Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
você tem medo da verdade?

você tem medo da verdade?
Jerusalém, quarta-feira, seis horas da manhã do dia 14 de Nisã do ano 31, na área pavimentada do “ Pretório Romano” que os gregos chamavam de “ Lithostrotos” e os Hebreus de “ GABBATA”.
Nesse lugar e nessa hora, o governado romano Pôncio Pilatos se enfrenta com um réu chamado Jesus “ o caminho da verdade e a vida…” e lhe pergunta: “ Tu és o rei dos judeus?”. Respondeu-lhe Jesus: “ Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, afim de dar testemunho da VERDADE”. Dise-lhe Pilatos: “Que é a verdade?” (João 18:37-38)
Naquele momento Pilatos arrependeu-se de ter perguntado, o medo de Pilatos foi porque temia que o divino mestre lhe declarasse a verdade. Temia pelo cargo, título, posição social e principalmente pela sua mordomia.
Muitos “ pilatos modernos”, pastores, teólogos, dirigentes religiosos e estudiosos em geral, para não perderem duas posições, cargos, títulos e mordomias, hasteiam a bandeira de Cristo sobre o quartel de Lúcifer.
Apreciado leitor, alguma vez você enfrentou com a suprema verdade da palavra de Deus? Ou, você deixou a bíblia de lado para apenas defender a sua igreja? ninguém prevalece contra a verdade, revelada nas escrituras sagradas. Não lute contra Deus! Não seja mais um “ Pilatos moderno”.
Mas você pode dizer: “ eu sou crente, já aceitei a Jesus como meu salvador, tenho Jesus em meu coração!” Teu irmão católico romano também diz a mesma coisa, especialmente o carismático, que é teu irmão gêmeo. Porém, será que você já aceitou de verdade? Percebemos que ser enganado pela falsa religião tem conseqüências internas. Certamente você não deseja ser enganado. Deseja a verdade acima de tudo.
Cristo é a cabeça, e a igreja seu corpo, e ele tem apenas UM CORPO (I Cor. 12:12) e não cerca de 10 mil copos, que é a quantidade aproximada de igreja cristãs quem existem hoje.
Mas se você tem fome e sede de salvação, e é sincero consigo mesmo para reconhecer que de fato existe uma única igreja, um único corpo, então, nós da igreja de Deus teremos um enorme prazer em ajuda-lo a encontrar a verdade, é este resumo das doutrinas bíblicas que o ajudarão a identificar a verdadeira igreja.
A Igreja de Deus
• Origem da Igreja
A verdadeira Igreja foi instituída por Jesus Cristo, em jerusalém sobre a base dos apostolos (Mat . 16:18; 28:20; Lucas 24:47; Atos 1:8)
• Batismo em nome de Jesus
Jesus passou para seus apóstolos uma formula batismal (Mat. 28:19) Não ensinou que eles deveriam batizar usando os títulos, mas sim o nome que representa-se essa fórmula, isto é Jesus. (Atos 2:37-38; 8:12-16; 10:48; 19:5; 22:16; I Cor. 1:13, etc).
• Doutrina da Trindade
A doutrina da trindade (três pessoas distintas formando um só Deus), é criação do concilio de Nicéia. No ano 325 d.c. presidido por constantino , o imperador romano supostamente convertido ao cristianismo, sem base bíblica. Vejamos: (Deut. 6:3; Isa. 42:10; 44:6; João 17:3; etc. As doutrinas que ensinam e batizam em nome da trindade estão dando prova cabal que não estão de acordo com a bíblia, e sim com ensinos do paganismo.
• Os dez mandamentos
São normas dadas por Deus aos homens, é a lei real, que identifica o pecado. (Êxodo 20:3-17; I João 2:3-4; 5:2-3 Apo. 12:17; 14:12; Rom. 7:7).
• Abstinência de carnes imundas
(lev. 11:1-49; Isa. 66:15-17; Icor. 6:20; II Cor. 6:15-18; Apo. 18:2)
• Dons espirituais, fruto do espírito
São para a igreja desde os tempos dos apóstolos até os nossos dias, acompanham a igreja, e são confirmados pelo fruto do espírito, pois sem fruto do espírito não há dom. (Atos 2:2-4; 10:44-48; I Cor. 14:1-26; Gal. 5:19-25).
• Uso do véu
Como sinal de submissão da mulher ao homem , dando-lhe condições de orar e profetizar na igreja. ( I Cor. 11:1-6)
• Ceia do senhor
Celebrada somenete uma vez no ano (no dia 14 de Nisã), e após do por do sol. Usando pães asmos e vinho de uva puro. (Mat. 26:17; Mar. 14:12-26; I Cor. 11:17-34; etc).
• Batalha do Armargedom
Juízo divino contra reis, exécitos, nações e poderes religiosos enganadores que tem contaminado e destruído a terra. (Apo. 11:15-18; 16:12-16; Zac. 14:1-4).
• Milênio na terra
Os santos participarão, como reis e sacerdotes e tendo autoridade sobre as nações as regerão com vara de ferro. (Apo. 2:26-27; 3:21; 5:9-10; 20:6).
• Nova terra, reino eterno
Após o milênio, a terra chegará ao estado endêmico, então se iniciará o reino eterno, com a descida da nova Jerusalém. E Jesus entregará o reino a Deus, o pai. (Apo. 21: 1-2; I Cor. 15:24-28).
Caro leitor permita que o espírito santo te guie na busca pela verdade divina.
“…não te estribeis no teu próprio entendimento.” (Prov. 3:5)
Entre em contato conosco, escrevendo ou nos visitando, ou mesmo solicitando uma visita.
Teremos prazer em ajudar-lo.

RESSURREIÇÃO DE CRISTO
UMA VERDADE QUE TEM QUE SER ANUNCIADA POR VOCÊ
NÃO FOI NO DOMINGO POR QUE;
Se Jesus é o Messias, como se crê e ensina na cristandade de hoje. Ele deve ter necessariamente que ter cumprido seu próprio sinal e também todas as profecias dos profetas e Salmos concernentes a Ele (Lucas 24:44). Crê-se e ensina-se que Jesus foi crucificado na sexta-feira e que ressuscitou no domingo pela madrugada. Esta crença é passada de mãos em mãos através dos descendentes, e é aceita, em geral, sem uma séria investigação na Bíblia. Esta teoria mesma que aceita e ensinada por muitas pessoas sinceras, fazem falsas as profecias do próprio Jesus.
O SINAL DE CRISTO
Quando interrogado pêlos escribas e fariseus acerca de um sinal de que Ele era o Messias, Ele respondeu “Não vos darei outro sinal, se não o do profeta Jonas” (Jonas 1:17); “Como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o filho do Homem três dias e três noites no seio da terra “. (Mateus 12:38-40).
Não há possibilidade de haver três dias e três noites entre o pôr-do-sol de sexta-feira – Pois o dia de sábado começa no pôr-do-sol ou à noitinha Lev. 23:32; Gên. 1:5,8,13; Mar 1:32 – e domingo de madrugada antes do nascer do sol. Cremos que Jesus era o Cristo e, portanto, cumpriu o sinal que Ele mesmo deu e que as Escrituras nos instruem.
Primeiramente, temos que saber quando Ele ressuscitou.

RESSURREIÇÃO NO SÁBADO
Mateus é o único dos quatro escritores que narraram este evento, e que nos conta quando aconteceu a ressurreição – Mateus 28:1,2,5-6, diz: “No fim do sábado, quando já despontava o 1° dia da semana. Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. E eis que houvera um grande terremoto, porque o anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra, e sentou-se sobre ela. Mas o anjo respondendo, disse às mulheres: Não tenhais medo, pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui, (no fim do sábado, ou no pôr-do-sol, não à meia noite), porque já ressuscitou dos mortos”.
Caro leitor, veja que estes fatos aconteceram no fim do sábado, quando começava o primeiro dia da semana (no pôr-do-sol do sábado)
OUTRAS VISITAS NO SEPULCRO
Na primeira visita a qual já vimos, não para ungir o corpo. Mateus é o único dos escritores que lembra desta visita especial em detalhes, portanto é o único que também nos relata o tempo da ressurreição. Os outros escritores (Marcos, Lucas, João) todos lembram das visitas feitas no primeiro dia da semana (no domingo) em todas as visitas, Ele, Jesus, já havia ressuscitado.
Nenhum dos três escreveu sobre o momento da ressurreição, mas só contam o fato acontecido após a ressurreição. Lucas 24; l-3 conta-nos que quando as mulheres foram ao sepulcro, domingo muito cedo, de madrugada, a pedra já estava removida, e entrando não encontraram o corpo do Senhor Jesus. Em João 20: l nos fala que Maria Madalena foi ao sepulcro, muito de madrugada, ainda estava escuro e a pedra já estava removida, e que Jesus também apareceu a ela naquela manhã (Marcos 16:1,2). Marcos narra sobre uma visita, evidentemente a mesma que é narrada por Lucas: ou sejam no nascer do sol da manhã de domingo, e o anjo fala aos visitantes que Jesus não estava ali, Ele já havia ressuscitado (Marcos 16:6)
O verso 9 nos fala que Jesus tendo ressuscitado, apareceu para Maria Madalena (João 20:14-17).
Assim, percebemos que as visitas foram feita no domingo, mas que Jesus ressuscitou no fim do sábado. Nós vimos que Jesus ao ressuscitar no fim do sábado cumpriu perfeitamente as profecias e o único sinal dado por Ele aos fariseus e que se referia a sua morte, pois semelhante a Jonas, teria que ficar três dias e três noites no seio da terra, isto é no sepulcro. Em que dia da semana então ele foi crucificado para que pudesse dar exatamente três dias e três noites e assim cumprir o único sinal o sinal de Jonas?
O TEMPO DA CRUCIFICAÇÃO
Todos concordam que Jesus foi crucificado na preparação do sábado, mas de que sábado está falando o texto? João 19:14-31 diz que era a preparação do sábado da páscoa ( e não o sétimo dia = sábado) o qual era um grande dia, o dia 15 do primeiro mês judeu (Nisã ou Abibi). Veja Êxodo 12:6-16; Levítico 23:4-7; Êxodo 13:4
A preparação da páscoa era o dia antecedente ou o 14° dia, o dia em que eles matavam o cordeiro pascoal, que era um tipo de Cristo. Jesus foi crucificado na preparação da páscoa, ou seja, no 14° dia de Abib (mês judeu) dia, no qual também os astrônomos estão de a acordo e que confirmam que aquele dia era quarta-feira: quinta era o sábado pascoal naquele ano. Daniel 9:27 diz: “Ele (Jesus) firmará um concerto com muitos, por uma semana: e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares. “A metade da semana é quarta-feira, cumprindo a profecia de Daniel. Ele foi crucificado na quarta-feira na quinta-feira era o feriado pascoal, e a sexta-feira a preparação para o sábado semanal, quando as mulheres compraram e prepararam as especiarias para ungir o corpo de Jesus, por não ter havido tempo quando o sepultaram, pois já estava se pondo o sol e surgindo o sábado pascoal (Lucas 23:53-56; Marcos 16:16-2; João 19:14 e31-33)
TRÊS DIAS E TRÊS NOITES
Vamos contar:
Quarta-feira ao pôr-do-sol: posto no sepulcro: quarta-feira a noite e quinta-feira, 1 noite e 1 dia;Quinta-feira a noite e sexta-feira, 1 noite e 1 dia; Sexta-feira a noite e sábado, 1 noite e 1 dia.
TOTAL: três dias e três noites, e Jesus ressuscitou no fim do sábado, antes do pôr-do-sol, na mesma hora que fora Ele colocado no sepulcro na quarta-feira. Assim Ele cumpriu seu “único sinal” para aqueles escribas e fariseus.
“CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ ” JOÃO 8:32
Caro leitor, por que guardas o domingo em hora a ressurreição de Cristo? Você seguirá a tradição ou a Bíblia? Se desejares saber mais sobre este tema peça um estudo completo:
“A morte de Jesus na quarta-feira” ou venha estudar conosco.

Mensagens do Reino

Tags: