram,a maioria dos quais permanecem actualmente:os Burgundios:a Suíça; os Anglo-Saxões:a Inglaterra; os Francos:a França; os Suevos:Portugal;os Visigodos:a Espanha; os Lombardos: a Itália;E os os Alemanos: a Alemanha. E os Hérulos,os Vândalos e os Ostrogodos,os quais foram destruídos mais tarde.

( 9 ) – A Profecia predisse certos desenvolvimentos que continuariam com a divisão do Império
Romano em dez reinos:-
“E,quanto às dez pontas,daquele mesmo reino se levantarão dez reis;e depois deles se
levantará outro,o qual será diferente dos primeiros,e abaterá a três reis”.
( Daniel 7:24).
Por outras palavras,depois da queda do Império Romano,surgiu outro poder que seria diferente dos outros três.
Em que sentido haveria de ser esse reino diferente do resto dos reinos ?
A própria Profecia nos informa.
O versículo 25 nos diz que seria um poder religioso que procuraria instituir as Leis Religioss
contrárias à Lei do Todo-Poderoso.Este quarto reino,portanto, é uma hierarquia religiosa que
exerce tanto o poder político como a dominação religiosa. Um poder exactamente assim surgiu
depois da divisão da Roma Ocidental e conhece-se na História como o Papado ou Igreja Católica
Romana. A Profecia anterior nos informa que este poder haveria de subjugar três reis.
Antes de que o Papado pudesse ganhar o domínio indispensável na esfera religiosa e na
política,teve que conquistar três reinos arianos opositores: os Hérulos em 492 E.C.; os Vândalos,
em 534 E.C.; e os Ostrogodos em 538 E.C.;e marca o início do longo período da supremacia Papal,
sobre a qual teremos mais que dizer.
No versículo seguinte a pena Profética delineia o verdadeiro carácter e história da Igreja Católica Romana.

( 10 ) – “E proferirá palavras contra o Altíssimo,e destruirá os Santos do Altíssimo,e cuidará em
mudar os tempos,e a Lei,e eles serão entregues na sua mão por um tempo,e tempos,e
metade de um tempo”.
( Daniel 7:25).
( 11 ) – Estas palavras tiveram pleno cumprimento no Papa e na Igreja Católica Romana.
O Papado falou,certamente,grandes palavras contra o Altíssimo Yahweh Todo-Poderoso-
Uma das obras literárias Católicas autorizadas diz:-
“O Papa é tão grande em dignidade e tão exaltado que não é um simples homem,senão como se fosse Deus e o vigário de Deus… O Papa é como se fosse Deus na Terra,um Soberano dos fiéis; principal rei de reis,tendo plenitude de poder de Deus omnipotente que tem confiado a direcção não só do reino terreno,mas também do celestial.
“O Papa é de tão grande poder e autoridade que pode modificar,explicar ou interpretar até
as leis divinas…”. (Petrus de Ancharano d’1.416,afirma muito claramente que esse consil 373 nº3
versa:-“O Papa pode modificar a Lei Divina,com pleno poder de atar e desatar as suas ovelhas”.
(Extracto de Lucius Ferraris.Prompta Biblioteca,vol.6,pág.29.Art.Papa.Veneza,Itália 1.772)

( 12 ) – Um Pontífice Papal pronunciou estas palavras blasfemas:
“Nós (os Papas) ocupamos neste Terra o lugar do Deus Todo-Poderoso”.
(Papa Leão XIII,na sua Encíclica “A Reunião da Cristandade”,datada de 20 de Junho de 1.894
nas Grandes Cartas Encíclicas de Leão XIII,pág,304,1903).

( 13 ) – O Profeta Daniel nos dá chaves adicionais pelas quais podemos identificar a este “homem
pecador”. Ele destruiu os Santos do Altíssimo…”.
Como se predisse na Palavra Profética,a Igreja Católica Romana,perseguiu e destruiu os
Filhos do Altíssimo,porque eles recusaram aceitar as falsas doutrinas e enganos dela.
Passamos a citar as seguintes autoridades sobre estas perseguições.

( 14 ) – “As ferozes crueldades do Duque de Alba,na Holanda, O sangrento martírio no reinado da
Rainha Maria. A extinção da Reforma em Espanha,por fogo e espada,Itália,Portugal e Polónia. O massacre de S.Bartolomeu. As longas e cruéis perseguições dos Huguenotes. Todas as
infamias e barbaridades da revogação do Édito de Nantes,que atirou os seus refugiados para todas as praias de Europa,foram perpetrados pela Roma Papal.As suas vítimas foram aos milhões
Em Espanha,somente em Llorente,se registam 31.912 pessoas como vítimas da Inquisição
queimadas vivas nos famigerados Autos de Fé. E ainda 291.450 dos assim chamados penitentes
forçados à submissão por barbaridade difícil de conceber,perpetrada por pessoas que se diziam
“cristãs”.” Havia muitos aparelhos,os quais na conjuntura podiam ser esticados sem que se partissem e o ossos apertados sem se quebrarem e o corpo destroçado barbaramente sem que
exalassem o último suspiro”.(H.Gratan Guinness -Chave do Apocalipse -pág.91-94-Londres,1899)

A crueldade da Inquisição também esteve em Portugal durante 300 anos e diz a História que
foram queimadas vivas mais de 1.500 pessoas,nos medonhos Autos de Fé.E foram metidas em
paredes (emparedadas) não se sabe quantos milhares de pessoas,que ficaram no sigilo religioso
destes actos selvagens e cruéis neste País.Alem disso,este Tribunal da Inquisição julgou mais de
25.000 pessoas a penas diversas.Também não se sabe quantas pessoas morreram na prisão.
A História nos relata que foi o rei D.João III,o Piedoso,quem introduziu a Inquisição neste
País em 1.536 e foi extinta em 1.821.Tinha o sinistro nome de Santo Ofício.E a jurisdição deste
Tribunal estendia-se ainda para além do túmulo:os mortos podiam ser acusados e condenados
e os seu cadáveres exumados e queimados nos Autos de Fé.Simplesmente vergonhoso!
( Dicionário Novo Larousse Universal,publicado no Porto pela editora Lello,em 1.960,sob o
título “Lello Universal Ilustrado em dois volumes,que todos poderão consultar para confirmar
o tipo de religião que os Católicos professam,uma grande maioria sinceros,que não conhecem a história da Igreja que aceitaram na sua dedicação religiosa).

( 15 ) – “Calcula-se que o Papa de Roma matou directa ou indirectamente,cerca de 50 milhões de
mártires – cinquenta milhões de homens e mulheres,que recusaram participar nas idolatrias
Romanas,por causa de sua Fé,os quais se aferraram à Bíblia como Palavra do Todo-Poderoso”.
(Grattam Guinesses – O Próximo Fim do Mundo” – Londres – 1.880).

( 16 ) – A hierarquia Papal perseguiu os dissidentes religiosos e às mãos sangrentas dos
Inquisidores chegaram os Judeus. Quando a Rainha Isabel,a Católica,de Espanha,nomeou o
Padre Tomás Torquemada como chefe Inquisidor em 17 de Outubro de 1.483,este marcou o
início da trágica experiência dos Judeus Espanhóis que culminou com a sua expulsão de Espanha
em 1.492.(Veja a Enciclopédia Judaica,Vol.6,págs. 590-603-Art.Inquisição.Vol.2,pág.338-442-
Art. Autos de Fé).

( 17 ) – O Profeta Daniel previu também que este poder na pretensão de anular a Lei imutável de
Yahweh,os Dez Mandamentos.
“O Papado,pensa em mudar os tempos e a Lei”.
Citando:-“… e cuidará em mudar os tempos e a Lei…”.
( Daniel 7:25).

( 18 ) – Nenhuma outra potência se encaixa nesse quadro Profético,senão a Igreja Romana.
O Papado é o único sistema religioso que tem pensado mudar a Lei Celestial,com o fim de
abrir espaço para a adoração de imagens,a Igreja Romana pretende eliminar o Segundo
Mandamento,porque este proíbe a adoração de ídolos.

( 19 ) – Mas o seu mais atrevido desafio à Autoridade Celestial foi a sua descarada intenção de
mudar o Sábado Santo de Yahweh. O Papado instituiu a observância do Domingo – a religião
do culto ao sol – em lugar do que foi ordenado pelo Poder Celestial:o Sábado no Sétimo Dia,como
Memorial Eterno da Criação de nosso Planeta Terra.
A liderança papal,afinal,admite livremente,que é responsável por esta substituição,podemos
citar do “Catecismo da Doutrina Católica para o Convertido”,por Peter Geiermann,edição de 1.957,pág.50,o qual tinha recebido a bênção apostólica do Papa Pio X,em 25 de Janeiro de 1.910
Pergunta:-Qual é o Dia de Repouso Bíblico?
Resposta:- O Sábado.
Pergunta:-Porquê observamos o Domingo em lugar do Sábado
Resposta:-Observamos o Domingo em lugar do Sábado,porque a Igreja Católica transferiu a
solenidade do Sábado para o Domingo.

( 20 ) – Citamos de outra fonte papal:-
Pergunta:-Vocês têm alguma maneira de provar que a Igreja Católica tem poder para instituir festividades ou preceitos ?
Resposta:-Se ela não tivesse tal poder,não haveria podido fazer aquilo que todos os religiosos
modernos estão de acordo com ela. Não haveria podido instituir a observância do Domingo,
primeiro dia da semana,em lugar do Sábado,sétimo dia -uma mudança para a qual não existe
Autoridade Celestial”-Stephen Keenan,no Catecismo Doutrinal,3ª.edição Americana,pág.174,em
1.876. Esta obra foi aprovada pelo Reverendíssimo John Hughes,Arcebispo de Nova York.

( 21 ) – As seguintes duas decisões por parte de autoridades Católicas Romanas são excelentes
para esclarecer as pessoas.
“Uma pessoa pode ler a Bíblia desde Génesis até Revelação e não encontrará uma só linha
que autorize a santificação do Domingo. As Sagradas Escrituras ordenam a observância religiosa
do Sábado,um dia que nós nunca santificámos”. (Cardeal James Guibbons -A Fé de nossos pais-
Edição do Santo Nome,pág.89. Em 1.929.)
O jornal “The Cathólic Mirror” de 9 de Setembro de 1.893,teve isto para dizer:-
“É impossível encontrar no Novo Testamento a mais leve interferência negativa por parte do Salvador ou dos Apóstolos,com o Sábado original.Portanto,a conclusão é inevitável,isto é,que daqueles que seguem a Bíblia Sagrada,como seu guia,os Israelitas e os Adventistas do Sétimo Dia,têm do seu lado o peso da evidência,etc.” ( O Dia de Repouso Cristão”,Pág.8 – The Cathólic Mirror co. em Baltimore,MD – 1.905.
Luis Veuillot,a quem o Papa Leão XIII,honrou com o título de “Pai Laico do ano” entre os
Católicos Romanos,declarou que quando chegar o tempo em que os homens se apercebam de que o edifício social deve ser reedificado de acordo com as normas eternas,seja amanhã ou seja
daqui a muito tempo,os Católicos, a observância religiosa do Domingo em favor de toda a
sociedade e para o seu próprio bem,revogando a autorização aos pensadores livres e aos Judeus
para celebrar o incógnito: a segunda-feira ou o Sábado,por sua própria conta.
Aqueles a que isto não agrada,terão que deixar de lado o seu desgosto.
O respeito não se negará ao Criador,nem o repouso se negará à criatura,simplesmente por
motivo de agradar a certos maníacos,cuja condição frenética os leva estúpida e insolentemente a
bloquear a vontade de todo o povo… Numa palavra,a sociedade Católica,será católica e os
dissidentes,aos quais se tolere,conhecerão o seu amor,mas não se lhes permitirá perturbar a sua
unidade”. (A Ilusão Liberal-traduzida pelo Dr.George d’Toole,2ª,edição,págs.63,64, 1939).

( 22 ) – Na sua Carta Encíclica Mater et Magistra – Cristianismo e Progresso Social – publicada em
Roma no dia 15 de Maio de 1.961,o Papa João XXIII,chamou a atenção da Humanidade para
o preceito do Decálogo sobre o Sábado (Êxodo 20:8-11) e disse:”A Igreja Católica decretou há
muitos séculos que os Cristãos observem este dia de repouso em Domingo… E assim,tomando em
conta as necessidades da alma e do corpo,exortamos,como se fosse com as palavras de Deus a
todos os homens,quer sejam funcionários públicos ou representantes da administração e o trabalho,que observem este Mandamento do próprio Deus e da Igreja Católica e julguem em suas
almas que têm uma responsabilidade para com Deus e a Sociedade neste momento”.
(Secção 249-253,pág.76,Nova Yorque-1.961).
Assim,a grande dificuldade para os Judeus e outros que fielmente observam o Repouso no Sétimo
Dia em obediência à Lei de Yahweh,está ainda em vigor e aumentará muitos mais antes do regresso de Yahoshua,o Messias na Sua Glória e Poder para livrar o seu Povo.

( 23 ) -Para resumir nesta investigação:o Profeta inspirado disse com muitos séculos de antecipação que um poder religioso procuraria mudar o Decálogo.Encontramos que tal mudança foi efectuada pelo poder do Papa. Aprendemos também que a Igreja Católica Romana confessa
que instituiu essa mudança e que esta instituição é contrária às Escrituras,tanto dos Judeus,como
dos Cristãos.Por isso,pelo testemunho combinado das Sagradas Escrituras,da História e dos
porta-vozes Católicos Romanos,confirmámos que foi o poder do Papa quem conseguiu fazer uma
brecha na imutável Lei Celestial.
Como pôde o Profeta Daniel descrever com tanta precisão este poder séculos antes de haver
surgido realmente no palco deste Mundo,a menos que o haja recebido por iluminação Celestial ?

( 24 ) -Depois de descrever a obra do poder do Papa,o Profeta passou a dizer isto sobre o Povo
do Altíssimo e a Sua Lei:-“… e cuidará em mudar os tempos,e a Lei;e eles serão entregues
na sua mão por um tempo,e tempos,e metade dum tempo”.
(Daniel 7:25,segunda parte).
Esta parte do Livro de Daniel foi escrito no idioma Aramaico. A palavra Aramaica para “tempo” nesta passagem é IDÁN,que significa um ano; o termo “tempos” é IDANIM,que significa
dois anos;enquanto que a expressão “e meio tempo” é UFLAG’IDAN – meio ano,sendo o total
três anos e meio,ou quarenta e dois meses.
Na Bíblia Sagrada,um dia simbólico,equivale a um ano literal.Eis aqui um bom exemplo desta
regra:-“Porque Eu coloquei sobre ti os anos da iniquidade deles,trezentos e noventa dias… te
assinalei cada dia por um ano”. ( Ezequiel 4:1-6).
Porquanto Israel se revoltou contra Yahweh em Cades,quando os doze espias regressaram depois de quarenta dias de espiar a terra de Canaã,Yahweh disse:-
“Segundo o número dos dias em que espiastes esta terra,quarenta dias,por cada dia um ano,
levareis sobre vós as vossas iniquidades quarenta anos e conhecereis o meu apartamento”.
( Números 14:34).
Em Daniel cap.7,estamos considerando estes símbolos:um leão,um urso,um leopardo,uma fera não identificada e onze pontas ou chifres que representam certos poderes terrenos que
exerceram autoridade no Mundo. Isto é;eles simbolizam os Impérios de Babilónia,Medo-Persia,
Grécia e Roma e os reinos Europeus nos quais se dividem o Império Romano,incluindo o Vaticano.

( 25 ) – A duração da supremacia do Papa,seria por um tempo,tempos e meio tempo (vers.25).
A palavra Aramaica que se traduz aqui como “tempo” nessa expressão é IDAN,que se emprega em Daniel 4:13,20,22,29,para significar um período de um ano.
Por favor veja:Antiguidade dos Judeus,por Flávio Josefo,livro 10,cap.10,secção 6.
Comentando Daniel 7:27,portanto, o Dr.Judah J.Slotki,anotou apropriadamente:-
“Por conseguinte,os comentadores modernos traduzem “um ano”,”dois anos” e “meio ano”.
(Daniel,Esdras,Nehemias,pág.63,Londes,1,966).
Assumindo que um ano simboliza na Profecia,consiste de 12 meses de 30 dias cada ano;três
períodos e meio,desses períodos equivalem a 1.260 dias.
Segundo a regra Profética de um dia por um ano,hão de entender-se como 1.260 anos literais.Isso significa então que o período de supremacia do poder do Papa,de que se fala em Daniel 7:25,duraria 1.260 anos.

( 26 ) – No parágrafo anterior afirmámos que em 538 E.C. marcou o começo da supremacia do
Papa,portanto esta data deve ser o princípio deste deste período de 1.260 anos.
No seu livro erudito e fascinante sobre Daniel e Revelação.Urial Smith,faz um comentário
deveras interessante:-
“O Édito do Imperador Romano Justiniano datado de 533 E.C.,constituiu o Bispo de Roma,como
cabeça de todas as Igrejas.Mas esse Édito não se tornou efectivo até que os Ostrogodos Arianos-
o último das três pontas que foram arrancadas para dar lugar ao poder do Vaticano – foram expulsos de Roma e isto não se realizou,como já se mostrou,senão em 538 E.C.”(Veja a pág.127)
O Édito havia ficado sem efeito se não se tivesse realizado este último acontecimento;portanto,
desde este último ano,devemos começar a contar,já que este foi o tempo mais cedo,quando os
santos estiveram realmente,nas mãos deste poder;a partir deste ponto.
Será que o poder do Papa se manteve numa supremacia durante 1.260 anos? Exactamente !
Porque 538 mais 1.260 é igual a 1.798.
E no ano de 1.798 o General Bertier,com um exército Francês entrou em Roma e proclamou a
República. Aprisionou o Papa e infringiu uma ferida mortal no poder do Papa…”.
O derrube do poder do Papa em 1.798 marcou o período Profético de 1.260 anos e constitui a
“ferida de morte”… que seria dada a este poder”,etc. (Pág.145,146,Nashville,Tenn.1.944).
“Em 1.870 os exércitos de Victor Emanuel retiraram o poder temporal do Papa,no mesmo ano
em que o Concílio Ecuménico (Vaticano) número doze decretou a infalibilidade do Papa quando…
ele define uma doutrina concernente à Fé ou à Moral … Desde então os Papas se encerraram
como prisioneiros no Vaticano em Roma até à assinatura da Concordata com a Itália em 1.929,o
que restaurou o seu domínio sobre a cidade do Vaticano,uma pequena área da cidade de Roma
(Idem pág.146).

( 27 ) – As Sagradas Escrituras,no entanto,anunciam antecipadamente que esse golpe muito
sério sofrido pelo poder do Papa se curaria. Esta cura esteve em progresso nas últimas
décadas.Todo o Mundo se admirou quando em 11 de Fevereiro de 1.929 foi assinada a Concordata entre o Primeiro Ministro Italiano Benito Mussolini e o Cardeal Paccelli,que mais tarde
passou a ser o Papa Pio XII. Esta Concordata restaurou o Papa de Roma como o Soberano temporal sobre a cidade do Vaticano.
Esta Concordata passou em seguida para primeiro plano por todo o Mundo.
Na sua edição de 12 de Fevereiro de 1.929,The S. Francisco Chronicle,publicou na primeira
página uma fotografia do Cardeal Pacceli e de Mussolini ,como uma caixa editorial significativa:
“SARADA A FERIDA DE MUITOS ANOS”.
Foi assim como a primeira página de um jornal popular,sem dar por isso,fez eco das próprias
palavras usadas pelo Profeta Bíblico ao anunciar de antemão este evento histórico.

( 28 )-A brecha aberta na Lei de Yahweh quando a Igreja Católica Romana mudou o Repouso do
Sábado para o Domingo,se vai reparar.Isto se predisse muito claramente:-
“E os que de ti procederem edificarão os lugares antigamente assolados;e levantarão os
fundamentos de geração em geração:e chamar-se-ão reparador das roturas,e restaurador
de veredas para morar.
13-“Se desviares o teu pé do Sábado,de fazer a tua vontade no Meu Santo Dia,e se chamares
ao Sábado deleitoso,e Santo Dia de Yahweh digno de honra,e o honrares não seguindo os
teus caminhos,nem pretendendo fazer a tua própria vontade,nem falar as tuas próprias
palavras.
14-“Então te deleitarás em Yahweh,e te farei cavalgar sobre as alturas da Terra,e te
sustentarei com a herança de teu pai Jacob,porque a Boca de Yahweh o disse”,´
(Isaías 58:12-14).

( 29) – O Profeta descreve aqui um povo que,em tempos foi de um afastamento geral da norma
Celestial da Verdade – os Dez Mandamentos – estão procurando Restaurar os princípios que
são o fundamento do Reino Celestial.
Eles são os reparadores da brecha que se fez na Lei de Yahweh.Eles permanecerão perante
o mundo religioso como reformadores que mostram que a Lei Celestial é o fundamento de toda a
Reforma para durar e que o Sábado,no Quarto Mandamento,há de permanecer como o Memorial
da Criação,instituído Celestialmente,como selo de adoração verdadeira.

( 30) – As Sagradas Escrituras afirmam que antes do regresso de Yahoshua,o Messias,há de sair
por todo o Mundo uma Mensagem para advertir a Humanidade – homens e mulheres – em
toda a parte contra o avanço desse sistema religioso apóstata e o seu dia de repouso falsificado.
Com o tempo todos terão que escolher entre honrar a Yahweh,como Criador e o seu Memorial ou então honrar o poder do Papa e a sua instituição do Domingo.

( 31 ) – Há muitos anos um comboio de passageiros que seguia para a cidade de Nova York,
enquanto outro comboio vinha em sentido contrário na mesma linha e aconteceu um choque
frontal.Perderam-se cinquenta vidas.O maquinista ficou entalado debaixo das peças destruídas;
perdia sangue pelo nariz e as lágrimas escorriam-lhe pela sua face.Levantou um pedaço de papel
e murmurou: “Tomem isto,que lhes mostrará que alguém me deu as ordens erradas”.

( 32 ) – Yahweh Todo-Poderoso de Israel,Criador do Céu e da Terra,deu-nos as ordens correctas
quando nos mandou:-“Lembra-te do Dia do Sábado para o Santificar”.
Todos os que O honram com Obediência implícita ao seu Mandamento de Santificar o Dia
Sétimo,Yahweh também o honrará. quando:-

“E O REINO,E O DOMÍNIO,E A MAJESTADE DOS REINOS DEBAIXO DE TODO O CÉU SERÃO
DADOS AO POVO DOS SANTOS DO ALTÍSSIMO:E O SEU REINO SERÁ UM REINO ETERNO,E TODOS OS DOMÍNIOS O SERVIRÃO,E LHE OBEDECERÃO”-
(Daniel 7;27).
=========================================================
Preparado em Inglês por: The Israelite Heritage Institute.
Versão Espanhola de: Publicaciones Menorah
Publicado pela Assambleia de Yahweh Internacional – AYIN – Porto Rico
Tradução Portuguesa por: Boner Daleoni – Moita – Portugal

Tags: