Pix.: 22992540111 (Qualquer ajuda é bem Vinda. Gratidão)
Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
SEITAS JUDAICAS NA BIBLIA .

PESQUISA Daniel Cunha

As principais seitas na época de Yeshua-Hamashiach.

Seita é um termo que deriva do latim “secta” cujo significado é seguidor. O termo é utilizado para designar um grupo numeroso de uma determinada corrente religiosa, filosófica ou política que se destaca da doutrina principal. Sectário é um termo que designa o indivíduo que faz parte de uma seita. Uma seita pode também ser considerada uma “divisão”, “partido” ou “facção”.
De forma geral é um conceito complexo utilizado para grupos que professam doutrina, ideologia, sistema filosófico, religioso ou político divergentes da correspondente doutrina ou sistema dominantes.

Fariseus פרושים
••••••••••••••••••••••

Foi um grupo de judeus devotos ao Torá (5 primeiros livros da bíblia), surgidos no século II a.C.. Opositores dos saduceus, criam numa Lei Oral, em conjunto com a Lei escrita, e foram os criadores da instituição da sinagoga. Com a destruição de Jerusalém em 70 d.C. e a queda do poder dos saduceus, cresceu sua influência dentro da comunidade judaica e se tornaram os precursores do judaísmo rabínico. A palavra Fariseu tem o significado de “separados”, ” a verdadeira comunidade de Israel”, “santos”.

Saduceus צְדוּקִים
•••••••••••••••••••••••

Eram uma seita ou um grupo de judeus presente na Judeia durante o período do Segundo Templo, desde o século II a.C. até a destruição do Templo em 70 d.C. A seita foi identificada por Flávio Josefo com o alto escalão social e econômico da sociedade na Judeia.O grupo cumpria variadas funções políticas, sociais e religiosas, dentre as quais se pode mencionar a função de manutenção do Templo. Os saduceus são frequentemente comparados com outras seitas do período, como os fariseus e os essênios.

ESSÊNIOS איסיים
•••••••••••••••••••••••

Os Essênios (português brasileiro) ou Essénios (português europeu) (Issi’im) constituíam um grupo asceta, apocalíptico messiânico do movimento judaico antigo que foi fundado em meados do 2º século a.C. e foram dizimados no ano 68, com a destruição de seus assentamentos em Qumran. O movimento já foi mencionado por autores antigos. Atualmente, tem-se redespertado o interesse pelo grupo após a descoberta dos Manuscritos do Mar Morto e do levantamento arqueológico de Qumran.

O nome “essênio” (grego – essaioi) parece se originar a partir da denominação Issi’im expressa por outros, não pelo próprio grupo. O termo é derivado aparentemente a partir da Síria (essaya ou essenoí) e este do aramaico (chasajja = “piedoso”).Os essênios, ainda, irão descrever como Jachad, o que significa “união”, “união”, “comunidade” e, finalmente, por esseni no latim. Também se aceita a forma esseniano para denominá-los.

ZELOTE קנאי
••••••••••••••••••••••

O termo zelota ou zelote (do grego antigo ζηλωτής, transl. zelotés, “imitador”, “admirador zeloso” ou “seguidor”), kanai (frequentemente usado na forma plural, קנאים, kana’im) significa literalmente alguém que zela pelo nome de Deus. A sua origem prende-se ao movimento político judaico do século I que incitou o povo da Judeia a rebelar-se contra o Império Romano e expulsar os romanos pela força das armas, o que levou à primeira guerra judaico-romana (66–70).

NAZARENOS נצרת
•••••••••••••••••••••••••

O Judaísmo Nazareno יהדות נצרת( Yahadut Netzari ou Yahadut Natzeri), também conhecido como O Caminho (do hebraico ha derech) é uma religião antiga, anterior ao cristianismo, monoteísta que, assim como o judaísmo conservador, seguem todas as leis orais e tradições do judaísmo tradicional, contudo, tendo como o filtro a lei escrita, obedecendo exatamente ao principio registrado no Pirkei Avot “aqueça-se ao fogo dos Sábios, mas cuidade para não se queimar com ele” (Pirkei Avot Capítulo II mishna 10). Ou seja, rejeitando qualquer lei ou tradição que aparentemente contradiga a lei escrita.

Os judeus nazarenos não são cristãos, são judeus e convertidos a fé judaica, são seguidores de Yeshua benYossef (nome original daquele que conhecem como Jesus Cristo de Nazaré da Galiléia) e era conhecido na comunidade da época como Yeshua HaNatzeri (Yeshua o nazareno). O cristianismo se baseou nos judeus nazarenos e tomou rumos diferentes dos primeiros judeus nazarenos que eram uma comunidade totalmente judaica praticante seguidora do mestre e o Messiah-ben-Joseph Yeshua HaNatzeri. Posteriormente a igreja católica apostólica romana se fundamentou nele e também outras ramificações como Igreja Síriaca e muitas outras. Um ponto crucial que diferencia o judaísmo nazareno das religiões que derivaram dela é a observância do Tanakh e principalmente a Torá. Nas demais religiões identificadas como cristãs predomina o conceito de que Yeshua HaNatzeri seria um Deus da trindade que teria supostamente abolido a Torá desvirtuando o judaísmo, pregando a salvação apenas pela fé (em crer que Yeshua é o messias davínico e que salvação é pela graça) e pelo batismo do arrependimento nas águas.

Nas escrituras em aramaico e hebraico primitivo, nas quais os nazarenos se apoiam, não foi identificada uma definição que ele tenha abolido a Torá, pelo contrário, que Yeshua HaNatzeri veio para fortalecer a Torá e interpretar seus ensinamentos.

Nota-se pelos relatos históricos que novos seguidores do nazareno que não conviveram pessoalmente com seu líder e Messiah-ben-Yossef se tornaram cristãos e abandonaram o exemplo que Yeshua deu em sua conduta como total observador do Torá.Aqueles que conviveram com o messias e guardaram seus ensinos mantiveram a mesma posição naturalista judaica do messias de se manterem totalmente judeus e continuar praticando o mesmo judaísmo que o messias praticava e ensinou,esse fato causou uma divisão na época e acredita-se que esse desvirtuamento se deu devido a invasão gentílica posteriormente e gradualmente na comunidade nazarena.

Creem nos testemunhos dos primeiros seguidores (Ketuvim Netzarim) e na palavra de Deus revelada ao seu povo através de Moisés na Torá, dos profetas na Ketuvim, Neviim e dos emissários de Yeshua no B’rit Hadashah definida pelo Messiah-ben-Iossef como aliança renovada (conhecido como novo testamento). Recebem Yeshua HaNatzeri como o Messiah-ben-Iossef(primeira forma do messias, o servo sofredor) e aguardam o Messiah-ben-David (segundo forma do messias, ou retorno, o messias que reinará) de forma triunfal e a ressurreição dos mortos para o julgamento do último dia onde cada pessoa será julgada por Deus com base em sua lei (Torá) conforme o Messiah-ben-Yossef ensinou.

Os primeiros nazarenos foram identificados como tal, como forma de distinção a despeito dos judeus adeptos dos ensinamentos dos fariseus, contra sua aceitação de Yeshua HaNatzeri como messias, também eram conhecidos como uma seita dentro da comunidade judaica, a seita dos judeus nazarenos.

FONTE DA PESQUISA

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Fariseus

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Saduceus

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ess%C3%AAnios

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Zelota

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Juda%C3%ADsmo_nazareno

Tags: