Inicio | Temas Bíblicos |Leia a Biblia Leia a Bíblia | Post´s em Espanhol |Doações |Contato pt Portuguese
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste. JOÃO 17:3
faceicon
O Reino Milenar: Mil Anos de Reinado de Jesus Sobre a Terra

O Reino Milenar: Mil Anos de Reinado de Jesus Sobre a Terra

I – O REINO MILENAR: MIL ANOS DO REINADO DE JESUS SOBRE A TERRA

  1. O Milênio é um termo usado para referir-se ao período literal de 1.000 anos, quando Jesus irá reinar fisicamente sobre a terra (Ap. 20:4-6).

  2. Durante o Milênio, o Reino de Deus será manifesto abertamente ao mundo inteiro, afetando todas as esferas da vida (política, social, agrícola, econômica, espiritual, educacional, legal, familiar, mídia, artística, tecnológica, atlética, ambiental, instituições sociais, etc.).

  3. O resultado disto será um período milenar de bênçãos sem precedentes sobre toda a terra, à medida que Jesus estabelece-o em paz, justiça e prosperidade, e restaura a agricultura, a atmosfera e a vida animal às condições iniciais vistas no Jardim do Éden (Ap. 20:1-6; Is. 2:1-4; 9:6-9; 11:1-16; 51:1-8; 60-62; 65:17-25; Sl. 2:6-12; 110:1-7; Dt. 8; 28; Mt. 5:5; 6:10; 17:11; 19:28; 28:19; At. 1:6; 3:21). A Segunda Vinda de Jesus iniciará este período de bênção mundial.

  4. O Rei Jesus governará pessoalmente de Jerusalém sobre um Reino mundial, com a parceria do reinado dos santos (corpos ressuscitados) juntamente a Ele (Jr. 3:17; Is. 2:2-4; Ap. 2:26-27; 3:21; 5:10; 20:4-6; 22:5; Mt. 19:28; 20:21-23; 25:23; Lc. 19:17-19; 22:29-30; 1 Co. 6:2-3; 2 Tm. 2:12; Rm. 8:17).

  5. A mensagem central que Jesus propagou foi a vinda do Reino de Deus. E a mensagem fundamental do Reino é o governo ou reinado de Rei Jesus sobre todas as esferas da sociedade. De acordo com o Novo Testamento, o Reino de Deus ‘já está aqui’, porém expressa de uma forma ainda limitada, no entanto, ‘ainda não está’ de forma plena e completa, até que Jesus volte para estabelecê-lo sobre a terra (Mt. 6:10).

  6. O Reino Milenar é uma das principais revelações bíblicas e o principal tema escatológico. Os santos do Antigo Testamento esperavam que Deus iniciasse uma nova ordem mundial, baseado em Sua Palavra (Dt. 8; 28; Is. 2; 4; 9; 11; 60-66; Jr. 30-33; Ez. 36-37; Dn. 7:13-14; Zc. 14:4-21).

  7. Muitas profecias do Antigo Testamento irão se cumprir durante o Milênio, à medida que Deus estabelece o Messias sobre o Trono de Davi, que abençoará todas as nações da terra (2 Sm. 7:13, 16, 23:5; Is. 9:6-7; 55:3; Sl. 89:3-4; 34-37; Jr. 23:5-6; 30:8-9; 33:14-17, 20-21; Ez. 37:24-25; Os. 3:4-5; Am. 9:11; Lc. 1:31-33).

  8. Em suas visões à noite, o profeta Daniel viu um homem (Judeu) sendo coroado  na sala do trono do Deus Todo-Poderoso, como o Rei sobre toda a terra, por toda a eternidade (Dn. 7:13-14, 27).

  9. O Rei Jesus se assentará no Seu Trono e reinará sobre todos os outros reis da terra (Mt. 25:31-32; Zc. 14:9; Ap. 19:15-16).

  10. Pela primeira vez, todos os reis da terra serão salvos e adorarão o Rei Jesus, além de basear os seus governos nacionais na Palavra de Deus (Sl. 72:11; 102:15; 138:4; 148:11; Is. 62:2; Ap. 21:24).

 .

II – O PROPÓSITO CENTRAL DE DEUS: UNIR O CÉU E A TERRA (Ef. 1:9-10)

  1. O propósito central e eterno de Deus é o retorno de Jesus à terra para estabelecer Seu Reino sobre todas as nações, à medida que Ele unifica os domínios celestial e terreno juntos. O propósito de Deus sempre foi de ter um povo vivendo unido a Ele, andando em Seus caminhos. Isto é a chave interpretativa para o entendimento do Fim dos Tempos. Sem esta revelação fundamental, a confusão se torna inevitável (Ap. 21:3).

  2. Deus criou o universo propositalmente com dois domínios distintos. O Céu é o domínio sobrenatural e espiritual, onde se manifesta o poder e a presença de Deus abertamente. A terra é o domínio físico e material, onde os processos humanos, as emoções e as sensações físicas alcançam expressão plena. Os santos necessitam de um corpo físico para interagir com o domínio da terra, mesmo após a ressurreição.

  3. O Céu é o lugar aonde os cristãos vão quando morrem, sendo uma “forma de guarda temporária” para os seus espíritos até receberem seus corpos ressuscitados. Os santos não possuem um corpo ressuscitado no Céu, porque não precisam de um corpo para interagir com o ambiente espiritual do Céu. Todavia, ao retornar à terra, os santos necessitarão de um corpo ressuscitado para poder interagir com o ambiente físico da terra. Jesus, no Seu corpo ressuscitado, comeu e bebeu, para nos demonstrar que a ressurreição será composta de um corpo espiritual e, também, material (físico).

  4. A Terra Milenar e a Nova Terra consistirão de uma realidade concreta. Em outras palavras, haverá substância material (madeira, aço, cimento, comida, animais, etc.). Nós viveremos num contexto de uma realidade concreta e material, junto com o esplendor sobrenatural (Nova Jerusalém), e cheios do Espírito Santo.

  5. A plenitude de Deus (a Sua personalidade e o Seu propósito) somente poderá ser experimentada por nós, quando da junção do domínio espiritual e material (Ef. 1:22-23; 3:19; 4:13; Cl. 1:19-20; 2:9-10).

 .

III – TER A PERSPECTIVA (PARADIGMA) CORRETA SOBRE O FIM DOS TEMPOS

  1. O desafio para entender e compreender a Segunda Vinda de Jesus e o Reino Milenar é ter o paradigma correto. O paradigma necessário é compreender que Jesus irá reinar sobre a terra com processos naturais humanos, não suspensos, porém, realçados significativamente pela dimensão sobrenatural do Espírito. Podemos observar aspectos desta realidade quando Jesus apareceu com corpo ressuscitado aos Seus discípulos (Jo. 20-21 e At. 1).

  2. O nosso paradigma mais natural como gentios convertidos é adorar Jesus, como Deus, nas condições sobrenaturais do Céu. Nós enfatizamos a divindade de Jesus, sendo o Filho de Deus. Ao passo que o paradigma Judaico é reinar com o Rei Messiânico, como homem, nas condições naturais da terra. Eles enfatizam a humanidade do Messias, sendo o Filho de Davi. A plena verdade é somente vista quando estes dois paradigmas são unidos.

 .

IV – A JUNÇÃO DA JERUSALÉM CELESTIAL E DA JERUSALÉM TERRENA (Ap. 3:12)

  1. Jesus irá unir a plenitude do Céu e da terra, à medida que a Nova Jerusalém desce para a terra acima da Jerusalém Milenar, conectando as duas Jerusaléns e criando um vasto complexo governamental, o centro governamental do Céu, da terra e do universo. As duas Jerusaléns serão unidas, à medida que “ocorre à ressurreição da terra” (Rm. 8:17-23; 11:15; Is. 11:6-9; 35:1-8; 65:17-25). As duas terão portões que nunca fecharão (Ap. 21:25; Is. 60:11-12; Sl. 24:8).

  2. Quando a Nova Jerusalém descer à terra, o Céu estará literalmente na terra. A Nova Jerusalém será o lugar de residência dos santos com corpos ressuscitados. Nossos galardões estão no Céu e viveremos para sempre na Nova Jerusalém. A terra, lugar da nossa herança, continuará para sempre (Sl. 37:29; 78:69; 104:5; 105:10-11; 125:1-2; 1 Cr. 23:25; Is. 60:21; Ez. 37:25; Jl. 3:20).

  3. A Nova Jerusalém descerá do Céu para um lugar acima da Jerusalém Milenar na terra, especificamente sobre o templo no Monte Sião Milenar. O Trono de Glória de Jesus (Mt. 19:28; 25:31) ou o Seu vasto complexo governamental será composto do Templo Milenar na terra e da Nova Jerusalém, unidos pelo “corredor de glória”.

  4. Existem cinco razões porque a Nova Jerusalém, durante o Milênio, não estará apoiada e tocando a terra, porém perto da terra:

  5. os reis da terra entram e saem da Cidade (Ap. 21:24);

  6. as folhas da Árvore da Vida curam as nações (Ap. 22:2);

  7. os anjos guardam a entrada da Cidade para que os pecadores não entrem (Ap. 21:12; 22:14-15);

  8. as nações salvas da terra (não inclui as nações não-salvas) são iluminadas (Ap. 21:24; 20:7-9);

  9. o tamanho da Jerusalém na Terra Milenar será de aproximadamente 5 km2 (Ez. 48:30- 35; 45:6; 48:15-19), enquanto que a extensão da Nova Jerusalém é de 2.200 km (Ap. 21:16).

  10. Frequentemente, Paulo ensinava sobre a plenitude de Deus (Ef. 1:22-23; 3:19; 4:13; Cl. 1:19-20; 2:9-10). Os humanos redimidos serão os únicos da criação que poderão experimentar a plenitude de Deus, somente quando os domínios espiritual e material estiverem plenamente unidos, e quando o amor e a justiça são escolhidas voluntariamente. Somente quando estas condições estiverem mantidas e sustentadas eternamente, então poderemos expressar a plenitude da personalidade e propósito de Deus (Ef. 1:22-23; Ap. 21:3).

  11. Durante a Campanha do Armagedom, haverá uma batalha pelo domínio da cidade de Jerusalém, pois será o lugar para onde Jesus irá voltar e estabelecer Seu governo sobre a terra. O foco principal desta batalha será a guerra espiritual. É por isto que existe tanto terrorismo na nação de Israel. O Trono que sentenciará Satanás à prisão (Ap. 20:1-10) será governado por um Homem a partir de Jerusalém.

 .

V – TRÊS TIPOS DE PESSOAS NA TERRA NO MOMENTO EM QUE JESUS APARECE NOS ARES 

  1. Os redimidos serão arrebatados durante a procissão mundial de Jesus nos ares.

  2. Os réprobos, que receberam a marca da Besta, serão julgados e mortos posteriormente (alguns serão executados). Possivelmente existirão no momento da Segunda Vinda de Jesus cerca de 1 a 3 bilhões pessoas réprobas ainda vivas. Eles não irão simplesmente desaparecer.

  3. Os resistentes serão os sobreviventes não-salvos (Judeus e gentios) da Grande Tribulação que recusaram adorar o Anticristo. Sempre existiram pessoas que resistiram corajosamente posicionando-se contrários aos governos malignos e perversos, entretanto sem possuírem fé em Deus. A Bíblia refere-se destes como “os que restarem” ou “os remanescentes”. Eles terão a oportunidade de se converter após a volta de Jesus e povoarão a terra durante o Milênio. (Is. 4:3; 10:20; 11:11; 49:6; 65:8; 66:19; Jr. 31:2; Ez. 20:38-42; 36:36; Dn. 12:1; Jl. 2:32; Am. 9:9-10; Zc. 12:14; 13:8; 14:16).

 .

VI – OS PROCESSOS NATURAIS DA VIDA NA TERRA IRÃO CONTINUAR DURANTE O MILÊNIO 

  1. Durante o Milênio, Jesus governará uma terra com duas dimensões, o natural e o sobrenatural (Is. 11:6-9; 65:18-25).

  2. Os processos naturais da vida na terra irão continuar durante o Milênio, principalmente no estabelecimento de infra-estruturas necessárias para todas as esferas da vida, em todas as cidades e vilas do mundo inteiro. Jesus está voltando à terra e exercerá uma liderança governamental operacional. Ele usará definitivamente as dimensões sobrenaturais no exercício do Seu governo e ministério, mas isto não significa que os processos naturais serão excluídos. As infra-estruturas a serem estabelecidas incluirão:

  3. a substituição das pessoas no poder do governo mundial do Anticristo por outras pessoas no novo governo de Jesus (em todo nível de vida pública, em todas as cidades da terra);

  4. os sistemas de suporte à vida (comida, água, eletricidade, etc.);

  5. a reconstrução de projetos (prédios, estradas, pontes, etc.);

  6. os sistemas econômicos (moeda, bancos, investimentos, etc.);

  7. a vida espiritual (centros de adoração, escolas bíblicas, etc.);

  8. a educação (elementar aos níveis universitários, etc.);

  9. a legislação;

  10. a agricultura (equipamento, distribuição, etc.);

  11. a mídia e a arte;

  12. a tecnologia;

  13. o meio-ambiente;

  14. as instituições sociais, etc.

  15. Um processo de tribunal de guerra (corte judicial para julgar crimes) será estabelecido, para julgar e executar os reis da terra (Mt. 25:31-32; Is. 2:4; 24:21-22; Sl. 110:6).

  16. Talvez leve algumas décadas para que todas as regiões, nações e governos sejam completamente restaurados. Após a Grande Tribulação, muitas cidades da terra estarão desoladas e necessitarão de reconstrução. Isaias profetizou que as cidades seriam reconstruídas após a Grande Tribulação (Is. 61:4).

  17. Todas as áreas da vida serão aperfeiçoadas progressivamente.

  18. Durante o Milênio, as nações serão curadas progressivamente, incluindo melhorias sociais (Ap. 22:2). O processo não será instantâneo. Os líderes das nações receberão da Árvore da Vida na Nova Jerusalém a cura de suas nações. O processo de cura estará ligado ao rio que sairá do Templo Milenar em Jerusalém (Ez. 47:2-12). O processo de cura física das pessoas será acelerado durante o Milênio (Is. 35:5-6). O governo de Jesus se estenderá progressivamente para todas as nações (Is. 9:7; 16:5; Jr. 23:5).

  19. Jesus estabelecerá instituições de treinamento que irão ensinar os Seus caminhos (políticos, econômicos, espirituais, educacionais, agrícolas, familiares, mídia, artísticos, tecnológicos, instituições sociais, etc.) a todas nações, para que possam andar neles (Is. 2:3).

  20. A conversão não será instantânea e automática. Levará algum tempo para converter individualmente as pessoas e discipular as nações.

  21. As pessoas não irão obedecer automaticamente a Deus e nem as nações serão discipuladas automaticamente. Estas pessoas deverão escolher voluntariamente aceitar a Jesus.

  22. Mil anos serão necessários para estender, disseminar, amadurecer e testar a justiça em todas as áreas da vida, em todas as nações.

 .

VII – ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DO REINO MILENAR

  1. Justiça mundial (Is. 9:7; 10:22; 11:3-5; 28:17; 32:16; 42:1-4).

  2. Paz (Is. 2:4; 9:4-7; 11:6-9; 32:17-18; 33:5-6; 65:25).

  3. Alegria plena (Is. 9:3-4; 12:3-6; 14:7-8; 25:8-9; 61:7, 10).

  4. Remoção e eliminação progressiva da maldição (Is. 11:6-9; 35:7-9; 65:25; Rm. 8:19-23).

  5. Satanás amarrado e preso (Ap. 20:1-7).

  6. Cura (Is. 29:17-19; 35:3-6; 61:1-2; Jr. 31:8; Mq. 4:6-7; Sf. 3:19).

  7. Longevidade da vida (Is. 65:20, 22).

  8. Crescimento populacional (Is. 65:20; Jr. 30:20; Ez. 47:22; Zc. 10:8).

  9. Trabalho (Is. 62:8-9; 65:21-23; Jr. 31:5; Ez. 48:18-19).

  10. Reconstrução de cidades (Is. 61:4-6; Ez. 36:36-38).

  11. Prosperidade econômica (Is. 4:1; 35:1-2; 30:23-25; 60:1-14; 62:8-9; 65:21-23).

  12. Único governo mundial (Zc. 14:9; Ez. 37:13-28; Ap. 19:16).

  13. Juízes e governadores (Jr. 30:21; Is. 24:23; 32:1; Ez. 45:8-9; Mt. 19:28; Lc. 19:12-28; 22:30).

  14. Punição do pecado (Sl. 2:9; 72:9-11; Is. 11:4; 66:20, 24; Zc. 14:16-19).

  15. Israel será exaltado sobre todas as nações (Is. 2:1-4; 14:1-2; 49:22-23; 60:14-17).

 .

Fonte: www.mikebickle.org

Author: Marcos Guimarães Jr.

Tags: