Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
TERCEIRA PESSOA: REFUTAÇÕES

TERCEIRA PESSOA: REFUTAÇÕES

 1) O Espírito de Deus apresenta características de pessoa, logo isso prova que ele é uma terceira pessoa? 

Refutação:  Primeiro: Não tentamos provar que o Espírito de Deus não é uma pessoa, tentamos provar que Ele não é OUTRA PESSOA DA DIVINDADE, é diferente. Desde o antigo testamento o Espírito Santo sempre apresentou características pessoais como, por exemplo, a articulação da fala,”O Espírito de Jeová falou por meu intermédio; sua palavra esteve em minha língua II Samuel 23. E mesmo lendo nas sinagogas aos sábados textos como esse que diz que o Espírito falou nenhum judeu ou israelita interpretava tal texto como se referindo a outra pessoa da divindade.Segundo:  Dizemos que o Espírito de Deus também é a pessoa do próprio Pai se manifestando por meio de uma dimensão mental e espiritual de maneira que os homens tenham condições de manter contato com o Pai celestial. Logo, o próprio Deus não poderia pessoalmente descer do céu para falar com o profeta, mas pôde se revelar por meio de sua Mente (Espírito). Dizer que o Espírito falou tem a mesma conotação de quando dizemos que a Bíblia fala, isto é, a Bíblia fala se referindo ao que o próprio Deus falou. Faça um teste, troque a palavra “Espírito” do texto de II Samuel por “Pai” e veja que o sentido da frase não vai mudar: ” O Espírito de Jeová ou O Pai falou por meu intermédio; sua palavra esteve em minha língua”. Espírito de Jeová e Pai são as mesmas pessoas no contexto só que para deixar bem claro que a presença do Pai não era “direta” o escritor usou o termo “Espírito de Jeová”.

2) O fato de termos que batizar também em nome do Espírito Santo prova que ele é outra pessoa da divindade? Mateus 28:19

Refutação: Muitos erros teológicos sobre o ensinamento do Espírito Santo acontecem por causa das traduções romanas das escrituras. Na Bíblia de Jerusalém, Bíblia católica, no rodapé, diz que nos originais mais antigos da Bíblia havia somente o batismo em nome de Jesus e que possivelmente o batismo nas três pessoas foi introduzida para se adequar a fé que fora aceita pela igreja. Alguém que desconhece isso pode ter dificuldades em interpretar o assunto.Outro texto que também foi traduzido sob o ponto de vista católico é o texto de I João 5:7 “…há três que dão testemunho [ no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes são um. E são os três que testificam na terra] Tudo que está entre colchetes foi adulterado!

3) O Espírito descendo na forma de Pomba não prova que o Espírito é outra pessoa diferente do Pai? 

Refutação : Infelizmente as pessoas não levam em conta todo o contexto das escrituras na hora da interpretar as escrituras. Não podemos pegar os textos do novo testamento e dar novas interpretações, rejeitando totalmente o que o judaísmo, religião de Jesus Cristo e dos profetas do antigo testamento, diz sobre o assunto, afinal até a rejeição de Israel como nação, os judeus e israelitas, eram o povo que guardava a verdade de Deus. Se o Espírito Santo não era uma terceira pessoa no antigo testamento, porque ele passou a ser no novo?  No antigo testamento, o Espírito do Senhor se apossou de Sansão e o ajudou a matar um Leão ( Juízes 14:5.6), ou seja, o Espírito se apossou de Sansão aqui na terra enquanto Deus estava no céu. A única diferença é que no tempo de Sansão o Espírito não veio na forma de pomba como no batismo de Jesus. Logo, dizer que o Espírito do Pai se apossou de Jesus depois que desceu na forma de pomba não quer dizer que o Espírito do Pai é outra pessoa, afinal tudo é possível para Deus.

4) A Bíblia diz que Deus conhece a mente do Espírito, isso não é uma clara evidencia que o Espírito é outra pessoa distinta do Pai? “E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, por que segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos Santos” Romanos 8:27

Refutação. Temos que entender que as palavras não tem um só significado para cada palavra. A palavra espírito, por exemplo, pode significar anjo, demônio, vento-sopro ou até pessoa, tudo depende do contexto. A pessoa tem que ler todo o capitulo e analisar direitinho para ver o significado.

Como já disse, algumas vezes os escritores usam uma figura de linguagem chamada de “metonímia” o qual substitui o todo por algum elemento que o constitui. Por exemplo, sabemos que o ser humano é corpo, alma (parte das emoções e sentimentos) e espírito (a mente como um todo com sua consciência e raciocínio). Algumas vezes os seres humanos são chamados de almas na Biblia, veja “Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase TRES MIL ALMAS”, “Em cada ALMA havia temor e muitos prodígios e sinais eram feitos” Atos 2:41,43.”A ALMA que pecar, essa morrerá” Ezequiel 18:20. Nesses textos foi usado metonímia ao substituir o todo (o ser por completo) por um elemento que o constitui, isto é, alma, assim, a alma é também a própria pessoa. 

Do mesmo jeito que o homem ganhou a conotação de “alma”, Jesus ganhou a conotação de espírito “Pois assim está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito Alma vivente. O último Adão (Jesus), porém é ESPÍRITO vivificante” I Corintios 15:45. Como você já sabe que Jesus também é chamado de “espírito” tente pegar a sua Bíblia  e ler todo o contexto para ver se a mente mencionada no texto pertence a uma terceira pessoa ou a mente do próprio Jesus. Quem é a pessoa que Deus colocou para interceder por nós? “Porquanto há um só Deus e um só MEDIADOR entre Deus e os homens, Cristo Jesus o homem” I Timóteo 2:5, “Por isso, também Jesus pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para INTERCEDER por eles” Hebreus 7:25, ou seja, o texto acima pode ser interpretado como “Aquele que sonda os corações sabe qual é a mente de Cristo”, espiríto no contexto se refere a pessoa do próprio Messias.

Só basta prestar atenção no contexto para perceber isso, pois é mencionado o espírito de Cristo em vários versos do contexto “Se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse não é dele” Verso 9, “Por que não recebeste o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebeste o espírito de adoção baseado no qual clamamos: Aba, Pai” verso 15. (o espírito que clama Aba Pai é o espírito de Cristo Gálatas 4:6).

5) Se pecar contra Deus e contra Jesus é perdoado e pecar contra o Espírito Santo não é perdoado, então o Espírito Santo é um ser diferente do Filho e do Pai?  Mateus 12:32

No capítulo, Jesus curou um endemoninhado cego e mudo e quando todos começaram a dar Glórias a Deus, os fariseus, que estavam com muito ciúmes, tentaram abafar as impressões da consciência que testificava que o milagre foi pelo poder de Deus, dizendo que o milagre fora feito por Belzebu ( Satanás) . Logo, pecar contra o Espírito é pecar contra a voz de Deus na consciência e não pecar contra outra pessoa da divindade. Jesus não estava falando nada que o povo de Israel já não sabia, pois o profeta Isaias já falava bem antes sobre a voz de Deus na consciência “Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra dizendo: Este é o caminho, andai por ele” Isaias 30:21 Pecar contra o Espírito, no contexto, é pecar contra essa voz aí e não pecar contra um outro ser separado do Pai.

6) Quando Jesus disse que o Pai ia enviar outro Consolador ele quis dizer que o Pai iria enviar outra pessoa distinta dele mesmo? João 14:16

Refutação: Engraçado, todo seguimento Cristão fala da importância de ler os textos Bíblicos dentro do contexto, mas infelizmente isso só levado em conta quando eles querem defender seus pontos de vista. Ao ler esse texto, devemos nos perguntar: “O Espírito Santo era outro com relação ao Pai ou outro com relação ao Filho?.”

Vamos para o contexto, Jesus tinha dito no capitulo 13 que logo, logo sua presença física iria ser tirada da terra “Filhinhos, ainda por um pouco estou convosco, buscar-me-eis e o qeu eu disse aos judeus também agora vos digo a vós outros: PARA ONDE EU VOU, VÓS NÃO PODEIS IR” João 13:33. No capitulo 14 o Salvador vem com uma mensagem de conforto, mostrando a forma que ele e o Pai iria se relacionar com seus servos. Com a ausencia de Jesus, quem iria lhes confortar? Quem iria expulsar os demônios ou curar as enfermidades? “Ó geração incrédula e pervesa! Até quando eu estarei convosco?” Mateus 17:17. Dentro desse contexto é que Jesus diz que o Pai iria enviar outro Consolador, ou seja, outro que iria substuí-lo em sua ausencia. Perceba que esse outrojá morava dentro de Jesus e já vivia com os apóstolos, só que quando o Pai o enviasse Ele passaria a viver também dentro dos Filhos de Deus, “…Vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós” João 14:17.Assim, o Outro Consolador não era outra pessoa distinta do Pai, pelo contrário, uma lidinha rápida na íntegra e  você perceberá que ter o Consolador habitando no ser é a mesma coisa que ter o próprio Pai “Jesus tinha o Consolador e disse “Crede que eu estou no Pai e o Pai está em mim” João 14:11, os discípulos iriam receber o Consolador e…”Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará e viremos(Jesus e o Pai) para ele e faremos MORADA nele” João 14:23. De forma alguma esse texto prova uma terceira pessoa da divindade…

E ainda tem mais, a Bíblia dá tantas pistas, pena que as pessoas não conseguem perceber por causa da enbriagues espiritual…leia os verso seguintes…

Quando vier o Espírito da verdade, ele vos guiara em toda a verdade, ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tem ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir. O Espírito me glorificará porque há de receber do que É MEU E VO-LO HÁ DE ANUNCIAR. Tudo quanto o PAI TEM É MEU, POR ISSO É QUE EU VOS DISSE QUE O PAI HÁ DE RECEBER DO QUE É MEU E VO-LO HÁ DE ANUNCIAR” João 16:13-16 Prestem atenção no verbo “Receber” e no verbo “anunciar” Nesse texto quem é que pratica a ação de receber do que era de Jesus e quem é que pratica a ação de anunciar, o Espírito Santo ou o Pai? Jesus nunca apresentou o Espírito como sendo outra pessoa diferente da pessoa do Pai…

http://abibliaemfocohoje.blogspot.com.br/2014/01/o-espirito-do-pai-e-uma-terceir-pessoa.html

Tags: