Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Sete coisas a fazer para receber as bênçãos de Deus

Sete coisas a fazer para receber as bênçãos de Deus

Vamos meditar na Palavra de Deus no livro do Gênesis 12.1-3

Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.

E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.

E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.

No texto de Gênesis 12.1-3 Abrão ainda não tinha uma aliança com Deus, mas foi chamado pelo Senhor, que o estava preparando para um pacto eterno com Ele. Neste momento Deus lhe fala 3 coisas principais que deveria fazer:

– v.1 “sai da tua terra e da tua parentela” – significa deixar tudo por amor a Deus (Marcos 10.29). Servir a Deus significa renúncia de tudo que temos e somos. Antes de fazer uma aliança com Deus, Abrão precisava se soltar de tudo que o prendia. Do mesmo modo não podemos estar presos a nada e ninguém para servir a Deus. A família não pode ser empecilho para servir a Deus por que a família é uma bênção e não maldição.

-v.2 “Sê tu uma bênção!” – isso nos ensina que não apenas devemos ter ou receber bênção e sim devemos ser uma bênção. Então tudo o que temos e fazemos será abençoado. Não é preciso correr atrás de bênçãos, pois elas vão te alcançar (Deuteronômio 28.2). após este chamado Abrão vai para o Egito e enfrentou lutas (Gn 14), separações na família (Gn 13) e muitas dificuldades mas em tudo foi abençoado.

-v.3 “abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra”. Além de ser abençoado, Deus lhe prometeu proteção de que se alguém o amaldiçoasse, seria amaldiçoado pelo próprio Deus. Por isso não devemos ter medo de nada nem de ninguém. Quando servimos a Deus, não só nossas famílias são abençoadas como também todas as famílias da terra.

Esta foi somente a preparação para fazer Aliança com Deus. Nós cristãos estamos na Nova Aliança da Graça no Sangue de Jesus, então tudo o que Deus falou a Abraão pode ser multiplicado por milhares para que saibamos a tão grande Aliança de Deus para conosco. As alianças de Deus com estes homens no passado nos ajudam a entender como devemos fazer uma aliança com Deus.

I .  CONDIÇÕES PARA ALCANÇARMOS O FAVOR DIVINO.

A primeira ordem de Deus a Abraão, em Gn. 12:1 foi: ouvir.

1.1  – Sai-te da tua terra: O primeiro grande principio para qualquer pessoa ser uma benção é obedecer a Deus. O Senhor tem grande prazer em que lhe obedeçamos. É melhor obedecer do que o sacrificar (I Sm.15:22). O Senhor propõe a vida para os obedientes e a morte para os desobedientes.

A segunda ordem de Deus a Abraão, em Gn. 2: 1 foi: sair.

1.2  – da tua parentela, e da casa de teu pai: O segundo grande principio para qualquer pessoa ser abençoada é priorizar Deus em sua vida. Quando a pessoa dá preferência ao Reino de Deus, receberá cem vezes mais (Mt.6.33 / 19:29)

A terceira ordem de Deus a Abraão, em Gn.2:1 foi: ir.

1.3 – para a terra que eu te mostrarei: O crente deve ficar no lugar onde Deus tem-lhe revelado. Existem muitas pessoas preocupadas com o lugar dos outros. Outras menosprezam o seu próprio lugar. Cometem os mesmos erros de profeta Jonas, e tomam a direção errada. Então o Senhor arma uma grande tempestade.

  1. REQUISITOS PARA SE TORNAR UMA BÊNÇÃO.

Obediência irrestrita.

A obediência manifesta-se através da submissão (Rm 13.1). Deus exige obediência do seu povo. A obediência consiste na observância aos preceitos divinos.

A obediência é um produto da fé, pois, sem fé ninguém tem condições de agradar a Deus e obedecê-lo (Hb 11.6). É preciso, em primeiro lugar, crer, isto é, ter fé, acreditar, para depois render-lhe obediência.

A essência da obediência é: negar-se a si mesmo, à sua própria vontade, o seu querer, e submeter-se aos desígnios de Deus. Isso dá prazer ao Senhor.

Jesus Cristo é o exemplo de obediência (Mt 3.15). Em vir ao mundo, tornando-se homem, em toda a Sua trajetória de vida terrena, Ele sempre demonstrou obediência irrestrita ao Pai, até a morte (Mt 26.39).

Priorizar o reino de Deus.

Quando Deus determinou que Abrão saísse de sua parentela e de sua terra para um local bem distante, queria mostrar-lhe coisas mais importantes e mais preciosas do que riquezas, terras, enfim, bens materiais que são de menor valor.

Deus continua insistindo com seus servos para que aprendam a oferecer o primeiro lugar a Ele.

Sujeitar-se a vontade de Deus.

Deus guiou Abrão para uma terra desconhecida (v.1). Ele deveria firmar residência em um lugar que o próprio Deus lhe mostraria.

Para se tornar uma bênção é preciso estar no lugar certo, onde Deus quer que esteja. E o lugar apropriado é o centro da vontade de Deus.

Muitas pessoas não recebem os bens divinos e muito menos se tornam bênçãos para o próximo porque não se colocam no lugar determinado por Deus.

III.  PROMESSAS PARA QUEM OBEDECE A DEUS.

Após lhe impor algumas condições, Deus fez a primeira promessa a Abraão em Gn.2:2:

2.1 – Eu farei de ti uma grande nação: O crente deve depender da ação de Deus em sua vida. Somente assim poderemos ser bênção. Caso contrário, não poderemos fazer nada (Sl. 127:2). Enquanto o crente fiel está dormindo, Deus está agindo em sua vida. (Sl.124:1-3)

A segunda promessa de Deus a Abraão em Gn. 2:2 foi:

2.2 – abençoar-te-ei: O crente tem de abençoar as outras pessoas. Porém, só podemos tornar-nos benção para outras pessoas se Deus antes nos abençoar. Do contrário, não poderemos abençoar ninguém.

A terceira promessa de Deus a Abraão em Gn. 2:2 foi:

2.3 – e engrandecerei o teu nome: Deus elevou o nível de vida de Abraão em quatro aspectos: 1) Ele ocupou uma posição de destaque na galeria dos heróis da fé. (Rm.4:16-22); 2) Ele se destacou por suas atitudes pacificas (Gn.13.8), de coragem (Gn.14:12-17), de intercessão (Gn.18:23-33), 3) ele se destacou por sua individualidade ao demonstrar que era um homem excepcionalmente obediente a Deus (Gn.22:12), e de muitíssima fé (Hb.13:2), 4) ele se destacou por seus bens materiais (Gn.13:2).

A quarta promessa de Deus a Abraão em Gn.2:2 foi:

2.4 – e tu, sê uma bênção: A benção de Abraão se estendeu à toda humanidade. Jesus Cristo, descendente de Abraão, trouxe salvação a todos os povos.

O chamado de Deus não busca méritos pessoais

Este chamado exige separação completa e imediata

v.1a: “… Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, e vai …”. (Gn 12.1)

Este chamado traz direção

v.1b: “… e vai para a terra que te mostrarei”.

Ele quer que lhe geremos muitos filhos espirituais

v.2a: “de ti farei uma grande nação …”.

Sua bênção estará sobre nós para sermos bênção onde estivermos

v.2b: “… e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção”.

1o) Ser abençoado

2o) Isso fará que sejamos notados (bom testemunho!)

3o) Deveremos ser bênção aos outros

  1. Sete coisas que você  deve fazer para receber as bênçãos de Deus

Vamos aprender com a Igreja Primitiva como cuidaram para não perder suas bênçãos:

1- Não MURMURE: v.1 “Ora, naqueles dias, multiplicando-se o número dos discípulos, houve murmuração dos helenistas contra os hebreus, porque as viúvas deles estavam sendo esquecidas na distribuição diária”

O problema começou quando os helenistas começaram a reclamar. Sabendo que a murmuração traz consigo outros problemas, os apóstolos tomaram precauções imediatas para acabar com isso.

A murmuração é um tipo de louvor que agrada aos ouvidos do diabo. Você recebe a bênção de Deus nas regiões celestiais, mas se começar a reclamar o inimigo trava uma batalha e rouba sua vitória. Quando você reclama sua vida só piora e o problema não é resolvido.

Você tem o hábito de reclamar?

Fique em silêncio, mas não murmure!

2 – Não abandone a Palavra de Deus: v. 2 “Então, os doze convocaram a comunidade dos discípulos e disseram: Não é razoável que nós abandonemos a palavra de Deus para servir às mesas”

A prioridade para os apóstolos seria continuar se consagrando à Palavra de Deus. Se deixassem seu ministério para cuidar de outros detalhes, a bênção se perderia pelo caminho.

Muitas pessoas buscam a Palavra de Deus em momentos difíceis de suas vidas, mas quando prosperam, não conseguem mais encontrar tempo para buscar ao Senhor. Acima de tudo em sua vida, o que você precisa é da Palavra do Senhor que declara a vitória para você.

Você tira tempo para ler a Bíblia?

Nunca abandone a Palavra de Deus!

3- Cuidado com quem você anda: v. 3 “Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste serviço”

A solução para que a Igreja Primitiva continuasse abençoada foi levantar mais líderes que ajudassem no ministério. Contudo deveriam ser pessoas escolhidas especialmente por Deus.

É preciso tomar muito cuidado com quem compartilhamos nossas vidas. Existem pessoas que são como ‘morcegos espirituais’ que sugam suas energias. São ladrões de bênçãos que atrapalham sua caminhada de fé.

As qualidades das pessoas que devemos andar juntos como discípulos são:

       -boa reputação: testemunho de vida;

       -cheios do Espírito Santo: espiritualidade;

       -sabedoria: conselhos baseados no temor de Deus.

Com que tipo de pessoas você tem compartilhado sua vida?

Procure pessoas de Deus para receber bênçãos de Deus!

4- Ore mais ainda: v. 4 “e, quanto a nós, nos consagraremos à oração e ao ministério da palavra”

Os apóstolos resolveram que precisavam orar mais, porque sabiam que a oração mantém vivas as bênçãos de Deus e abrem as portas dos céus.

Infelizmente o povo evangélico tem aprendido que apenas fazendo uma campanha de oração serão abençoados por Deus. Por isso tanta gente vem às igrejas e são verdadeiramente abençoadas, mas continuam procurando a bênção sem nunca estarem satisfeitos. Quando recebem o que pediram, logo param de buscar e por isso perdem sua bênção e voltam para buscar de novo.

 A vida de oração é a maior fonte de bênçãos que um cristão pode ter. Através da oração você é uma bênção e tudo que fizer será abençoado (Gênesis 12.2). Quando receber uma resposta de Deus, não pare de orar, continue adorando e agradecendo ao Senhor.

Você tem o hábito de orar sempre ou só quando precisa?

Não pare de orar quando for abençoado!

5- Encha-se do Espírito: v. 5 “O parecer agradou a toda a comunidade; e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas e Nicolau, prosélito de Antioquia”

O Espírito Santo estava na Igreja Primitiva e onde Ele está existe comunhão e paz. Os sete diáconos escolhidos para servir ao povo eram homens cheios do Espírito Santo.

Como sabiam que estes homens eram cheios do Espírito? Certamente porque transbordavam de dons e frutos do Espírito Santo (Gálatas 5.22,23). O crente cheio do Espírito de Deus descobriu a fonte de todas as bênçãos do Senhor. E quando precisa de uma cura, prosperidade, resposta ou qualquer milagre sabe onde encontrar.

Busque ao Espírito Santo para que te encha até transbordar e você possa dizer que “o Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados” (Isaías 61.1). Quanto mais você é abençoado, mais deve abençoar. E quanto mais abençoa, mais é abençoado.

Você já foi cheio do Espírito Santo?

Encha-se do Espírito de Deus!

6- Seja OBEDIENTE: v. 6 “Apresentaram-nos perante os apóstolos, e estes, orando, lhes impuseram as mãos”

Depois de elegerem os diáconos eles não saíram por si mesmo servindo ao povo. Primeiro tiveram que se apresentar diante de seus líderes que são os apóstolos e estes lhes impuseram as mãos como sinal de autoridade.

Muitos crentes não conseguem receber suas bênçãos porque são desobedientes e rebeldes diante de seus líderes. Combatem contra a própria pessoa encarregada por Deus de ministrar sobre eles a bênção que precisam. Por isso perdem suas bênçãos ao recusar recebê-las pelo canal escolhido por Deus que é a obediência à sua liderança.

Se Deus te mandar fazer algo, obedeça sem hesitar e certamente sua bênção virá. Vários exemplos são Naamã, o povo que entrou no mar vermelho e o povo que rodeou as muralhas de Jericó nos provam que para obedecer nem sempre é preciso entender, mas acreditar. O crente rebelde nunca prospera.

Você obedece aos seus líderes?

Seja obediente a Deus!

7- Busque seu CRESCIMENTO Espiritual: v. 7 “Crescia a palavra de Deus, e, em Jerusalém, se multiplicava o número dos discípulos; também muitíssimos sacerdotes obedeciam à fé”

O resultado da atitude dos apóstolos foi que a igreja continuou sendo abençoada. Eles não perderam suas bênçãos por causa daquele problema.

O texto do v. 7 enfatiza as palavras “crescia”, “multiplicava” e “muitíssimos” para mostrar que a bênção deve aumentar e não diminuir.

Para que a bênção sempre aumente em sua vida, você precisa buscar coisas, momentos e pessoas que sempre te ajudem a crescer espiritualmente. Evite tudo que possa minar seu crescimento espiritual. Tudo que é inútil e não te acrescenta nada, você pode deixar de lado e priorizar o que te edifica.

Você tem crescido espiritualmente?

Sua bênção deve aumentar e não diminuir!

Conclusão:

Quando o homem propõe obedecer a Deus e cumpre fielmente, o Senhor age em favor dele e cumpre, também, as bênçãos prometidas. Para Abrão, Deus, prometeu que seus descendentes se tornariam uma grande nação, e todas as famílias da terra seriam abençoadas (Gn 12.3). Isso aconteceu !

Da mesma forma, o Senhor Jesus opera em favor do cristão que se propõe obedecê-lo (Rm 8.28,31).

Por: Jânio Santos de Oliveira

Tags: