Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
Tentaram Cristo? 1 Coríntios 10:9

1 Coríntios 10:9 – Tentaram Cristo?

“E não tentemos a Cristo, como alguns deles também tentaram e pereceram pelas serpentes.” 1 Coríntios 10:9 Almeida Revista e Corrigida, anotada

“Não devemos pôr à prova a paciência de Cristo, como alguns deles fizeram, e por isso foram mortos pelas cobras.” 1 Coríntios 10:9 Nova Tradução na Linguagem de Hoje

“E não tentemos o Senhor, como alguns deles o tentaram, e pereceram pelas serpentes.”

1 Coríntios 10:9 Almeida revista e Atualizada

“Não devemos pôr o Senhor à prova, como alguns deles fizeram — e foram mortos por serpentes.”

1 Coríntios 10:9 Nova Versão Internacional

“Nem ponhamos à prova o Senhor, como fizeram alguns deles, os quais morreram, picados pelas serpentes” 1 Coríntios 10:9 CNBB

“Nem ponhamos Jeová à prova, assim como alguns deles [o] puseram à prova, só para perecerem pelas serpentes.” 1 Coríntios 10:9 Tradução do Novo Mundo

A passagem citada acima em diversas versões é extraída do capítulo 10 da primeira carta de Paulo a congregação de Corinto, Ela tem sido utilizada pelos que creem na doutrina da Trindade como prova substancial de que Jesus Cristo é O Deus Todo Poderoso.

A conclusão destes resulta de associarem o fato de que Yahweh é o Deus que livra o povo Hebreu do jugo opressor Egípcio, povo este que mais tarde acaba murmurando de sua situação temporariamente precária devido a estar rumo à terra da promessa, por meio de um caminho difícil num deserto implacável.

Como se fala de Yahweh estar libertando o povo e que o povo murmurava contra Deus, concluem com base neste texto de 1 Coríntios 10:9 que Cristo é o Deus contra o qual o povo judeu estavam murmurando ou pondo a prova no deserto.

Para que esta conclusão fosse a única possível, deveríamos não ter outras alternativas possíveis as quais igualmente são compatíveis com o contexto bíblico e que se ajustam ainda mais destacadamente que visão proposta pelos trinitários. Vejamos alguns detalhes importantes que devemos levar em consideração na nossa interpretação.

Primeiramente devemos estar cientes de que existem variantes textuais para esta passagem, pois ao passo que uma versão das Escrituras apega-se a um manuscrito para traduzir do idioma grego esta passagem, outras versões das Escrituras se utilizam de outro manuscrito, de modo que não existe unanimidade quanto a qual palavra grega de fato constava originalmente nesta passagem, se era κύριον ou se era Χριστός.

Embora possamos nos basear na idade do manuscrito, este detalhe isoladamente não pode fornecer prova definitiva da originalidade da palavra. Claro porém, que o peso da evidência atual fornece mais respaldo para o manuscrito mais antigo, o qual traz o termo ‘cristo’. Mas como já dito, isso, isoladamente não é prova definitiva, pois embora possa atualmente ser o mais antigo, não é o original ou autógrafo.

Podemos perguntar o porquê a palavra Cristo teria sido utilizada por Paulo uma vez que por ocasião deste episódio no deserto, aquele que estaria sendo tentado pelo povo não possuía o nome de Jesus e tampouco havia ainda sido feito Cristo, pois seu nome fora dado por ocasião de seu nascimento e sua unção que lhe conferiu o título e qualificação de Ungido ou Cristo só havia de dar-se cerca de 30 anos após seu nascimento qual humano. Não seria estranho que tivessem tentado o Cristo quando ele ainda não era tal? Mas já a palavra Senhor poderia ser referenciada a uma autoridade delegada por Deus ou ao próprio Deus.

Outro detalhe que os trinitários não deveriam deixar de levar em consideração, é que o povo também resmungou e tentou a Moisés. Números 21:5

Certamente que quando as Escrituras dizem que o povo tentava a Deus, isso se dava porque ao tentar e murmurar contra o representante de Deus, Moisés; eles estavam na verdade tentando e murmurando contra aquele a quem Moisés estava representando. Êxodo 17:2-6

Mas será que existe a possibilidade de nosso Senhor Jesus ter sido tentado nesta ocasião, segundo o que parece sugerir alguns manuscritos?

Nós veremos que embora existam manuscritos que trazem variantes textuais para esta passagem, [1] podemos igualmente aceitar a possibilidade de a palavra ali ser também “Cristo”, sem que isso fira a visão monoteísta e não trinitária de Deus, e sem que forçosamente tal conclusão nos leve a afirmar que Jesus era O Deus por conta disso, vejamos.

Leiamos juntos Êxodo 23:20-23.

“Eis que envio um anjo à frente de vocês para protegê-los por todo o caminho e fazê-los chegar ao lugar que preparei. Prestem atenção e ouçam o que ele diz. Não se rebelem contra ele, pois não perdoará as suas transgressões, pois nele está o meu nome. Se vocês ouvirem atentamente o que ele disser e fizerem tudo o que lhes ordeno, serei inimigo dos seus inimigos, e adversário dos seus adversários. O meu anjo irá à frente de vocês e os fará chegar à terra dos amorreus, dos hititas, dos ferezeus, dos cananeus, dos heveus e dos jebuseus, e eu os exterminarei.”

Notemos que Yahweh Deus declara que ele enviaria um anjo para seguir ou acompanhar o povo hebreu. Yahweh declara que o povo devia obedecer a este anjo e ouvir as declarações do mesmo, de modo que o anjo falaria em nome de Seu Deus. É dito que o povo não deveria se rebelar contra este anjo-guia fornecido por Deus, que não o pusesse a prova, pois ele levava o próprio nome de Yahweh, como um filho que leva o nome de seu Pai.

Detalhe adicional era de que este anjo que Deus chama de Meu Anjo, tinha poderes para perdoar e reter o perdão.

É quase unanime entre os teólogos cristãos e eruditos a opinião de que este anjo é o filho de Deus que na terra veio a ser chamado Jesus, aquele que foi feito Cristo por Yahweh. De modo que quando o povo agiu contra as ordens deste anjo-guia, rebelando-se contra ele, estavam na verdade tentando a Deus por se rebelarem contra o anjo ao qual Deus havia dito que não se rebelassem.

O que dizem algumas obras de referência.

“Al­guns eruditos cristãos vêem  neste versículo uma manifestação veterotestamentária do  Logos.”

Russell Norman Champlin – O Antigo Testamento interpretado versículo por versículo – volume 1, página 408.

“O anjo dessa passagem é Jesus Cristo, o Filho  de  Deus,  o  Anjo  de  Deus  (Êx  14:19). Somente ele pode perdoar as transgressões e  somente  nele  se  encontra  o  nome  mara­vilhoso  do  Senhor…”

Comentário Bíblico Expositivo -Warren W. Wiersbe 2001 – Páginas 298 – 299

“Outros supõem que era o Filho de Deus, o anjo do concerto. Pois está escrito que os israelitas no deserto tentaram a Cristo. E podemos supor que Ele era o mensageiro de Deus, e o Redentor da igreja, antes da sua encarnação, como o Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.”

Comentário Bíblico Matthew Henry – Edição completa – Gênesis a Deuteronômio – Página 307_______________

Se este anjo era aquele que viria a se tornar Jesus, o Cristo; como a unanimidade dos cristãos acreditam, então de fato podemos dizer que eles se rebelaram contra “Cristo”, o qual era a rocha espiritual que os acompanhava ou seguia, sendo este o anjo de Yahweh.

Veja como se diz de Jesus em 1 Coríntios 10:4 em relação à peregrinação pelo deserto.

“E beberam da mesma bebida espiritual; pois bebiam da rocha espiritual que os acompanhava, e essa rocha era Cristo.” NVI

“E beberam todos da mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os acompanhava; e a pedra era Cristo.” Almeida RA

“E todos beberam da mesma bebida espiritual; de fato, bebiam de uma rocha espiritual que os acompanhava. Essa rocha era o Cristo.” CNBB

“e todos beberam a mesma bebida espiritual. Porque costumavam beber da rocha espiritual que os seguia, e essa rocha significava (era[nota]) o Cristo” 

“καὶ πάντες τὸ αὐτὸ πνευματικὸν ἔπιον πόμα· ἔπινον γὰρ ἐκ πνευματικῆς ἀκολουθούσης πέτρας, ἡ πέτρα δὲ ἦν ὁ Χριστός.”  Westcott e Hort

A palavra grega ‘ακολουθεω’ tem a seguinte definição dada pelo léxico Strong:

G0190 ακολουθεω akoloutheo

de 1 (como partícula de união) e keleuthos (caminho);

TDNT – 1:210,33; v

1) seguir a alguém que precede, juntar-se a ele como seu assistente, acompanhá-lo

2) juntar-se a alguém como um discípulo, tornar-se ou ser seu discípulo

2a) apoiar o seu partido

Ela ocorre mais de 90 vezes nas Ecrituras Gregas (NT) e sempre significa seguir, acompanhar ou estar junto.

Compare com…

“Eis que envio um anjo à frente de vocês para protegê-los por todo o caminho e fazê-los chegar ao lugar que preparei.”

Este anjo os guiaria, e os seguiria levando-os a terra prometida. Este anjo era aquele que viria ser o Cristo, o qual aqui estava atuando como porta-voz de Yahweh e representante Deste, conforme nos fica claro do texto de Êxodo. Deste modo, podemos facilmente conciliar o fato de que ao se rebelarem contra os representantes de Yahweh,, que eram o anjo e Moisés, estas pessoas estavam de fato se rebelando contra Aquele que estes representavam. Deste modo sim, estes teriam tentado o ‘Cristo’ enquanto no deserto, por fazerem justamente aquilo que Yahweh lhes havia advertido a não fazer, ou seja, desobedecer o anjo que já era responsável por eles.

“Não se rebelem contra ele, pois não perdoará as suas transgressões, pois nele está o meu nome.”

Diante disso fica claro que não existe nenhuma prova de Cristo aqui na qualidade de enviado de Yahweh, seu anjo representante, tenha a mesma posição, poder e autoridade que o seu emissor, o Pai. Este anjo apenas é o seu agente por meio do qual ele tem guiado seu povo. Este anjo ainda não levou os do povo de Deus à terra da promessa definitivamente, não os levou a um lugar de descanso, pois se fosse assim não se teria falado novamente de outro lugar ao dizer:

“Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações”. Hebreus 4:7

Este hoje; demonstra que o lugar onde Deus deseja levar o seu povo ainda não foi definitivamente alcançado nos dias de Moisés e do povo hebreu de sua época. Este representante de Yahweh ainda há de levá-los a terra boa, terra que mana leite e mel, um novo mundo onde não haverá mais pranto, dor, clamor e nem a morte. Este mesmo anjo (mensageiro) guia, ainda está guiando o povo para os levá-lo a descanso definitivo do povo de Deus.

“Se Josué lhes tivesse proporcionado esse repouso, não se falaria mais de outro dia. Logo ainda está reservado um repouso sabático para o povo de Deus. Pois aquele que entrou no repouso de Deus repousou de suas obras, como Deus repousou das suas. Esforcemo-nos, portanto, por entrar nesse repouso, para que ninguém repita o exemplo de desobediência acima referido.” Hebreus 4:8-11

_______________________

Alguns importantes textos e manuscritos que trazem variações do texto analisado.

Que traz “Deus”

Códice Alexandrino, gr., quinto séc. EC, Museu Britânico, E.H., E.G.

Que trazem “O Cristo”

Papiro Chester Beatty 2, gr., c. 200 EC, Dublim, Ann Arbor, Michigan, EUA, E.G.

Códices Bezae, gr. e lat., quinto e sexto séc. EC, Cambridge, Inglaterra, E.G.

Que trazem “O Senhor”

Códice Sinaítico, gr., quarto séc. EC, Museu Britânico, E.H., E.G.

Ms. Vaticano 1209, gr., quarto séc. EC, Cidade do Vaticano, Roma, E.H., E.G.

Códice Ephraemi rescriptus, gr., quinto séc. EC, Paris, E.H., E.G.

Que trazem “YHWH”

Escrituras Gregas Cristãs, hebr., de Isaac Salkinson e C. D. Ginsburg, Londres.

Escrituras Gregas Cristãs, hebr., das United Bible Societies (Sociedades Bíblicas Unidas), Jerusalém, 1979.

Escrituras Gregas Cristãs, hebr., de J. Bauchet, Roma, 1975.

________________________

[1] “As palavras Não tenteis a Cristo,aparecem nos mss P(46), DEFGKL, na maioria dos mss minúsculos posteriores da tradição bizantina, e nos escritos dos pais da igreja Márciom, Irineu, Clemente e Orígenes. A variante que diz Não tenteis a Deus,que aparece no ms A e em alguns poucos mss posteriores, não se reveste de qualquer mérito especial. Não tenteis ao Senhor, aparece nos mss Aleph BCP e no Si(hmg). A evidência em favor de Deus,dentre dessa cláusula, e extremamente fraca. Mas as provas textuais em favor das duas outras variantes são fortes, ainda que a maioria dos críticos textuais prefira a variante que diz aqui Senhor. A variante para Cristo provavelmente foi uma modificação feita no interesse de tomar essa referência mais cristã, visto que Cristo era a Rocha que seguia aos antigos israelitas; e, por conseguinte, Cristo era a autoridade ofendida pelos israelitas, como agora era a autoridade ofendida pelos crentes de Corinto.”  Novo Testamento interpretado versículo por versículo de Norman Champlin – Vol 4

 

 

 

Tags: