Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Um deus ou imagem de escultura?

Um deus ou imagem de escultura?

No mês passado acompanhamos pela mídia a cobertura de um evento conhecido como “Círio de Nazaré” e hoje, estou a entender o embasamento para tanta heresia, uma vez que pelo menos 2.000.000 de pessoas estavam presentes no local.

Para mim, não há outra explicação a não ser o faturamento do comércio, pois uma multidão dessas, traz não pouca arrecadação para a cidade e região, e quem está na vez para lucrar sobre a fé dos desinformados, a exemplo dos fabricantes e comerciantes de armas no Brasil, não vai querer largar o osso de forma nenhuma.
Vamos entender primeiro o que é o Círio de Nazaré, depois veremos o parecer bíblico sobre este evento.
Separei parte da história desta estátua, descrita pela historiadora católica de Belém – PA, Adriana Bisi Nicolau, que descreve esse evento em um artigo denominado: CÍRIO DE NAZARÉ: “A POROROCA DA FÉ”
A história do Círio será aqui descrita desde o primeiro milagre realizado pela Estátua em Portugal, até a sua chegada em Belém, onde ocorreu um novo milagre, e continua na descrição do Círio, festa religiosa elaborada como demanda do povo em agradecimento à Nossa Senhora. A partir daí dá-se início ao trabalho com os símbolos.
O Círio de Nazaré é realizado no segundo domingo de outubro desde 1793. A estátua teve origem na cidade de Nazaré na Galiléia, a imagem representa a Virgem Maria, tendo em seus braços o Menino Jesus segurando uma esfera azul.
A Estátua passou a ser cultuada em Portugal, em decorrência do milagre ocorrido na manhã do dia 14 de setembro de 1182 com D. Fuas Roupinho, amigo do rei Afonso Henrique. Durante a perseguição de uma caça, D. Fuas perdeu o controle das rédeas de seu cavalo, o qual corria descontroladamente em direção à um abismo. Desesperado com a possibilidade da morte iminente, D. Fuas lembrou-se da Estátua e exclamou: “Senhora, valei-me!”. No mesmo instante o cavalo estancou com ímpeto, cravando as patas traseiras nas pedras, rodopiando sobre e elas pondo a salvo o cavaleiro. A caça e os cachorros despencaram pelo precipício.
A partir de tal acontecimento o fidalgo mandou erigir no local uma capela para a Virgem de Nazaré, que se tornou conhecida como Capela da Memória. Mais tarde em 1377 foi transformada pelo rei D. Fernando em templo maior, elevada à condição de matriz. Desde então, sempre em 14 de setembro, os portugueses se reúnem para reverenciar a Senhora de Nazaré.
A devoção a Senhora de Nazaré foi introduzida no Pará pelos padres jesuítas, tendo o culto começado na cidade da Vigia, no século XVII. O primeiro milagre que deu origem à procissão em Belém, ocorreu em outubro de 1700. Conta-se que um humilde lenhador filho de português, morador do atual bairro de Nazaré, ao andar pelos lados do igarapé Murutucu, onde atualmente fica uma travessa que passa por trás da atual Basílica de Nazaré, encontrou a imagem da Senhora de Nazaré trazida por algum devoto oriundo da Vigia. Era uma réplica da estátua que se encontra em Portugal, esculpida em madeira, com aproximadamente 28 cm de altura. Ela estava depositada entre pedras lodosas, bastante deteriorada pela ação do tempo. Encantado com a descoberta, o lenhador a levou para sua casa, improvisando ali um pequeno altar. De acordo com a tradição, a imagem não ficou na casa, retornando misteriosamente ao lugar do achado. O fato repetiu-se outras vezes, até que o lenhador decidiu erguer, às margens do igarapé, uma humilde capela. A propagação desse episódio repercutiu como milagre, chamando vários fiéis que iam conhecer a imagem e prestar-lhe culto. O governador da época determinou a remoção da imagem para o Palácio da Cidade. Não obstante a vigília de soldados colocados à porta da capela, a imagem novamente desapareceu, voltando ao seu nicho primitivo. No lugar está erguida, hoje, a suntuosa Basílica da Senhora de Nazaré.
Partindo dessa nota, eu me recordo do testemunho de um cidadão por nome de Adão de Campos, que anos atrás teve grande conotação entre o povo evangélico, ele afirmava que havia morrido, e nesse meio tempo visitara o inferno e ao ver a prestação de contas entre os “secretários” e satanás, eis que aparece um demônio afirmando que a sua função, juntamente com sua equipe é claro pois ele não é onipresente, era esconder-se atrás das imagens de adoração, ouvir os pedidos e atendê-los, para que as pessoas “agraciadas” continuassem fiéis a suas imagens e afastando-se de Deus.
Tanto a nota da escritora, quanto o testemunho de Adão, são histórias, não estou dando créditos a nenhum dos dois e muito menos tirando. Mas eu prefiro crer que um espírito maligno atenda os pedidos e não a imagem, pois assim a bíblia seria mentirosa.
Quero esclarecer aqui ter algum conhecimento na área, fui seminarista católico e conheço um pouco dos dogmas e tradições daquela igreja, digo um pouco pois como não há uma bíblia para ser seguida, como regra de fé e prática, fica difícil conhecer muito, pois a cada bispo, cardeal, ou papa inventa-se uma nova lei e regra, no caso do papa são os chamados “Concílios” que visam da continuidade aos escritos bíblicos, é uma espécie de bíblia sempre em andamento, muito contraditória, e é claro essa forma de expressar não é aceita por eles, mas trocando por miúdos o fato é esse mesmo.
Faço aqui uma indagação: A imagem do Cirio de Nazaré é apenas uma imagem, obra de escultura? Ou a imagem do Cirio de Nazaré é um deus?
Se a sua resposta foi a primeira, Apenas uma imagem: sinto muito em te informar, mas esse fato é expressamente proibido por Deus, vamos as referências, vou citar apenas cinco, caso queira mais, solicite no rodapé dessa página, no link deixar comentário sobre essa matéria.
Primeiro: Deus condenou todos os tipos de imagens, mesmo que representativas veja o texto de Êxodo 20:4 – Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
Segundo: Deus disse que quem tem imagem já está corrompido diante dEle, veja o que diz em Deuteronômio 9:12 – E o SENHOR me disse: Levanta-te, desce depressa daqui, porque o teu povo, que tiraste do Egito, já se tem corrompido; cedo se desviaram do caminho que eu lhes tinha ordenado; fizeram para si uma imagem de fundição.
Terceiro: Adorar, ou manter imagem para adoração é abominação diante de deus, veja Deuteronômio 27:15 – Maldito o homem que fizer imagem de escultura, ou de fundição, abominação ao SENHOR, obra da mão do artífice, e a puser em um lugar escondido. E todo o povo, respondendo, dirá: Amém.
Quarto: A imagem não pode fazer nada por você, pois nela não há espírito, veja Jeremias 10:14 – Todo o homem é embrutecido no seu conhecimento; envergonha-se todo o fundidor da sua imagem de escultura; porque sua imagem fundida é mentira, e nelas não há espírito.
Quinto: Veja este texto na integra, Deus coloca como verdadeiro idiota a pessoa que cultiva o hábito de curvar-se diante de imagens, Isaías 44:14 em diante: Quando corta para si cedros, toma, também, o cipreste e o carvalho; assim escolhe dentre as árvores do bosque; planta um olmeiro, e a chuva o faz crescer.

15 Então serve ao homem para queimar; e toma deles, e se aquenta, e os acende, e coze o pão; também faz um deus, e se prostra diante dele; também fabrica uma imagem de escultura, e ajoelha-se diante dela. 16 Metade dele queima no fogo, com a outra metade prepara a carne para comer, assa-a e farta-se dela; também se aquenta, e diz: Ora já me aquentei, já vi o fogo. 17 Então do resto faz um deus, uma imagem de escultura; ajoelha-se diante dela, e se inclina, e roga-lhe, e diz: Livra-me, porquanto tu és o meu deus. 18 Nada sabem, nem entendem; porque tapou os olhos para que não vejam, e os seus corações para que não entendam. 19 E nenhum deles cai em si, e já não têm conhecimento nem entendimento para dizer: Metade queimei no fogo, e cozi pão sobre as suas brasas, assei sobre elas carne, e a comi; e faria eu do resto uma abominação? Ajoelhar-me-ei ao que saiu de uma árvore? 20 Apascenta-se de cinza; o seu coração enganado o desviou, de maneira que já não pode livrar a sua alma, nem dizer: Porventura não há uma mentira na minha mão direita?
Agora se a sua resposta foi a segunda, se para você a imagem do Cirio de Nazaré é um deus, veja o que diz a bíblia:
Primeiro: O próprio Deus Altíssimo proibiu isso em Êxodo 20:3 3 Não terás outros deuses diante de mim.

Segundo: Deus proibiu o fato de simplesmente olhá-los, veja o que diz Levítico 19:4: Não vos virareis para os ídolos nem vos fareis deuses de fundição. Eu sou o SENHOR vosso Deus.
Terceiro: Até os ornamento das imagens são amaldiçoados por Deus, veja o que diz a bíblia em Deuteronômio 7:25 As imagens de escultura de seus deuses queimarás a fogo; a prata e o ouro que estão sobre elas não cobiçarás, nem os tomarás para ti, para que não te enlaces neles; pois abominação é ao SENHOR teu Deus.
Quarto: Deus ensina como se portar quando seu líder religioso te mandar adorar um a imagem ou deus, em Deuteronômio 13. 1 em diante: QUANDO profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio, 2 E suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado, dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los; 3 Não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o SENHOR vosso Deus vos prova, para saber se amais o SENHOR vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma.
Quinto: A ira de Deus se acende sobre a nação que serve outro deus, como o Brasil e sua padroeira, veja 2Reis, 22.17: Porquanto me deixaram, e queimaram incenso a outros deuses, para me provocarem à ira por todas as obras das suas mãos, o meu furor se acendeu contra este lugar, e não se apagará.
Vou finalizar este estudo fazendo uma comparação entre uma notícia publicada pela Agencia Folha e um texto bíblico.

Agência Folha

A imagem da Nossa Senhora de Nazaré carregada na procissão do Círio –a maior manifestação religiosa do país –foi parcialmente destruída hoje, um dia após o evento, em Belém
(PA). A santa foi atingida por duas pedras atiradas a uma distância de cinco metros pelo segurança José Ubiratan Leite, 34anos. Ele toma remédios controlados e terá de passar por exames que atestem sua sanidade mental.
Segundo o delegado Edimar Melo, o rapaz, que se recusou a prestar esclarecimentos, é evangélico e portava uma carteirinha da Assembléia de Deus.
O incidente ocorreu por volta de 11h30. A multidão que se aglomerava em volta da praça santuária para cultuar a santa tentou linchar Leite, que foi protegido por policiais no local. A imagem de madeira, de 48 cm e 3 kg, teve danos na coroa e em sua base de sustentação. Ela chegou a cair.
Texto Bíblico de Juizes 6, versículo 27 em diante
27 Então Gideão tomou dez homens dentre os seus servos, e fez como o SENHOR lhe dissera; e sucedeu que, temendo ele a casa de seu pai, e os homens daquela cidade, não o fez de dia, mas fê-lo de noite.
28 Levantando-se, pois, os homens daquela cidade, de madrugada, eis que estava o altar de Baal derrubado, e o bosque estava ao pé dele, cortado; e o segundo boi oferecido no altar que fora edificado.
29 E uns aos outros disseram: Quem fez esta coisa? E, esquadrinhando, e inquirindo, disseram: Gideão, o filho de Joás, fez esta coisa.
30 Então os homens daquela cidade disseram a Joás: Tira para fora a teu filho; para que morra; pois derribou o altar de Baal, e cortou o bosque que estava ao pé dele.
31 Porém Joás disse a todos os que se puseram contra ele: Contendereis vós por Baal? Livrá-lo-eis vós? Qualquer que por ele contender ainda esta manhã será morto; se é deus, por si mesmo contenda; pois derrubaram o seu altar.
32 Por isso naquele dia lhe chamaram Jerubaal, dizendo: Baal contenda contra ele, pois derrubou o seu altar.
Muita gente naquele época deve ter chamado Gideão de débil mental, e ter esperado muito tempo para ver Baal amaldiçoando ele, o que nunca aconteceu.
Você crê que aquela imagem que tanto pode, seria trouxa de ficar na frente das pedras e se arrebentar toda, que deus é esse que a si mesmo não pode livrar?
E se a segurança, os policias tivessem dito o mesmo que Joás disse: Contendereis vós por esta estátua? Livrá-la-eis vós? Qualquer que por ela contender ainda esta manhã será morto; se é deus, por si mesmo contenda; pois a derrubaram do seu altar.
Vou afirmar uma coisa: Ela estaria no chão até agora pois ela é uma imagem fundida, é mentira, e nela não há espírito Jr 10:14
Que o Deus Altíssimo te abençoe grandemente!

Tags: